Tópico Auditório

16 Respostas

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo
-É aqui onde todos os alunos se reunem para as aulas, um grande auditório com 500 poltronas, onde os alunos assistem aulas, ouvem palestras e de vez em quando, assistem alguma peça de teatro.

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo




Jeon Jungkook:





Chegou ao auditório junto de Yoongi e caminhou com o mesmo até as poltronas no meio da sala, se sentou ao lado dele e repousou sua mão ma coxa do rapaz, olhando para frente.


-É um saco não é? Mesmo depois de séculos temos de assistir aulas, como se não soubessemos nada do que esses professores estupidos vão falar. Mas preciso prevenir os ataques da A.R.Y. - Falou baixo enquanto fitava as portas de entrada, esperando algum professor entrar. Alguns alunos já se encontravam lá e Jungkook somente esperava por um ataque, obvio que os boatos de uma caçadora entrar em Kuronaisaki iriam despertar a atenção da A.R.Y. era só questão de tempo até atacarem, e quando o fizessem, Jungkook estaria pronto.

~yukwon

Usuário: ~yukwon
.d(half moon)

Min Yoongi


Sentei-me junto a ele arrepiando-me de leve com sua mão sobre minha coxa. Pelo mais incrível que pareça, todos com que tive uma relação, não a guardavam, simplesmente esqueciam e receber todo aquele carinho, para mim ao menos, era novidade. Após suas palavras, não resisti não lembrar o quanto seria engraçado ver a cara dos professores e alunos em me ver dar um banho em todos no assunto conhecimento. E por final, acabei soltando um sorriso.

-- É... só, o que seria A.R.Y? Me desculpe, estou um pouco por fora do assunto. -- Perguntei virando minha face a ele, aproveitei e fiquei apreciando-o por um tempo. Senti vontade de me aproximar mais, mas depois lembrei que estávamos em público. Ainda me pergunto o que diabos está acontecendo comigo, nunca me senti assim por alguém antes. Quem sabe é gratidão pelo carinho que ele está me dando? Ou me sinto culpado por tê-lo atacado? Aish, preciso esfriar a cabeça.

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo




Jeon Jungkook:





-Como nós vivemos na sociedade dessa maneira... Escondidos e acolhendo os humanos, vivendo entre eles, acabamos achando inimigos. O irmão de meu pai Ibiki Watanabe, lider da A.R.Y Associação de resistência Yokai, por exemplo. Quando ele vê um sinal de que estamos abrindo o internato ele sempre ataca alguns humanos, meu trabalho como Yokai legítimo é proteger os ilegítimos e os humanos, embora minha família tenha uma certa aversão a Meio-Yokais. Mas nós acreiditamos que toda forma de vida é importante. - Sorriu para o moreno.-Não é só porque somos mais fortes, rápidos ou imortais que somos... Melhores, claro, imortais na concepção deles, pois existem métodos de matar-nos e infelizmente, alguns caçadores sabem. - Bufou e voltou a fitar os arredores.-Só quero dizer que prezamos a vida, em toda sua magnificência, e por isso tratamos todo ser com carinho e respeito. Mas existem idiotas egoístas como meu tio que não entendem isso... Acham que Yokais são superiores e que humanos são somente uma praga, como piolhos e pulgas... Não acham que eles mereçam a vida. - Suspirou.-Eles esquecem a razão pela qual nós Yokais estamos aqui.


Se acomodou na cadeira, falava de forma baixa, fazendo com que Yoongi ouvisse mas não deixando resquicios de conversa escaparem a ouvidos alheios.

~yukwon

Usuário: ~yukwon
.d(half moon)

Min Yoongi


Não sabia o que falar. Fiquei tão bobo ouvindo-o e apreciando, que mal conseguia criar uma frase para respondê-lo. Mas de fato, as pessoas se esqueciam dos direitos que todos possuem. Sei que não sou o melhor para dizer isso, mas felizmente ou até infelizmente, é a verdade.

-- Eu não entendo porque vêem a diferença como inferioridade. -- Comecei ainda olhando-o. -- Para mim, ser diferente só prova superioridade, exatamente pelo fato de não seres como qualquer outro. A palavra "diferente" ou "esquisito", não mostram algo ruim, pelo menos não para mim. Mas é triste ver como esse cara que falaste vê minha espécie e a humana. Apesar de eu ser realmente muito estranho a olhos dos seres vivos, não acho que mereça morrer, se eu merecesse, já teria matado-me a muitos anos, pois detesto coisas desnecessárias. -- Pus minha mão em cima da de Jungkook, que estava sobre minha coxa. -- Desculpe se em algum momento eu ser um fardo para ti, ou meter-te em qualquer confusão. E eu sei, que nesse momento, eu serei desnecessário, e ao menos para ti, eu saberei que terei que ter distância. O que menos quero é fazer mal para tu, Kook. -- Aproximei um pouco meu rosto do seu, porém não muito mantendo uma boa distância, ainda. -- Você é a primeira pessoa que me trata com tanto carinho. -- Nesse momento, eu lancei-lhe um olhar que queria fazê-lo sentir na alma. Era um olhar tão sincero, eu ao menos queria que fosse sincero. Acho que estou realmente desenvolvendo algo por esse menino.

