Tópico Criação do Personagem

96 Respostas

~Nary-

Usuário: ~Nary-

Administrador do Grupo
Antes de fazer sua ficha, leia as regras.


Modelo de ficha:





Aparência:

Nome:

Idade:

Sexo/Orientação Sexual:

Personalidade:

História:

Habilidades:

Arma:

Algo à mais:

~Nary-

Usuário: ~Nary-

Administrador do Grupo
Aparência:




Nome:
Bonnie Young

Idade:
19 anos de idade.

Sexo/Opção Sexual:
Feminino, Bissexual

Personalidade:
Bon parece estar constantemente de bom humor, animada e brincalhona. É sempre sarcástica, irritar pessoas é um de seus passa-tempos preferido. É extremamente orgulhosa e teimosa. Quando promete algo, não volta atrás com sua palavra, nem que tenha que arriscar a própria vida para alcançar seus objetivos.

Pode parecer boba e inocente, mas conhece bem a própria espécie; os humanos. Não confia facilmente nas pessoas, e sente tanto medo delas e de seus atos do que dos mordedores. Já se acostumou com eles, afinal.

É uma garota imprevisível. É pervertida e sempre fala coisas "indecentes" em quaisquer horas. É sincera e sempre fala o que pensa, o que a torna um tanto engraçada.

Sempre parece ser corajosa e decidida, mas no fundo, é apenas uma garotinha chorona que não sabe lidar com os próprios sentimentos.

História:
Bonnie nasceu numa família pobre, que vivia em más condições. Ela foi um "acidente". Não era para ter acontecido. Seu nascimento só piorou as condições da família. Então, desesperados e contra o consentimento da mãe, a venderam em troca de comida e moradia.

Passou a ser a "empregada" de um casal rico já aos oito anos. Apesar de tudo, se sentia grata por receber alimento e ter uma cama confortável para dormir.

Ela e o filho da família passaram a ter uma amizade secreta. Pois, afinal, se os pais descobrissem, os proibiriam de se ver. Essa amizade durou anos, até os pais do menino descobrirem e expulsarem a garotinha da casa.

Bonnie viveu numa orfanato por pouco tempo, pois logo foi adotada por uma família rica, que, apesar de não dar à ela muita atenção, davam-na tudo o que ela pedia. Foi aí que aprendeu a desenhar, cantar, tocar piano e até mesmo lutar.

Viveu assim por anos, sendo mimada pelos pais que quase nem conhecia direito. Aos dezesseis se emancipou, passando a viver sozinha num apartamento, não tão longe da moradia dos pais.

Quando a pandemia começou, os pais de Bonnie logo foram mortos, assim como todos da mansão que morava anteriormente. Ela passou algum tempo em seu apartamento, sobrevivendo com as coisas que tinha lá.

Até que decidiu sair, por falta de suprimentos. Num dia, enquanto estava em busca de água, encontrou uma garotinha perdido e, de certo modo, a adotou, passando a cuidar dela.

Habilidades:
Tem bons reflexos;

É forte, apesar de não aparentar;

Tem muita habilidades em lutas corpo à corpo por conta das aulas que fez.

Arma:


Algo à mais:
Nasceu em King County, apesar de ter herdado a aparência asiática da avó.

~Fujoshi-Kanojo

Usuário: ~Fujoshi-Kanojo
Yaoi threesome e vida!
“As vezes, parece que você não faz o suficiente"

Aparência:



Nome:

Jonathan “John” Carter

Idade:

21 anos

Sexo/Opção Sexual:

Masculino / Homossexual

Personalidade:

Extremamente criativo está sempre bolando um jeito de entrar nos esquemas do grupo, mas sempre sem nenhum sucesso, sendo nunca levado a sério. Não é aquele que as pessoas chamam de tímido mas de estranho, falando constantemente coisas sem sentido. Amigável e gentil, John pode ser seu melhor amigo mesmo que você tenha feito a pior burrada de sua vida, já que mesmo, que ninguém o leve a serio e o entenda, ele sabe agir assim com qualquer um que precise, sem esperar nada em troca.

