Fanfics de A 5ª Onda

Angel of Red Eyes escrita por ~Aoi_Kunieda

Fanfic / Fanfiction Angel of Red Eyes
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 3.209
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda, Originais
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Imagine acordar e descobrir que o mundo que você achava ser real nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não sabe quem é seu verdadeiro amor.
Se alguma vez passar por isso, saiba que não é a única.
Eu não sei sua história, mas a minha é mais ou menos assim...
  • 5
  • 3

Secret escrita por ~Ello16

Fanfic / Fanfiction Secret
Em andamento
Capítulos 31
Palavras 19.762
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda, Alexandra Daddario, Ariana Grande, Ashley Benson, Jake Abel, Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Kristen Stewart, Lily Collins, Logan Lerman, Megan Fox, Percy Jackson & os Olimpianos, Pretty Little Liars, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Tom Cruise, Zac Efron, Zayn Malik
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Eu não sabia ao certo o que havia acontecido comigo. Por um momento aquele sonho pareceu mas uma lembrança do passado,mais porque isso que segredos ainda não me foram revelados...
  • 20
  • 88

Rougue:Apenas o começo escrita por ~MarcosPrior

Fanfic / Fanfiction Rougue:Apenas o começo
Em andamento
Capítulos 0
Palavras 0
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda, Divergente
Gêneros Ficção Científica
Lucy vive um momento triste após o ataque a Nova York que matou sua família e só sobrou seu irmão Caleb e enfrentará com seus amigos muitos desafios
  • 0
  • 0

ENTRE DOIS MUNDOS . escrita por ~joaodavicoelho

Fanfic / Fanfiction ENTRE DOIS MUNDOS .
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 334
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda
Gêneros Ação, Aventura, Fantasia
John é um menino de 12 anos que é obcecado por aventuras , contos extraordinários .
Ninguém acredita em John que ele viu outro mundo extraordinário. Mas qual será a verdade .
  • 0
  • 0

Avisinho rapido escrita por ~LF2017

Fanfic / Fanfiction Avisinho rapido
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 99
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda
Gêneros Musical (Songfic)
Aviso importante!!! Leiam super importante,aviso SuperHiperMegaUtra importante leiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa👍❤❤
  • 0
  • 0

OS VÁRIOS FATORES QUE CONDUZEM UM RELACIONAMENTO escrita por ~SuellenDayenni

Fanfic / Fanfiction OS VÁRIOS FATORES QUE CONDUZEM UM RELACIONAMENTO
Terminada
Capítulos 1
Palavras 5.147
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda
Gêneros Famí­lia
O que de fato nos faz querer ter um relacionamento?
O que passa em nossas cabeças quando deliberadamente resolvemos entregar nossas vidas, nossos sentimentos, nossas intimidades e principalmente nossos corações pra outra pessoa?
• Será que achamos que como nos contos de fadas tudo vai dar certo e seremos felizes para sempre?
De certa forma não acho que seja isso, pois assim não teria tantas formas de relacionamentos, por que amor mesmo só existe uma forma de amar que é respeitando, cuidando, se importando não só com suas vontades mas também com a vontade do outro e assim pondo em pratica tudo que nos é tão complicado. Porque sejamos francos , pensar no bem estar de outra pessoa é dadiva de poucos.
Mas mesmo assim em algum ponto de nossas vidas achamos que vamos conseguir dar uma de bons samaritanos e formar uma família dessas que vemos em comerciais de comida ou de margarina, com filhos lindos, educados, uma casa perfeita e até mesmo um cachorro.
Mais sabe o que é mais intrigante?
É que pra muita gente a parte da casa linda, dos filhos bonitos e o cachorro de fato acontecem, o problema são os fatos que as câmeras não mostram e que nos escondemos até mesmo por uma questão de educação e sensatez pois sabemos que ninguém tem nada a ver com nossa vida pessoal, embora muita gente sem um pingo de noção faça isso na maior naturalidade do mundo. Gente é fato lavar roupa suja na rua só vai piorar o que provavelmente está ruim e com isso ainda vai dar direitos a terceiros de invadir sua vida.



QUAL TIPO DE RELAÇÃO QUE VOCÊ IDEALIZA ?

