Clan William



Grupo William
Administrado por ~Gabriel-William, ~AmandaAbdeer
Moderadores ~AmandaAbdeer
Criado
Tipo Privado
Conteúdo visivel para Apenas membros
O Clã William um dos mais poderosos clãs existentes no mundo, sua origem veio do filho primogênito de Sete, Gabriel William.

------------------------------

------------------------------
A História dos William está completamente enterrada no passado. Os próprios Willians possuem muitas histórias sobre a sua origem, mas mesmo eles não acreditam na maioria delas. Uma lenda popular entre a família é que o fundador da casa foi amaldiçoado por Sete, e seus descendentes têm desde então sido atormentados pela loucura. Segundo os anciões William, a longa e trágica história do clã começa muito antes do nascimento de seu fundador, Gabriel, um antediluviano de Terceira Geração. Na verdade, sua história começa com as forças primitivas que modelaram a massa informe que viria a compor o universo e criaram a ordem a partir do caos. Essa foi a forma mais clara que os Anciões conseguiram fazer das crenças dos Willians. Contudo, eles admitem que tudo isso poderia ser apenas uma enorme peça pregada pelos Willians. Eles dão créditos a essas lendas apenas porque elas fazem sentido à luz da história William. Os incrédulos apontam que se isso faz sentido, então deve ser uma farsa engendrada pelos Willians.
Supostamente Sete queria que todos os seus filhos seguissem seus passos, mas a maioria deles não compreendia perfeitamente sua missão e perseguia objetivos egoístas. De todos os filhos de Sete, Gabriel foi aquele que obteve maior compreensão da busca de seu progenitor. Ele procurou rasgar os véus que separavam seu "olho interior" e a eternidade, obliterando seus próprios mecanismos perceptivos e interpretativos. O resultado final foi a loucura. Ele não via mais o universo da mesma forma que os outros, mas como níveis de possibilidades que haviam sido emperrados quando o universo se fragmentou. Gabriel aperfeiçoou sua nova visão, mas continuou testando o processo. Ele passou sua nova visão para seus filhos e usou-a para testar as formas infinitas de romper as barreiras psíquicas. Ele sabe que muitos deles sofrerão horrivelmente devido à sua segregação da realidade consensual, mas ele acredita que o resultado valerá a pena.
O segundo velho dos Antediluvianos, Abraçado momentos após sua irmã, Gabriel é o que carrega o peso da Verdade. Alguns acreditam que a Maldição de Gabriel é de fato a verdade da vida: Sete falou algo a Gabriel que finalmente rachou sua já frágil mente.
------------------------------

------------------------------
Entretanto, cuidado com a presença de Gabriel. Sua mera proximidade pode deixar a pessoa mais controlada insana. As Fadas vêm logo atrás dele pois caem no encanto de Gabriel, e a realidade ao seu redor parece líquido. Sua mente, apesar de partida, é uma das mais poderosas, ele ainda mantém os poderes da Visão, e eles só fizeram aumentar em poder desde sua Maldição. Ele também comanda a palavra e resistência de sua irmã, presentes dela para ele. Por outro lado, seus aliados e inimigos, que o seguem de perto, são normalmente suficientes para destruir quaisquer outros ao redor dele muito antes que possam aproximar-se dele.
O clã William tem sofrido por toda a historia, e continua sofrendo, noite apos noite. Todos os membros deste clã são atormentados pela loucura, e todos são escravos de suas demências debilitantes. Segundo boatos, o fundador do clã William teria sido um dos mais importantes antediluvianos, mas que, ao cometer crimes graves, foi amaldiçoado por Sete juntamente com seus defendentes com a insanidade. Por toda historia de Sete, os William tem sido alternadamente temido por seu comportamento bizarro e procurados por suas percepções ainda mais bizarras. Alguns membros que tem lidado regularmente com os Willians relatam que ultimamente o clã esta mais morbidamente mais instável do que nunca, espalhando a loucura como uma doença contagiosa.
Os Willians continuam voltando, em uma forma ou outra, sempre com um único propósito: uma necessidade desesperada e transcendente em descobrir alguma coisa nova, alguma coisa invisível e não sentida, parecem obcecados com a idéia de que existem mais coisas no mundo do que os nossos olhos enxergam e do que nossas mentes conseguem interpretar. A lenda William dos "Olhos Inocentes" explica isso em termos de criaturas viventes gerando de forma espontânea novos sentidos. Embora os Willians tenha sido um clã fragmentado e desorganizado, recentes ondas migratórias e inexplicáveis reuniões fazem com que muitos anciões questionem e temam o possível futuro do lunático clã.
Antes da Disciplina Demência se espalhar contagiosamente através do clã [± 1997], um grande de número de Willians expressava seus talentos de distorcer a mente através da Disciplina Dominação. Alguns Willians não foram atingidos pela maré de intensidade que assolou o clã e ainda possuem esse poder ao invés de Demência. O resto do clã não presta nenhuma atenção especial aos membros não atingidos, de fato, com algumas distinções entre esta linhagem e linhagem formal do clã.

