Tópico Ficha dos lutadores

1 Respostas

~SabakunoJapa - Clan Lunnaris

Usuário: ~SabakunoJapa
King of a In-human Race
Moderador do Grupo
1° UnderTaker

Dados


Ring name(s)

(The) Undertaker
Kane The Undertaker[1]
The Punisher[2]
"Mean" Mark Callous[1]
Texas Red[1]
The Commando[3]
Punisher Dice Morgan[3]
Master of Pain[3]
Altura 2,10 m
Peso 140 Kg
Data/Local Nascimento 24 de Março de 1965 (43 anos)
Houston, Texas
Residência Austin, Texas
Residência Artística Death Valley (1990-1999, 2004-2008)
Houston, Texas (1984-1990, 2000-2003)
Treinado por Don Jardine
Estreia 1984
Abandono 2008

Histórico

Mark Calaway (Houston, 24 de março de 1965) mais conhecido pelo seu nome em ringue The Undertaker, é um lutador de wrestling estadunidense. Mark entrou para a World Class Championship Wrestling em 1984, e rapidamente chamou a atenção da WCW que no começo de 1990, contratou-o. Após a negativa de Calaway para a renovação com a WCW, este assinou um contrato com a WWF (que se tornou WWE em 2002), empresa em que Mark ainda trabalha.

Mark Calaway é o mais novo de cinco filhos de Frank e Catherine Calaway. Ele se casou com Jodi Lynn, em 1989, com quem teve um filho em 1993, chamado Gunner. O casamento acabou em 1999. Mark conheceu sua segunda esposa, Sara, durante uma noite de autógrafos em San Diego, Califórnia, com quem se casou em St. Petersburg, Flórida, 21 de julho de 2000. Juntos, eles tiveram duas filhas: Chasey, nascida em 2002, e Gracie, nascida em 2005. No início de 2008, Sara Calaway, através de uma entrevista, disse que tinha se separado de Mark.

Ele se graduou da High School Waltrip, em 1983, onde era um membro da equipe de basquete. Calaway foi para a Angelina College, em Lufkin, Texas, uma escola onde se estudava e jogava basquete, pretendia continuar como profissional, mas uma lesão em seu joelho obrigou-o a abandonar o esporte, e cancelar seus planos de jogar em uma equipe da Europa

WCW

Callaway afirmou-se inicialmente na WCW com o nome de «Mean» Mark Callous, criando dupla com outro gigante, Dan Spivey. Juntos eram conhecidos com Skycrapers tendo como principal rivalidade os Road Warriors. Spivey abandonou o grupo e Callaway uniu forças com Paul E. Dangerously, estabelecendo rivalidades com Lex Luger, com o qual protagonizou o seu melhor e mais conhecido combate na WCW pelo título dos EUA da NWA. Callaway assinou um contrato com a WWE no final do ano de 1990, após ter renunciado um novo contrato com a WCW

WWF/WWE

1990-1994
Com um novo nome e personagem, Callaway estreou na WWE a 22 de Novembro de 1990, no mítico pay-per-view Survivor Series sendo o parceiro misterioso de Ted di Biase. Agora conhecido como The Undertaker, Callaway rapidamente marcou impacto na WWE, graças ao seu aspecto de coveiro do Far-West, cheio de misticismo, marcado por uma música sombria e um figurino assustador.

Já em 1991,agora com um novo manager, conhecido como Paul Bearer, The Undertaker fez a sua estreia na Wrestlemania, mais precisamente na Wrestlemania VII, onde derrotou sem muita dificuldade SuperFly Jimmy Snuka. Seguiram-se rivalidades com Ultimate Warrior e Randy Savage, no entanto o seu primeiro ponto alto da carreira surgiria um ano depois da sua estréia, no Survivor Series 1991, enfrentando, na altura, o campeão da WWE, Hulk Hogan. Com uma ajuda exterior de Ric Flair, Undertaker ganhou o seu primeiro título da WWE. No entanto viria a perder esse mesmo título 6 dias depois de novo para Hogan. Entre Dezembro de 91 e Setembro de 93, Undertaker não perdeu um único combate, sendo este feito, a maior série de vitórias durante a década de 90.

