Tópico Litoral norte de Cuba é foco da Operação Águas Negras do Instituto Sea Shepherd Brasil

0 Respostas

~Mitsu-san - Clan Wasahira

Usuário: ~Mitsu-san
Líder Clan Wasahira
Administrador do Grupo
Uma equipe de técnicos voluntários do Instituto Sea Shepherd Brasil – ISSB inicia hoje na Capital de Cuba, Havana, uma campanha de mobilização comunitária para situações de derramamento de petróleo, focada em ações para salvar animais marinhos petrolizados.

“Temos como objetivo em Cuba dar continuidade ao projeto do Instituto Sea Shepherd Brasil de treinar e mobilizar comunidades litorâneas visando a prevenção e recuperação de ecossistemas e animais marinhos afetados por vazamentos de óleo”, diz o biólogo, diretor técnico do ISSB e líder da Operação em Cuba, Wendell Estol.

A Operação chamada de Águas Negras faz parte dos esforços mais amplos da Sea Shepherd Conservation Society – SSCS para salvar os animais marinhos afetados pelo derramamento de petróleo que ocorre desde o dia 20 de abril deste ano, causado pela explosão da plataforma Deepwater Horizon que trabalhava para a British Petroleum no Golfo do México.

“A situação emergencial deste derrame no mar coloca em risco todo o ambiente afetado, a vida marinha e das pessoas que vivem no local e requerem um envolvimento da comunidade local e de voluntários. Por isso, é muito importante que todos estejam mobilizados em colaborar e diminuir os danos causados ao meio ambiente”, disse Wendell Estol.

“Estávamos prontos para integrar a equipe norte-americana em seus esforços no Golfo do México, mas os E.U.A estão negando vistos a brasileiros capacitados do Instituto. Ficamos sabendo que a enorme mancha de óleo que começou a se espalhar pelo Golfo do México havia entrado na correnteza fortíssima, em inglês chamada de “Loop Current”, e estava rumo à costa norte de Cuba. Redirecionamos os esforços do ISSB para atender a biodiversidade da ilha caribenha. A Sea Shepherd chegará a Cuba antes da ajuda de Barack Obama”, disse Daniel Vairo, diretor geral do ISSB.

Centro de Reabilitação Flutuante

Enquanto isso, a SSCS se prepara para enviar da Europa um navio que servirá como um mecanismo de apoio flutuante para as autoridades qualificadas em resgate e reabilitação da vida selvagem afetada pelo derramentento de óleo. Veterinários, cientistas e pesquisadores irão se juntar ao nosso navio, no Golfo do México, além de pessoal qualificado disponível para ajudar em construção, transporte e outras necessidades. Este Centro de Reabilitação estará disponível para ajudar em todas as operações autorizadas na área afetada.

Primeira Rede de Voluntários

O Instituto Sea Shepherd Brasil – ISSB trabalha desde 1999 com técnicos de organizações governamentais e não-governamentais, universidades, comunidades tradicionais de pescadores e sociedade em geral visando a formação da Primeira Rede de Voluntários apta para agir e salvar animais marinhos em casos de derrames de óleo.

Em 11 anos, o ISSB treinou milhares de voluntários em 11 estados do extenso litoral brasileiro e ainda diversas organizações foram equipadas pelo Instituto com um kit de equipamentos de resgate e salvamento da fauna marinha para emergências como as situações acima citadas.

Em 2000, auxiliamos nas atividades de recuperação da Baía de Guanabara afetada por um derramamento de mais de 2.500 toneladas de petróleo. Nesta ocasião, fomos os responsáveis pela criação do plano para salvar golfinhos em situações de derrames de óleo na Baía de Guanabara/RJ.

Em 2002, o Parque Nacional de Galápagos – Equador e o Departamento de Unidades de Conservação da Costa Rica, receberam técnicos do ISSB para ministrar o curso de capacitação “Ações para salvar animais marinhos em derrames de óleo” para os guarda-parques de suas reservas ecológicas.

Esta iniciativa do Instituto continua sendo única, repercutindo de forma bastante positiva e estimulando comunidades e voluntários a tomarem parte de ações efetivas de conservação da vida marinha. Tanto que fomos o único projeto brasileiro selecionado para a II Conferência da Juventude Tunza, em Bangalore/Índia, promovido pelo PNUMA /ONU em outubro de 2005.

Toda Ajuda é Necessária

A Operação Águas Negra, em Cuba, e a Campanha para salvar a vida marinha no Golfo do México não seriam possível sem uma ajuda contínua. Por isso, a Sea Shepherd precisa de fundos para financiar esta operação. Atuaremos nessa missão enquanto tivermos ajuda de empresas, organizações, voluntários e da comunidade em geral através de doações de equipamentos, alimentos e outros recursos para o treinamento de nossos voluntários.