História:

Antes…

Nasceu em uma pequena cidade em Tennesse, mas foi para Columbus fazer faculdade que seus pais ausentes, que embora nunca tivesse dito com as palavras certas, sempre esperaram pelo dia em que poderiam se livrar de John e coloca-lo em algum lugar bem longe, já que fora sempre reprimido por eles não suportarem a carência e suas tentativas de aproximação, para, com eles, que o consideravam um tanto inconveniente Mesmo que as vezes isso o magoasse, aprendeu a não dar tanta importância a eles, pois o que se esperar de um casal de faixada que se preocupavam somente com o trabalho ?

Morava em um universidade e trabalhava em uma lojinha de gibis. Estava em seu quarto compartilhado quando presenciou o presenciou sua primeira vista para o inferno que estava apenas começando. O que aconteceu? Britany Hill foi o acontecimento que ficaria para historia, se ela não tivesse tentando devora-lo. Apos sua noite sexual ser abalada por um canibal louca por carne, e outros milhares iguais a ela que estavam tomando a cidade a cada minuto, John teve de se prevenir e acabou buscando refugio na lojinha de gibis onde trabalhava, onde passou pouco mais de uma semana em companhia de alguns amigos.

Depois…

Passou pouco mais de 1 semana na lojinha de gibi, onde havia um pequeno armazenamento de alimentos, que foi o suficiente para deixa-los vivos ate serem salvos por um homem, onde passaram mais algumas semanas com ele, vivendo em uma casa de luxo onde haviam mais duas pessoas, um lugar seguro o bastante para mante-los a salvo.

Pouco tempo depois de se mudarem, para uma ex-escola em lar doce lar para os sobreviventes desse novo mundo sem leis.


Habilidades:


Agilidade: Da a ele uma agilidade maior podendo fugir de zumbis e até mesmo desviar de alguns golpes desferidos por armas brancas ou corpo a corpo.

dual wield:Uma habilidade que permite usar duas armas juntas o que pode liberar seu caminho rapidamente.

Arma:

Uzi



Alcance: Alto-Baixo
Poder: Médio-alto
capacidade: 30 balas
Observação:
- Usa quando estiver cercado evitando o desperdício de munição
- Como todas sub-metralhadoras suas balas acabam rápido

Algo à mais:


Qualidades :
Calmo, Engraçado, Esforçado, Forte e Corajoso.

Defeitos :
Imprevisível e Impulsivo.

~PNG-LuckRxRx

Usuário: ~PNG-LuckRxRx

JAYSON IS BACK, BITCHES



Nome: Jayson Stuart

Idade:
20

Sexo/Opção Sexual:
Masculino - Heterossexual

História: Jayson teve uma infância bastante difícil. Seu pai fugiu de casa quando o garoto tinha 8 anos de idade, nunca mais o viu depois disso...A mãe do rapaz era médica tendo que trabalhar madrugadas afins nos plantões dos hospitais de Atlanta para conseguir sustentar seu filho. Jay para chamar a atenção da mãe começou a se drogar pelas ruas e a brigar com vários adolescentes de sua idade...Quando completou 16 anos já era mestre nas brigas de rua. Seu comportamento o fez ser o popular na escola...Quando o apocalipse começou ele pegou sua mãe e saiu da cidade. A mãe dele morreu logo nas primeiras semanas, ele não teve muitas dificuldades no apocalipse por conta do seu passo bastante conturbado. Hoje em dia vive sozinho em busca de seu antigo grupo no qual era líder e de sua namorada Laryssa page

Personalidade:
Jayson é um rapaz agressivo, não pensa duas vezes na hora de agir para salvar algum amigo. Suas escolhas o torna um verdadeiro líder, coloca sempre as pessoas em primeiro lugar sendo capaz de se matar para salvar quem ama. O moreno precisa de alguém para ajuda-lo em algumas coisas, como pro exemplo: Controlar sua raiva, ajuda-lo nas escolhas e etc
Ao mesmo tempo que é agressivo, é gentil com quem gosta e bem protetor com seus amigos

Habilidades: Excelente em briga de rua, rastreamento e estratégias

Armas:

Algo a mais: Sempre esta usando um colar que ganhou de sua namorada

~Nary-

Usuário: ~Nary-

Administrador do Grupo
Aparência:




Nome:
Melissa Johnson

Idade:
10 anos de idade.

Sexo/Opção Sexual:
Feminino, Heterossexual

Personalidade:
É uma garota convencida e irônica, talvez pelo tempo que passou com sua responsável, Bonnie. Apesar da idade, já passou por muita coisa, essas que a mudaram. Com o tempo e a convivência ela se torna brincalhona, alegre e um pouco gentil, como a maioria das crianças.

