Grupo Caelestis



Grupo Caelestis
Administrado por ~Thryrt, ~tokkie, ~Liljah
Criado
Tipo Privado
Conteúdo visivel para Apenas membros
Durante os anos primordiais do planeta Terra, conta-se que os Deuses criadores de tudo — e os outros seres derivados de suas existências — costumavam coexistir com os seres humanos em paz e harmonia, sendo o combustível para sua presença, a fé. Ambas raças entendiam-se tão bem entre si, que acabaram por atingir o ponto de até mesmo desenvolverem fortes laços amorosos, o mesmo qual, posteriormente, gerou sucessores híbridos. Tais seres pertenciam à um gene tão avançado e poderoso, que beiravam a linhagem sanguínea celestial dos Deuses, sendo a segunda raça mais prestigiosa a povoar o planeta; E eles eram conhecidos das cinzas, como poeira celeste.

Por longos séculos, então, perdurou-se a união e conciliação entre as três raças, ignorando não poucos, mas diversos conflitos que surgiram ao longo do tempo — e que entretanto, foram logo resolvidas através da mutual avença; Porém, ao contrário do que se pensa, o tenebroso mau não estava longe de assombrá-los, e tão pouco nasceu da imperfeição do homem.. Somente da junção do pecado, com o divino: Eram a poeira celeste, que agora, ao invés de simbolizar a possibilidade junção e eterna serenidade, se tornaram sinônimo de inveja e traição para o restante das nações.

Tais “corpos celestes” trabalhavam em mistérios noturnos que envolviam somente a sua própria linhagem, levando consigo a filosofia de que, por serem a mais pura junção entre a imperfeição e a perfeição, as suas existências podiam ser compreendidas como o equilíbrio a meio do que era mais sagrado no mundo; De que por possuírem a mistura do sangue humano e sobre, correndo e dando vida em suas veias, a capacidade guardada dentro de seus corações era superior a de todo restante, logo, transformando-os na definitiva — e única — solução, que iria se sobrepor diante de absolutamente qualquer futuro. Ou, de modo purista, os verdadeiros herdeiros do universo.

Foi através desse mesmo pensamento que desbravaram por inúmeras estações, desde o inverno à primavera, todo o universo incluído no espaço sideral: Viajaram por diversos planetas, viram estrelas morrerem, sopraram dentro de buracos negros... Construíram sua própria colônia sobre o brilho encantador da poeira espacial, enfim, simbolizando o começo de uma nova era; Porém, independente de quantidade e poder, nunca a cópia poderia superar o original. E tal provocação, tamanha traição contra seus genitores, não foi deixada passar por despercebido de modo algum.

A Deusa da Lua, Selene, e da Noite, Nyx, uniram-se para castigar os híbridos com ajuda de Chaos, o primeiro Deus a surgir no universo — e que além disso, simboliza o “espaço vazio primordial”; Assim, uma, que conhecia o segredo da imortalidade, roubou a vida eterna de cada uma poeira celeste, tornando as suas existências com valor equivalente a de um humano; Outra, criou uma maldição inquebrável que continua a existir até atualmente, contando que, um novo traidor seria suficiente para ativar o efeito dominó sobre todo o restante de sua raça — ou seja, caso algum outro híbrido ousasse trair aqueles que lhe deram vida, a noite tornaria-se eterna e o céu nunca mais teria luz, sendo o portão para que as feras indomáveis viessem destruir a pobre Terra e dar finalmente cessação à tal linhagem maldita. Entretanto, o pior foi somente deixado para o final.

Chaos, igualmente, lançou uma maldição sobre os seres celestiais. Mas ao contrário de Selene, tal foi além, e castigou os outros Deuses, culpando-os por terem confiado no sangue imperfeito dos humanos e reproduzido-se com os mesmos. Então, fez com que permanentemente e sem chance alguma de reversão, todo e qualquer ser que houvesse nascido (e perdido a valiosa imortalidade por algum motivo) e fosse nascer com o sangue divino, estivesse destinado a tornar-se um corpo celeste, ornamentando o espaço sideral. Seja como um planeta, como uma lua, como uma estrela, como uma nebulosa. Essa seria a maldição embutida naquele sangue manchado para sempre — e sendo o motivo do porque, em nossos dias, a grande maioria dos astros foi concebido o nome daqueles que nos tempos antigos, eram reconhecidos por estarem no ápice do potencial e poder.

E tudo estaria absolutamente perfeito, se não fosse pela inveja e sede de vingança fervendo em Cronos, o mais jovem e Rei dos titãs: Após ter tido a sua imortalidade roubada por Nyx, o mesmo não conteve a tamanha raiva, e com o pouco que lhe restou de poder, profetizou que mesmo que demorasse séculos, o tempo, por conta própria, traria o poder dos astros e entregaria para seus descendentes, dando-os a capacidade de transformar e expressar a existência de seus antecessores como poderes especiais, apenas para implantar o caos; Então, por exemplo, a reencarnação de Fobos poderia possuir o poder de seu pai, Ares, e assim por diante, sendo algo que varia de pessoa para pessoa.

Posteriormente, entretanto, Cronos estava convicto que os híbridos seriam seus peões para destronar a tirana Nyx e todas as suas feras subterrâneas, acabando de uma vez por todas com a maldição da lua e do vácuo, além de recuperar o “eterno”. Por isso, vocês, reencarnações dos mais poderosos seres que já existiram, irão permitir que a profecia de Cronos seja cumprida e lutar por seus direitos, ou tão somente irá assistir o mundo desabar diante de si sem interferir, cedendo ao pedido do titã?

— Dados:


Universo: Atualmente, estamos na década de 2048, e por conta disso, a tecnologia é algo constante, sendo a inteligência artificial ou veículos flutuantes, por exemplo, coisas normais. Também existem empresas especiais que fizeram bases foras do nosso planeta (a terra), criando círculos de empreendimento etc — sendo a prova mais saliente de como a humanidade ficou avançada, e pondo em perigo a raça mais fraca, já que a guerra final deve acontecer no espaço. Essa parte será amplamente desenvolvida durante o RPG em si;
Conhecimento: Os seres humanos dos tempos atuais não possuem um conhecimento amplo e tão pouco fé nas histórias antigas, quais incluem todas as maldições e contos sobre a existência dos Deuses e suas proles. Logo, nem mesmo que estivesse em sua frente, as pessoas ficariam crédulas sobre o que realmente está prestes a acontecer.. Porém, ainda existem diversas famílias e linhagens que guardam segredos sobre tal assunto, não sendo leigas sobre a realidade nua e crua que está escondida no saber da antiguidade.
Expressões: Os poderes podem ser literalmente expressos de qualquer modo, desde que tenham uma ligação direta com sua consciência (o Deus que a habita), ou somente com o que envolve sua constelação protetora (a representação dela em si); Então, por exemplo, sendo a reencarnação do Deus Fobos, você poderia optar por poderes relacionados ao próprio, ou a sua constelação.




Baseado em ideias originais.

Mensagens