Aula Sinais de Pontuação I – Vírgula


Por: +


Sinais de Pontuação I – Vírgula

Escrita por ßMonalisa-
Nível: Básico



Olá pessoal!

Assim como o título diz, nós iremos aprender a forma correta de se usar a nossa querida vírgula. Sabemos bem que o uso errôneo ou até mesmo a falta dela pode prejudicar o sentido do texto e provocar interpretações equivocadas.

Observem a frase abaixo:

Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria de quatro à sua procura.
Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro à sua procura.


Viram como ela tem o poder de mudar completamente o sentido de uma frase dependendo de sua colocação?

Agora vamos para a parte em que todos têm dificuldade: Onde eu devo usar a vírgula? Existem algumas regras para seu uso, e são baseadas na gramática, claro que estarei colocando-as aqui da forma mais simples possível.


1 - Para separar mais de dois elementos que podem ser enumerados.

Exemplos:

a) Pedro, João, Elise e Camila foram a uma festa ontem à noite.

b) A sua voz, o seu sorriso e o seu olhar me fascinam.

Como vemos em ambos os exemplos não se usa a vírgula depois de “e”, essa é uma regra geral. Mas como nosso português é complexo e para cada regra sempre tem pelo menos uma exceção, existe um caso em que é possível o uso da vírgula depois do “e”, ele será explicado mais a frente.


2 - Separar Orações Adjetivas Explicativas/ Aposto Explicativo.

Exemplos:

a) A primavera, que é a estação das flores, começa em setembro.

b) Caetano Veloso, que é ótimo compositor da MPB, escreveu um livro.

Nas orações Adjetivas Explicativas sempre se tem o uso da vírgula como no caso acima em que os trechos destacados “que é a estação das flores” e “que é um ótimo compositor da MPB” explicam respectivamente os termos anteriores A Primavera e Caetano Veloso.


3 - Antes das conjunções: mas, porém, pois, embora, contudo, todavia, portanto.

Exemplos:

Eu gosto muito de chocolate, mas não posso comer para não engordar.

Eu gosto muito de chocolate, porém não posso comer para não engordar.

Eu gosto muito de chocolate, contudo não posso comer para não engordar.

Eu gosto muito de chocolate, no entanto não posso comer para não engordar.

Eu gosto muito de chocolate, entretanto não posso comer para não engordar.

Eu gosto muito de chocolate, todavia não posso comer para não engordar.



4 - Quando um tipo de expressão que indica tempo, lugar, ou modo iniciar a frase usa-se a vírgula.

Exemplos:

a) Lá fora, está fazendo muito calor!

b) Semana passada, nós fomos à praia.

c) De um modo geral, não gostamos de pessoas estranhas.


“Lá fora” é um adjunto adverbial de lugar. “Semana passada” é um adjunto adverbial de tempo. E, “de um modo geral” é um adjunto adverbial de modo.


5 - Separar datas, o lugar e o número em endereços.

Exemplo:

Sergipe, 13 de Novembro de 2010.
Rua Santos Dummont, n° 30.



6 - Separar orações independentes.

Exemplos:

a) Acendeu um cigarro, cruzou as pernas, estalou as unhas, demorou o olhar em Mana Maria.

b) José almoçou, repetiu, gostou.

Como podem ver esse tipo de oração não é ligada por conjunções, cada vírgula separa uma oração e elas permanecem com sentido mesmo se uma parte dela for retirada do texto.


7 - Antes de locuções adversativas como "e sim", "e não".

Mas tome cuidado, não deve isolar as locuções, apenas usar uma vírgula precedendo cada uma.

Exemplos:

a) Ele comprou um DVD, e não um CD.

b) Ele não fez as tarefas de que foi incumbido, e sim as que ele quis.


8 - Antes do “e”.

Preste atenção, neste caso ela só pode ser usada se a frase depois do “e” fala de uma pessoa, coisa ou objeto diferente da frase que vem antes dele.

Exemplos:

a) O sol já ia fraco, e a tarde era amena.

b) A mulher morreu, e cada um dos filhos procurou o seu destino.

Perceberam? No primeiro exemplo a primeira oração se refere ao sol, enquanto a segunda se refere à tarde.

O mesmo acontece no segundo exemplo. A primeira oração se refere a mulher e a segunda se refere a seus filhos.


9 - Existem casos em que ela é opcional.

Exemplos:

a) Depois vamos sair para jantar.
Depois, vamos sair para jantar.


b) Geralmente gosto de almoçar no shopping.
Geralmente, gosto de almoçar no shopping


c) Semana passada, todos vieram jantar aqui em casa.
Semana passada todos vieram jantar aqui em casa.



10 - Não se usa a vírgula para separar sujeito e predicado.

Exemplos:

a) João, gosta de comer batatas.

b) Alice, Maria e Luíza, querem ir para a escola amanhã.

Nesses casos as formas corretas seriam:

a) João gosta de comer batatas.

b) Alice, Maria e Luíza querem ir para a escola amanhã.


Como podem ver não se pode separar o sujeito se após ele vem um verbo.

Espero que tenham entendido tudo, até a próxima aula!

Você ainda permaneceu com dúvidas? Deixe um comentário falando sobre ela! Eu estarei respondendo cada dúvida remanescente. Muito obrigada pela sua atenção e espero que vocês tenham gostado! Até a próxima!


Monalisa-
Beta Reader

Gostou da Aula? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...