Tópico Nao gosto mais de One Direction

1 Respostas

~Lohhon

Usuário: ~Lohhon

.
Eu conheci a 1D em 2012 com kiss you achei muito legal virei fã e fui ate uns 10 meses atras esse utimo album deles foi o pior.
É... eu parei de gostar de 1D. Eu cresci e amadureci e nesse processo me interessei pela musica na verdadeira essência dela na importância. eu eu gosto e aprecio a musica me importo com o que o artista tenta colocar na musica, suas experiencias que viveu a maneira que ele ve o mundo a maneira que ele tenta tocar as pessoas com sua musica e não só pq tem rostinhos bonitos.
vi que one direction não tinha nada disso que eu acho importante. 1D é um produto da industrial so ta ali pra vender. Eles lançavam um álbum todo ano que tempo eles em pra viver pra poder ter alguma experiencia pra mostrar?. eles não escrevem as musicas deles, são dadas para eles. as musicas não retrata a vida deles uma ou duas, talvez 3... pq um produtor perguntou de um momento da vida deles... vai saber. enquanto artista de verdades com letras lindas e profundas musica linda nao recebem um terço do que esse caras que so tem rostinho bonito e uma voz boa pra cantar ganha.
olho pro passado e vejo como era idiota..bem q minha mae falou.
1d acabou ne
Depois do vídeo clipe de History ficou tudo claro.
Harry assinou contrato pra álbum solo, Liam também, Niall.
menos o Louis pq ele n é tão bom cantor assim pra fazer álbum solo.

zayn


Sobre não poder criar na 1D: “Nunca houve qualquer espaço para experimentar criativamente na banda. Se eu iria cantasse uma parte com influência R&B, ou um pouco de mim, aquilo seria regravado 50 vezes até que ficasse pop ou supergenérico. Aí eles usavam essa versão. Se eu sugerisse algo, parecia que aquilo não se encaixava em nós. Havia apenas uma concepção geral que os empresários já tinham o que eles queriam para a banda, e eu não estava convencido com o que estavam vendendo. Eu não estava 100% por trás da música. Não fui eu. Era uma música que foi dada a nós, e que era falado que era isso que vamos vender para as pessoas. Por mais que fôssemos a maior boyband, a mais famosa no mundo, me senti estranho. Era pra gente ser feliz em algo que não estávamos felizes.”