É uma chorona. Por todo e qualquer motivo ela chora, apesar de não gostar muito, não é algo que ela consiga controlar. Quer proteger as pessoas importantes para si, mas é mais protegida do que protege, e isso de certo modo a irrita.


História:
Nasceu durante o apocalipse, quando ela tinha cerca de cinco anos, sua mãe morreu, morta por uma horda de mortos-vivos, e ela não pôde fazer nada. Acabou se separando de seu grupo e foi encontrada por Bonnie, que passou a cuidar dela e protegê-la.

Assim, Mel decidiu que treinaria para se tornar forte para o bem de Bon e para si mesma. Não queria mais ser uma garota chorona e insegura, então, começou a treinar com armas com silenciadores e até mesmo arco e flecha, claro que com a ajuda de Bon por não ter tamanho o suficiente.

Habilidades:
Tem uma ótima mira;

Facilidade em se locomover em lugares pequenos por conta de sua altura.

Arma:


Algo à mais:
Não

~Grounge_Girl

Usuário: ~Grounge_Girl
Karma is a dead line
Aparência:

- http://wallpaper.ultradownloads.com.br/287163_Papel-de-Parede-Linda-Rockeira-Morena_1680x1050.jpg

Nome:

-Lia "Cristhine" Greene

Idade:

-19 (Sou um bb)

Sexo/Opção Sexual:

-Feminina e Heterossexual

Personalidade:

Lia tem uma personalidade forte que gosta de testar os limites. Ela não é muito de papo e prefere ficar sozinha ao invés de estar com um grupo, por isso vaga por ai. Ela só puxa papo quando está deveras interessada pela pessoa. Tem um humor tanto quanto bipolar e acaba por não saber agir quando está em grupo, por isso o isolamento.

História:

Lia estava em um belo dia falando com seu namorado ao telefone, Lysandre, a luz de seu desespero. Quando escuta vozes, gritos do primeiro andar de sua casa. Quando a mesma desce as escadas, uma coisa que, um dia foi sua vizinha tagarela, devorando sua irmã, Ruth. Lia entrou em estado de choque e não soube muito bem o que fazer, a não ser ficar parada ali, olhando aquela coisa dilacerar sua irmãzinha. Ela elevou seus olhos a porta e viu fogo, pessoas correndo, passando uma por cima das outras... Pra ela o inferno tinha começado. Quando viu de novo, Lia se encontrava lutando com a coisa que atacou sua irmã. E em um golpe de sorte, ela conseguiu chutar a coisa fazendo ela cair escada a baixo, então ela voltou ao maldito mundo. Pegou seu telefone no chão em desespero e começou a subir as escadas. Ela botou o telefone no ouvido e a linha estava muda. Deixando isso de lado, botou o telefone no bolso e foi para seu quarto. Ao fechar a porta, Lia se jogou no chão e começou a chorar... O luto havia chegado, o cérebro tinha acabado de processar. Ruth era a única coisa que ela tinha de família, pois sua mãe morreu no parto de Ruth e seu pai logo após, de depressão. Ela simplesmente não fez nada pra defende-la ou algo do tipo.
Após limpar as lágrimas, Lia se levantou e colocou algumas coisas em sua mochila que ao ver dela, podiam se tornar úteis algum dia. Foi em direção a porta, mas parou alí mesmo. Segundo suas experiências aquelas coisas deviam esta ali em baixo, a mesma parou e resolveu ir pela janela, que não ficava muito longe do chão. Assim que pulou, tentou de tudo pra ignorar o caos lá fora, mas foi meio impossível... Ela não sabia bem o que estava acontecendo, mas sabia que tinha que sair daquilo... e agora mesmo.
Após isso ela passou por alguns campos de refugiados que nunca davam certo e isso resultou pra deixa-la mais fechada as pessoas, com medo de se apegar... De virar humana de novo. E agora apenas vaga por ai...


Habilidades:

Como ficou muito tempo na mata, ela consegue escalar e encontrar rastros facilmente. E tem muita precisão e pontaria.

Arma:

- https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSEZWMcS9KHQz4BwAM_TQnu32p6x7AQOxeIptk5V3jv7nJKVxOBdR0Y1qDYCQ

Arma que achou durante sua "Estadia" em sua cidade.