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo




Jeon Jungkook:



-E você é o primeiro que recebe meu carinho de forma acolhedora... - Fez uma pausa pensando sobre afastar-se de Yoongi, aquilo não era de fato o que Jungkook queria, mas se o moreno assim desejasse, ele teria de faze-lo.



-Eu acredito que por mais que mereçamos a vida, todos somos, de algum modo um fardo. Eu sou um fardo para meu pai, meu pai é um fardo para mim... Os humanos são um fardo para nossa família, existem dois fardos, os bons e os ruins. A.R.Y é um fardo ruim que infelizmente temos de carregar. - Começou, invertendo sua mão a colocando por cima da mão de Yoongi e acariciando a mesma levemente com o polegar.-De fato você é um fardo. - Fez uma pausa correspondendo o olhar sincero que lhe foi lançado.-Um fardo que eu poderia carregar pelo resto de minha eternidade. - Sorriu abertamente mostrando uma fileira de dentes bracos e perfeitos.


Jungkook passou essa mesma mão para um pequeno compartimento na cadeira a frente e o abaixou, era como uma bandeija, mas somente Yokais podiam ver o "computador" que ali estava, sendo assim, Yoongi poderia ver.



Humanos que saibam da existência de Yokais nos arredores.


Ele pesquisou no buscador com letras Yatsukai, uma linguagem que somente Yokais entendiam, talvez este Yoongi não entendesse.


Kira Nomura

-Dezoito anos.

-Humana impura, união entre um humano e uma Yokai, porém não herdou poderes Yokais.




Raro... - Pensou Jungkook, pausando sua leitura e logo voltou a se concentrar na mesma.



-Gosta de meditar, ler, de café quente, musica...


Isso não importa... - Pensou e logo voltando a ler.



- Não gosta quando interrompem sua leitura
- Não gosta de ser subestimada
- Não gosta de não ser levada a serio
- Não gosta de intrometidos
- Não gosta que mandem nela
- Odeia sujeira e desorganização




Já sei como lidar com esta... - Pensou abrindo um sorriso em sua face que logo foi desmanchado quando leu a proxima linha.


Periculosidade: Alta.



Juntou as duas mãos as fechando em frente ao rosto com uma expressão apreensiva, logo rolou para baixo com o dedo indicador e este mostrou a foto de um rapaz, bonito, atraente, Jeon ficou um bom tempo fitando a foto do rapaz, assim que percebeu o que estava fazendo e que Yoongi ainda estava ali, desceu mais a página tentando disfarçar, mas obviamente o rapaz percebeu.



Park Jimin.


-Vinte e um anos.


-Humano.





Não tem nenhuma informação sobre ele... Droga! - Pensou e suspirou frustrado, rolando mais para baixo a página procurando algo realmente valioso.



-Tem um grande interesse a cerca de Yokais, procura descobrir o máximo sobre os mesmos.



Periculosidade: Nula.



Jungkook sorriu lendo aquilo, sorriso que logo desmanchou pela presença de Yoongi ali.



-Bem... Vamos ver os outros. - Disse sem graça, rolando com o indicador a página.



Yumi Yamashita.


-16 anos.





Então, temos uma Maknae... - Sorriu ao ler aquilo, uma garota mais nova, deveras interessante.



-Yokai impura.


Periculosidade: Média.







-Nossa situação não esta tão ruim. - Disse ainda fitando o monitor.-Temos uma que realmente temos que nos preocupar, mas parece que é só. - Fitou Yoongi rezando para que não tenha notado suas reações a foto do outro no monitor, o que era bem improvável, Jungkook era bem expressivo quando algo o interessava.

~yukwon

Usuário: ~yukwon
.d(half moon)

Min Yoongi


Sorri com as falas de Jungkook. Eu realmente ficava feliz em saber daquilo, me sentia mais seguro quanto a ele. Começava a ter mais e mais certeza do quanto gostava daquele garoto e de sua companhia. Não falei mais nada, e só fiquei encarando a tela que surgiu literalmente do nada. Apesar de meu conhecimento ser extremamente expansor, língua Yokai é algo que nunca tive contato. Uma das poucas coisas, na verdade, o que me fez entender bulhufas do que estava escrito ali.