Sempre que começamos um relacionamento é muito natural que tenhamos idealizações sobre o que vamos viver com a pessoa que escolhemos, e com isso saímos um pouco ou demais da nossa realidade e não enxergamos os defeitos da pessoa que escolhemos, com isso criamos um mundo de ilusão que nem sempre a outra parte vai compactuar com isso ou ate mesmo saber que criamos nossa fantasia.
Saber controlar nossos impulsos de não sair da realidade no começo de um relacionamento sempre é muito difícil, principalmente quando somos mais sentimentais ou carente que o outro, isso sempre faz que a ilusão aconteça e que tapemos os olhos pros defeitos do outro que futuramente estarão tão visíveis e irritantes. Com toda certeza do mundo sempre que isso acontece a culpa é nossa por achar que as pessoas mudam com o tempo ou o amor faz mudar. Nada disso é verdade, são raros defeitos que o amor muda e se formos esperar o tempo mudar alguém que comece por nos mesmos.
O que de fato acontece é que cada fez que fazemos isso só estamos procurando problemas futuros porque o conto de fadas nunca vai durar pra sempre. E quando começamos a enxergar a pessoa da forma que ela realmente é achamos que ela mudou, quando na realidade quem mudamos fomos nós mesmos abrindo os olhos que a o inicio da paixão fechou.
Todos independente de homens ou mulheres querem alguém que tenha alguns atributos não só físico mais de personalidades também e no começo quando começamos a nós interessar por alguém é porque naquele momento achamos parte do que queríamos, mais isso é só o começo. Se tratando de namoro começamos a ver mais os defeitos porque a convivência se torna um pouco maior, mais ainda sim perdoamos algumas coisas por acreditar numa serie de fatores que as vezes pode realmente ser a causa dos defeitos.
Mas que tipo de pessoa procuramos realmente?
Essa pergunta passa a ser muito importante em nossas vidas quando mesmo estando apaixonados por alguém ainda conseguimos ver atributos em outras pessoas, e quando falo de atributos não estou falando de beleza física porque somos humanos e sempre haverá alguém mais bonito, mais sim de atributos morais, ou de personalidade que naquele momento só conseguimos pensar porque o nosso companheiro (a) não tem. Parece que a grama do vizinho sempre será mais verde, então por que nos damos ao trabalho de permanecer com a pessoa a quem tão sedo já achamos falhas?
Por varias razões que vou citando aos pouco no decorrer deste pensamento.



O QUE LEVOU VOCÊ A CASAR?
De fato o caso de namorar é bastante compreensível, mesmo porque um namoro ainda não é um compromisso assim tão serio que deva ser visto como uma tragédia grega, por tanto ainda podemos fazer coisas que não nos tornam tão cruéis ou irresponsáveis a ponto de não conseguir assumir um compromisso ou fazer a outra parte feliz.
Mas e o casamento? Porque é claro que hoje em pleno século 21 isso com certeza se tornou uma escolha e não uma obrigação nem mesmo moral, porque mesmo que você esteja gravida ou tenha engravidado alguém ainda sim não é motivo pra assumir um compromisso tão serio como um casamento. Existem pais que criam seus filhos separadamente de forma racional e as vezes bem mais tranquila do que muitos casados por ai.
Sendo assim o que faz a pessoa querer dar um passo tão importante como este na vida, e será que de fato naquele momento eles estão preparados pra encarar tudo que vem pela frente?
Na minha opinião as pessoas se casam por vários motivos mais poucas pelo certo, algumas se casam por acharem bonito a vida de casado vista por fora, tipo ter um marido pra cuidar, uma casa com certas comodidades que nem sempre tiveram com os pais, outras porque acreditam que isso traz segurança não só financeira mais também sentimental, temos os carentes que se dependesse deles casariam já no berçário por não saberem ficar nem um minuto sozinhos, também tem os dependentes de uma pessoa pra tudo, até mesmo pensar e entre outros os que casam porque a outra parte forçou tanto a barra que chega uma hora que não temos como fugir, eu reconheço, mais sei também que pra alguns o destino terminou dando uma ajudinha que com o tempo só não sabemos se foi pro bem ou pro mal.
Todos nos conhecemos casais que reclamam demais da vida de casado mais nunca se separam, sempre jogando com motivos como dinheiro, filhos, patrimônios e alguns ainda conseguem falar que é pra não dar o gosto pra outra pessoa como se só o outro fosse infeliz na relação, as vezes os motivos são tão absurdos que vemos estampados nacara deles a total falta de coragem de se separar, mais se é assim o que os unem então?
Pode até parecer mentira mais em muitos casos ainda é o sentimento que não necessariamente precisa ser amor, mais respeito, confiança, segurança, e acreditem que isso não muito incomum de se ver, o incomum é alguém assumir isso. Ai você está se perguntando se da pra manter um casamento com esses valores, e a resposta é bem simples: claro que da.
Um casamento não se faz só de amor e muito menos paixão, um casamento é um compromisso muito mais serio do que isso e sem essas coisas ele simplesmente desmorona numa questão de tempo não tão grande assim. Claro que devemos amar e ser apaixonados pela pessoa que escolhemos passar a vida, mais quando a paixão acabar, que com certeza vai o que nos resta é o amor que construímos dia a dia com aquela pessoa e pra isso acontecer deve sim haver respeito, cumplicidade, carinho, porque a palavra AMOR é composta por tudo isso e mais.
Por isso antes de tomarmos a decisão de nos unir em matrimonio com alguém devemos pensar seriamente se o nosso coração esta sentindo de fato essa fusão de sentimentos ou se queremos casar apenas pelo fato de carregar uma aliança no dedo.

