Tópico Fichas de Inscrição;

12 Respostas

~seiyadenatal

Usuário: ~seiyadenatal
.starchaser.
Administrador do Grupo
Antes de começarem a participar do RPG, preencham a ficha abaixo. Recomenta-se ler o tópico [Arquivos da ALCA] antes de preencher.

FICHA LOGICALIST
Nome: (nome completo)
Idade: (de 13 à 23 anos)
Personalidade:
História: (opcional)
Obs:
Logic Limit: ()30; ()20; ()10; (o Logic Limit será o número de turnos que o Logicalist e o Foreigner conseguem permanecer em Tranceunion)
Foreigner contratante: (o Foreigner com quem seu Logicalist atualmente está contratado; este campo não deve ser preenchido caso não haja um contratante)

FICHA FOREIGNER
Nome: (em caso de Tetraheaven, deve ser o nome em que o Deus é baseado; deve se consultar o guia para a escolha de um nome condizente com o seu mundo)
Mundo: (Tetraheaven, Disfia ou Monolium)
Atributo: (no caso de Tetraheaven, do que o Foreigner é Deus; no caso de Disfia, o que o seu espirito representa; no caso de Monolium, o tipo de fera que este é)
Personalidade:
Obs:
Tranceunion: (uma imagem ou descrição da forma unida com o seu Logicalist; preenchimento não é necessário caso não possua contratante)
Logicalist contratante: (o Logicalist com quem seu Foreigner atualmente está contratado; este campo não deve ser preenchido caso não haja um contratante)

LOGIC LIMIT
30: 3/3
20: 3/5
O restante terá 15 turnos de Limit.

~Saiph - Clan Dragon

Usuário: ~Saiph
Führer
FICHA FOREIGNER




Nome: Lúcifer.

Mundo: Tetraheaven.

Atributo: Deus Demônio.

Personalidade: Lúcifer era um ser magnífico, o mais belo e amado Arcanjo, imagem diferente do que ele é hoje. Seu status elevado entre outros arcanjos fez com que aos poucos Lúcifer se tornasse muito orgulhoso de si, até se corromper em escuridão e cair. Ele guarda ódio e rancor de Deuses em geral, acreditando que eles são insignificantes, desleais e o pior de todos os seres, algo hipócrita de sua parte. Afinal, ele também é um Deus. Pende ao vitimismo, dizendo que tudo que passou foi uma injustiça premeditada, em suas palavras, é o último que deveria cair e o primeiro a ascender.

Entretanto, apesar de seu ódio tanto por Deuses quanto por Humanos, Lúcifer sempre mantém seu macabro sorriso desenhado em seu rosto e um bom-humor aparente para qualquer ser. Exímio orador e manipulador, seu jogo é tão bom que até mesmo aqueles que sabem como Lúcifer é, se sentem tentados a inserir sua confiança nele, devido a sua personalidade bondosa. Sempre tenta se aproveitar o máximo que pode de alguém chegando até a, por momentos, se aliar, para depois descartá-los feito lixo. Lúcifer também é altamente cruel e bárbaro com aqueles que ficam no seu caminho, e apesar de suas pretensões de ser a vítima, ele não tem escrúpulos e pode atacar qualquer um que o irrita, mesmo sem verdadeira razão para fazê-lo. A última coisa que fará é medir esforços contra alguém, principalmente com Humanos. Visa sempre ser maior e melhor, querendo atingir a tão almejada "perfeição", tamanha arrogância o fez chegar onde está.

O que o diferencia também, da maioria dos arcanjos ou seres caídos, até mesmo dos contos sobre sí próprio, é seu senso de humor. Ele pode ser sarcástico e casualmente indiferente, geralmente um testemunho de sua arrogância, e é muito cômico na maioria das situações, principal traço de sua personalidade. Gosta de brincadeiras e de fazer piadas ou trocadilhos. É também muito "fino" e educado, o que deixa as pessoas confusas com sua abordagem, já que provavelmente não é o que esperam dele. Afirma estar neste mundo apenas para desfrutar do melhor que se pode oferecer, "luxo e mulheres", não querendo muito mais do que brincadeiras. Não mostra ter laços com ninguém, ou alguma motivação maior a não ser cair na Luxúria.

Obs:

- Lúcifer é quase sempre visto com uma bengala, cartola e trajes finos. Também gosta de mostrar diversificados truques de mágica e ilusionismo.

- Exibe um curioso gosto por músicas sinfônicas, e a sua predileta tem a letra um tanto quanto irônica, dizendo "Hear the devil's cry of sin, always turn your back on him".

