Fanfics de Henrique & Juliano

Depois que te conheci! escrita por ~Niinaa22

Fanfic / Fanfiction Depois que te conheci!
Em andamento
Capítulos 98
Palavras 104.837
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Eu sou a Isabela, tenho 23 anos, trabalho como fotografa atualmente, e moro em Goiânia com minha melhor amiga de infância, Luana. A Lu namora o Gusttavo Lima, conhecemos ele através de um trabalho meu, desde então Gusttavo se tornou um verdadeiro irmão pra mim.
  • 137
  • 554

Te procurava de novo escrita por ~Amanda_hej

Fanfic / Fanfiction Te procurava de novo
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 3.169
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Comédia, Festa, Romance e Novela
As coisas mais legais da nossa vida acontecem assim, do nada.
Um esbarrão pode mudar nossa vida.
Tudo pode se transformar em questão de segundos!
É como dizem: Quando é pra acontecer tem dia , lugar e tem hora!.
  • 17
  • 20

Por Nossos Filhos escrita por ~Amanda_hej

Fanfic / Fanfiction Por Nossos Filhos
Em andamento
Capítulos 17
Palavras 6.751
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Romance e Novela
Duas famílias, uma cidade
Uma disputa por vaidade
Colocando o poder e ódio na frente do amor

Duas almas, um sentimento
Dois sobrenomes, um juramento
Não se juntariam por um nome só
E te esquecer seria o melhor

E finalmente no altar
Pedindo a Deus pra abençoar
Às alianças que seriam nossas
Os nossos filho é que vão usar

E olha a gente aqui agora
A sua filha é minha nora
Não adianta ir contra o destino
De novo a vida está nos unindo
  • 11
  • 42

A flor e o beija-flor. escrita por ~rmvf

Fanfic / Fanfiction A flor e o beija-flor.
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 6.094
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Tem algo muito curioso sobre o destino: Ele existe, mesmo para os que não acreditam nele. Nem mesmo a vida do mais cético dos seres humanos pode escapar das garras destemidas do cruel (ou doce) destino. Todo mundo passa por pelo menos um momento na vida em que precisa admitir: Estava escrito. Nas estrelas ou em lugar outro qualquer. Não importa. Era pra acontecer.
Aquilo que juramos serem pequenas coincidências, revelam ser o destino reservado pra nós.
Era uma madrugada de quarta-feira como outra qualquer quando Henrique e Luíza se cruzaram pela primeira vez.
  • 13
  • 18

O que acontece na balada 2 escrita por ~Niinaa22

Fanfic / Fanfiction O que acontece na balada 2
Em andamento
Capítulos 5
Palavras 3.829
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
...lá estava eu, simplesmente à um ano e meio com o Henrique... Uau... Eu que não me via com alguém mais do que três meses estava perdida de amores por aquele homem...
  • 53
  • 29

Outra vez escrita por ~Niinaa22

Fanfic / Fanfiction Outra vez
Em andamento
Capítulos 27
Palavras 24.848
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
...
- Nada como três anos para mudar as pessoas - Digo com um certo alívio colocando a mão no peito.
- Será mesmo Rafa? - Ele me olhou expressando dúvida enquanto apoiava o braço no banco se aconchegando de frente pra mim, depois de estacionar na frente de casa. - Será mesmo que três anos mudam tanto as pessoas?...
  • 85
  • 175

Inseguros escrita por ~laizagomesLS

Fanfic / Fanfiction Inseguros
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 8.730
Atualizada
Idioma Português
Categorias Giovanna Lancellotti, Henrique & Juliano, Luan Santana, Manu Gavassi, Natalia "Nah" Cardoso
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Suspense
SINOPSE:

(...)

Eu nunca imaginei, tão de repente, te encontrar
Fazia oito anos que a gente não se via
Engraçado como eu fui pra outro lugar
E você formado em direito e agronomia

Me lembrei do beijo, do primeiro dia em que te amei
Em frente a casinha onde eu morei
Ali nasceu o amor

Mas éramos tão
Éramos tão inseguros
Erramos por medo de amar
E sem nenhuma experiência para se entregar

Éramos tão imaturos
Éramos tão inseguros
Quem sabe se a gente tentar
Ainda resta uma esperança pra recomeçar
(...)

Essa história aconteceu quando eles ainda eram muitos jovens eles eram muitos amigos, só que ele estava sonhando para ser um cantor reconhecido no Brasil, ela recebeu uma proposta de terminar seus estudos e fazer a faculdade fora do Brasil com suas primas.
Mais entre esses acontecimentos tem um sentimento.
Embarque nessa história comigo.
  • 14
  • 6

Predestinados! ❤ escrita por ~Niinaa22

Fanfic / Fanfiction Predestinados! ❤
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 1.371
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense
- Mas isso aqui é a metade do meu cachê da semana - Disse a bela mulher na minha frente, a mesma que estava me tirando o sossego a dias... mas o que mais me tirava o sossego era aquele espartilho curto e colado ao corpo cheio de curvas, o olhar marcante que não saía da minha cabeça.

- Você não veio ontem - O sujeito na sua frente parecia irritado, não fez nem questão de se juntar ao balcão, deduzi ser o patrão, ou seja lá como for que ela o chamava - Não veio antes de ontem e ainda quer receber a semana cheia? 

- O meu filho ficou doente Edgar eu não tenho culpa - Percebi que estava a ponto de chorar, a mão na testa - Eu preciso alimentar duas crianças. 