DINHEIRO FAZ FALTA EM UMA RELAÇÃO A PONTO DE CAUSAR A SEPARAÇÃO?

Bom é claro que falar que dinheiro não é importante ou que superamos a falta dele seria muita demagogia e até mesmo um pensamento adolescente porque pra quem não tem sabe a dificuldade que é viver na corda bamba financeira, principalmente quando temos filhos e não temos casa própria. Também não é incomum vermos casais mais pobres que moram em comunidades ou até mesmo de aluguel num bairro classe C terem certos tipos de problemas que um casal bem preparado financeiramente não teriam. Mais um fator que devemos pensar ao nos unir com alguém porque no começo da paixão moramos até na rua só pra ficar perto de quem se ama, mais e depois que a realidade bate a porta, e vemos que nada era da forma que imaginamos ou sonhamos o que devemos fazer?
Isso pra mim é uma pergunta bem intrigante, pois tem varias variáveis ai, como: se você já vem de uma posição não muito favorável em sua vida não sentira muito a questão da falta do que você nunca teve, mais por outro lado a pessoa quer sempre progredir na vida do tipo, se você mora em comunidade numa casa não tão boa creio eu que em algum momento você vai querer mudar de vida, melhorar, dar aos seus filhos o que você nunca teve, e com isso mesmo casado (a) se tiver uma cabeça boa vai fazer o possível pra alcançar seus objetivos.
Mais se você não vem de uma situação tão ruim assim mais der repente surge um imprevisto em sua vida que está propenso a acontecer na vida de todos e você e sua família simplesmente são obrigados a baixar o padrão de vida e vocês de uma tal maneira que se moram em um bairro nobre com todo o conforto e se veem obrigados a vender parte do patrimônio tendo que fazer concessões que antes não tinham e vão morar em bairro classe media o que hoje chamamos de classe B, abrindo mão de carros caros, restaurantes, compras e tudo que uma vida confortável pode oferecer, qual seria a sua reação quanto ao seu parceiro (a)?
Muitas das pessoas se casam pra terem isso e não perder o que é mais que compreensível, por isso vemos tantas meninas bonitas lutando da forma que lhes convém pra adquirir uma vida melhor, ou estudando ou se relacionando bem, mais em boa parte os dois. Se acostumar com coisas boas sempre é muito facil, mais quando temos que baixar nosso padrão e tudo que conhecemos fica muito mais difícil manter a chama do amor acesa....
E também temos aqueles casos que as pessoas se casam e vão construindo um patrimônio pouco a pouco os dois e quando chega uma certa hora por algum motivo decidem se separar , bom nesse caso a complicação toda de fato está na partilhas dos bens que muitas vezes gera grandes problemas pois sempre tem uma parte que não aceita que a outra pessoa tenha direitos ao que foi construído. Normalmente quando os dois trabalham devesse supor que tudo que foi adquirido teve a contribuição de abas as partes, mas nos casos que a mulher sempre foi do lar o marido sempre alega que foi ele quem trabalhou e suou pra que ter tudo.
Mais será que uma mulher que fica em casa cuidando dos filhos, da casa e principalmente dos interesses pessoas do marido também não contribuiu com nada pra formação de tudo que conquistaram?
Claro que sim, até mesmo de uma forma muito especial e cansativa, pois quem já teve esta experiência sabe que não é facil ser uma dona de casa, quando na maioria das vezes todos os deveres tem hora marcada assim como em qualquer outro emprego, mais o difícil no mundo de hoje é exatamente fazer com que as pessoas entendam isso e deem a elas o seu devido valor não só em reconhecimento mais também financeiro se tratando de um divorcio. Num casamento todos temos nossas funções que nem sempre corresponde com a vontade do outro ou com os valores que o outro acha que seria o certo.
Dai a pergunta: até onde o dinheiro influencia em um casamento?
Será que sabemos lidar bem com a falta dele?
Acho que quando se trata desse quesito devemos ser o mais honesta (o) possível não só com o parceiro mais com nós mesmo porque querendo ou não isso é um fator muito importante em uma relação e quanto mais nos iludirmos pior ficam as coisas com o passar do tempo e ai depois de um certo tempo ou de uma quantidades filhos você teria coragem de se divorciar por causa das necessidades não correspondidas financeiramente?