Tranceunion: =x=

Logicalist contratante: =x=

~fraxus - Clan Fantasy

Usuário: ~fraxus
Estrela brilhosa do amor
Ficha Logicalist.

Altura: 1,64.
Peso: 45kg.


Nome: Mori Keiko – “ Alegre Bosque. “
Idade: 14 anos.

Personalidade: Keiko é uma garota solitária, que fica sempre no seu canto e é insegura de sí. É raro vê-la sorrir, e geralmente costuma viver sempre em silêncio e tranquila, sem dar muita importância para as coisas. Em algum momento de sua história Keiko perdeu oque poderia ser chamado de sua "Humanidade", e costumou a passar ser por uma garota anti-social e "sem emoções", mas não é como se ela realmente não as tivesse, ela simplesmente as esconde das outras pessoas ao seu redor, guardando suas mágoas para sí mesma. Como dito, ela não costuma se importar muito com as coisas, como sua própria vida ou o fim do mundo, ela não dá a mínima; e se perguntar a ela se ela quer viver ou morrer, ela simplesmente irá lhe responder: Tanto faz. Mas ela tem medos, claro. Por mais que ela diga não ligar para os outros, ela se preocupa sim com aqueles na qual gosta ou com pessos que Keiko sente compaixão. E mesmo que ela se recuse a se aproximar das pessoas, por dentro ela não quer ficar sozinha. Ela não gosta de ficar sozinha.

Mas assim, talvez, ela não prejudique ninguém.

É claro, ainda lhe resta momentos na qual ela sabe apreciar algo ou ter respeito por alguém, mas isso não muda o fato dela não mostrar suas emoções. Keiko adora ler e música, isso a transporta para um lugar sem preocupações na qual ela pode viver tranquila, e talvez seja por isso que ela costuma ser calma, já que costuma liberar suas mágoas no seu próprio mundo. Porém, a raiva também pode subir à sua cabeça, e nesses momentos ela pode ser rude, e em ocasiões mais graves, ela entra em um estado depressivo e pode começar a te bater à ponto de querer lhe matar. É claro que pessoas como ela já passaram por problemas e entram em estados emocionais. E Keiko costuma também se afastar para evitar soltar esse seu lado mais trágico. Mas ela não chora. Não, não, tolice. Ela não tem motivos para chorar, sendo que ninguém irá ligar... Ou talvez sim.

Dificilmente ela mostra algum lado agitado, mas se ela se apegar a alguém, ela pode ser mais carinhosa e, quando se apega a alguém à esse ponto, acredite: ela está apaixonada.

História: Keiko nunca tivera uma vida fácil. Seu nascimento fora algo indesejado, já que sua mãe não esperava uma filha e sua família não aceitara o nascimento de uma criança graças ao seu pai, que era de uma classe social um tanto baixa e tinha uma má reputação. Amada pelo pai e detestada pela mãe, Keiko cresceu com o pouco amor e carinho que seu pai era capaz de lhe dar, enquanto tentava enfrentar a família da pequena rosada que ía contra seu nascimento, que causara também uma má reputação para sua mãe. Porém, sua pouca felicidade durou pouco, após seu pai ser preso por acusação de assassinato de um de seus parentes, que em algum momento o insultou e acredita-se que o rapaz tenha ameaçado a morte de sua filha, mas poucos acreditaram graças a péssima reputação que o pai de Keiko tinha. Claro, graças a prisão de seu pai Keiko tivera mais problemas, principalmente sua mãe, que era cada vez mais julgada pela sociedade graças à sua relação com o pai da rosada que até então era secreta. Como toda criança, Keiko também levava sua vida escolar, mas era mal julgada graças a seu pai, e após o assassinato, todos se viraram contra a mesma. A principio a pequena tentara desfazer os rumores e a má reputação de seu pai, mas isso piorou as coisas. E sua mãe não ajudou, a mesma entrou em um estado depressivo graças à seu mal caráter e sua reputação, oque a fez cometer suicídio. E as pessoas tiveram dó? Sim, tiveram dó da pequena Mori Keiko, mas também tinham nojo da filha daquele casal. E nesse momento fora a hora da pequena entrar em um estado depressivo. Era impossível viver em paz com tudo aquilo, ela apenas queria paz na sua vida. Era pedir muito? A rosada ainda se lembra de perguntar-se por diversos dias isso, enquanto era levada todos os dias para o psicólogo pela pelo orfanato, aos 10 anos. Mas talvez ter ido todos os dia naquele lugar não ajudara muito. Todos tinham nojo da garota, era impossível alguem gostar dela. Graças a isso, a rosada desistiu de tentar ser aceita pela sociedade, e em algum tempo de sua vida, já sem sua humanidade, ela fora chamada pela ALCA, até descobrir que havia despertado habilidades de um Logicalist. Agora, continua a viver normalmente como membro da ALCA, à espera de seu Foreigner... Ou talvez não.

