Tópico Starbucks Coffee

46 Respostas

~Bubblegoth

Usuário: ~Bubblegoth
Cruella De Vil
Administrador do Grupo


Bebidas deliciosas e artesanais e comidas saborosas. O segredo de uma vida melhor.

É verdade. Um copo de café perfeito e um delicioso salgadinho integral podem tornar o seu dia maravilhoso. Por isso, só escolha produtos da mais alta qualidade.

• Bebidas •

Cafés com sabores incríveis dos quatro cantos do mundo. Bebidas artesanais para descobrir e apreciar. Adoramos colocar esses produtos à sua disposição.

• Comidas •

Nossos folhados e sanduíches são feitos com ingredientes simples e de alta qualidade. Dessa forma, todos os produtos que você provar serão comidas de verdade, simplesmente deliciosas.

Não é assim que a vida deve ser?

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Tomei o meu Mocha branco e o meu pãozinho quentinho, melhor do que tentar fazer o café da manhã em um domingo que eu tenho tanta preguiça, mesmo que infelizmente tenha que deixar os meus filhotes em casa sozinhos.

Bem o Starbucks é o melhor lugar para tomar café e fazer o trabalho que o meu professor pediu de observação de pessoas em um determinado lugar, assim ia anotando tudo no meu caderninho de maneira discreta .

- Eu acho que vou fazer compras depois.

Falei baixo olhando o meu celular vendo os meus objetos de desejo de consumo um coturno com salto e um casaco quentinho, queria eu ser resistente ao frio como os meus cachorros. ah eu não devia me distrair quase perco a pessoa que parece estar voltando da balada.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Estava descrevendo sobre algumas pessoas que passavam na rua quando me assustei com um barulho no chão, olhei para moça caída no chão cercada de papeis, sem saber o que fazer só escrevi no meu caderninho "pessoa caída no meio do café" enquanto ela ainda estava no chão.

Peguei alguns dos papeis que estavam no chão perto do meu pé, dei uma lida por cima e o assunto do artigo parecia ser sapatos, isso é uma das coisa que eu gosto.

- Aqui, esses daqui caíram perto de mim.... você esta bem? foi uma grande queda.

Falei olhando para ela entregando os papeis em minha mão, esperava que estivesse bem com a queda que levou podia muito bem ter quebrado o nariz o que deixaria uma grande possa de sangue no chão que eu não estou vendo.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Então ela esta realmente bem, isso é bom agora não vou me sentir tão mau em escrever sobre o que vi no meu trabalho para aquele professor, mas um bom trecho do meu trabalho sobre as reações da pessoas quando alguém se machuca deve ser o suficiente.

- De nada... por acaso você estava pensando em sapato? desculpa, mas eu li um pouco dos papeis.

Sou curiosa e não me envergonho de ler o texto, mas ainda assim não é muito educado e o que a minha mãe sempre dizia só que ela vivia fazendo fofoca dos vizinhos. Me levantei estendo a mão para ajuda-la a se levantar.

Olhei brevemente sobre as reações dos outros ocupantes do café, tinha que me lembrar disso para colocar no meu trabalho também mesmo isso sendo algo normal.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Ela não parece nada feliz com o seu trabalho, se bem que eu acho bem fácil achar as dez melhores lojas de sapatos de Londres eu provavelmente fui nessa lojas e já comprei sapatos até nas masculinas para dar de presente aos meus irmão mais velhos.

O meu caderninho, ah não eu tinha o deixado muito visível o peguei junto com o meu celular, olhei para o cara que estava sentado perto de mim ele não parecia ter lido nada, bom mesmo.

- Eu estou fazendo o meu trabalho da faculdade, eu estudo ciências sociais e aproveitei hoje para fazer minha lição.

Mantive segurando meu caderninho, eu ainda tinha o meu café para terminar e estava estranho ficar lá em pé no meio do café.

- Você não gostaria de se sentar... hum eu ainda não terminei o café e a nossa conversa esta boa.

Gosto de conversar aprendo melhor sobre a sociedade.

~CupkakeBaunilha

Usuário: ~CupkakeBaunilha
Lady Stark

Atena di Parrié

Entrei no local apertando o sobretudo na cintura. Estava com os dois fones de ouvido ouvindo minha gravação do dia anterior. Letra nova da música, estava com a minha melodia coringa. Eu ainda teria que colocar uma outra, mas o problema é que os instrumentos que eu toco não são fáceis de simplesmente por a melodia na minha música.
Eu entendia Leo por brigar comigo para fazer violão.

Pedi um cappucino e me sentei próximo ao balcão, tirando os fones. Mexi no cachinho ruivo que escapava do meu coque frouxo e suspirei.
Provavelmente o dia seria longo, mas eu não ligava. A ligação da minha mãe que ricocheteava na minha mente. Ela não ligava. Nenhum deles costumava ligar, não nos falávamos mais que o necessário depois que eu fui para o convento.