- Eu já falei pra você - O tal Edgar abriu os braços - Quer ganhar mais é só abrir as pernas. 

- Você é ridículo! - Ela exclamou antes do mesmo sair sem dizer mais nada... Apoiou os cotovelos sobre o balcão e as mãos no rosto, respirou fundo. 

- Posso te pagar uma bebida? - Pergunto fazendo-a me olhar. 

- Não bebo em horário de trabalho - Ela respondeu curta e grossa, voltando sua atenção para o balcão. 

- Você vai voltar a dançar? - Não me respondeu, o que deduzi que não - Então está liberada não está? 

- Não aceito bebidas de estranhos - Respondeu mais uma vez curta e grossa, me deixando ainda mais encantado. 

- Eu não sou nenhum estranho - Arqueei a sobrancelha assim que ela me olhou mais uma vez, impossível que não me conhecia. 

- Pra mim você é... a não ser pelo falo de que vem aqui todas as noites nos últimos dias, tirando os finais de semana... É um estranho - Respirou fundo... sorrio de canto, então ela notou minha presença todos esses dias. 

- Pode me chamar de... - Penso bem em dizer, talvez se falasse meu nome ela lembraria da dupla - Tavares. 

- Ok, senhor Tavares - Respondeu sem me olhar. 

- De quanto você precisa? - Ela me olhou desentendida - De quanto dinheiro você precisa?... para o seu filho - Mostro a mão. 

- Eu não preciso da sua esmola senhor Tavares - Ela respondeu parecendo ofendida. 

- Não quis ofender - Ergui os braços - Apenas ajudar. - Ela não respondeu e nem olhou... - Gabriel é o seu filho? - Fugi do silêncio fazendo-a me olhar mais uma vez desentendida... Apontei para o seu ombro onde estava uma tatuagem. Ela assentiu - E aonde está o Gabriel agora se a mãe está aqui? 

- Com a minha irmã mais nova - Voltou a respirar fundo. 

- Quantos anos tem a sua irmã? - Franzi a testa, aquela história estava me deixando curioso. 

- Você por algum acaso é algum espião - Ela bateu no balcão irritada - Pode falar, foi o Paulo quem te mandou. 

- Ei, calma - Ergui os braços mais uma vez - Não conheço nenhum Paulo... 

- Desculpa - Ela baixou a cabeça - Não estou num dia muito bom. 

- Agora fiquei curioso - Cruzei os braços apoiando meu pé no seu banco - Quem é esse cara que você expressa tanto ódio? 

- Meu ex marido - Ela respirou fundo, fechando os olhos. 

- Deixa eu adivinhar - Parecia que o obvio estava na cara - Paulo abandou você com um filho pequeno, a irmã mais nova... Você sem condições de cria-los, sem oportunidade de trabalho, só restou esse lugar. Tô certo?...
  • 29
  • 9

Opostos e Perfeitos! escrita por ~Niinaa22

Fanfic / Fanfiction Opostos e Perfeitos!
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 1.430
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano
Gêneros Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense
... - Vem cá, você ganha a vida enchendo o saco dos outros? - O olhei por cima, de fato ele era o dobro do meu tamanho. 

- Ah você não me conhece? - Cruzou os braços, claro que não, porque o conheceria? 

- A menos que você seja algum famoso eu acho que não - Rio ironizando, ele riu da minha cara. 

- Beleza senhora sabe tudo! - Debochava sem ao menos disfarçar - Mas e você faz alguma coisa pelo menos ou vive a vida esbarrando nos outros por aí? 

- Eu danço - Aponto para o centro do ginásio aonde estava se apresentando o primeiro grupo - Acho que você já percebeu. 

- Você chama isso de dança? - Ele riu alto mais uma vez. 

- Você é um otário preconceituoso - Apontei o dedo para o mesmo, aquele babaca estava me tirando do sério - O que faz aqui se não gosta? 

- Não sei - Ele abriu os braços - Talvez tenha me dado vontade de esbarrar numa otariazinha que acha que dança alguma coisa. 

- Você é um babaca sabia? Devia pesquisar um pouco mais sobre o street dance. 

- Não obrigado - Voltou a cruzar os braços - Não tenho tempo, vivo na estrada... Eu trabalho sabe - Inclinou a cabeça pra frente. 

- Ô Henrique caralho - Ouço uma voz alta e o sujeito ridículo na minha frente olhando pelos meus ombros. Olhei pra trás e um carinha o chamava de braços abertos... Então o nome do otário é Henrique...
  • 35
  • 9

O melhor amigo do meu irmão escrita por ~Mandy_085

Fanfic / Fanfiction O melhor amigo do meu irmão
Em andamento
Capítulos 43
Palavras 18.445
Atualizada
Idioma Português
Categorias Henrique & Juliano, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?)
Gêneros Ação, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Sobrenatural, Violência
Eu tentei mais não deu pra me esconder desse amor maluco,eu fugi mais de nada adiantou,Não sei quem é mais maluco se sou eu ou ele que apostamos em uma coisa que sabemos que não vai dar certo,ou talvez de o futuro é imprevisível,ninguém é de ninguém,ou será que alguém é de alguém?nesse mundo de nada temos a certeza só que amanhã vira,e esse amanhã pode mudar tudo em uma única história,o vilão pode virar mocinho ea mocinha pode virar a vilã,os dois podem viver ou os dois podem morrer
  • 43
  • 36