Algo a Mais:

Lia leva uma foto de Lysandre em seu colar, com esperança de achá-lo.

~Demon--

Usuário: ~Demon--
Filho do demônio Balaão
DANIEL IS BACK, BITCHES (vou plagiar mesmo, não gostou vem me quebrar)



Nome:
Daniel Mystterion

Idade:
28

Sexo/Opção Sexual:

Hétero

Personalidade:
Daniel é aquele tipico cara folgado que muitos odeiam e poucos gostam.
Ele é alguém que fala e faz o que quer, sendo movido muito mais pelas suas emoções do que pela razão, muitas vezes fazendo ou falando alguma merda que acaba se arrependendo, mas também faz com que ele seja direto e sincero sobre suas opiniões.
Ele é alguém que ama uma aventura, gosta de sentir a adrenalina, sentir o seu sangue quente e seu corpo ser levado aos limites, por isso vive saindo em "excursões" malucas pra saquear, procurar mantimentos etc.
Ele também é péssimo em dar e receber elogios. Nunca foi alguém que recebia elogios e muito menos que fazia, então acaba estranhando e não sabendo elogiar alguém.
Por fim, lembre-se, ele possui poucas pessoas importantes em sua vida, então nunca faça algo de mal com essas poucas pessoas, ele vai fazer questão de tornar sua vida um inferno. (preguiça de fazer uma personalidade descente, saiu essa merda então deixa)


História:
Nascido em uma família pobre, Daniel teve que aprender a se virar desde pequeno, seus pais não lhe davam muita atenção e por conta disso ele acabou por se envolver com pessoas erradas, até finalmente se envolver com o crime.
Tráfico de drogas e roubos eram suas principais atividades até seus 17 anos, conquistou até uma fama nas ruas por nunca ter sido pego pela polícia.
Saiu de casa quando ainda tinha 14 anos e desde então vive em king County (tá certo? Sei lá, enfim).
Quando completou 18 anos decidiu se afastar do "mundo do crime", mas vez ou outra recebia propostas para voltar a vida de roubos e tráfico de drogas.


Habilidades:
Agilidade, reflexos e uma mira impecável

Arma:


Algo à mais:
É um fumante compulsivo

~CupkakeBaunilha

Usuário: ~CupkakeBaunilha
Lady Stark
Moderador do Grupo
ESTAMOS DE VOLTA U-U








Nome: Laryssa Page

Idade: 24 anos

Sexo-Opção Sexual: Feminino-Heterossexual

Personalidade: Esses olhos azuis cheios de doçura não enganam, isso é a maior parte dela. Doçura, calma e muita sabedoria de quem já passou por muito, mas não perdeu sua humanidade. Laryssa Page é aquela pessoa que está lá para tudo e para todos. Seu coração mole é em parte sua fraqueza e em parte sua força. Ela odeia mortes, dá conselho para todo mundo e bons conselhos e tem a capacidade de manter a calma em meio a um furacão, em parte por conta da Medicina na veia. É extremamente inteligente, uma estrategista nata, pela sua calma consegue ver saídas onde quase ninguém vê. Mas não se engane por sua doçura e bondade. Não se meta com quem ela ama. Não encoste nos seus filhos, no seu noivo, nos seus amigos ou toda essa inteligência e estratégia pode virar uma arma mortífera. Tenta sempre ver o lado bom das pessoas e não se importa em ajudar quem merece, nunca. Geralmente dá sermões longos, não queira estar na mira deles. E nem da flecha, a propósito.

História:

ALERTA DE TEXTÃO

Laryssa Page nasceu numa casa ferrada. Ela e sua irmã um ano mais velha, Sabrina Page, foram culpadas pelo pai com problemas pela morte da mãe. Afinal, a mãe morreu num acidente de carro com as duas. As duas meninas sobreviveram e Samantha não, o que pra ele era um motivo de culpa iminente. Por isso, elas eram espancadas. Quase todos os dias e por qualquer motivo que fosse aparente.

