Tópico Como aconteceu?

18 Respostas

~CherryKisses

Usuário: ~CherryKisses
Olá! Sou uma cereja! :3
Administrador do Grupo
Aqui irão contar como aconteceu a vossa transformação. Pode ser contado de forma divertida, dramática, exagerada, simples ou detalhada... como quiserem! ^-^ Terão de ter em conta duas coisas. 1ª- têm de entrar em contacto com o animal em que se transformam ou em casos mais difíceis como lobos ou derivados, podem colocar que se abraçaram a um peluche ou depois pensem vocês, ok? 2ª- bem neste caso é opcional, que é descrever os sinais de aparecimento do vírus e da transformação.
Para terem algumas ideias irei colocar a minha história de seguida,sim?

P.s: quando começar a ter respostas a este tópico irei colocar o primeiro tópico de RPG - a escola, ou depois logo irei ver o nome conforme a situação ^-^

~CherryKisses

Usuário: ~CherryKisses
Olá! Sou uma cereja! :3
Administrador do Grupo
Rosallina Park:
- Que tédio... - murmuro entre dentes enquanto rebolo de um lado para o outro da cama. - Não é justo eu ter ficado sem computador só porque tirei uma nota baixa no teste de Matemática! Bem... se calhar até é justo... MAS ASSIM NÃO TENHO O QUE FAZEEEEERRRRR!!! - grito enquanto esperneio como uma criança quando faz uma birra danada porque a mãe não lhe compra o tal brinquedo, coisa que me valeu uma queda da cama abaixo. - Eu estou bem... - digo enquanto passo com a mão pela cabeça.
De repente, num impulso incompressível, direcciono o meu olhar para a varanda do meu quarto e ao ver o vento forte lá fora, um arrepio percorre o meu corpo. Então lembro-me que algo fofinho, peludo, preto e orelhudo deve estar a congelar lá fora. Corro para a porta da varanda (nem sei como se designa isso mas pronto... u.u) e vou encontrar o Senhor Bigodes todo encolhido a um canto. Pego nele de modo a aconchegá-lo dentro do meu casaco e volto a encarar o horizonte.
- Que cheiro esquisito no ar... o que é que será que a minha mãe se pôs a cozinha desta vez? - murmuro enquanto faço festas no pêlo macio do meu coelhinho.
Vejo uma brisa com um tom invulgarmente avermelhado a passar por mim e depois de alguns segundos sinto uma comichãosinha no topo da cabeça. Quando subo a mão para me coçar sinto algo macio, longo e fofinho nesse sitio. Quando agarro o objecto misterioso e o puxo para a frente dos olhos, deparo-me com uma orelha negra de coelho.
- AHHHHHH!!! - grito com o susto - O QUE É QUE ACONTECEU?! - entro em paranóia assim que entro e me vejo ao espelho com duas orelhas pretas de coelho e um "pom pom" no rabo...

~Yon-Chan

Usuário: ~Yon-Chan

- Cá estou denovo - Falo comigo mesmo enquanto andavam floresta a dentro.

Por que todo mundo sempre me critica por eu cuidar da blaze, que droga até meus pais me criticam ao em vez de me ajudar (blaze é o nome que ele deu a uma filhote raposa que encontrou na floresta )

- Estranho, que cheiro é esse ? - Me pergunto ao sentir uma leve brisa vindo da cidade trazendo um pó vermelho bem fino.

ando até chegar na caverna que deixei blaze escondida, e la estava ela aninhada num monte de panos que deixei pra ela dormir, o pelo branco um pouco manchado de tanto ficar na caverna a pintinha preta na testa um pouco deformada por causa do pelo baunçado mais ainda fofa como sempre.

- Oiii blaze, sentiu minha falta garota - Falo acariciando a cabecinha dela, ela acorda já me cheirando.

Tiro a comida da mochila e dou comida a ela.
- Hoje nos vamos pra casa ^^ - Depois de uns minutos sinto uma irritação nos olhos e alguns formigamentos na cabeça e no final das costas, mais não do tanta importancia, arrumo blaze com cuidado dentro da mochila grande.

- Mãe, pai voltei - gritei entrando em ksa mais fui recebido com uma grande pancada na cabeça. - AI AI AI O QUE FOI QUE EU FIZ ? - Gritei denovo quando vi meu pai com um taco de baseball na mão e minha mãe atras dele com cara de medo.