Apenas prestava atenção nas fotos e nas expressões que Kook fazia, até que uma me chamou atenção. Ele parecia mais interessado, olhava para tal como olhou para mim antes, me fazendo ferver em raiva. Quem era aquele? Eles se conheciam? Confesso, era bonito, mas não posso permitir que alguém tire Jungkook de mim. Depois de um tempo, percebi que ele passou rapidamente por aquele tal "homem", finalizando logo a página, depois falando comigo. Eu provavelmente o assustaria, já que o ciúmes estava estampado nos meus olhos. Mas afinal, ver alguém olhar para uma foto de outra pessoa daquela forma, principalmente alguém que gostas, destacaria sua atenção na hora.

-- Acho que dois. -- Encarei-o completando o que havia dito anteriormente, levantando uma sobrancelha. Se ele não tivesse percebido que eu não gostei da reação dele, agora perceberia. Desculpe, mas quando mexem com o que é meu, mesmo que involuntariamente, a história muda de figura.

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo




Jeon Jungkook:




Fitou a tela novamente, abrindo a pagina e subindo na foto de Jimin.-Bom, provavelmente você não sabe ler Yatsukai, porque aqui diz Periculosidade Nula. - O fitou novamente.-A não ser que esteja com ciúmes. - Se recostou na poltrona o observando de cima a baixo.



Jungkook sentia no seu máximo carinho, amor ou ciúmes eram sentimentos que ele desconhecia, por isso sempre observava quando alguém os sentia. Já era de se esperar que Yoongi sentisse tal coisa, pelo seu lado humano... Jung achava que acabou despertando mais o lado humano em Yoongi, mas achou o ciúmes dele fofo.


-Você me quer só para você, é isso? - Jungkook se aproximou dele segurando seu rosto e juntando suas testas.-Me quer só para você? Nu... Suado... Totalmente entregue... Na sua cama? Me quer? - Sussurrou com um sorriso extenso nos lábios e depositou um selinho demorado nos lábios do moreno a sua frente, logo se afastou, recostando-se na poltrona.


-Sabe que esta cedo para isso nao é? Me querer inteiramente para ti desse modo. Não que seja errado, eu o desejo da mesma forma, mas veja... Nos conhecemos hoje. - O fitou nos olhos, sem tirar o sorriso de seus lábios.-Vamos com calma. - Voltou a fitar os arredores do local.

~yukwon

Usuário: ~yukwon
.d(half moon)

Min Yoongi


-- Você sabe que eu quero, e eu também sei que é cedo. -- O respondi ficando um pouco bobo com seu selinho, mas depois revirei os olhos. -- E... não estou com ciúmes. -- Menti. Pela primeira vez na minha vida menti para alguém. Estou ficando doido, só pode! Cruzei os meus braços, revirando meu rosto e retirando qualquer expressão de carinho ou alegre. -- Mas... e as outras? Qual a que temos que nos preocupar? -- Perguntei continuando a fitar o nada.

Se estava incomodado? Muito. Mas o que ele havia dito era verdade, mesmo eu e ele tenhamos transado, ainda era cedo. Porém me sentia mal, eu realmente estou gostando demasiado de Jungkook, e o ver se deliciando com somente a foto do garoto, me é perturbador.

~CherryCookie - Clan Fantasy

Usuário: ~CherryCookie
Born to die
Administrador do Grupo




Jeon Jungkook:



Suspirou, tentando relevar a reação de Yoongi, por mais que não sentisse, entendia o quanto ciúmes poderia ser encomodo.


-Kira Nomura, alta periculosidade e pelo que li... Um real perigo, uma futura caçadora. - Suspirou pesadamente.-O máximo que acontecer vai ser ela acabar me matando, mas se isso acontecer quero que assuma meu posto, beba meu sangue e se torne um Yokai puro. - Disse aquilo como se fosse a coisa mais normal do mundo, assim que recebeu um email no computador.


Retirou da página onde estava a foto de Jimin e abriu seu Email, lendo os dizeres com muito interesse. Haviam fotos das câmeras de segurança do local mostrando que o rapaz já havia adentrado as dependências da escola, logo estaria no auditório.


Maravilhoso. - Jungkook pensou, irônico, obviamente o daria uma dor de cabeça horrenda pelo fato se Yoongi estar ali, mas se virou para mesmo com um sorriso mínimo em seus lábios.



-Seu mais novo "rival" acabou de chegar e logo estará aqui. - O puxou pela cintura e enlaçou seus dedos.-Vamos agir normalmente. - Beijou-lhe o pescoço e logo focou sua atenção no palco, onde o professor já se preparava para lecionar.