Tópico Aconteceu comigo.

35 Respostas

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
Aconteceu com voc? Teve alguma experi?ia sobrenatural ? Relate-nos j?--33;

Por favor entitule o texto e tente usar as mais distintas e infaliveis regras de portugu?para que os demais leitores possam compreender o corpo do texto. Evite abrevia?s (tbm, msmo, vc, pq, oq ...)

-------
O Vulto

Eu n?sei se eu acredito no plano mistico (fantasma) ou que ele possa realmente existir. Alguns afirmam que j?iram, outros dizem que tal pessoa viu. Mas cada um deles podem ter visto uma entidade diferente, mas quando v?as pessoas diferentes viram a mesma entidade, ?rov?l que ela possa existir : Os fantasmas.
Bem, eu realmente tenho d?a quanto aquela tarde de quarta-feira em que eu tinha uns doze anos, n?me recordo bem da minha idade, mas ?or a?
Era uma tarde traquila, j?assava das quatro e o c?j?stava alaranjado. Eu estava sentada em uma cama de casal assistindo ?m programa de familia (mas que familia paulista est?m casa p'r?ssistir esse tipo de coisa quando nossa vida ?orrida e o dia acaba r?do demais ?). O assunto abordado naquele momento era sobre OVINIs. Sem stress, tem quem descorde e quem concorde, contudo, ser?esmo que aliens existem ? O governo de Roswell esconde corpos de ETs e fragmentos de sondas ? Realmente n?sei (...)
Eu estava sozinha e de costas p'r?ma janela escancarada que s?va p'r?er a parede cinza do corredor do lado de fora e nada mais. Esse corredor externo era grande e estreito, reto e com somente um rumo. Uma ponta era o fim, e a outra dava para uma escada na garagem onde havia um grande port?que, quando se abria era a serventia da casa.
Certo, eu estava muito pregada no que assistia (me interesso por ufologia) e quase n?piscava. Minha irm??stava no banheiro a mais de meia hora, pois ?nem me toquei.
Do nada, comecei a sentir presen?. E por preucal? me virei. No que eu me virei, vi o vulto de algu?: Um peda?do bra?de algu? foi tudo o que pude ver. O mais estranho ?ue eu n?me assustei, mas fui inestigar. No mesmo momento, minha irm?avia saido do banheiro e estranhou me ver na porta e entendeu que eu estava procurando alguma coisa. Ent?me perguntou :
- O que foi Thais (meu nome real) ?
- Nada, pensei que o papai tinha chegado. - Tentei n?assust?a (ela ?uito medrosa), apesar de que realmente tinha me passado pela cabe?de que meu pai havia chegado.
Verifiquei os cadeados. Nada de anormal. Mas como algu?poderia ter entrado l?entro sem fazer qualquer barulho ? Logo me lembrei de como era aquela casa antes de "nascer" de novo (uma reforma aqui, outra ali, e ela nasceu de novo, se ?ue voc?e entende ?). N?tinha ch? era puro barro, os donos da "casa" (se ?ue aquele chiqueiro poderia ser chamado de casa) eram mal encarados que tinham passagem na policia. Um assasinato, pensei. Mas nunca soube o que realmente aconteceu por l?ntes de n?hegarmaos. Tamb?se ouvia hist?s sobre o lugar (o pessoal do bairro al?de supertiscioso, era fofoqueiro e medroso). Mas nunca ouvi nenhuma.


