Tópico Criaturas

4 Respostas

~Pikenna

Usuário: ~Pikenna
Wormtail & Slytherin
Administrador do Grupo
Pequena Introdução


O Faroeste antes da Sombra chegar era composto apenas por seres humanos que viviam pacificamente na vila. Entretanto, com a invasão dessa criatura sobrenatural que ninguém sabe de onde veio e como exatamente é, quais são seus poderes, dentre outras características, Faroeste passou a sofrer um sincretismo de criaturas. Sobrenatural atraí sobrenatural. A vila por si só é sobrenatural, então para tentar salvar-se da posse tomada pela Sombra, ela acordou os mortos e despertou os filhos da Lua. A Sombra para combater essas criaturas que passaram a aparecer no Faroeste causando-lhe problemas, criou as Sombras da Noite que são meros escravos dela.

E assim começou a batalha pelo Faroeste.

Pontos Fortes e Pontos Fracos podem variar de acordo com a história-background de cada personagem criado, aqui está listado apenas uma visão geral destes aspectos.

Para evitar que os participantes escolham demais criatura x, e y fique desfalcada atrasando o desenrolar da trama, pode ser necessário que algumas pessoas criem mais de um personagem ou que outras recebam aviso para que mudem de criatura de acordo com a situação.

Antes de lerem as descrições, lembrem-se: Personagens fodões não são permitidos.

~Pikenna

Usuário: ~Pikenna
Wormtail & Slytherin
Administrador do Grupo
Seres Humanos


São divididos em duas subcategorias:

- Forasteiros: acabaram de chegar na cidade.
- Cidadãos: moram na cidade há muito tempo.


Os cidadãos do Faroeste são divididos em algumas profissões, tais como:


- Cowboys: responsáveis pela segurança dos cidadãos e da cidade antes da Sombra colocá-los subordinados a ela. Atualmente não passam de bêbados na Taverna dos Desgraçados, pois perderam seus postos para as Sombras da Noite, e por não saberem fazer mais nada, tornaram-se pessoas perdidas, afogando os problemas no uísque. São os mais divertidos, costumavam a ser brincalhões e impulsivos quando exerciam a profissão, agora não passam de moribundos infelizes incapazes de contar uma boa piada. Também eram arrogantes.

- Construtores: responsáveis por construir tudo o que há na vila, como casas, sistema hidráulico para a captação de água, prédios, dentre outros. São os inteligentes e criativos, porém sinceros demais e demasiado sérios, além de convencidos e influenciáveis.

- Agricultores: responsáveis pelo plantio e colheita da comida. São geralmente pessoas bondosas e carinhosas, porém submissas e medrosas.

- Mercadores: responsáveis pelas transições comerciais entre a vila e outras cidades próximas. São eles que trazem as bebidas alcoólicas para o Faroeste, e vendem as especiarias feitas na cidade para as redondezas, movimentando o capital. São aqueles que possuem a coragem necessária para sair da proteção do Faroeste e encarar o desconhecido. Costumam ser ambiciosos, espertos e ludibriadores, bem como determinados, mas são mentirosos e interesseiros.

- Xamãs: responsáveis por cuidar dos enfermos com suas poções medicinais e antídotos para venenos. Não usam da tecnologia para atender as pessoas da vila, pois preferem os velhos costumes que ainda salvam e curam muita gente. Costumam ser bem humanos e humildes, porém teimosos.

- Padre: responsável por espalhar a fé e a religiosidade cristã na vila. Mora e trabalha na igreja que reza missas para aqueles devotos. (Categoria não disponível)

- Caçadores: responsáveis também por desbravar os mistérios além vila, matando animais cuja carne possa ser comercializada. Costumam ser audaciosos, não tendo medo de nada, porém são prepotentes em demasia e dificilmente aceitam ordens, sendo bastante livres.


Forasteiros são apenas forasteiros, alguns tentam se encaixar na cidade em uma profissão, outros estão apenas de passagem.

~Pikenna

Usuário: ~Pikenna
Wormtail & Slytherin
Administrador do Grupo
Espíritos


São os cidadãos antigos do Faroeste que morreram na vila e nos arredores, e agora voltaram a vida. Costumam chegar à vila como forasteiros e as pessoas não os reconhecem por serem demasiado antigos. Podem ser tocados, mas não sentem absolutamente nada em relação ao toque físico, mas costumam ter emoções e sentimentos como os seres humanos. A aparência é de uma pessoa normal e eles agem como uma, sendo assim extremamente difícil de detectá-los na vila.

Por já estarem mortos é impossível matá-los novamente, mas eles podem ser mandados de volta ao mundo de onde vieram por meio de uma magia sobrenatural utilizada pelos Sombras da Noite e pela própria Sombra. Então, eles preferem se tornar invisíveis, não contando para ninguém quem são de fato realmente.

