Grupo Waverly Hills Sanatorium



Grupo Waverly Hills Sanatorium
Administrado por ~Mudblood-, ~HinaJujuba
Criado
Tipo Privado
Conteúdo visivel para Apenas membros
RPG EM HIATUS / REFORMA
.
1927 / 1956


As primeiras décadas do século XX testemunharam uma grande revolução na nossa compreensão e no tratamento das doenças mentais.
Até então, pessoas portadoras desse tipo de doença, eram simplesmente trancadas em asilos específicos a elas, onde recebiam apenas alguns cuidados simples e, algumas vezes, apoio social, sem que nenhuma terapia efetiva estivesse disponível para os "alienistas", como os psiquiatras eram então denominados.
No entanto, isso começou a mudar no começo da década de 30.
Os métodos psicoterapêuticos passaram a ser suplementados ou até substituídos por abordagens físicas, usando drogas, terapia eletroconvulsiva e cirurgias.
O que tempos depois seria visto como desumano e tortura, na época, era encarado como a maneira mais eficiente de se tratar os distúrbios mentais.
Durante décadas esse tipo de "tratamento" continuou, até que pouco a pouco, esses locais foram fechados e essas práticas caíram no abandono, sendo consideradas ilegais.
.
.
x Atualmente x

O tratamento para doenças mentais evoluiu de maneira considerável e aqueles métodos extremistas haviam sido esquecidos.
Pelo menos é o que todos acreditam.
Secretamente, em alguns Hospícios, Asilos, Clínicas Psiquiátricas, Ambulatórios e Sanatórios espalhados por diversos países, esse tipo de tratamento voltou a ser realizado, mesmo que de maneira clandestina.
Apesar da boa aparência e limpeza, as condições humanas desses lugares são consideradas as piores possíveis, e a atenção com os doentes é inexistente.
Além dos métodos brutais e as torturas costumeiras, os internos são submetidos a constantes abusos psicológicos e até sexuais. Portanto, quem não é louco, acaba se tornando um.
O horror vivido pelos pacientes em meados do século XX, está de volta, e tudo é ocultado por falsos ambientes bonitos e bem equipados.
Mas esse é apenas um lado da nossa história.
Doentes mais resistentes, ou considerados "causas perdidas" e incuráveis, são transferidos para "lugares especiais" mas não por isso, menos assustadores.
.
.
x Waverly Hills Sanatorium x

Um desses "lugares especiais" é o Sanatório Waverly Hills, localizado aos arredores de uma antiga cidade isolada nos Estados Unidos.
Nesse lugar os pacientes não passam de ratos de laboratório, sendo usados para testar novos medicamentos e todo tipo de droga que se possa imaginar.
Trancafiados em celas com portas bem reforçadas, não recebem qualquer tratamento eficaz e os "enfermeiros" servem apenas de fachada para manter a aparência de um ambiente hospitalar.
Isso continuou em Waverly Hills por um longo tempo, mas há cerca de cinco anos, um paciente matou duas enfermeiras e iniciou uma rebelião.
Os internos assumiram o Sanatório, e hoje, Waverly Hills é um grande complexo que serve apenas de abrigo, pois todos estão soltos para vagar livremente.
O lugar desabitado, fica a dias de distância da cidade mais próxima, e sem qualquer meio de transporte, fugir é algo que eles deixaram de tentar há um bom tempo.
Atualmente, o mesmo paciente que iniciou tudo, assumiu o lugar do antigo Diretor. Ele é quem possui total controle sobre tudo e todos com mãos de ferro, mantendo a "ordem" e assegurando que o caos não tome conta da situação.
Tortura fisíca e psicológica, orgias, drogas, abusos sexuais e todo tipo de alienação que possa imaginar, acontece dentro dos muros de Waverly Hills. A diferença é que tudo isso parte dos próprios pacientes, pois aqui todos podem ser o que suas mentes doentias quiserem, sem ninguém para dizer que você é louco.
Claro que certas atitudes geram consequências, nem tudo pode ser perfeito...
O importante é que aqui, os loucos seguem seus impulsos e desejos, sem medo de olhares recriminadores e represálias por isso.
Existe aqui apenas uma lei, que é: Se o Diretor manda, você obedece e fim da discussão.
Quem é ele? Um homem misterioso, de boa aparência e postura. Possui a fala calculada e um jeito quase cortês, parecendo até ser alguém " perfeitamente normal". Só que... Não se engane. E jamais fique em seu caminho.
Como disse um homem uma vez, "A loucura é relativa, quem estabelece a regra?".
A própria sociedade nos excluiu para sempre de seu meio, então por que temer seus demônios? Viva e conviva com eles, pois eles sim são os seus melhores e, mais confiáveis, amigos por aqui.
.
.
Regras | Inscreva-se | Dúvidas e Sugestões
.
.
"Embrace the Madness."

Aviso:
Caso queira participar do grupo, envie uma parte da história de seu personagem por MP.

Mensagens