Obs: Ela gosta de sonhar tanto dormindo quanto acordada.
Vive com suas rosas na cabeça.
Ela só usa branco.
Costuma andar descalça e raramente de sandálias.

Logic Limit: 30.

Foreigner contratante: Futuramente: Musôka Yume.

~fraxus - Clan Fantasy

Usuário: ~fraxus
Estrela brilhosa do amor
Ficha reservada || Foreigner || Tetraheaven.

Bedstviye: Deus da calamidade.

~Saiph - Clan Dragon

Usuário: ~Saiph
Führer
FICHA LOGICALIST



Nome: Kotaro Shin.

Idade: 17 anos de Idade.

Personalidade: Shin é reconhecido por ser extremamente energético, carismático e honesto. Sempre entusiasmado, ele se surpreende e anima-se com qualquer coisa, podendo essa ser até muito simples, e sempre busca entender tudo que o contorna. Possui fortes instintos, sempre estando focado nas missões que realiza, raramente perdendo a compostura e sempre tentando se superar e mostrar pra si mesmo que consegue completá-la. Muito otimista, acredita que com trabalho duro e paixão não exista obstáculo que possa parar a sí ou a seus amigos.

Dado seu coração bom, ele também tem um grande senso de honra e moral, e respeita seus oponentes, recusando-se a guardar rancor contra aqueles que já fizeram mal à ele, e se sentindo obrigado a retornar favores para aqueles que o ajudaram. Está sempre disposto a ajudar e salvar qualquer vida, acreditando que todas essas são valiosas e que sempre há esperança. Também despreza qualquer ação cruel e desnecessária, sendo essa uma das poucas coisas que pode o tirar do sério. Ele também é muito respeitoso, e comicamente não fala palavrões ou coisas do gênero, sempre dizendo "olha a língua" quando alguém o faz próximo a ele, sendo mais instintivo do que proposital. É muito carinhoso com aqueles que gosta, e adora fazer brincadeiras ou piadas, não importa o momento. Porém, pesar de sua característica condolente, ele pode muito bem perder a paciência em devidas situações. Tem mostrado ser capaz de adquirir um semblante muito mais sério, implacável e decisivo com o sucesso de uma missão e para também defender seus companheiros, se necessário.

História: ~x~

Obs:

- Ele é quase perfeito quanto o tópico é "Pontaria". Consequentemente, seu principal estilo de combate gira em torno da Arquearia.

- Como consequência de sua energia, ele é muito impaciente, como ele várias vezes disse que não queria esperar ou manter os outros à espera.

- Ele é muito bom cozinhando, tendo gosto em cozinhar e tentar inventar novos pratos, os quais, quase sempre, são ótimos.

- Seu maior medo era de ficar sozinho. Mas desde que conheceu Amaterasu, ele parece ter perdido, ou ao menos sendo substituído pelo medo de um dia perdê-la.

Tranceunion: Imagem meramente ilustrativa.

Logic Limit: (X)30; ()20; ()10;

Foreigner contratante: Amaterasu.

~chayeols

Usuário: ~chayeols
Oh! Yes
FICHA LOGICALIST



Nome: Danny Ahn
Idade: 13 anos

Personalidade: Danny é uma garota doce, gentil, e muita das vezes ingênua. Sempre está com um sorriso no rosto, mesmo não tendo motivos para criá-lo. Ama conversar com as pessoas, e é simpática a ponto de sorrir para qualquer um que passar em sua frente. É brincalhona e infantil.
Mas apesar da aparência doce, e o jeito de criança, Ahn tem uma inteligência fora do comum, é uma estrategista nata e as vezes ela fala coisas que crianças normais não deviam saber ou falar. É extrovertida, sempre fazendo piadinhas e brincadeiras com quem acha divertido. Mas, apesar de tudo, ela ainda é uma criança e ama bolhas de sabão.

Obs: >Danny não possuí 100% de sua visão, e em alguns momentos do dia em que a força muito ela fica sem enxergar até que a mesma descanse um pouco;
>Sempre anda com um ursinho, a garota o chama de Dudy;
>Ama doces e bolhas de sabão.