Em 1992, Undertaker rivalizou com Jake «Snake» Roberts, tendo este intenso confronto culminado na Wrestlemania VIII. Seguiram-se novas rivalidades com Kamala e com o monstro de 2.35m, Giant González. Undertaker enfrentou Gonzaléz em dois pay per views (Wrestlemania IX e SummerSlam 1993), saindo de ambos vitorioso. No ano de 1994, surgiu uma nova rivalidade para Undertaker, de nome, Yokozuna. Entre os principais combates entre ambos destaca-se o Casket Match do Royal Rumble do mesmo ano, onde Undertaker perde o combate, devido ao ataque que sofreu de vários lutadores que vieram em auxílio a Yokozuna. Mais tarde nesse ano, surgiria um falso Undertaker (Brian Lee), comandado por Ted di Biase que rivalizou com o verdadeiro Undertaker num empolgante combate no SummerSlam 1994. O verdadeiro Undertaker saiu vencedor do combate, mostrando quem é o verdadeiro «fenômeno» da WWE.


1995-1996
Ao longo de 1995, Undertaker rivalizou com os carrascos de Di Biase, entre os quais I.R.S. e King Kong Buddy. Undertaker derrotou Bundy na Wrestlemania XI. Devido a novos conflitos com Yokozuna e King Mabel (Big Daddy V), Undertaker sofreu uma lesão na órbita ocular, o que o levou a combater com uma máscara (similar à mascara que Kane usou durante o período de 2002-2003).

Em 1996, e já com um Undertaker desmascarado, surgiu uma nova oposição: Diesel. A rivalidade entre os dois culminou em Anaheim, casa da Wrestlemania XII, onde Undertaker mostrou todo o seu poder dentro do ringue, derrotando Diesel, aumentando a sua série de invencibilidade em combates na Wrestlemania. Durante 96 nova rivalidade surgiu no caminho de Undertaker, de nome Mankind. As suas interferências custaram muitos combates a Undertaker, tendo os dois se encontrado pela primeira vez no King of The Ring 1996. A rivalidade entre ambos foi se intensificando, com combates de backstage, em diversas partes da arena e até entre o público. Deste modo surgiu o primeiro combate Boiler Room Brawl, no SummerSlam 1996.

Undertaker e Mankind viriam-se a encontrar mais vezes durante o ano de 1996, no entanto a sua rivalidade tinha atingido um patamar extremammente elevado, o que culminou com um intenso combate designado por Buried Alive, no pay per view In Your House 11. Durante o resto do ano, Mankind continuou no caminho de Undertaker, tal como os subordinados de Paul Bearer, qua havia traido Undertaker no SummerSlam desse mesmo ano. Depois da traição de Bearer, a rivalidade entre Undertaker e Mankind chegou a outro nível, o que resultou numa luta Buried Alive, no In Your House: Buried Alive. Undertaker ia vencer depois de colocar Mankind no caixão com um chokeslam, mas The Executioner atacou Undertaker e deu a vitória a Mankind ao "enterrar vivo" Undertaker. Undertaker e Mankind se enfrentaram no Survivor Series, com Bearer a 12 metros de altura numa jaula. Se Undertaker vencesse ele poderia colocar suas mãos em Bearer. Depois da luta, quando Undertaker ia por suas mãos em Bearer, The Executioner o atrapalhou e Bearer fugiu. Mais tarde, Undertaker conseguiu sua vingança e derrotou The Executioner. No fim de 1996, Undertaker entrou numa rivalidade com outro enviado de Bearer, Vader. No Royal Rumble, Undertaker perdeu para Vader depois da interferência de Bearer. Depois disso, Undertaker colocou sua atenção no título do WWF.


1997-1999
No Wrestlemania 13, Undertaker derrotou Sycho Sid numa luta sem desclassificação para ganhar o título do WWF. Depois da luta, Bearer anunciou para todos que Undertaker havia posto fogo na casa de seus pais e matado todos, menos seu irmão, Kane, que depois de tantos anos, ia se vingar. (kayfabe)

Durante o ano, Undertaker derrotou vários lutadores para reter o título do WWF, como Shawn Michaels, Vader, Farooq e Steve Austin. No Summer Slam 1997, Shawn Michaels, como juiz especial, acertou acidentalmente uma cadeirada em Undertaker, lhe custando o título contra Bret Hart. Apesar da cadeirada ter sido acidental, Michaels fez o mesmo feito nas semanas seguintes em RAW is WAR. Os dois se enfrentaram em In Your House: Ground Zero e em In Your House: Bad Blood, no primeiro combate Hell in a Cell. Durante a luta no Bad Blood, o irmão de Undertaker, Kane, fez sua primeira aparição atacando Undertaker e aplicando o Tombstone Pilderdrive, golpe assinatura de Undertaker, no prórpio irmão. O ataque de Kane custou a Undertaker a luta.

