Tópico [MORADIA] - Mansão Beaumont.

6 Respostas

~AnnieBeaumont

Usuário: ~AnnieBeaumont
Ann
Administrador do Grupo
Welcome to Beaumont mansion...

~ScarletBeaumont

Usuário: ~ScarletBeaumont

Moderador do Grupo
A ruiva chegara em casa, estando completamente cansada e com a cabeça à mil, tentando entender o que se passara há pouco no bar da senhorita le'Bleu. Aquela garota realmente aparentou mostrar-se o ser por trás dos assassinatos recentes, tal prova seria sua perda de controle mediante ao líquido grosso e rubro denominado sangue. Mas algo a intrigava. Foi mesmo coincidência aparecerem tantos seres sobrenaturais em um único lugar e ao mesmo tempo? Reclamou algo sobre, enquanto se jogava em uma das poltronas do hall de entrada. Permanceu alguns segundos lá, até que ouvira alguém bater na porta. Esperou uns segundos, mas nenhum criado sequer aparecera. Bufando algo sobre incopetência, a ruiva dirigiu-se até a porta com suspiros. Para sua surpresa, havia alguém caído ali, e para uma surpresa maior ainda, era a tal "vampira".
- Ora, vejam só. - riu baixinho fitando a garota aos seus pés. - É a encrenqueira que fez baderna no bar daquela rabugenta. - tinha um sorriso divertido em lábios. O motivo? Ah, claro, ela tinha outros planos para aquele ser, antes de entregá-lo à rainha.
Mas antes, queria checar se estava viva, pois então cutucou-a com o salto de sua bota, e para alivia-la, a garota não se mexeu. Teria de fazer isso o mais rápido possível, o sangue ali parecia estar esgotando-se, e pôde perceber pela tonalodade de sua pele. Na maioria das estórias, vampiros tendem a ter pele branca como o luar, mas a sua estava completamente diferente, quase aderindo um aspecto roxo, dos quais se encontra nos vários defuntos. Levou a destra até o queixo, analisando a situação, qual sua irmã, como anfitriã original, não gostaria nem um pouco de saber.
- Cobb. - gritou para dentro da mansão, alto o bastante para ecoar, mas não alto obstante para acordar alguém. Dentro de alguns segundos, um homem moreno de olhos castanhos aparece em meio às sombras, trajando, claro, uma roupa de mordomo.
- Sim, milady. - reverenciou-a com um sorriso, e ficou à espera de ordens.
- Pegue essa coisa - apontou para a garota - e leve para o quarto de hóspedes. Leve também meus instrumentos de cirurgia e, antes que eu me esqueça, limpe os rastros de sangue para que nem Elliot seja capaz de encontrar... O que acho impossível. - suspirou sem entusiasmo ouvindo do mordomo um "De imediato, milady". Observou-o carregar a garota no colo e sumir escada acima.
- É, Scarlet, parece que você vai ter mais trabalho... - reclamou consigo mesma, já imaginando que teria de limpar, aplicar pontos, dar injeções e esperar a "vampirinha" acordar no dia seguinte. - Mas acho que tudo bem... é hora de testar 'aquilo'. - riu baixinho encarando o sangue na entrada, seguido de um ranger de portas, anunciando o fechamento da entrada da mansão.

~Sensei-Miojo

Usuário: ~Sensei-Miojo
ROCK N' ROLL
cheguei numa mansao,como cheguei ali?nem eu sabia.Mas sabia que ela estava la.
toquei a campainha calmamente,presisava falar com aquela pessoa.Alguem atende a porta um homem,pergunto oque eu queria-oi!-dei um sorriso-sube que minha irma foi trazida pra ca e verdade?-menti descaradamente-bom,sabe como e ne?bebeu muito e acabou me fazendo isso.-disse afastando os cabelos e deixando a mostra dois pequenos buracos se sarando na minha nuca-estao dizendo que ela e um vampiro ou coiza parecida...mais em fim,suponho que isso nao seja de seu interrese,por favor poderia me deixar ver minha irma?-disse mentindo ainda,fis uma cara de triste.

~AnnieBeaumont

Usuário: ~AnnieBeaumont
Ann
Administrador do Grupo
Ao ouvir alguém bater na porta por inúmeras vezes, Elliot se dirigiu até o hall, perguntando-se quem seria em uma hora daquelas.
- Sim? - abrira porta com um sorriso falso em lábios, o qual sumiu ao perceber que não apenas era uma garota, mas algo diferente. Ela perguntou sobre sua irmã, que estava ali naquela casa e tudo mais. - Sinto muito, senhorita - respondeu-lhe com intenção de dispachá-la imediatamente. - mas acho que deveria porcurar em algum hospital, nós não somos uma casa de abrigo. - ainda com o sorriso em lábios, lançou-lhe um olhar nada convidativo, de que se aparecesse ali novamente, ele a liquidaria; seus olhos não estavam na tonalidade e nem apresentavam o aspecto de uma pupila circular, mas sim em fenda, como os de uma fera expulsando escrúpulos de seu território. Tal que, antes da garota lhe responder, o mordomo fechou a porta em sua face.

~Sensei-Miojo

Usuário: ~Sensei-Miojo
ROCK N' ROLL
ao ver a porta sendo batida em minha cara sinto certa raiva,*escolha sua batalha,escolha sua batalha...*nao aguentei a raiva que continha meu corpo,precisava descontar em alguem rapido. Estava passando um jornaleiro no estante em que estava pensando,*e voce entao...*havia uma pequena pedra no chao,simplesmente fiz a pedra atravessar a cabeça do homem,sai caminhando enquanto o homem hagonizava no chao.*teve sorte que nao foi vc...encontrarei ela em breve...*pensei enquanto olhava a porta em seguida fui embora.