- SAIA DAQUI MONSTRO VOCÊ NÃO É MAIS NOSSO FILHO SAI - Eles continuaram gritando mais eu não conseguia mais ouvir minha mente tinha parado ao ver a cena dos meus pais me chamando de monstro e me expulsando, sai correndo de casa até que cheguei em uma rua que tinha umas lojas, fiquei em choque ao ver meu reflexo na vitrine, duas orelhas pontudas e cheia de pelos haviam aparecido na minha cabeça e eu sentia um incomodo no final das minhas costas então compreendi que eu também havia sindo infectado com o virus que havia sido liberado misteriosamente, levantei o casaco então senti o rabo peludo se esticar.

- Eu preciso ir pra aquela cidade que organizaram só la ficarei seguro.

~Saiph - Clan Dragon

Usuário: ~Saiph
Führer
Estava nas montanhas,acariciando um Tigre que o batizei de Ash,que cuido dele desde que ele era um filhote,e então,ele vai para as montanhas,onde ele fica,e depois volta para me ver,como acontece todos os dias,e então,fui para minha casa,e senti uma brisa bater no meu rosto,logo caio no chão,e sinto uma sensação estranha,me olho no espelho,e mudei totalmente.Meus cabelos ficaram Laranjas com mechas pretas,minhas unhas e dentes cresceram,meus músculos tambem,e marcas como a de um Tigre tinham se formado em mim.Logo depois descobri sobre o Vírus,e fui embora,sem me despedir do Ash.

~RainhaDosGnomos

Usuário: ~RainhaDosGnomos
Sadnes's inside :(
Hithery Yanamato :

Esta estava a andar pelas ruas da cidade até que vê um pequeno gato muito machucado,ela pegou ele e levou para casa.

-Hithery oque você tem ai ?-Perguntou a mãe dela.

-Um gato...Ele esta machucado !-Falou ela.

Hithery foi para o seu quarto e deixa o gato ali,vai na vozinha e busca algo mas então quando ela voltou o gato não estava mais ela e então ela sente uma coceira em sua cabeça e atras dela,ela vai no espelho e ve...Ela estava com orelhas de gato e um rabo também.

~AmandaAbdeer

Usuário: ~AmandaAbdeer
A menina da toga
Tudo começou com uma briga , entre eu e minha mãe.
-O que foi que você fez agora !
-Não sei.
-Voce nunca sabe , por que eu tinha que ter uma filha tão , voce!Prega pessas em todo mundo , amedronta os colegas , destroi mobilia...
-Ei eu não prego pessas em ninguém , como eu amedrontaria alguém ?E você sabe o por que de eu destroir mobilia, e dai que minhas notas são baixas , eu também tenho uma explicaçao para isso, eu não tenho nada de errado!
-Entra no quarto vai ficar ai por um bom tempo , foi expulsa , de novo ...-e ela me trancou no quarto.
-Que droga , vou te que estudar em casa , ninguém merece!A oi Pérsia você tá ai -Digo pegando meu persa no colo e acariciando ele .-Que calor , vou abrir a janela!-e eu abri , dai de repente eusenti alguma coisa levantando minha saia , meu irmão provavelmente!dai eu pus a mão e era uma coisa fofinha e peluda como uma cauda !Me olho no espelho e vejo orelhas enorme de gato na minha cabeça e uma cauda peluda .-Aaaaaaaaaaahhhh! Mãe !

~Misani__Uchiha - Clan Impossibile

Usuário: ~Misani__Uchiha
I Love Uchiha's
Hana no megami


Hana estava passeando pela floresta,Indo atraz da sua Raposa que ela tinha.

-kuromi(Nome da raposa da hana)onde tava vc Criatura !!.Chamava Hana

Hana escutou um barulho nos arbustos e foi la vê se era sua Raposa e no fim era,Então ela foi la e pegou ela.
Bem na hora que Hana pegou a Kuromi(A raposa) ela sentiu um cheiro extranho e depois e ela viu um luz vermelha.
Passou se uns minutos a luz vermelha desapareceu e ela passou a mão na cabeça e sentiu orelhas lá,
Dai ela quase teve um Piripaque e começou a falar um monte de coisa:

-AII MEU SANTO KAMI EU VIREI UM RATO DE LABORATORIO AHHHHHHHH...Perá eu to parecida com a Kuromi então...AHHHHH MEU KAMI EU VIREI UMA RAPOSA HUMANA JESUISS!!.Gritava Hana e ficava ando pra la e praca.