Os Willians sempre existiram na nobreza da comunidade vampírica, observando, mas nunca se envolvendo verdadeiramente com ela. Há muito tempo, antes da maldição e da loucura, seu fundador era conhecido como o vampiro mais poderoso da terceira geração (Caim, Abel e Sete).
Os vampiros mais poderosos envolvidos no Jyhad. Costumam escolher com muito zelo a quem abraçar. Normalmente apenas os humanos com pé na insanidade são escolhidos. Os membros deste clã procuram lenta e cuidadosamente por aqueles que tenham visto tanta verdade que desceram aos abismos do caos, e, portanto possuam perspectivas pessoais da realidade. Caso o futuro progênito tenha domínio de suas faculdades mentais, o senhor fará tudo para tornar o Abraço e a Gênese o mais difíceis possível, procurando enlouquecer o mortal no processo.
Eles tem uma visão bastante particular das origens do Grande Progenitor Vampiro, Sete. Como os Outros clãs, eles o vêem como um homem notável, um homem de visão, um homem detentor de poderes inigualáveis, um homem que, por possuir poderes vampirícos, estava muito acima de seus pares. Mas ao contrário dos outros clãs, eles o vêem como um obcecado em romper as barreiras artificiais da realidade. Eles dizem que a marca de Sete, que incitava tanto respeito e temor, não era seu espírito vampírico, mas sua iluminação interior.
ESTRUTURA Os Willians são loucos, cada um deles. Da loucura, porém, origina-se o poder. Eles são conhecidos como palhaços e brincalhões. Como todas as coisas ligadas a eles, nem tudo faz sentido. Este clã é notório devido aos seus membros destrutivos e niilistas. Os Willians tem uma reputação de comportamento sádico e de usarem mal a humanidade que ainda retêm. Na verdade, esses Willians são uma minoria. Os integrantes do clã costumam surpreender os membros, muitos não parecem insanos. Alguns membros acreditam que a reputação dos Willians não é merecida, seu mau nome se deveria a alguns integrantes realmente psicóticos. Porém, lembre-se que às vezes as pessoas de aparência mais normal são aquelas que mais estão fora da realidade.
Os Willians seguem uma antiga tradição de pregar peças em humanos e em outros vampiros. A natureza destas "brincadeiras" pode variar do inofensivo ao letal. O status entre eles é medido com base nestas brincadeiras. Muitos Willians acreditam solenemente que a Jyhad é uma piada criada pelo fundador de sua linhagem.
-----------------------------------------------

-----------------------------------------------
William
Sangue Puro: Vampiros originais William que tem ligação sanguínea com Gabriel William
Secundários: Vampiros William que foram transformados por crias de Gabriel William

Mas também existem outros seres.

Balburdiardes: Vampiros distintos que imigraram para a proteção William, possuem uma grande variedade de habilidade por virem de outros clãs.

Mestiços: Willians corrompidos pelos lobisomens (filho de vampira com lobisomem) possuem um corpo frio e peludo, tem uma força inacreditável e uma velocidade incrível, são os renegados.

Calnis: Willians desertores ou que perderam a sua verdadeira forma (voltaram a ser humanos) buscam ajuda com os lobisomens e com a prata se tornam um deles, que vivem ao redor dos vampiros fracos e das pessoas desprotegidas, possuem uma forma meia humana meia lodo tem grande força porem são lentos.

Camis: Willians sacrificados ou mortos com prata, viram lobisomens que possuem uma forma completa de lobo, tem incrível velocidade e um grande olfato.

-----------------------------------------------

User :



-----------------------------------------------

Bem vindo ao Clã William

Mensagens