Tópico Avenida principal monstruosa.

483 Respostas

~ShiroKB-chan

Usuário: ~ShiroKB-chan
-x-
Administrador do Grupo
Nessa Avenida, temos as principais ruas para shoppings; restaurantes; lojas; casas; prédios; delegacias; etc...
Nela, muitas pessoas estavam no seu dia a dia normal quando tudo mudou drasticamente. A maioria ali foi morta, carros estraçalhados, batidas, explosões, sangue e zumbis.
É difícil passar por ela vivo, de tantos zumbis, podem até pular de uma janela em um prédio e te atingir por cima. A todos que vão passar por aqui, cuidado.


Sobreviva, não pela raça humana, por você.

~Jhonny_P1

Usuário: ~Jhonny_P1
"I'm just a sucker for pain"
Toy:

Chegamos a avenida,já tinha muito sangue no teto,afinal passamos por vários zumbis,tinha achado uma placa com espinhos''devia ser de algum punk''penso,conecto ela na parte da frente do carro,dando assim mais proteção para nós e mais poder de ataque pro carro

~ShiroKB-chan

Usuário: ~ShiroKB-chan
-x-
Administrador do Grupo


Ele estaciona, eu recarrego minha arma e abro a porta saindo. Olho em volta abaixando a arma, aparentemente nada.
- Viemos para uma farmácia?- pergunto meio incrédula. Ele lê mentes? Minha barriga estava ainda muito dolorida, isso seria como o céu. Sorri.- Você é 'adivinho'?- olho para trás e vejo o estado dos demais ainda dentro do carro.-Querem que eu traga alguma coisa para vocês? Ou melhor, algum de vocês consegue tratar de machucados?- pergunto pondo as mãos na cintura.

~Riren

Usuário: ~Riren
Diferentona

Dakota Uckerman, Dakota.

Decido não falar nada, vou até a farmácia procurando algum remédio para a garota de cabelos rosados e acabo achando um que diminuía a dor de ferimentos.
— Toma. — Disse jogando para ela o remédio e procurando outros remédios para mim mesma pegar, pego minha mochila e começo a jogar remédios que eu precisava dentro dela.

~DamaNegra - Clan Fantasy

Usuário: ~DamaNegra
Imperatriz
Estava encolhida dentro da farmácia, eu queria chorar mais não conseguia e nem podia, eles poderiam ouvir. Escuto o barulho de um carro parando e seguro com mais força ainda a minha bolsa. A algum tempo já não escutava mais os barulhos agonizantes que os zumbis emitiam, mas mesmo assim não tinha conseguido sair dali.

~DamaNegra - Clan Fantasy

Usuário: ~DamaNegra
Imperatriz
Acho que fiquei uns de minutos quiet depois do carro parar. Até que ouvi alguém dizendo:

- Toma.

E tomei coragem para sair dali. Abri devagar a portinha que tinha embaixo do balcão da farmácia e saí me arrastando sem fazer nenhum barulho.

~ShiroKB-chan

Usuário: ~ShiroKB-chan
-x-
Administrador do Grupo


Sorri e tomei o remédio. Lembrei-me de umas pomadas que poderiam ajudar, observei o lugar e deduzi que estaria perto do caixa, ao chegar lá me deparo com uma garota se arrastando encolhida. Deveria estar com medo.
-Gente, vem cá...-chamo eles sem tirar os olhos da garota. Minha mão esquerda estava com sangue então outra pessoa teria que ajudar a ela se levantar.

~DamaNegra - Clan Fantasy

Usuário: ~DamaNegra
Imperatriz
Levantei do chão e vi quatro pessoas, um garoto novo, duas meninas que aparentavam ter a minha idade e um garoto mais velho que todos nós.

~Riren

Usuário: ~Riren
Diferentona

Dakota Uckerman, Dakota.

Me afasto do grupo e saco minha faca militar e vou á procura de munição para minha magnum, acabo encontrando 5 caixinhas de munição e jogo-as na mochila, quero logo me afastar deles, se eu me comprometer com o grupo as coisas só ficarão sujas para mim, sempre é assim!

Procuro também por alimentos e consigo achar alguns que pelo incrível que pareça não estavam nem um pouco podres pelo que parecia, parece que o destino gosta de ver nós dando conta de algo e como reagimos á tais situações, acho que seria até engraçado se eu tivesse no lugar do próprio, quem não acharia, afinal?!

Vejo um zumbi se aproximar de mim e com minha faca militar em uma sacada rápida enfio em sua testa antes que tocasse em mim, olho para os lados, por enquanto só tinha um... por enquanto...

~ShiroKB-chan

Usuário: ~ShiroKB-chan
-x-
Administrador do Grupo


Esperei ela perceber que não teria riscos e depois me agachei perto dela sorrindo.
-Olá, tudo bem?- pergunto gentilmente, não era meu forte mas...-Sou Rose, somos sobreviventes, tenho 19 anos, a prateada ali no carro também, o garotinho tem 13 e o resto...- dei de ombros e fiz uma careta, não conversamos muito...- E você é?
Tudo ótimo demais. Temos já dois garotos e quatro garotas! Demais! Meu machucado sentiu uma brisa de vento e ardeu me fazendo fazer uma careta de dor.- Eles continuam a apresentação... se quiser, junte-se a nós.-concluo me levantando e deitando nos últimos bancos do carro. Eu estava cansada de ser paruzeira, uma sonequinha me cairia bem. o sono me tomou. Pelo menos eu estava dentro do carro.

(off: boa noite o/)