O QUE FAZER QUANTO A TRAIÇÃO ?
Muitos casais passam por isso o tempo todo, pra falar a verdade esta quase se formando uma forma de cultura entre nós, vergonhoso mais é verdade, quem nunca traiu ou foi traído? O problema é que cada vez mais estamos achando normal esse tipo de comportamento, tem muita gente que quando descobre briga, xinga e até agride pra se mostrar indignada, e dai vem as ameaças de separação, mais basta o que traiu falar que nunca mais vai fazer e mudar o seu comportamento em um curto espaço de tempo pra que seja tudo perdoado e até mesmo esquecido por alguns, e os que não esquecem acham que apertar o cinto da relação vigiando, ligando toda hora, rastreando os passos do outro vai evitar que aconteça novamente.
São poucos os casos que em que o traidor não volte a trair mais, o mais frequente é que o ato se repita por varias vezes em quanto o traído realmente não tome uma decisão definitiva em sua vida. Mas sabemos que isso não é facil porque na maioria das vezes envolve varias coisas ou pessoas no meio disso tudo.
Nesse caso o problema maior é com as mulheres, pois infelizmente ainda somos mais sentimentais que os homens e a grande maioria não tem forças pra tomar uma decisão definitiva deixando que a situação se agrave ainda mais. Quando você da uma certa segurança perante a relação isso sempre te deixara mais vulnerável perante a outra pessoa.
Será que vale a pena a pessoa passar por tudo isso apenas por um sentimento mal resolvido dentro de si ou por medo de encarar a vida sozinha?
Como já havia citado, um dos tópicos de uma relação é o respeito, como pode haver cumplicidade sem respeito?
Numa relação nem sempre só a outra pessoa é a vilã, muitas das vezes somos vilã de nos mesmo quando permitimos algumas situações em nossas vidas e por fraqueza ou qualquer outro motivo nos tornamos fracas o suficiente pra mesmo num relacionamento com uma pessoa que não vale a pena ainda achamos que podemos amar por dois.
Quando acontece de uma amante tirar, desmanchar um lar, ela está errando duas vezes;
1. Erra quando desmancha um lar que ela não teve capacidade de construir com integridade e moral.
2. Erra quando acha que ela vai ser melhor que a primeira a ponto do homem parar de trair, o que todos sabemos que traição em boa parte das vezes se trata de um desvio de caráter e que do mesmo jeito que ele traiu uma poderá facilmente fazer de novo.
Traição não se trata só de infelicidade no relacionamento, as vezes vira um vicio que quanto mais facil o ato pior vai sendo a frequência, se não a uma imposição do lado traído o traidor nunca vai parar e cabe sempre o fato de alguém tomar uma providencia e ficar se lamentando não cabe nessa situação.
Quando escolhemos alguém pra fazer parte de nossas vidas e cotidiano o mínimo que devemos esperar dessa pessoa é respeito e honestidade coisas muito simples pra quem possui caráter, responsabilidade e honestidade. Depois de uma escolha errada se lamentar não vai resolver ou curar as feridas o que resolve é erguer a cabeça e dar a volta por cima aprendendo com os próprios erros.