-----

Pois ?essoal, aconteceu mesmo. S?e me resta a d?a : Eu vi um fantasma ou um vulto ? Porque eu mesma posso fazer um vulto de mim passando muito r?do perto de voc?Ainda assim sou mat?a e s?a. Nenhum fantasma. Quanto ao vulto l?eu realmente n?sei, e n?me importa agora, n?me assustei antes, n?vou me assutar agora. Ainda n?vi nenhum fantasma, e voc?viram algum. Relate-nos j?#33;


By Thais (Christie)

~Mihh-chan

Usuário: ~Mihh-chan
Simplesmente eu
O fantasma
Eu estava no meu quarto,ja passava das 23:00,euestava vendo um filme sobre OVINIs.La n?dava para ver nem o corredor,e eu ouvi passos indo para onde eu estava.Eu resolvi ver o que era,podia ser minha irm?u meus pais,mas isso foi um erro.Quando eu virei o corredor,eu vi um vulto,que achei que era um fantasma,pois estava flutuando,ent?eu congelei de medo.Eu ouvi um susurro,que achei que fosse do vulto,que dizia:
-conte o que viu para todos que conhece.
Quando me virei para sair correndo,vi um vulto id?ico.Congelei de novo.Os dois vultos sumiram e minha irm?pareceu,viu que eu estava estranha e perguntou:
-o que aconteceu?
-nada-eu disse para n?assusta-la porque ela e muito medrosa.
No dia sequinte contei o que aconteceu para todos os meus amigos,mas ninguem acreditou.

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
A loira do banheiro apareceu p&--39;r?eninas !


Quem a?credita nessa ladainha ? Quem nunca fez o ritual para invoc?a ? E quem ?ue nunca contou que a sacana da loira apreceu no fim do ritual com sede de sangue ? Ela existe ou n?? De fato todas as vers?de sua hist? relatam que ela morreu (o que ?m fato imut?l), mas resta a d?a : Foi um acidente, um homissidio ou suicidio ? Nigu?sabe ao certo, o que alimenta mais a raz?de alguns serem incr?los de que ela realmente assombra os piores banheiros escolares de S?Paulo.
Bem, ela nunca apareceu p'r?im, j?iz todas as vers?de seus "falsos" rituais e nada. Essa situa? n?ocorreu comigo e sim com uma pessoa muito pr?a a mim : Uma amiga. Bom, ela era pr?a na ?ca, na quarta s?e (hoje eu tenho 15 anos).
O intervalo era uma droga, nunca encontrei nada de interessante p'r?azer naquele p?o cheio de pivetes correndo. O banheiro feminino sempre estava no equilibrio de fluxo. Um entra e sai irritante e aqueles risinhos de Paty dizendo que vai ficar com n?sei quem, aquilo fazia o sangue me subir ?abe?!
Enfim, que os banheiros de escolas de redes p?cas ?ojento, todo mundo sabe. Mas que eles s?exc?ntes para o ritual ,de fato, n?tem como negar. Sim, o maldito ritual. Eu realmente n?entendo porque as menininhas fazem o ritual e depois correm e ficam com medo. E os palavr?? P'r?les servem ? P'r?rovocar a loira a sair do vaso ? Realmente n?sei, tudo isso me parece surreal e clich?e hist?s do povo e meninas medrosas.
Com meus olhos entediados e minha mente monotona no corredor quase vazio, eu confesso que me assustei com os gritos que encheram meus ouvidos. Quase vomitei o cora? (me assusto muito f?l, quero dizer :Tomo susto muito f?l).
- A Loira apareceu !!
Uma menina hist?ca gritava merecendo levar um tapa para se controlar (e eu quase dei). De repente vieram as outras com seus olhos esbugalhados. Todas correram.
Thaisa surgiu para fora do banheiro, estava assustada mas pareceu a mais tranquila de todas. Deu uma risida e eu estranhei, o que me levou a question?a:
- O que aconteceu l?entro ?
- Elas disseram que a loira "burra" apareceu.
- E apareceu mesmo ? - eu estava curiosa com o fato (sou muito curiosa)
- N?sei, elas disseram que sim, mas eu n?vi nada.
Encontrei-as mais tarde e todas juram de p?juntos que a sacana tinha aparecido e tinha uma faca. Ser?esmo que eu posso acreditar nessa hist? ? Enfim, se elas viram ou n? eu realmente n?sei. O que me faz ser incredula na hipotese de que a safada existe. Tudo que se sabe ?ue ela morreu num banheiro e pronto, mas que ela vaga por l? fato tanto que duvidoso. Siga a minha linha de raciocinio por favor : Como uma entidade (fantasma) inconformada com sua desencarna? (morte) pode vagar no local onde tudo aconteceu, quando uma vez, ela s?arece com um ritual ? Esse ? seu portal p'r?ealidade, sem esse passaporte ela n?pode aparecer por si s?erto ou errado ?