Foram convocados pelo Faroeste para aumentar o número de pessoas no exército contra a Sombra. Em sua grande maioria são os responsáveis por incitar rebeliões e planejar batalhas contra seus inimigos que dominam as vilas. Possuem o poder de tomar posse de um corpo real, mas para isso precisam se transmutar em uma densa fumaça branca, o que lhe deixa vulnerável por alguns minutos já que dispende de uma alta energia para realizar isso. Então eles preferem fazer esse tipo de possessão apenas em um lugar tranquilo e seguro, com proteção garantida, no intuito de ler a mente daquele que está possuindo, sendo bons então na arte de espionagem.

Só podem possuir 1 corpo a cada três horas, tempo que leva para recuperarem as energias. E podem ficar lá por quanto tempo conseguirem. Se a pessoa a sofrer possessão for muito forte de mente, ela é capaz de bloquear o espírito ou retirá-lo de si em torno de cinco minutos. Quanto mais a pessoa for suscetível a possessão, mais tempo o espírito consegue ficar dentro dela. Mas não chega a durar mais 1 hora até porque é muito gasto de energia e ficar mais do que isso poderia sugar toda a energia do espírito de modo a torná-lo tão fraco que é capaz de fazê-lo retornar para o mundo dos mortos.

~Pikenna

Usuário: ~Pikenna
Wormtail & Slytherin
Administrador do Grupo
Filhos da Lua


São cidadãos comuns do Faroeste que se transformam em lobisomens toda lua nova. Aleatoriamente, algumas pessoas que vivem na vila possuí uma predisposição para se transmutar na fera. Com a vila acordando e clamando ajuda pro seu povo, é despertado nessas pessoas a magia que os transformam em lobisomens, podendo ser mulher, homem, velho, criança, adulto, adolescente. Não interessa idade ou sexo. Quem tiver a predisposição se transforma toda lua cheia.

Eles não tem muito controle sobre a mente, atacando não somente as Sombras da Noite, bem como os seres humanos que habitam a vila. Quando são descobertos por seus parentes, em noite de lua nova costumam ser trancafiados em uma cela com correntes feitas justamente para eles nos porões das casas para não deixá-los destruir a vila inteira, ou serem mortos pelas sombras da noite.

Atacam de maneira impensada e na impulsividade. São extremamente agressivos quando feras. Adquirem quase dois metros de altura, dentes pontiagudos repletos de veneno que matam especialmente as sombras da noite, pelos se espalham por todo o corpo dano a aparência mesmo de um lobo, entretanto, não ficam nas quatro patas, caminham sobre duas. E os membros superiores são bem finos com dedos longos por onde saem garras.

Podem ser mortos por qualquer arma branca que os atinja diretamente no coração, sendo portanto difíceis de serem mortos, pois é preciso muita agilidade e habilidade para se aproximar dos Filhos da Lua sem sofrer danos físicos e atacá-los bem direto no coração, ou então é necessário montar uma armadilha para capturá-lo e matá-lo. Sob a forma humana também somente arma branca é capaz de matá-lo, sendo imune a armas de fogo.

~Pikenna

Usuário: ~Pikenna
Wormtail & Slytherin
Administrador do Grupo
Sombras da Noite


Os Sombras da Noite foram criados pela Sombra para que ela pudesse tomar controle da vila por completo. Com as revoltas e rebeliões que estavam eclodindo no faroeste, ela decidiu que sozinha não daria conta de manter a ordem, criando então subordinados fieis a ela para acabar com qualquer ato de rebeldia. Os rebeldes foram massacrados, os que não morreram na luta, morreram torturados pela Sombra na frente dos demais cidadãos para servirem de exemplo. Desde esse dia as revoltas se tornaram cada vez menos frequentes.

São criaturas desprovidas de alma por terem sido criados a partir de magia negra, portanto, não amam, não odeiam, não possuem sentimentos ou emoções, mas são suscetíveis ao toque físico que lhes é desconhecido. Quando tocados por humanos eles sentem o toque, mas não conseguem entender o valor desse toque ou o que ele significa.

Como foram criados pela Sombra, podem usar magia negra, mas ela não é tão forte. Podem bloquear qualquer arma ao criarem um campo de força em volta de si que dura no máximo um minuto e é preciso aguardar quinze segundos para fazê-lo novamente. Podem moldar a magia dentro de si para criar armas baseadas naquelas que já viram. Como no Faroeste só há pistolas ou rifles, facas, arco e flecha, chicote, então os sombras da noite apenas são capazes de criarem imitações dessas armas, pois são as únicas conhecidas por eles.

São excelentes em lutas a longa distância, utilizando-se de suas armas mágicas de infinitas balas para atacarem e de escudos para se defenderem. Em contrapartida são demasiados lentos em lutas corporais. Sua maior fraqueza é o veneno dos Filhos da Lua, o qual é capaz de matá-los, fazendo-os se transformarem em pó negro.