VOÇÊ JÁ FOI CASADO ANTERIORMENTE E TEVE FILHOS?
O QUANTO ISSO AFETA SUA NOVA VIDA?

Algumas pessoas não estão em seu primeiro casamento ou relacionamento, como também não estão formando a sua primeira família, já tendo tido não só outra mulher mais também outros filhos. Pra alguns isso não é um problema pois souberam lidar com a situação de uma forma civilizada e educada, mais infelizmente pra uma grande maioria isso é quase uma penitencia, pois implica em longas discursões por dinheiro, ciúmes, direitos, entre outras coisas.
Você tem saber que quanto mais longe você levar essa briga pior vai ficando situação dentro da sua casa. Sei também que em boa parte do tempo isso vem sempre da outra parte por um único motivo; não aceitar a separação.....
Claro que isso pode ser a coisa mais chata do mundo, porque você vai ter uma pessoa te infernizando 24 horas por dia sempre que puder, e se tiver filhos envolvidos o negocio só piora e ter paciência vai se tornando um ato quase impraticável o que é bastante compreensível. Mas quando se trata de pessoas assim o discernimento por mais difícil que seja tem que vim de você saber até aonde aquela pessoa está certa e até onde cabe a você saber em que ponto você deve se envolver sem que se torne um circo .
O mais normal nesses casos pra quem teve filhos é briga por pensão ou mais dinheiro, claro que toda criança tem o direito a pensão, isso é inegável pois elas não pediram pra nascer e também tem suas necessidades a serem cumpridas por ambas as partes. Se seu marido atual está negligenciando esse dever é mais que obvio que ele não pode ter seu apoio, mesmo porque quando você ficou com ele já sabia que ele tinha filhos pra sustentar. Mais se acaso o fator pensão está todo em dia e o que a outra parte quer é só mesmo extorquir cabe a vocês casal acharem uma forma de limitar esse problema, fazendo com que ela entenda que agora as coisas mudaram e ele ou ela tem novas responsabilidades. Mas é claro que nem sempre essa tarefa será facil ou tranquila, vai depende do grau de desequilíbrio da outra pessoa que vamos combinar, é sempre um martilho.
Temos também o caso da cobrança de atenção com os filhos, coisa que também costuma gerar uma tensão imensa sobre o novo casal. E na maioria das vezes cobrão uma atenção que os próprios filhos dependendo da idade não fazem questão ou não dão tanta importância como a outra parte termina exigindo o que acaba por causar uma frustação enorme na relação dos pais com os filhos, pois quando é dessa forma termina gerando uma coisa chamada ALIENAÇÃO PARENTAL, que é uma lei ainda pouco falada aqui no Brasil, mas que existe pra preservar os direitos não só dos pais perante os filhos mais também dos parentes mais próximos como, avós e tios que desejarem ter aproximação com as crianças envolvidas.
O que de fato você tem que lembrar é que a rivalidade é quase inevitável, a maestria é saber lidar com ela sempre de uma forma ponderada e sem colocar o seu relacionamento em risco.

VOCÊ É REALMENTE FELIZ SEXUALMENTE EM SEU RELACIONAMENTO?

