Tópico The Kensington Close Hotel

1 Respostas

~Bubblegoth

Usuário: ~Bubblegoth
Cruella De Vil
Administrador do Grupo


Além de seu conforto, o Kensington Close Hotel dispõe dos seguintes serviços:

– 708 quartos para não fumantes;
– Um restaurante e um bar/lounge;
– Um spa de serviço completo;
– Piscina interna;
– Café da manhã disponível;
– Wi-Fi;
– Um centro de bem-estar;
– Estacionamento ;
– 12 salas de reunião;
– Recepção 24 horas;
– Café no saguão;
– Ar-condicionado;
– Computadores;
– Arrumação diária;
– Lareira no saguão;

Você se sentirá mais do que em casa!

~paytuci

Usuário: ~paytuci
Onih é minha
Administrador do Grupo

Olivia Spencer Humbert | Atriz, cantora e compositora


Enquanto disponho do bom WiFi do hotel onde já estou hospedada a um curto tempo desde que as gravações da série começaram, sinto um cheiro de café delicioso pairar no ar e procuro de onde vem, sem encontrar a fonte.
Após este episódio noto que estou a muito tempo parada no saguão e que ainda não comi nada desde a cena feita as duas da madrugada, e que ainda permaneço acordada.

Suspiro e me levanto, sabendo que ainda é cedo mas que já posso ficar a espera no restaurante, nunca gostei muito de comer em saguões e coisas do gênero.
Enquanto me aprumo na cadeira, ouço um pequeno grito feminino a minha direita e viro a cabeça rapidamente para saber o que é que está acontecendo. A menina sorri pra mim e sorrio de volta, ela anda em minha direção segurando o guardanapo do hotel e uma caneta bastão azul. É uma fã.

— Você poderia assinar pra mim? — ela pergunta tentando disfarçar a euforia na voz.

Fico me perguntando mentalmente o que é que ela faz em pé tão cedo, mas apenas digo:

— Claro linda, qual seu nome? — ela me informa e eu escrevo uma curta mensagem no guardanapo, citando-a e desejando um abraço. — Aqui está.

— Obrigada. Se importa em tirarmos uma foto? — respondo que não e me levanto, ela é mais baixa então me curvo enquanto rimos disso, ela liga a câmera frontal e captura nossos sorrisos. — Obrigada, muito obrigada mesmo!

— Eu que agradeço. — ela educadamente se retira dando pulinhos, enquanto sento novamente em meu lugar, gratificada de ter reconhecimento pelo o que mais amo fazer.

[M.D.T. - Hyde Park]