Tópico MITOLOGIA DOS LOBISOMENS

0 Respostas

~Anjo-Negro2

Usuário: ~Anjo-Negro2
Anjo
Administrador do Grupo
Mitologia dos lobisomens
1-Aparência
Os lobos variam na aparência física, assim como seu lado humano.
Por exemplo, o lobo que afugentou Laurent (NM10) é descrito como: “Enorme
– alto como um cavalo, só que mais grosso, muito mais musculoso. O longo
focinho fez uma careta, revelando uma longa fileira de dentes afiados como adagas.
Um horrível rosnado saiu pelos seus dentes, rompendo pela clareira como
o barulho de um trovão prolongado.” Tão grande que inicialmente
Bella até pensou ser um urso.

Os outros lobos são descritos como: “Um era de um cinza escuro,
o outro marrom, mas nenhum era tão grande quanto o primeiro.” E
finalmente um “monstro marrom ferrugem” (NM10).

E foi nesse lobo “marrom avermelhado” que Bella focou, explicando:
“Os olhos do lobo eram escuros, quase pretos. Ele olhou pra mim por uma
fração de segundo, seus olhos profundos pareceram inteligentes
demais pra um animal selvagem. Ele me encarou, de repente eu pensei em Jacob”
(NM10), mas não foi antes de ter um sonho mais tarde que Bella percebeu
que aqueles olhos eram realmente “Os negro-amarronzados, os olhos familiares
de Jacob Black.”
As cores dos lobos parecem ser determinadas ao acaso. A cor marrom avermelhada
de Jake poderia ser conectada com o tom de sua pele, mas se isso fosse verdade,
os outros também teriam uma cor similar, jáque eles são bastante parecidos na aparência humana. No entanto, os lobos são acentuadamente diferentes na aparência, apesar de serem similares em força e tamanho.

Em “Eclipse” nós descobrimos que existem algumas correlações entre a forma humana e a de lobisomem. Bella pergunta porque Jacob é mais peludo que os outros: “Porque meu cabelo é mais comprido.” (EC22)

O notório “tamanho monstruoso” dessas criaturas é enfatizado uma e outra vez. Isso também se conecta claramente com as reais mudanças nos garotos, que Bella notou, apesar de não ter ligado as coisas anteriormente.
“Estes eram somente quatro garotos semi-nus muito grandes”. (NM14).
Como humano, Jacob tem “um metro e noventa e oito” (NM5), e ela também aponta as mudanças em Quil: “Ele parecia maior do que da última vez que eu o vi. O que era que esses garotos Quileute tinham?
Será que eles estavam sendo alimentados com algum tipo de hormônio
experimental de crescimento?” (NM11). Parece que o período de rápido crescimento acontece no menino antes de se tornar um lobo.

Também é notável que os meninos mudam significantemente em outras áreas além da altura quando eles estão na idade de virar lobisomem. Jacob corta seu cabelo curto, assim como Sam e os outros, mas “;As maçãs do rosto dele pareciam ter endurecido subitamente,
se apertado… envelhecido. O pescoço e os ombros dele estavam diferentes também, mais grossos, de alguma forma. As mãos dele, onde elas estavam agarradas na janela, pareciam enormes, com os tendões e as veias ainda mais proeminentes embaixo da pele cor de cobre.” (NM11) Se transformar num lobo é um sinal de maturidade, e ele visivelmente envelhece como humano também. Isso parece ser verdade também para Sam Uley, já que sua primeira descrição é: “mais perto de um homem do que de um garoto, e sua voz era muito profunda.” (TW16)

Os garotos se tornam tão parecidos na aparência física humana que até poderiam ser confundidos como “quadrigêmeos” (NM14) e havia “algo no jeito como eles se moviam quase em sincronia para ficarem no outro lado da estrada de frente pra nós, a maneira que todos tinham os mesmos músculos longos, redondos sob a mesma pele cor de cobre, o mesmo cabelo preto curto, e a maneira que suas expressões alternavam exatamente ao mesmo tempo.” (NM14)



2. Velocidade
Assim como os vampiros, os lobisomens também são sobre-humanos em sua habilidade de correr. Jacob até chega a fazer comparações ao dizer que é: “melhor e mais rápido que uma moto, e acha que a habilidade de correr tão rápido é: “A melhor parte”,(NM15) de ser um lobisomem.

