Tópico Santuário de Atena.

5 Respostas

~Harleewise

Usuário: ~Harleewise
Sem futuro pra você.
Administrador do Grupo
Santuário de Atena.


O Santuário de Atena é a base de operação da ordem dos seus Cavaleiros e o lugar em que a mesma Deusa exerce suas funções como protetora do mundo dos homens. É também espaço de treinamento de diversos aspirantes a Cavaleiros e até mesmo os já formados.

Fica localizado na Grécia, mas é muito difícil de ser encontrado por homens normais devido aos obstáculos como as montanhas que cercam suas redondezas, o que auxilia na proteção. Existe desde os tempos mitológicos e por isso seus prédios e locais tem arquitetura da antiguidade.

Abrangendo uma área extensa, o Santuário tem localidades importantes além das Doze Casas. Segue abaixo um pequeno resumo de cada um deles:

Relógio de Fogo

Uma estrutura semelhante à uma torre, com quatro faces e que pode ser observada de qualquer lugar do Santuário. Ela possui espaços que representam as Doze Casas Zodiacais, acendendo chamas apenas durante uma invasão que só apagam após uma hora. Ou seja, todas as chamas se apagam em doze horas.

Pátios e sub-localidades.

Após a passagem pelos arredores do Santuário, caso não se siga para o cemitério dos Cavaleiros, chega-se aos pátios que são divididos em inúmeras sub-localidades, sendo neste local onde normalmente se encontram os Cavaleiros de hierarquia abaixo da elite e os soldados rasos do Santuário.

Neste local localizam-se a área de treinamento das Amazonas, os alojamentos dos Cavaleiros e o templo do assistente do regente. Aqueles que passarem por estes locais com o intuito de chegar às doze casas devem atravessar apenas o pátio principal, que constitui-se basicamente de um enorme terreno tortuoso, dotado de uma subida cada vez mais ingrime rumo à montanha sagrada das doze casas.

Alguns templos se fazem presentes, como a biblioteca oficial do Santuário, onde assuntos administrativos de menor porte se resolvem. Os Cavaleiros e Bronze geralmente ficam neste local aguardando por ordens de seus superiores.

Fonte de Atena

Trata-se de um pequeno templo no meio de um bosque. Segundo dados antigoes, nos tempos mitológicos os Cavaleiros que estavam à beira da morte eram levados para esse templo para que tivessem uma morte tranquila e pacífica, juntando-se a luz eterna de sua Deusa em paz.

Um dia, a Estátua de Atena verteu uma lágrima que caiu no chão e um denso bosque se formou no local. Milagrosamente, os Cavaleiros que ali estavam foram curados. Desde então, o local passou a ser utilizado como uma espécie de hospital para Cavaleiros feridos.



Cavaleiros de Bronze e Prata podem transitar por todas as áreas citadas, exceto as Doze Casas. Ao realizar a postagem, especifique onde está: Dormitório, área de treinamento, fonte de Atena ou etc.

~Shui

Usuário: ~Shui
The Fallen

Alojamento dos cavaleiros

Por todo o ambiente tudo o que se ouvia era o mais puro silêncio. Um silêncio profundo e vazio, carregando consigo apenas a doce solidão a qual há muito estava habituado; uma sensação que levaria muitos à loucura, mas que, para o cavaleiro, trazia nada além da tranquilidade necessária para a tarefa que agora realizava.

O ar frio se espalhava em ondas, emanando do jovem à medida em que seu cosmo queimava de modo lento e gradual, de forma quase inconsciente. Os olhos fechados e a respiração tranquila, assim como a posição de lótus na qual permanecia apenas indicavam a imersão total na meditação, em um sinal claro de que nada externo poderia perturbá-lo.

A diferença de temperatura do seu quarto para os demais, naquele momento, definitivamente causaria um grande contraste para qualquer um que ultrapassasse o perímetro.

Teve sua concentração interrompida apenas quando a voz do grande mestre surgiu em sua mente lhe dando instruções de sua próxima tarefa, esta consistindo em se dirigir até a Rússia, seu país natal, no intuito de destruir um dos templos erguidos em nome de Têmis. O nome da deusa, por si só, era o bastante para que o bronze compreendesse a importância da missão; bastaram poucos segundos para que interrompesse o que fazia e prontamente buscasse a caixa de pandora contendo sua armadura, acomodando-a na costa antes de se dirigir para fora do quarto, tendo como objetivo encontrar a amazona de ouro que fora designada como sua dupla.

O trabalho solo era, definitivamente, o de sua preferência, mas não havia como evitar sentir-se levemente ansioso para vislumbrar como seria um dourado em ação; mesmo que, aparentemente, pouco se importasse com os outros guerreiros de Atena, respeitava aqueles de patente maior que a sua, em especial os de ouro.

Almejava algum dia tornar-se tão poderoso quanto eles, esforçando-se em seus treinamentos diários até a exaustão por isso.

Novamente uma voz se fez presente em seus pensamentos, desta vez sendo palavras da própria deusa Atena; palavras encorajadoras e que fizeram com que marchasse por entre a instalação com rapidez, a postura altiva e confiante enquanto, em seu interior, o desejo de eliminar o mal que ameaçava sua deusa queimava ainda mais feroz.