Voltei a colocar os fones e focar na letra nova da música que eu tinha feito no dia anterior.
Era melhor do que pensar em hipóteses do motivo daquela chamada perdida no meu celular.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Voltei ao meu lugar já pegando o meu Mocha branco inacabado de novo para que continuasse a saborear-lo, ainda percebendo pelo tom de pergunta que ela fez... que não sabe o que é ciências sociais, normal nem a minha mãe sabia direito o que era.

- Prazer em conhece-la Rebecca eu sou a Mia.

Me apresentei para ela de forma breve, para voltar a tomar um gole da minha bebida em quanto pensava como explicar para ela o que eu estudo, já que é um tema bem abrangente as vezes é difícil de entender, mas eu acho que consigo.

- O que eu estudo se trata sobre o estudo da sociedade, uma análise da cultura, politica e das pessoas para uma melhor compreensão do que ocorre na sociedade... por exemplo entender por que alguém que não mataria nem uma mosca, durante uma briga de torcidas quase mata uma pessoa.

Eu adoro o exemplo das torcidas organizadas é uma das melhores maneira de explicar tudo que se é estudado nas Ciências Sociais e ainda por cima é bem impactante.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Victor Whitehill


Vestindo calça larga, tênis, um pesado moletom que ganhei em um trabalho e carregando um bolça que trazia minha cameras de trabalho e Elizabeth, entrei naquele lugar magico, sim para mim era magico naquele momento por causa da minha fome, tinha acabado de sentir a real crueldade das modelos que não me deixaram nem uma vezinha comer enquanto trabalhava.

Aquela bruxas qual era o problema em me deixar comer, fui até o balcão cansado e deixando meu mau-humor ia para falar com a atendente.

- Olá amável senhorita, tudo bem com você?

Eu posso esta com fome, mas ainda vou tentar ser educado com quem me fornece alimento, agora a senhorita na minha frente parece mais feliz é por isso que esta tudo bem com ela e assim meu café sera feito atenciosamente.

- Eu vou querer.... Um Expresso macchiato grande para me manter acordado, um toast de presunto e queijo mais um roll de canela para me manter feliz.

Sorri, para moça surpresa fiz sinal para ela que não era nada de mais e não era mesmo eu podia comer mais que isso, com tudo isso já estou até me esquecendo do fato de trabalhar da meia noite até agora sem comer.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Mia Gyeon


Ela é uma jornalista, faz sentido porque tantos papeis falando sobre sapatos ainda assim não deve ser nada bom perder o cargo que gosta quando o finalmente consegue, no meio acadêmico só tem que tomar cuidado para ninguém roubar a sua pesquisa.

- Tenho certeza que se você se esforçar vai pegar o seu cargo de volta rapidinho.

Olhei para o novo estado que estava o café, tinha mais algumas pessoas diferentes, sabia que não ia me lembrar de tudo que precisava para escrever. Por isso não me importei de começar a escrever cantarolando uma música coreana.

Dei mais uma olhada no local vendo uma rapas com o notebook que com certeza era descendente de asiatísticos, quem sabe até mesmo coreano, ele não age como os chineses ou os japoneses. Eu devia parar de encarar, voltei a olhar a jornalista.

- Rebecca como esta indo a sua reportagem sobre sapatos? já escreveu algo?

Voltei a tomar o meu café a olhando, eu tinha mesmo pedido um copo bem grande de mocha branco.

~Azurra

Usuário: ~Azurra
Sweet Dreams

Victor Whitehill


Observava atentamente o meu café ser feito mentalizando para ele ficar pronto logo e vir me fazer feliz, por culpa dessa minha felicidade que conseguiram me assustar, tentei sair de perto do vento repentino quase batendo no balcão segurando a minha orelha.

Só uma pessoa me chama de Vicky, confirmei isso vendo o Bastian, falado que vou ser molestado.

- Molestado? minha inocência corre risco?

Fingi estar assustado, para depois sorri para ele como ser molestado não fosse nada demais já tinha perdido minha inconsciência mesmo a muito tempo atras, meu humor no momento se resumia a ter fome demais para me importar.

Mesmo que o meu humor sempre melhore perto desse real pervertido, afinal ele é o meu amigo muito divertido que gosta de me encabular empurrar na parede e levar para casa dele, parando para pensar isso o faz ser um molestador, Bastian estava se referindo a ele mesmo quando falou.

Eu devia bater nesse floriculturista e aproveitar para diminuir o meu mal humor, se ele não tivesse lembrado da minha tristeza, me apoiei no balcão.

- Não, aquela bruxas não me deixaram comer. Eu estava tirando fotos delas da meia noite até agora pouco e elas me deixaram sem comer... da próxima vez vou enfiar quilos de comidas gordurosas na gargantas delas.

Fingi chorro planejando a minha vingança contra aqueles demônios, até a minha querida atendente trazer o meu café e comida quentinha.

- Já que disse que te amo hoje querida? Por que eu te amo sabia.

Segurei a mão dela e com a outra já começava a comer, ela sabe que estou brincando o meu sorriso divertido tinha deixado claro, soltei a mão dela e voltei a olhar para o meu amigo com o meu humor se recuperando.