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
Escreveu "sakura-0906"

O fantasma
Eu estava no meu quarto,ja passava das 23:00,euestava vendo um filme sobre OVINIs.La n?dava para ver nem o corredor,e eu ouvi passos indo para onde eu estava.Eu resolvi ver o que era,podia ser minha irm?u meus pais,mas isso foi um erro.Quando eu virei o corredor,eu vi um vulto,que achei que era um fantasma,pois estava flutuando,ent?eu congelei de medo.Eu ouvi um susurro,que achei que fosse do vulto,que dizia:
-conte o que viu para todos que conhece.
Quando me virei para sair correndo,vi um vulto id?ico.Congelei de novo.Os dois vultos sumiram e minha irm?pareceu,viu que eu estava estranha e perguntou:
-o que aconteceu?
-nada-eu disse para n?assusta-la porque ela e muito medrosa.
No dia sequinte contei o que aconteceu para todos os meus amigos,mas ninguem acreditou.



Wow, parece a minha hist?. Mas na verdade n?aconteceu coisa assim comigo. Tampouco (essa palavra existe) me assustei. At?s nossas irm?s?medrosas, n? Bom, mas o fato foi um tanto estranho comigo. O vulto n?me pediu p&--39;r?ontar que eu o vi por a?Ent?fiz segredo.

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
Escreveu "usuario-chan"

Nyaa

Antes de come? minha hist? eu s?eria dizer que eu jah n?tenho mais medo de almas, ou fantasmas, na verdae nuncative..

Bom o caso ? seguinte



------------------------------------Minha Hist?nha super silix {e 100% verdadeira eu juro} sobre Sadako

Bom se muito n?me engana, isso come? a uns 3,4 anos, meus pais haviam saido de casa, meu irm?zinho pivetinho foi com eles, ouseja - eu estava s?
Minhas aulas de piano jah haviam come?o, ent?eu comecei a tocar o meu piano que fica na sala, logo que parei, entrei no meu quarto e liguei a tv, n?me recordo o canal..... {eram por volta de meia noite..}

Quando eu me viro para a porta e vejo um vulto branco, eu, calmamente me levantei e fui ver o que era, nada de anormal... No dia seguinte a mesmoa coisa.. Eu jah cansada dessa merdah de perceguir o vulto, fiquei encarando a porta, e vi uma menina, proxima a ela, que me encarava, foi a unica vez que senti medo de uma coisa assim, eu dei um berro e me joguei pra tras...

Chegou semana passada, e eu via a menina todos os dias, mas meus pais n?acreditam em min ¬¬, ent? novamente eles saem, e eu come?a escutar uma voz, a falar comigo :

Vozinha super legal - Me ajude.. Tenho skkswb{n?entendi a ultima palavra}

E ela repetia isso varias vezes.. Ent?eu batizei a menina de Sadako {por causa dos cabelos negros e tal&--39;z} e resolvi que vou tentar falar com ela, mas ultimamente, ela voutou a aparecer em forma de vulto =/

------------------------------------------------------

^^ super legal n?




Wow, eu n?disse que se eles n?acreditavam n?creditamos ? Ent?sem stress, eu agora n?tenho medo de fantasma e ao mesmo tempo tenho. Quero dizer, eu nunca vi um de verdade, por isso tanto faz p'r?im se eles existem ou n?

[acredita na sua hist?]

V?e conversa direitinho com a menina, ?vezes ?hato ficar sozinho, sabe ?

~Risa-sama

Usuário: ~Risa-sama
Detetive Sinistra
Cara eu tenho um monte de historinha pra contar =D (sou um ima de eventos sobrenaturais xD).

