Tópico FORKS

0 Respostas

~Anjo-Negro2

Usuário: ~Anjo-Negro2
Anjo
Administrador do Grupo
Forks é um lugar real, e eu estive lá!
No verão de 2004 eu dei uma escapada para Forks para conhecê-la; foi a primeira vez que estive em Washington. Levei minha irmã Emily comigo – ela estava bem animada, considerando que estava grávida de sete meses na época. Nós voamos de Seattle para Port Angeles rapidamente (outra primeira vez para nós dois), e então alugamos um carro e fizemos o percurso até Forks. Estava com medo de me decepcionar, enquanto partia de Seattle. Minha Forks tinha se tornado um lugar tão real em minha cabeça, que estava certa de que a realidade seria uma diferença gritante. Não iria parecer com as fotos, talvez, ou teria uma grande falha que faria minha história parecer impossível. Mas enquanto seguíamos viagem, descendo a verde e densa colina, com incríveis montanhas de Cascades, tocando as nuvens no sul, eu parei de me preocupar.

Claro que estava chovendo quando nós chegamos. Choveu todos os dias que estivemos em Port Angeles. Entretanto, o sol brilhou durante todo o tempo que estivemos em Forks. Eu ainda não estou certa se isso era um bom ou ruim. Falamos com cada nativo para comentar nossa sorte rara.

Estar em Forks foi a experiência mais incrível. Tinha algumas pequenas diferenças: as árvores cortadas eram bem mais evidentes do que nas fotos – os cortes limpos me fizeram sentir um caroço na garganta, e os gigantes caminhões das indústrias madeireiras andavam em alta velocidade na estrada molhada, fazendo o trânsito ser uma aventura alucinante. E estava ensolarado, como eu mencionei. De qualquer maneira, era assustadoramente parecido com minha imaginação. Caminhamos na rua principal, fizemos compras no Thrifway (ainda tenho aquele recibo!), dirigimos pelas ruas até encontrarmos uma casa que poderia ser a casa de Charlie, e então voltamos ao carro e encontramos uma caminhonete abatida, avermelhada e velha, estacionada na estrada. O mundo surreal abusa bastante, mas isso realmente foi como estar em um sonho. Nós passamos metade do dia em La Push, e foi ainda mais estranho. Diferente de Forks, não existia nenhuma diferença entre a minha La Push imaginária e aquela real. Eu passei a manhã esperando a cada minuto que nós iríamos virar e ir até Jacob Black.

Tivemos que partir muito cedo. Eu prometi que voltaria e levaria toda minha família comigo (meus garotos vão amar aquela praia!). Tenho uma jarra de vidro toda colorida com as cores do arco-íris, feita com pedras que coletei na First Beach, e que está na mesa do meu computador, como um talismã contra o bloqueio para escrever.
Espero que chova da próxima vez.

Tenho algumas fotos salvas da minha viagem. Infelizmente, o resto foi perdido quando o computador quebrou, junto com fotos de festas de aniversário, fantasias de Halloween, e retratos de família (façam back up em seus computadores, gente! Façam agora!)

Stephenie Meyer

Fotos de Forks