Essa pergunta é mais que valida principalmente para as mulheres, pois todos nos sabemos que cada mulher tem sua maneira de se excitar quando o assunto é sexo, mais infelizmente em pleno século 21 ainda temos muitas restrições quanto a isso, o que de fato torna-se lamentável pois se trata do nosso bem estar como um casal.
A teoria de que mulher não trai, mulher se vinga é valida, mais também tem o fato de quando não estamos felizes sexualmente em nossos relacionamentos isso também abre uma brecha pra uma traição que eu gosto de chamar NÃO INTENCIONAL. Porque esse nome?
_ Pelo simples fato da traição acontecer ocasionalmente de forma que quando um homem chega com uma pegada ou um estilo diferente do que estamos acostumadas em casa e que nem sempre nos satisfaz pode sim ocorrer uma traição.
Mais o mais curioso é que tem coisas que com um simples dialogo podemos resolver, mais na maioria das vezes ficamos tão reprimidas por nossos ensinamentos ou pelo machismo do nosso companheiro que ficamos infelizes caladas e por incrível que pareça ainda tem muita mulher casada que nunca teve um orgasmo com o marido e ele não sabe. Uns dos maiores problemas hoje e acho que sempre em um relacionamento é a total falta de dialogo entre os casais, e quando se trata da parte sexual o negocio só piora.
As mulheres tem mais pudor quando o assunto é seu próprio prazer, o que vamos combinar que é erradíssimo ainda pensarmos desta forma quando se trata do nosso próprio corpo e tudo que vamos sentir com ele, quando se trata de sexo o problema tem que ser de fato resolvido e não ignorado, porque sexo conta muito em um relacionamento e de fato quando estamos infelizes nesse aspecto, muda muito nossa forma de enxergar a outra pessoa.
Certos homens alimentam esse tipo de preconceito com o pensamento machista de achar que se conversar com a mulher sobre o que ele pode fazer pra melhorar na cama, se ele há esta agradando, o que eles podem fazer pra mudar a rotina da relação, do que ela realmente gosta na cama, como ela sente mais confortável. Eles acham que se falarem sobre isso vai fazer com que eles fiquem menos homens o que o pensamento mais retrogrado do mundo, pois quem ama sempre quer agradar e quando a rotina toma conta da relação as chances de separação ou traição se tornam bem maiores.
O que as pessoas tem que entender é que nem sempre amor e sexo estão relacionados e que essa distancia entre um e outro é que causa a rotina, o desinteresse ou até mesmo a traição. E a diferença é muito clara até mesmo pras pessoas mais românticas pois ninguém transa só com quem ama e ninguém ama só com quem transa, é uma lei da vida muito simples de ser entendida, pois a pergunta é muito simples; nos só transamos com quem amamos?
- fato que não.
Mas sim é sempre melhor com sentimento, só que isso funciona muito no começo da relação, depois vai contar muito com a criatividade e conversa pra que as coisas continuem fluindo como tem que ser, pros dois saírem com o mesmo grau de satisfarão e pra isso convém muito a cumplicidade do casal pra que tenham um dialogo adulto e sem preconceitos ou inibições de ambas as partes.
Não é errado ceder certas coisas o errado é você ou seu parceiro se fecharem num mundo individual pra um fato que compõe duas pessoas.
QUAL O SEU GRÁU DE RESPONSABILIDADE NO SEU RELACIONAMENTO?

Uma coisa eu sei, quando decidimos nos comprometer com alguém, seja em qualquer tipo de relacionamento temos que ter um grau de responsabilidade e dedicação pra que tudo ocorra pelo menos razoável porque perfeito sabemos que é impossível. E claro que esse comprometimento não deve ser nunca unilateral, uma pessoa nunca deve se dar mais que a outra. Quando se tem filhos a nossa responsabilidade aumenta ainda mais, porque além de tudo que um filho representa temos que saber deixa-los de fora de muitas coisas, como problemas financeiros e domésticos, mesmo porque a criança nunca vai poder resolver os seus problemas então isso não só se trata de certo ou errado mais também de pura sensatez.
Quando falamos de comprometimento isso abrange vários fatores sobre a vida de uma família como, lealdade, responsabilidade, valores morais, entre outras coisas. Ninguém é obrigado a casar mas a partir que tomamos essa decisão temos que entender o que o que de fato isso representa e o peso que terá em nossas vidas, temos que entender que não somos mais sozinhos pra nada, ou seja, que nenhuma decisão ou alteração em nossas vidas devem ser feitas sem a comunicação e consentimento da família por mais que você ache o melhor a fazer, isso é um sinal claro de egoísmo e falta de consideração com os demais. Se você ainda acha que deve tomar decisões sem a opinião de ninguém isso é um sinal muito forte de que não está apto pra assumir um relacionamento, e com isso a conclusão é bem simples não faça.
Para algumas pessoas casamento é só uma aliança no dedo e morar debaixo do mesmo teto, o que eu nem preciso falar o quão erradas estão essas pessoas. Se você é homem e procura uma mulher pra lavar, cozinhar, limpar e cuidar dos filhos, realmente uma empregada lhe sairia melhor, casamento é muito mais que isso e se você ainda não descobriu isso é porque ainda não alcançou o grau de maturidade necessária pra uma vida assim, então evite um divorcio cansativo e eminente e fique solteiro. Além de você ser homem o bastante pra não fazer ninguém sofrer inclusive você mesmo isso pode te economizar muito dinheiro e dor de cabeça.
Normalmente o espelho de como agir em um compromisso vem de casa, se seus pais tiveram um casamento saudável é mais que prova que você terá grandes chances de ter um também, mais se seu exemplo não foi dos melhores vai ter que caber a você aprender com a vida e essa com certeza é a parte mais complexa e difícil tanto pro homem quanto pra mulher.
A mulher também tem uma boa parte desse comprometimento, se doando, entendendo certos problemas futuros, tendo equilíbrio pra lidar com certas situações que apareceram no dia a dia, e entender que nem tudo deve ser feito de tempestade. O orgulho pra ambas as partes é o vilão de qualquer relação, temos que entender que as vezes mesmo certos temos que ceder naquele
momento pra depois quando a
poeira abaixar falarmos com calma o que ouve de errado e que não gostamos por um motivo ou por outro.
Já ouviram aquela frase que é melhor ser feliz do que ter razão?