Durante as semanas seguintes, Paul Bearer e Kane constantemente desafiaram Undertaker para lutar, mas ele sempre recusou. Undertaker novamente enfrentou Shawn Michaels no Royal Rumble 1998 numa luta Casket. Novamente, Kane interviu e deu a vitória a Michaels, depois, ele e Bearer botaram fogo no caixão onde estava Undertaker, mas quando foram abri-lo, notaram que Undertaker sumira.

Depois de 2 meses, Undertaker enfrentou Kane no Wrestlemania XIV e venceu depois de três Tombstone Pilerdrivers.


Undertaker e sua gimnick de "American Bad Ass" na WrestleMania XIXOs dois se enfrentaram novamente em In Your House: Unforgiven, na primeira luta Inferno, onde o vencedor é aquele que jogar seu oponente no fogo. Undertaker venceu quando jogou o braço de Kane nas chamas. A rivalidade de Undertaker com Mankind retornou quando este custou a Undertaker uma luta contra Kane, valendo uma chance pelo título. Os dois se enfrentaram numa das mais brutais lutas da história, o segundo Hell in a Cell da história, onde Mankind foi atirado de 15 metros de altura na mesa dos comentaristas espanhóis. Undertaker venceu o combate.


2000
Undertaker voltaria a lutar no Wrestlemania 2000, porém uma lesão no bíceps em Fevereiro de 2000 atrasou seu retorno até Maio. A personalidade de Undertaker estava drasticamente modificada quando ele retornou no Judgment Day de 2000, passando a utilizar o "Last Ride" como o último golpe nas lutas, deixando de lado o Tombstone Piledriver, que era sua grande marca e sinônimo do seu estilo.

Em King of Ring de 2000, formou uma equipe com The Rock e Kane para derrotar a equipe formada por Triple H, Shane McMahon e Mr. McMahon. Mais tarde se juntou a Kane para ganhar o campeonato de jovens, derrotaram Edge e Christian, porém perderam o título algumas semanas depois. Undertaker então desafiou Kurt Angle no Survivor Series de 2000, porém foi derrotado após interferência do irmão de Kurt. Na revanche ocorrida no Armageddon de 2000, Taker acabou sendo derrotado por Kurt novamente em um Hell in a Cell de 6 lutadores.


2001
Em 2001 Undertaker se juntou a Kane para formar a dupla Brothers of Destruction, tiveram um oportunidade de título disputando o No Way Out, fazendo frente a Edge e Christian e aos então campeões, los Dudley Boyz, em um Tables match. Os Brothers of Destruction dominaram quase todo o combate mas não saíram campeões.

Depois que derrotou Triple H no WrestleMania X-Seven, ele e Kane continuaram atacando H que formou uma surpreendente aliança com Steve Austin, no Backlash de 2001, Undertaker e Kane venciam Edge e Christian, mas Triple H apareceu com martelo e golpeou Kane, fazendo com que os Brothers of Destruction perdessem o título. Com Kane lesionado, Undertaker perdeu para Austin no Judgment Day de 2001.

Taker ganhou no SummerSlam 2001, e no Survivor Series 2001 formou equipe com Kane, The Rock, Chris Jericho, e The Big Show contra "Stone Cold" Steve Austin, Booker T, Rob Van Dam, Shane McMahon e Kurt Angle, durante a luta, Undetaker forçou o comentarista Jim Ross a beijar o traseiro de Vince McMahon, era o surgimento do seu novo personagem, "Big Evil", onde deixou o seu longo cabelo curto.


2002
Undertaker massacrou Maven atrás do cenário, depois de ter sido surpreendente elimiando por ele no Royal Rumble 2002. Os dois voltaram a lutar no No Way Out, mas Undertaker perdeu novamente após um interferência de Ric Flair. Undertaker então desafia Flair para lutar no WrestleMania X8, ele vence aplicando um "Tombstone Piledriver" em Flair, depois de uma verdadeira batalha no ringue, chegando assim a sua 10ª vitória seguida no WrestleMania.