---------------------------------

1º historia

Certo dia quando eu era bem pequena (5 ou 6 anos) minha m?tinha saido e deixou eu e a minha nee-san (1 ano mais velha q eu) vendo TV at?la voltar (acho q tinha ido comprar o jantar n?me lembro) derrepente eu vi uma m?verde com unhas enormes aparecendo na porta do quarto, parecia q a criatura tava se apoiando nela eu ?quei com medo mais estranhei, a m?desapareceu e eu fiquei at?oje me remoendo pra saber o que era eu sei q ?i minha impress?por que a minha nee-san tbm viu e sei q ?i minha m?com uma luva pq ela so chegou muito depois e a m?era muito real

mais o interesante que eu so tive medo dessa m?muito tempo depois e o medo nem ?rande.

2º historia

mais recentemente (ano passado) eu estava indo botar comida pro meu cachorro e derrepente um vulto enorme e preto pousou em uma arvore ali perto meu cachorro saiu correndo em desparada com o rabo entre as pernas e eu depois de ver aquilo congelei por um instante e a coisa olhou pra min (ou ao menos eu acho que olhou) sai correndo atras do cachorro. depois de um tempo, ja mais calma, pensei q poderia ser so um passaro... mais era muito grande pra ser um passaro e o meu cachorro n???medroso pra ter medo de um passaro

3º historia

essa ?esta e vive acontecendo vou contar so uma das vezes

Meu pai minha m?e minha nee-san sairam pra compra o almo?e me deixaram sozinha como eu morro de medo do simples fato de esta s?quei alerta para seja l? que acontessece derrepente uma porta da casa bateu eu sai correndo por causa do susto e a medida q eu corria as portas se fechavam atras de min ate q eu esbarrei na minha m? depois disso esse negocio de portas se fechando ou abrindo derrepente ficou t?comun que eu nem ligo mais. (mas garanto q n?? vento)

4º historia

eu tava usando o pc quando pude jurar q tinha alguem atraz de min, como eu ?sto disso me virei pra brigar com a pessoa mas n?tinha ninguem atraz de min durante todo o dia isso se repitiu: sentada no sofa e pensei q alguem sentou ao meu lado no banheiro e achei q tinha alguem do lado de fora, caminhando achei q tinha alguem me seguindo, enfim... quase toda hora mais depois de um tempo isso ficou mais amenisado mais continua acontecendo.

-------------------------------

por enquanto so me lembro dessas mais se acontecer outra interesante ou eu me lembrar de alguma eu conto ^^

~Risa-sama

Usuário: ~Risa-sama
Detetive Sinistra
foi mal os erros de portugues e as abrevia?s so vi agora que escrevi assim e n?to conseguindo editar T.T foi mal ? eu so muito acostumada a escrever assim no pc :(

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
Escreveu "usuario-chan"

Escreveu "Christie"

Escreveu "usuario-chan"

Nyaa

Antes de come? minha hist? eu s?eria dizer que eu jah n?tenho mais medo de almas, ou fantasmas, na verdae nuncative..

Bom o caso ? seguinte



------------------------------------Minha Hist?nha super silix {e 100% verdadeira eu juro} sobre Sadako

Bom se muito n?me engana, isso come? a uns 3,4 anos, meus pais haviam saido de casa, meu irm?zinho pivetinho foi com eles, ouseja - eu estava s?
Minhas aulas de piano jah haviam come?o, ent?eu comecei a tocar o meu piano que fica na sala, logo que parei, entrei no meu quarto e liguei a tv, n?me recordo o canal..... {eram por volta de meia noite..}

Quando eu me viro para a porta e vejo um vulto branco, eu, calmamente me levantei e fui ver o que era, nada de anormal... No dia seguinte a mesmoa coisa.. Eu jah cansada dessa merdah de perceguir o vulto, fiquei encarando a porta, e vi uma menina, proxima a ela, que me encarava, foi a unica vez que senti medo de uma coisa assim, eu dei um berro e me joguei pra tras...