Mas elas aprenderam a lidar com isso, do jeito delas. Laryssa pessoalmente encontrou sua fuga nos livros, no piano e no arco. Seu melhor amigo da escola, George, tinha um arco e a ensinou a atirar na floresta. Logo ela superara o mestre e logo superara a si mesma porque virara uma arqueira incrível. E aos quatorze anos, sua outra fuga começou: A Medicina. O hospital público da cidadezinha onde viviam precisavam de ajudantes voluntários e ela começou sem pestanejar. Logo, os médicos viram que ela, mesmo com pouca idade, sabia reconhecer os instrumentos, sabia os procedimentos, sabia o que fazer e tinha grande facilidade de manter a calma e por isso passaram a ensiná-la e com dezesseis anos ela até voava solo. Era tudo que ela precisava pra fugir do mundo. Mesmo com seu pai a espancando dia após dias, ela com seu arco, sua irmã e seu hospital era feliz.

Até que o caos começou. Ela, seu pai e sua irmã fugiram para a floresta. Ela com seu arco e sua irmã com os próprios punhos (afinal, Sabrina encontrara sua fuga nas lutas de rua) começaram a manter a vida. Mas, o pai não conseguia ver as filhas mantendo a liderança sobre ele então, numa bela noite onde Laryssa o desafiou e mandou nele, a pior coisa da vida dela aconteceu. Ela foi dormir e quando acordou, o pai havia amarrado Sabrina e ela. Como ela não acordou? Ele tinha pego um dos remédios que com tanto custo eles conseguiram e dopado as duas. E então, ele a estuprou. Na frente da irmã mais velha.

O pai morreu dias depois. Laryssa mais tarde descobriria que Sabrina armara sua morte. As duas encontraram um grupo e elas tinham uma a outra, era tudo que bastava. Mas com alguns meses, os enjoos vieram. O grupo não aceitava crianças então lhe deu um ultimato: Ou abortava com remédios ou saía. Laryssa não podia e não iria matar um bebê- o seu bebê-, mas provavelmente morreria se estivesse sozinha e não podia levar Sabrina nessa. Ela saiu do grupo, mas deixou sua irmã ali, para que Sabrina tivesse mais chances.

Ela não morreu como previsto. Perdeu seu bebê por alguns dias desejou ter morrido, mas não morreu. E então achou outro grupo. Achou uma criança, muito parecida com ela, Alice. Um bebê, abandonado e cuidou como sua. Logo após, no seu grupo, iniciou um relacionamento com o líder, Jay que foi sua luz e adotou mais duas crianças Clary e Zynn. Os quatro eram as suas luzes. Depois ganhou uma melhor amiga. Houveram muitas confusões. Sabrina voltou para matá-la. E quase conseguiu, deu muito trabalho. Mas acabou entrando para o grupo. Perdeu mais um bebê, perdeu Alice. Quase casou, mas no meio do casamento mais confusões e ela teve que se separar do noivo, da irmã. Descobriu-se grávida novamente e conseguiu manter. Teve Amanda, sua única filha biológica. Reencontrou-se com o grupo e acabara separando de novo e tudo que ela quer agora, é ter sua família de volta.

FIM DO TEXTÃO

Habilidades:

*É médica e uma das boas porque aprendeu a lidar com praticamente qualquer coisa no Apocalipse.

*Sua mira é impecável. Há anos nunca errou um alvo sequer com seu arco, seu xodó.

*Estrategista nata, inteligente e mantém a calma em quase qualquer situação.


Arma:



Algo a mais: ----

~Demon--

Usuário: ~Demon--
Filho do demônio Balaão


Nome:
Andrew (Não sabe seu sobrenome)

Idade:
9 (quase 10)

Sexo/Opção Sexual:
Masculino/Hétero (tudo bem que ele é só uma criança né...)

Personalidade:
Andrew é um garoto medroso que gosta de pagar de corajoso. Sempre faz algo perigoso e se arrepende depois.
É gentil com quem ele conhece e tímido com quem nunca viu.
Gosta de brincar e se mostra muito animado quando faz algo divertido.


História:
Andrew pertencia a um pequeno grupo de sobreviventes que defendiam e viviam em uma casa em King County. Porém, certo dia uma horda enorme estava passando pela cidade quando todos do seu pequeno grupo, incluindo sua mãe e ele estavam na rua procurando mantimentos.
Eles foram encurralados e um a um foram sendo mortos. Sua mãe conseguiu o esconder antes de ser pega, porém o lugar onde ele estava escondido tinha a visão perfeita do que estava acontecendo com sua mãe, a visão perfeita dela sendo devorada.
O garoto ficou lá durantes 3 dias, quieto, esperando que os errantes fossem embora.


Habilidades:
Por ser pequeno ele é bem ágil e rápido

Arma:

Ganhou para se defender, mas ele têm medo de usar.