Mesmo em sua forma humana, Jake parece ter desenvolvido mais velocidade: “ Aí ele se virou correu pelo estacionamento, pela estrada, e até a beira da floresta. Ele entrou no meio das árvores, rápido e gracioso como um veado”.(NM13) A comparação com os vampiros fica
bastante clara aqui e a própria Bella nota que ficar nas costas de Edward enquanto ele corre é “Cem vezes melhor que uma moto.”(NM24)

Já que os lobisomens foram capazes de pegar Laurent, isso faz parecer que eles são ainda mais rápidos do que os vampiros a pé.
Bella diz: “eu não podia imaginar isso; os lobos correndo mais rápido que um vampiro. Quando os Cullen correm, eles simplesmente ficam invisíveis com velocidade.”(NM15) Parece que a velocidade é a verdadeira arma deles, junto com a troca de pensamentos entre o bando.

Os reflexos deles também são imensamente rápidos: “Com uma velocidade impressionante, Jacob puxou um abridor de latas do balcão e o lançou na cabeça de Jared. A mão de Jared apareceu mais rápida do que eu teria pensado que fosse possível, e ele agarrou a ferramenta pouco antes dela acertar o rosto dele.” (NM14) Eles certamente são suficientemente rápidos para acabar com um vampiro enquanto estão em bando, não importando o quão forte esse vampiro seja.

3. Força
O movimento deles é em “saltos poderosos” (NM10) como lobisomens, mas na forma humana eles também parecem ter uma diferença na força.
Bella nota que Jake a toca “muito rudemente”, e que quando ele a abraça, é com um movimento “esmagador”, então ela “não pode respirar.” (NM12) Ele não parece estar ciente de sua força adicional como os vampiros estão, mas isso pode ser devido à grave renovação das mudanças que ele tem experimentado.

Como os Cullen, uma vez que Jacob é um lobo, ele demonstra similares exibições de força “Ele passou os braços por baixo de mim e me levantou sem esforço – como se estivesse pegando uma caixa vazia.” (NM16) De qualquer forma, antes da transformação o acontecer, ele se limitou a colocar seu braço em torno de Bella para ajudá-la a voltar para o caminho depois de seu acidente de moto.
Quando Jacob discute depois com Bella sobre ser um lobo, ele explica: “É pra isso que somos feitos, Bells. Nós somos fortes também.” (NM13)
O som que os lobos fazem também está ligado com força e ferocidade, por exemplo, o rosnado deles é descrito repetidamente como “um trovão.”(NM14)

Parte da força de um lobisomem é que ele (ou ela) não é uma única entidade, mas parte de um grupo. Eles são mais fortes como um grupo do que seriam se estivessem sozinhos. Eles se comunicam pelo fato de que eles “ouvem os pensamentos um do outro, mas apenas quando vocês são lobos.”(EC5), e durante as lutas, como aquelas que nós vimos no fim de “Eclipse” eles podem avisar um ao outro do perigo.

Eles são mais que um time. Não existe “Nada de privacidade,
nada de segredos”,(EC5) entre eles e isso os deixa mais fortes. Como Edward fala: “a mente do bando é hipnotisante. Todos pensando juntos e separadamente ao mesmo tempo. Há tanto pra ler.”(EC19).

4. Fisiologia
A pele quando eles estão na forma humana é “muito quente” (NM12). Bella sente isso primeiro quando ela acredita que Jake está com febre no seu caminho de volta para casa depois de ver o filme. “Uau, Jake – você está fervendo!” (NM9), mas é bem comum para o seu corpo estar constantemente nessa temperatura. Lobisomens são claramente o pólo oposto dos vampiros, com seu toque de gelo e pele como mármore.
Talvez sua parte fisiológica reflita na tensão entre eles.