MAIS O QUE FAZR QUANDO O TÉDIO SE TORNA MAIS FORTE QUE SEU AMOR OU A VONTADE DE ESTAR JUNTO DA PESSOA?

É meus caros leitores, infelizmente essa é uma realidade d de qualquer relacionamento mesmo que momentânea, quando só presença da pessoa amada já não é mais o bastante pra aliviar o tédio da rotina causada pelo dia a dia e você simplesmente se vê numa vontade loca de gritar ou sair correndo sem rumo e as vezes pra tão longe até você mesmo, pois já não sabe lidar com isso ou pior nem imagina como isso começou, e sem querer desanimar vocês ninguém está imune a este tão terrível sentimento que nós incapacita na maioria das vezes de pensar com racionalidade pois o tédio de uma rotineira nos cobre de tristeza fazendo assim que em algum momento da vida passamos pela famosa crise de existência.
O resultado disso varia de acordo com a personalidade de cada pessoa, alguns arrumam amantes na esperança de se sentirem vivas de novo porque quando chegamos nessa fase é como se já não sentimos mais o calor de estar vivos, o vai e vem do sangue correndo nas veias, a satisfação de acordamos de manhã e sentir prazer em levantar da cama, aquele calor no coração ao ouvir a voz da pessoa amada ou sentir o carinho dos filhos ou da família reunida numa mesa de jantar, quando acordamos no meio da noite nos perguntando se tomamos a decisão certa e não caímos em pranto por não sabermos a resposta. O que fazer quando nos sentimos sufocados por dia após dia vivenciarmos nossas vidas completamente igual ao dia, a semana, ao mês anterior e não termos mais forças pra passar por tudo de novo?
Como já foi dito cada um procura uma solução de acordo não só com seu caráter ou personalidade mais algumas pessoas buscam aquilo que acham que está faltando de uma forma diferente. Alguns traem, outros tomam remeças inacreditáveis de calmantes, outros perdem a cabeça achando que o divorcio vai ajudar, o que em alguns casos realmente funciona mais não na maioria, tem aquelas pessoas que se acomodam com esse sentimento se tornando pessoas amargar porque acha que a vida ou o mundo está contra ela, mas de fato esses são os casos mais trágicos da questão, porque por incrível que pareça tem pessoas que com um simples robe ou afazer consegue remediar a situação, claro mais uma vez cada um a as forma.
Mais ai que tá , eu não tenho como falar como você vai resolver isso se você já estiver em uma situação, isso cabe a simplesmente a você saber como sua personalidade pode reagir a tudo isso e qual a melhor maneira de sair disso que cientificamente chamamos de DEPRESSÃO.
Coisa que também cabe uma conversa franca e honesta com seu parceiro pra que os dois encontrem uma forma mais racional e saudável de fugir dessa situação, porque acredite sozinhos vocês não vão conseguir nada além de fazer um monte de besteiras que as vezes não terá mais volta e ai perceberam que as vezes o problema não estava na sua vida mais sim no que esperava dela e criar expectativas normalmente nos causa frustações e desenganos. Exemplo melhor é achar que aquele ardor da paixão e o coração sempre acelerado ao ouvir si quer o nome da pessoa nunca vai mudar, aquelas noites apaixonadas nunca vão acabar e muitos não sabem ou não estão preparados emocionalmente pra isso, dai a frustação e total perda de prazer a vida a dois.
O fato é nunca desconte suas expectativas na outra parte porque provavelmente ela também terá as delas e isso vai se tornando um fardo muito pesado pra ser mesmo pra duas pessoas. Lembre-se que se você tem sonhos, vontades ou aspirações a outra pare também tem e se isso não for discutido entre vocês pode vir a se tornar um muro de arrimo dentro do seu lar. Tentem sempre procurar soluções maleáveis e se necessário procurem um tempo pra vocês dois juntos ou separados porque realmente costuma funcionar, saindo juntos o romance pode florescer novamente e separados pode dar a vocês o tempo que precisão pra ficar sozinhos e fugir um pouco da rotina cansativa do dia a dia. Lembre-se que antes de partir pra algo tão definitivo como uma traição ou um divorcio sempre é bom esgotar as possiblidades.