Quando ela percebeu que ela estava com Tatuagem e uma Roupa diferente do qual ela tava usando e mais uma vez teve um ataque de loucura.:

-Isso só pode ser...MACUMBA ISSO FIZERAM MACUMBA PRA MIM HAHAHAHAHA PQ EU TO RINDO? E PQ EU TO FALANDO SOZINHA KAMI A LOUCURA TA ME AFETANDO !!!.Mas uma vez ela gritou

e Kuromi não entendi nada(Inner de Hana: Logico queria oque?!,as raposas não falam!\Hana:Cala Boca Inner e deixa contar a historia!!).

-Quer sabe nem é tão mau ser uma Raposa-Humana até que não éo Fim do mundo ^^,Genti eu acho que eu sou Bipolar DROGA to falando sozinha devolta.Falava Hana.

Hana levou a Kuromi pra casa dela já seus pais tinham morrido ano passado,Ela ficou la usando o Negocio(Inner de Hana: QUE NEGOCIO?!\Eu: Inner o negocio que esta na mão dela e eu esqueci o nome !!\Inner de hana: Ata). FIM

~Neko_Mabel_YT

Usuário: ~Neko_Mabel_YT
Youtuber
Akatsuki Tsuname-
Akatsuki-Shokooooo(Gato dele) shoooookkoooo vem caaaa floko de neve -Fala irritado então sai de casa a procura de shoko quando sente uma brisa e uma poeira vermelha logo começa a tocir acha shoko de baixo de um carro pega shoko e levou pra casa quando chegou foi tomar um banho quando se viu seu olhos eram de gato e suas orelhas e ele tinha uma calda branca e ele gritou-HAAAAAAA Virei um GatOO! Eu acho que vou pra quela escola se nao os "normais" vao me matar meu Deus eu peguei o virus que tanto falavam!

~Starmit - Clan Dragon

Usuário: ~Starmit
Radioativa
Mary

Correndo ofegante, olhando para os lados aterrorizada, uma garota de cabelos castanhos e olhos da mesma cor corria sem rumo, a garota estava com medo, a chuva lá fora, os raios que clareavam o céu de noite, de repente um apagão, a garota deu um grito o abafando com uma das mãos.

- Você não pode correr Mary - a voz assustadora de seu pai ecoava pelos corredores, que agora estavam em uma escuridão total, de sua mansão.

Lagrimas escorriam do rosto da garota, lagrimas de pavor e medo, um raio iluminou o extenso corredor que ela teria de passar para chegar a porta de entrada, suas esperanças voltaram a tona, ela estaria saindo, porém foi agarrada pelos cabelos e levada de volta para o laboratório de seu pai, ele a arrastava e a garota gritava e se debatia.

- NÃO COMPLIQUE AS COISAS MARY ! - gritava o homem, ela conseguiu se soltar, porém quando foi correr tropeçou, caindo derrotada - se continuar assim, terei de cortar suas pernas - o homem deu um sorriso e a puxou para o laboratório.

deitou a garota na maca, a prendendo com força, para ela não sair novamente, ele tinha drogado a garota antes dela fugir, e a droga estava fazendo efeito, ela sentia seu corpo pesado e seus olhos estavam se fechando sozinhos, contra sua vontade, ela só pensava em sair daquele inferno, mas não conseguia.

- Só vai doer um pouquinho - o homem que se dizia seu pai, acendeu uma luz forte sob a garota - agora não se mexa - mostrando a agulha para a garota e injetando um líquido estranho dentro dela.

***


Mary acordou com o corpo inteiro doendo, ela olhou para os lados, ela estava em um quarto da mansão, ela começou a se lembrar da noite passada, lembranças e mais lembranças e então a injeção, ela se levantou porém percebeu em uma cauda felpuda com coloração rosa, correndo para o banheiro do quarto ela se olhou para o espelho.

Agora a garota tinha orelhas e cauda de gato, seus cabelos, se é que podiam ser chamados de cabelos, estavam róseos, seus olhos azuis, a pele muito pálida, com os olhos arregalados a garota saiu do quarto, escancarando a porta e quebrando tudo que estava em sua frente, e seu pai ? ela nem sabia onde aquele maníaco havia se metido.

Saindo para o jardim, a garota gata olhou para baixo, lagrimas rolaram pelo rosto e ódio queimou em seu corpo, a garota deu um grito estridente e não se aguentou de pé, caindo de joelhos no chão, o céu nublado e cinza, uma chuva começou.

- EU VOU ME VINGAR - gritava a garota apertando suas mãos com força - PODE APOSTAR QUE EU VOU ME VINGAR !