“É. Nós ficamos um pouco mais quentes que as pessoas normais. Cerca de uns quarenta e quatro, quarenta e cinco graus. Eu nunca mais fico com frio. Eu podia ficar assim’ – ele fez um gesto para o seu tórax nu – ’ numa tempestade de neve e isso não ia me incomodar. Os flocos iam virar chuva onde eu estivesse.” (NM15) Stephenie diz que essa é
uma das características exclusivas de seus lobisomens.

Eles também têm a capacidade de cicatrizar muito rápido fisicamente. Machucados não duram muito.

“Ele vai estar perfeito ao pôr do sol.”

“Ao pôr do sol?’ Eu olhei para a linha no braço de Paul. Estranho, mas ela parecia já estar lá há semanas.”

“Coisa de lobo”, ele cochichou.” (NM14)

A real transformação entre humano e lobisomem é dificilmente tocada no livro. Certamente a transformação inicial não é fácil, como Jake explica em sintomas para Bella: “ ‘ ele sussurrou. ‘Toda parte de mim dói.” (NM9) Inicialmente, eu pensei que isso poderia ser uma dor física que Jake experimentava, mas Stephenie explicou que esse não era realmente o caso. “A transformação para a forma de lobo não é um processo doloroso, somente confuso
e mentalmente desconfortável.” É à dor mental que Jake está se referindo, ao fato de que ele percebe que ele é um monstro e as implicações que isso tem em seu relacionamento com Bella.

A transformação por si só pode acontecer a qualquer momento e não depende da lua cheia. No caso de lobisomens jovens, eles podem se transformar involuntariamente por perda de auto-controle:

“ ‘O que poderia acontecer… se você ficasse muito nervoso?’ Eu sussurrei.
‘Eu me transformaria em lobo,’ ele sussurrou.” (NM13)

O efeito desse tipo de transformação é mostrado no relacionamento entre Sam e Emily e os machucados desfiguradores que ela sofreu. (NM15)
Lobisomens só são criados quando eles estão perto de vampiros, assim que a terra dos Quileute está sempre protegida, Jacob explica que: “Não vai demorar muito. Não há idade exata… isso só se constrói, se constrói, e então, de repente-“ (NM15).
Seu senso de identidade de bando é forte. Tanto que eles são capazes de ouvir “…pensamentos – uns dos outros, pelo menos – não importa a distância que estamos um do outro. Ajuda muito quando estamos caçando mas de outra forma atrapalha muito. É embaraçaso – não ter segredos desse jeito.” (NM13) Mesmo na forma de lobo, eles retêm
total controle de suas mentes humanas. “Eles ainda são eles mesmos – de nenhuma maneira são selvagens, lobisomens sem consciência como em outras mitologias.” Isso significa que todas as ações são ações conscientes, apesar de ser completamente possível que um lobisomem perca seu temperamento e estar fora do controle tanto como humano ou lobo.

Seu sentido do olfato foi ajustado para ajudá-los a identificar o inimigo.
“ ‘Vampiro’, ele cuspiu. ‘Eu posso sentir isso! Droga!’ ” (NM16) Não é claro quando isso é aumentado em outras circunstâncias mas eles certamente reconhecem vampiros à distância e acham o cheiro doentiamente doce e repelente.

Finalmente, uma pessoa tem o lobo dentro delas para sempre: “O que eu sou nasceu dentro de mim”(EC4) e já que eles são lobisomens em essência, eles “não podem… crescer”,(EC5) e param de envelhecer. Jacob explica que isso é só até que eles “parem de se transformar por um sólido período de tempo [aí] nós envelhecemos de novo”.

Transformando-se num lobisomem

A história da tribo Quileute e a conexão deles com as coisas sobre-humanas está documentada em Eclipse (chapter 11). Nós descobrimos que “sempre houve magia em nossos sangues” e que eles eram “espíritos guerreiros” antes de se transformarem em pessoas que “mudavam de forma”. O conto de Taha Aki conecta a tribo pela primeira vez com os lobos, quando o espírito dele dividiu pela primeira vez o corpo do animal. Esse parece ter sido o início da possibilidade de ser algo além de um simples homem ou um simples lobo.