Bom esse foi um resumo do que as pessoas creditam em um relacionamento ou na maioria das não fazem ou fazem demais. Claro que quando o assunto é tão complexo como este sempre fica algo por dizer ou meditar mas espero ter ajudado com o pouco que aprendi no decorrer da minha vida e dos meus próprios relacionamentos, ou que já vi muita gente fazer e depois se arrependerem profundamente e não ter mais volta.
Muito obrigado a todos e espero que tenham feito uma boa leitura.
  • 0
  • 0

Donut escrita por ~Lexa22

Fanfic / Fanfiction Donut
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 360
Atualizada
Idioma Português
Categorias 007, 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, 101 Dálmatas, 2012, 300, 500 Dias com Ela, A 5ª Onda, A Bruxa de Blair, A Culpa É Das Estrelas, A Dama e o Vagabundo, A Família do Bagulho, A Hora do Pesadelo, A Mentira (Easy A), A Super Agente, Barbie, Ben 10, Bob Esponja, E.T. - O Extraterrestre, Edward Mãos-de-Tesoura (Edward Scissorhands), Gossip Girl, Naruto
Gêneros Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Kodomo, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Histórias loucas, muito loucas, sobre o que? Sobre o que me vier à cabeça. Uma batalha, um amor, um doce, um pedaço de conversa e um pouco de tudo sobre um mundo que só existe na minha cabeça.
  • 1
  • 2

Crossover colegial 2 escrita por ~StoryTaler

Fanfic / Fanfiction Crossover colegial 2
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 342
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda, A Culpa É Das Estrelas, Divergente, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Os Instrumentos Mortais, The Duff
Gêneros Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Tris ficou sozinha após conhecer as amigas da internet o início do verão todo. Porém, ela conhece Cassie, Bianca e Hazel. E, quando as amigas voltam está tudo diferente e elas precisam se acostumar com isso.
  • 3
  • 2

O dono do morro escrita por ~eita_giih

Fanfic / Fanfiction O dono do morro
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 52
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda
Gêneros Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia
Essa historia era de uma patricinha e um dono do moro.. A mikaela mora fora do brasil e tem 16 anos ja o Lucas 18 e mora no moro do alemao... Mas interesse começa ler o livro amores ❤
  • 1
  • 2

Correndo atraz da felicidade escrita por ~geovaafgv

Fanfic / Fanfiction Correndo atraz da felicidade
Em andamento
Capítulos 0
Palavras 0
Atualizada
Idioma Português
Categorias A 5ª Onda
Gêneros Ficção
A História conta de uma menina chamada Jasmin ,que está cansada de ser e usar aquela roupa de menina quieta. Ela percebeu que está na hora de quebrar aquele muro que n deixa ela ser feliz de uma vez por todas.
  • 0
  • 0