~RockerSoul

Usuário: ~RockerSoul
Saint Doo


Dentre as doze casas, a décima primeira era uma das mais frias, a névoa deixava todo o ambiente sem acesso, já que a maioria doa cavaleiros morreria ao entrar na Casa de Aquário, o frio era quase zero absoluto. A decoração em sí, se resumia a gelo e neve, que estavam devidamente bem organizados. Sendo que todos os seus vassalos estavam devidamente vestidos e bem aquecidos, pois o frio na casa era algo que ela gostava, embora os vassalos não gostavam do frio, mas aos poucos se acostumar com isso.

A mensagem do Grande Mestre soou em sua cabeça, então ela teria que sair atrás da nova possível ameaça a Athena. Outros cinco cavaleiros de ouro foram escolhidos pela própria deusa, enquanto alguns permaneciam para proteger as outras casas e o Santuário. Saiu de sua casa, trajando roupas comuns, e a máscara, que era obrigatório para todas as amazonas.

Procurava o Cavaleiro de Cisne nas redondezas do alojamento dos Cavaleiros, seria fácil reconhece-lo, pois ela sentia um cosmos frio, que estava deveras próximo a ela. Olhou para frente e viu o suposto parceiro, um rapaz de cabelos albinos e olhos violeta, se aproximou do mesmo, eles tinham que partir logo.

- Você é o Cavaleiro de Cisne, creio eu. - disse a amazona, sua voz saia perfeitamente, mesmo com a máscara, que poderia facilmente abafa sua voz. - E você deve saber quem eu sou. Diga seu nome garoto, e, se não souber o meu, sou Temuri de Aquário, sua parceira nesta missão. - Voltou a fitar o mesmo enquanto aguardava uma resposta direta dele, o quanto antes saíssem, mais rápido descobririam sobre o Tribunal.

~Shui

Usuário: ~Shui
The Fallen

Alojamento dos cavaleiros

As passadas apressadas ecoavam por entre os corredores do alojamento enquanto o bronze se direcionava para fora do perímetro, seguindo em sua busca pela amazona de ouro. Pretendia inicialmente seguir em direção às doze casas, almejando encontrá-la pelos arredores, no entanto mal precisou deixar o perímetro do alojamento para que se encontrassem.

Com toda a imponência digna dos dourados a amazona se aproximou, parando logo à sua frente e rapidamente identificando-o. Não havia como negar a surpresa por ela tê-lo reconhecido de imediato, embora suspeitasse que o motivo por trás disso fosse, muito provavelmente, seu cosmo; assim como o próprio cavaleiro, Temuri, como se identificara, possuía um cosmo gélido, particularidade daqueles que lidavam com o elemento gelo em suas técnicas.

— Sou Mikhail de Cisne. — Respondeu logo que esta pediu que dissesse seu nome — É uma honra poder lutar ao lado de uma amazona de ouro, milady.

Fez uma breve reverência ao baixar o tronco de modo sutil, logo em seguida assumindo a postura altiva e orgulhosa que lhe era característica. Ajustou a alça da urna em sua costa e a segurou com um pouco mais de força, talvez tanto quanto a amazona de aquário desejando poder chegar logo ao seu destino e cumprir com a ordem que lhes fora dada.

— Devemos seguir o mais depressa possível e cumprir a missão que nos foi dada.

Verbalizou o pensamento, uma expressão determinada no rosto de tez clara e feições ainda infantis devido a pouca idade. Provavelmente suas palavras não deveriam ser dirigidas a alguém de patente dourada, de modo que se considerou um tanto quanto insolente por elas, mas não havia como negar a urgência que sentia em garantir que o desejo de sua deusa fosse realizado o quanto antes.

Mesmo que não passasse de um cavaleiro de bronze, arriscaria dizer que sua lealdade se igualava a de qualquer um dos doze cavaleiros de ouro.

Tanto quanto eles seu maior desejo era o de proteger Atena.

M.D.T - Ásia

~RockerSoul

Usuário: ~RockerSoul
Saint Doo


Seus olhos percorreram o Cavaleiro de cima a baixo, vendo que este era um dos que tinha um grande potencial para herdar sua armadura, mas esta só saberia em um futuro distante.

Ele parecia com pressa, até mesmo a dourada sentia isso, pois ela queria acabar com isso rápido.

- Mikhail de Cisne ahm... - olhou para a urna nas costas, ele estava preparado, assim como ela. - Bom, vamos indo, a ameaça pode aparecer mais cedo que o esperado.

Foi na frente, esperando que Mikhail a alcançasse. A mesma trajava roupas típicas da Rússia, pois ela tinha que parecer uma civil, e esperava que tudo ocorrese perfeitamente, sem qualquer desavenças. Afinal, o Tribunal poderia ter alguém protegendo-o, e, conseguiriam eliminar, talvez, com tamanha facilidade.

Ajeitou a máscara, antes mesmo de sair do Santuário, uma lei devia ser seguida, afinal, tinha que usar a máscara quando não usava seu elmo.


MDT.- ÁSIA