A descrição de Taha Aki combina com o que Bella descobriu sobre Jacob e os outros lobisomens. “Ele liderou a tribo por muitos anos, já que ele não envelhecia”,(EC11) e a passagem da capacidade genética da habilidade da transformação para seus filhos “depois
que eles atingissem a idade adulta”. É importante notar que, assim como Jacob e seus amigos são diferentes, os lobos na história são diferentes também “porque eles eram espíritos de lobos e refletiam o homem que eles eram por dentro.”(EC11)

Se os vampiros não estão por perto, então “os descendentes de Taha Aki não se transformam mais em lobos quando se tornam adultos”.
Se houver um ou dois vampiros, então “o bando ficava menor”.(EC11)
É notável que quando o número de vampiros aumentou com o exército de Victoria, “o bando cresceu”, (EC18) pra que eles fossem capazes de lutar.

Existe uma conexão direta entre os vampiros e os lobos, apesar de Bella achar que “os Cullen não faziam idéia… Eles não sabiam que vir até aqui faria com que você se transformasse.”(EC5) mas Jacob tem certeza: “Bella, querida, nós só protegemos as pessoas de uma coisa: os nossos inimigos. Essa é a razão pela qual existimos – porque eles existem.”(NM13) Se os vampiros não estivessem presentes, então não haveria necessidade
dos lobisomens protegerem a tribo.

Para se transformar em um lobisomem, é vital ser descendente direto de Taha Aki. As pessoas sempre acreditaram que precisava ser um descendente direto masculino, mas isso prova não ser verdade quando Leah Clearwater se torna uma do bando. (EC19) Não há como escapar disso: “O que eu sou nasceu em mim. É parte do que eu sou, de quem a minha família é, de quem todos nós somos como tribo.” (EC4) Isso não é uma opção, mas uma coisa que irá acontecer a um seleto número de pessoas que atingem a maturidade: “está
no meu sangue em ambos os lados. Eu nunca tive uma chance. Assim como Quil não
tem uma chance.”(NM15) Uma vez lobisomem, não há como voltar atrás. Tal como Jacob faz piada, “Não, eu estou nessa pra sempre. Uma sentença de vida.”

Não há “idade exata” (NM15) para alguém virar lobisomem. Jacob explica que “às vezes, se você realmente se aborrecer ou algo do tipo, pode acontecer mais cedo,” (NM15) e que
você tem de ser capaz de controlar os seus sentimentos e a raiva para ser capaz de se transformar de volta.

Com Sam, “ele levou duas semanas para acalmar-se o bastante para transformar-se
de volta – porque ninguém estava esperando que isso acontecesse, e como resultado, ele pensou que tinha enlouquecido”. (EC5)

O tempo que cada transformação inicial leva não é claro, mas há sugestões que seja aproximadamente uma semana. “O Embry faltou uma semana na escola”; (NM7) e Bella ia dá-lo uma semana antes de começar a forçar a barra”; (NM10) sobre Jake ter ficado doente. O alto calor de corpo é um dos sintomas: “Uau, Jake! Você está pegando fogo”; (NM9) e há
alguma sugestão da dor com “cada parte de mim dói”; (NM9) embora Stephenie Meyer indique que isto é mais “desorientador e mentalmente desconfortável” do que fisicamente doloroso.

O bando tem um líder, um macho alfa. No tempo de Bella, este deveria ser Jacob por causa da sua linhagem, mas ele explica: “Eu não quis ser um líder lendário. Eu não queria ser parte de um bando de lobisomens, muito menos o líder. Eu não quis aceitar quando Sam me ofereceu.” (EC21) Ao invés disso, Sam Uley os lidera. “O alfa realmente controla o grupo. Quando ele nos diz pra fazer alguma coisa, ou pra não fazer alguma coisa – quando ele está falando sério, bem, nós não podemos simplesmente ignorá-lo.”(NM14).