Logic Limit: ()30; (X)20; ()10;
Foreigner contratante: ---
(ficha em construção)

~Jinkouchii-

Usuário: ~Jinkouchii-
Dark & Wild
Logicalist


[img]https://s22.postimg.org/fa4jq9g29/285818_Papel-de-Parede-Chicago-em-Preto-e-Branco.jpg[img]

Nome: Kwon Kou.
Idade: Dezessete (17) anos.

Personalidade: Kou não tem medo de dizer o que está sentindo ou pensando. Não tem vergonha de nenhum ato que faz, e planeja cada passo que dará. Mesmo sendo sorridente a maioria dos momentos do dia-a-dia, tem uma personalidade um tanto quanto reclusa, selecionando suas amizades com rigidez, e por tal, quase nunca conseguindo conquistar amigos verdadeiros, sendo uma pessoa anti-social –mesmo que não pareça- e um pouco falso com alguns, como parte de sua personalidade negativa.

Um de suas paixões, é o esporte, principalmente aqueles que, tem como fator principais a luta corporal, sendo quase mestre em Muay Thai. E outra paixão, é criar roupas, fazendo designers próprios e originais, usando roupas feitas somente por si.

Ele por ás vezes se desmerece. Rebaixando-se não somente como humano, mas também como um homem. E isso faz com que seu jeito e estilo anti-social predomine ainda mais, dificultando a socialização para aqueles que realmente quer conquista-lo.

Por ter perdido seus pais quando pequeno, acabou por ter que se criar sozinho, se devotando aos estudos e afazeres domésticos, aprendendo de tudo um pouco, sendo um procurador de várias arte de belezas da vida que o impressionava. Sempre acaba fascinando as pessoas pelo seu modo de falar: calmo, divertido e intelectual. Uma junção de três aspectos que criam uma perfeição inigualável para sua personalidade, o tornando um conquistador mesmo quando não deseja.

Uma de suas arte preferidas, é aquela usada na cozinha: a culinária. Não se limitando apenas a aprender pratos novos já existentes, mas como também criando os seus próprios estilos, em uma junção de culturas diferenciadas ou até mesmo criando a sua própria.

Pode não aparentar, mas, se apaixona rapidamente, e isso é um de seus lados negativos a qual odeia, pois quando se apaixona, demonstra um lado que está acostumado a ter apenas quando está sozinho em sua casa: agitado, bobo e um tanto quanto idiota. Porém, nenhuma de suas paixões deram certos, pois por causa de seu medo de não ser um bom homem, acaba se afastando ainda mais do que já é da pessoa.

História: Seu pai –Dominis- era um conquistador barato, não se importava de como a pessoa era, homem ou mulher, não importava, apenas queria presenciar na carne a selvageria dos atos prazerosos na cama, e por tal, sempre traia sua mulher, e isso era diariamente. Sua mãe –Genirf- estava cansada, não aguentava mais tarde que viver com um homem que não amava, e a cada dia que passava, perdia o tesão de viver, e quando fora o dia de seu aniversário, desapareceu por exatas setenta e duas(72) horas, causando preocupação em seu marido, que mesmo não a amando com a mesma intensidade dela, se preocupou, porém, já era tarde, pois Genirf havia sido encontrada boiando perto do lago a doze quadras longe da casa, morta, não por causa de afogamento, mas sim por um corte extravagantemente grande em seu pulso. Culpado, Dominis se matou, ao enforcar-se depois de voltar do bar, completamente bêbado, não se preocupado.

Mesmo sendo muito novo, ainda se lembra da tragédia que aconteceu com seus pais, e isso não fora somente um trauma, como também uma ponte para suas decisões presentes e futuras. Após a morte do casal, Kou, transferiu-se de escola, indo estudar em uma das melhores escolas da cidade, Korean Elitte, querendo ser uma nova pessoa.

Desde muito pequeno aprendeu a se sustentar sozinho, trabalhando em vários lugares, recebendo em troca diversas experiências, e uma delas foi que, tinha um talento para ajudar as pessoas, e quando estava quase a completar treze (13) anos, decidiu ingressar na ALCA, se devotando a ajudar as pessoas que necessitavam.
Quando ingressou na ALCA, se devotou de corpo e alma para sua paixão: o esporte. Sendo aluno da arte da luta do muay thai.

OBS: Ele usa somente roupas pretas, sendo essas feitas por si.
Usa faixas brancas nas mãos e nos pés.
Usa acessórios, como anéis, pulseiras, colares e brincos.

Logic Limit: 20
Foreigner contratante: Em um futuro próximo: Jang Jin.
Título Título