Algo à mais:
Vive tendo pesadelos dos errantes devorando sua mãe.

~CupkakeBaunilha

Usuário: ~CupkakeBaunilha
Lady Stark
Moderador do Grupo


Nome: Sabrina Page

Idade: 25 anos

Sexo-Opção Sexual: Feminino-Bissexual

Personalidade: Sabrina Page é o completo oposto da irmã mais nova. Sabrina Page é o exemplo de confusão. Desbocada, boca suja, pavio curto. Esperta e sabe mentir como ninguém. Irônica, sarcástica, irritante. Dificilmente tem medo de alguma coisa, só teme algo que possa atingir as pessoas que ama. Baderneira assumida, não tem medo de cair nas porradas com alguém. Afinal, é de se esperar de alguém que pratica luta de rua e arruma confusões na rua desde os treze anos. Nem um pouco organizada, dificilmente se preocupa com os sentimentos alheios e ás vezes é muito egoísta. Não é por nada que ganhou o apelido "vadia roxa" que carrega com muito orgulho. Mas, por dentro, tem um coração. Um coração grande pelas pessoas que ama e um instinto de proteção absoluto por eles. Possessiva e ciumenta por esses. Sabrina tem características que conseguem irritar qualquer um, uma técnica de luta incrível, um estoque interminável de palavrões, um olhar congelante medonho e um grande coração por baixo disso tudo.

História:

ALERTA DE TEXTÃO

Sabrina Page nasceu numa casa ferrada. Ela e sua irmã um ano mais nova, Laryssa Page. Culpabilizadas pela morte da mãe pelo pai porque sobreviveram no acidente que a matou, ela e sua irmã passaram a viver numa rotina de espancamentos por todo e qualquer motivo. Era terrível pra ela viver naquilo e deixar sua irmãzinha viver naquilo, mas tinha medo do que aconteceria se fizesse algo. Por isso decidiu arrumar fugas de toda aquela dor, assim como a irmã fizera.

Sabrina foi diferente. Ela arrumou uma fuga nas lutas de rua. No começo apanhou um pouco, mas já era resistente a dor então não demorou muito pra ser a melhor e depois ser simplesmente imbatível. Mesmo arrumando mais hematomas do que arrumava com o pai e sentindo mais dor, aquilo a ajudava a expurgar. E sabia que Laryssa, sua médica particular, sempre cuidaria dela. Elas sempre cuidariam uma da outra.

Quando o Apocalipse começou, ela, a irmã e o pai fugiram. Ela e a irmã eram uma dupla incrível. Inteligência e força juntas. Mas o pai... O pai sempre dava problemas. E não demorou para arranjar um. Estuprou Laryssa na frente de Sabrina. Sah jamais vai esquecer aquela cena e a forma que lutou contra as cordas até os braços sangrarem pra tentar salvar sua irmãzinha. E depois daquilo decidiu que tinha acabado. Numa busca por suprimentos com o pai, armou para que esse fosse morto e ele foi. Ela e a irmã encontraram um grupo e estava tudo certo até que Laryssa descobriu que estava grávida e foi obrigada a sair do grupo. Sabrina disse que iria com ela, que elas eram uma equipe, mas Lary a abandonou. Saiu na calada da noite quando não poderia ser seguida. Sabrina acordou e ela simplesmente não estava mais lá.

Sabrina ajuntou ódio pelo abandono dia após dia. Foi quando pintou seus cabelos de roxo. Achou George, o melhor amigo e naquela época ainda apaixonado pela ruiva, e foram procurá-la. Sabrina queria matá-la e quando a achou, juntou-se com outro rival do grupo e fizeram de tudo para conseguir. Até que ela se apaixonou pelo parceiro e engravidou, o que era impossível de acordo com os médicos. E então ela entendeu porque Laryssa fugiu, porque ela não tirou o bebê. Porque ela conseguiu sentir aquele amor. Ela se redimiu, entrou para o grupo. Separou-se do grupo por um tempo por causa da queda da Prisão, encontrou-se com o grupo novamente, voltou com seu parceiro até que outra quebra ocorreu e ela só quer voltar pra lá.

Habilidades:

*Praticamente imbatível na luta corpo a corpo. Ela e Jayson são lendas nesse quesito.

*Mente muito, muito, muito bem.

*Resistente a dor.


Arma: