Tópico Historia de Silent Hill2 Final

0 Respostas

~SmellyKraken

Usuário: ~SmellyKraken
Hell is other people
Administrador do Grupo
Então Laura percebe a falta de uma outra carta. Provavelmente essa outra deveria ser entregue por Rachel para James depois que Mary morresse. Laura a roubou junto com a sua e perdeu-a em algum lugar. Laura sai desesperada atrás da outra carta.

James continua andando pelo local, resolvendo puzzles. Até que ele chega no quarto 312, onde ele e Mary ficaram em um dos dias que foram a Silent Hill. Lá ele põe para rodar a fita de vídeo que ele achou (a fita que filmaram na viagem). Ela mostra uma imagem de Mary falando. Nada muito importante. Mas logo passa para uma cena onde Mary está doente e James se aproxima e a sufoca com um travesseiro. Neste momento, James percebe a ilusão que estava vivendo. Que ele realmente matou Mary uma semana atrás e estava imaginando que ela tinha morrido doente.

Uma observação. A carta que ele recebeu de Mary vai desaparecendo conforme você anda pelo Hotel. Primeiro somem as letras da carta. Depois o papel e depois o envelope. A carta também foi uma ilusão. Pouco a pouco, James vai percebendo a loucura que viveu. Logo, Laura entra no quarto perguntando por Mary. James fala que ela não morreu de doente, foi ele que a matou. Que a Mary que ela conhece não está lá. Essa é uma cena muito bonita. Laura vai embora triste. Neste momento, James percebe que Mary está de fato morta, e a coisa que o trouxe até ali não era Mary.

James logo começa a ouvir o chiado no rádio chamar por ele. Então ele continua a andar pelo prédio. Num momento surreal, com uma escadaria "mágica" pegando fogo, ele encontra com Angela novamente. Eles têm uma conversa na qual ela o confunde com sua mãe. Angela questiona o esforço de James em ajudar outras pessoas. "Ou você acha que pode me salvar? Você vai me amar? Cuidar de mim? Curar toda minha dor? Foi o que eu pensei.". James não fez isso por Mary. Angela sabia que também não o faria por ela. Ela pede a faca de volta. James não devolve e nega que ele a iria usar para se matar. Angela some em meio às chamas, deixando James para trás. James fala "está quente como o inferno aqui." E ela responde que para ela é sempre assim.

Isso me fez pensar que Angela tinha incendiado a casa de seu pai. Então ficou com a imagem das chamas como sua loucura. Mas o Lost Memories não menciona nada assim. Nem a notícia falando da morte do pai menciona um incêndio. Porém, um site oficial de Silent Hill que ficou aberto por pouco tempo declarava que o Hotel havia sido incendiado a anos, o que é bastante coerente com um desenho encontrado na prisão, que mostra o Hotel pegando fogo. Porque misturaram o passado de Angela com o incêndio no Hotel? Não fez sentido para mim...

James continua até que encontra dois Pyramid Heads, atacando Maria, uma última vez, presa de ponta cabeça numa jaula. James cai ao chão ao ver a cena. Então ele percebe o porquê da existência de Maria e Pyramid Head. Então ele diz: "Eu era fraco. É por isso que eu precisei de vocês. Precisava de alguém para me punir pelos meus pecados. Mas tudo acabou agora. Eu sei a verdade. É hora de terminar isso."
Ou seja. James precisava de uma punição. Dessa idéia surgiram Pyramid Head e Maria, com o intuito de puni-lo, jogando contra ele todos os crimes que ele cometeu contra Mary. James enfrenta os Pyramid Heads, terminando com o próprio suicídio deles. Então James vai em direção à batalha final do jogo. Agora depende do final.

-------------IN WATER

James encontra com Maria no telhado do prédio e, apesar das insistências dela, para que ele fique com ela, que ela é melhor do que Mary, ele a rejeita. Então eles brigam e ele a mata. Ou melhor, destrói, já que ela era uma "criatura ilusória" de Silent Hill.
Então de algum modo, James retorna ao quarto onde Mary estava hospitalizada e conversam sobre o sofrimento de ambos diante da doença de Mary e os motivos que levaram James a matá-la. Mas ela morre diante de James novamente, pela doença desta vez. Então ele a pega nos braços, a põe no carro (Como? Ele ainda tinha que estar meio louco.) E se joga na água do lago.
Neste final temos a história de um homem que, assim como Eddie e Angela, foi levado pela ilusão e morreu na cidade.

------------LEAVE

Igual o final anterior, James discute com Maria e conversa com Mary. Mas na conversa, Mary perdoa James e insiste que ele continue com a sua vida, que durante os três anos da doença de Mary, foi voltada aos seus cuidados. Então James vai embora, perdoado, e encontra-se com Laura no cemitério. Então vão embora juntos.
Neste final, temos um homem que venceu seus complexos e ao "teste" feito pela cidade. É o final feliz.

------------MARIA

Neste final particular. James se encontra com Mary no topo do prédio. Eles discutem. Mary o acusa de odiá-la, não o perdoa pelo que fez e insinua que ele achou Maria para substituí-la. Então ele a enfrenta, e volta para o Rosewater Park e reencontra Maria! Ela lhe pergunta: "Você achou Mary?", e ele sem percebê-la responde: "Não. Aquilo foi só algo que eu.... Maria?". Creio que ele ia falar que Mary foi só uma ilusão dele ou algo assim. Então ele aceita Maria e vão embora juntos. Mesmo Maria estando doente...
Neste final, ele continua com as suas ilusões e volta ao seu mundinho paranóico.

------------REBIRTH

Ele tem a mesma discussão com Maria. Então, após matá-la, ele pega os itens necessários e parte para o processo de ressucitação de Mary, descrito no livro "Lost Memories" (desta vez é o L.M. encontrado no jogo mesmo. Não a publicação). Dizendo coisas como “Mary, perdoe-me por te acordar, mas eu não posso viver sem você. Os deuses não deixaram essa cidade, e dão poder para os que os veneram. Poder para desafiar até a morte...".
Dá a entender que ele a ressuscitou.

----------------------------------


Porém, parece que o final "oficial" é o In Water. Pois em SH4 é dito que Frank Sunderland perdeu um filho e uma nora em Silent Hill. Provavelmente foi James e Mary.
Uma consideração importante a respeito da história é que, só porque as criaturas, Pyramid Head e Maria são imaginação de James, frutos de sua loucura, não significa que ele não tenha entrado no hospital, no apartamento, no Hotel. Não significa que não tenha matado Eddie, ou que as pessoas que Eddie matou não tenham morrido de verdade. Creio que com exceção das criaturas, PH, Maria, Mary e a carta de Mary, todo o restante tenha sido real.