Chegou semana passada, e eu via a menina todos os dias, mas meus pais n?acreditam em min ¬¬, ent? novamente eles saem, e eu come?a escutar uma voz, a falar comigo :

Vozinha super legal - Me ajude.. Tenho skkswb{n?entendi a ultima palavra}

E ela repetia isso varias vezes.. Ent?eu batizei a menina de Sadako {por causa dos cabelos negros e tal&--39;z} e resolvi que vou tentar falar com ela, mas ultimamente, ela voutou a aparecer em forma de vulto =/

------------------------------------------------------

^^ super legal n?




Wow, eu n?disse que se eles n?acreditavam n?creditamos ? Ent?sem stress, eu agora n?tenho medo de fantasma e ao mesmo tempo tenho. Quero dizer, eu nunca vi um de verdade, por isso tanto faz p'r?im se eles existem ou n?

[acredita na sua hist?]

V?e conversa direitinho com a menina, ?vezes ?hato ficar sozinho, sabe ?


Conver?ei com ela assim que possivel... Ela pode estar se sentindo muito sozinha n??esmo?



Pois ?n? Pelo menos voc?em com quem conversar.

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
Todo mundo est?tr?de mim


Eu j?isse que n?tenho medo de fantasmas (ou pelo menos tento) ? Acho que sim.
Mam???cismada que detesta por algum motivo que pessoas a espreitem por tr? Eu n?ligo muito p&--39;r?sso, e evito. Mas sempre tenho a impress?de que tem algu?atr?de mim. Grudo na parede e come?a imaginar mil coisas. Olho p'r?r? p'ros lados, p'r?ima e embaixo do cobertor (depois de "Ju-On"/"O Grito" t?mpre de olho embaixo da cama e do cobertor) e nunca encontro nada. Sempre estou sozinha, as senssa?s tem hora marcada e situa?s para acontecerem. Se eu estou lendo algo assombroso, sinto algu?atr?de mim. Se estou assistindo "Ringu/Ring: O Chamado" (sou viciada no 1° filme) sinto algu?fungando perto de mim. Cansei de procurar, porque percebi que assim eu estava me assustando. Da?u deixei estar. Agora eu n?tenho mais uma mente t?fertil quanto antes, p'r?maginar a Yoko descendo as esgadas naquele estar (pois ?#33; Minha mente insana chegou a esse ponto!!).


----
E voc?? Sentem o mesmo ? Relate-nos j?33;!

~Christie

Usuário: ~Christie
I am gay
A Casa de Ossos


L?ro era pequeno, tinha suas irm?e seus pais. Nos anos 70 eram costruidas casa de barro e bambu, a maioria das casinhas do interior eram assim. Ainda lembro-me de minha viagem em 2005, e alguns mantinham a cultura, ainda que pobre, em suas pequenas e distantes casinhas de barro. Agora est??dificil encontr?as.
L?ro mudou-se com sua familia para uma dessas casinhas de barro em algum outro lugar (quelquer lugar na Bahia parece o nada ou lugar nenhum, chato e quente &--33;). Havia uma grande ?ore no queintal de sua nova casa, logo as crian? (L?ro e suas irm? apelidaram-na de "R?. Depois de grande, agora homem, num novo lugar onde casas de barros j??existiam aos montes, L?ro relata que ouvia "R? assobiar a noite inteira, ele e suas irm?via vultos o tempo todo. Todos na casa tinham alucina?s e vis?de coisas surreais fantasmas). Derrubaram aquela casinha simples de barro, descobriram que haviam ossos secos, de talvez anos, dentro daquele barro. Era uma antiga casa de macumbaria. Logo quando rerguram uma casa de tijolos firmes, todas as perturba?s cessaram-se. L?ro e sua fam?a nunca mais viram nada. "R? n?assobiava mais.


----
Sinistro n? Totalmente real, acreditem se quiser !! L?ro era um integrante de uma banda de raggae chamada "Ollodum" na Bahia, atualmente ?m cantor evang?co que conta seu testemunho a cerca desse epidodio, que segundo ele, perturbator de sua vida.