No Backlash de 2002 derrotou Steve Austin, depois ajudou Hulk Hogan a derrotar Triple H, e derrotou Hogan no Judgment Day de 2002 pelo seu 4º título da WWF. The Undertaker mudou de personalidade depois de enfrentar Jeff Hardy em uma Ladder match, levantando a mão de Hardy depois do combate em sinal de respeito. Depois de vencer no SummerSlam 2002, Undertaker desafiou Brock Lesnar em um combate pelo título no Unforgiven 2002, mas a luta terminou com uma dupla desclassificação. No final do ano, em uma Hell in a Cell, Taker se lesionou após ser lançado para fora do ringue por Big Show.


2003
Taker, após uns meses fora, voltou no Royal Rumble 2003 e quase ganhou, mas acabou sendo eliminado por Brock Lesnar. No No Way Out, Taker venceu The Big Show após fazê-lo desistir com um Triangle Choke.

Por isso, Big Show desafiou Taker para um combate na Wrestlemania. Taker aumentou seu recorde na Wrestlemania para 11 - 0 depois de derrotar A-Train e Big Show numa Handicap Match. Logo após, participa do torneio do Backlash 2003, para tentar se tornar o Number 1 Contender pelo WWE Championship.

Taker vence facilmente Rey Mysterio, mas perde para John Cena, depois de vários lutadores virem ao auxílio de Cena e atacarem Taker com cadeiras.

Taker, frustado, desafia Cena para um combate no Vengeance e vence, após aplicar um Last Ride. No final do ano, luta contra Vince McMahon numa Buried Alive Match no Survivor Series. Taker ganhava a luta, jogara McMahon no buraco, mas quando foi jogar a terra, houve uma explosão no trator e quem saiu de lá não foi nada mais nada menos que Kane. Kane ajudou McMahon, e este enterrou vivo Undertaker.


2004
No Royal Rumble 2004, o gongo de Undertaker tocou no número 13, mas não foi ele que saiu de lá, foi Spike Dudley, que levou um ataque de um enfurecido Kane e não conseguiu entrar. Então, na Wrestlemania, Kane se envolveu em um combate com Undertaker cujo Taker venceu após aplicar um Tombstone Piledriver.

Logo após, no The Great American Bash, Taker enfrentou os The Dudley Boyz, e os venceu. Logo após isso, encheu de cimento uma cabine com seu manager Paul Bearer dentro. Após esse acontecimento, Taker buscou JBL, e começou uma caçada pelo seu título. JBL conseguiu escapar das tentativas, mas no No Mercy 2004, Heidenreich ajudou JBL a vencer a luta. Undertaker então desafiou Heidenreich no Survivor Series 2004, e o venceu após um Tombstone.

No Armageddon 2004, Taker perdeu mais uma chance pelo WWE Championship, após acertar Booker T com um Chokeslam e JBL acertar Booker com um Clothesline from Hell e fazer o Pin. Durante a luta, Heidenreich atacou Undertaker 2 vezes, o que ocasionou um combate entre os dois no Royal Rumble 2005


2005
No Royal Rumble 2005, Taker derrotou Heidenreich numa Casket Match, onde Snitsky ajudou Heidenreich e Kane ajudou Taker. Após isso, durante uma luta contra JBL, Randy Orton o atacou e lhe aplicou um RKO. Orton o desafia no Wrestlemania 21, o palco onde Undertaker se mantém invicto. Undertaker venceu após um Tombstone Piledriver.

Orton e Taker apresentaram uma das maiores feuds de todos os tempos, no SummerSlam 2005, Bob Orton Jr., o pai de Randy Orton, distraiu Undertaker, e Randy aproveitou isso para aplicar um RKO. No No Mercy, os dois se enfrentaram novamente, mas numa Handicap Casket Match, com Bob Orton Jr. como parceiro de Randy. Os Orton venceram e após colocarem Undertaker no caixão.

No Survivor Series 2005, após Orton eliminar Shawn Michaels com um RKO e ganhar a luta, Undertaker surge de um caixão em chamas, e destrói a comemoração de Orton. Os dois se enfrentaram no Armageddon numa Hell in a Cell Match. Undertaker venceu após uma luta sofrida, depois de aplicar um Tombstone à Orton.


2006
Em 2006, no Royal Rumble, após Kurt Angle reter seu World Heavyweight Championship, Undertaker surgiu e entrou atingiu o ringue com relâmpagos e causou um colapso. Ele dissera que desafiaria Angle pelo World Heavyweight Championship. No No Way Out 2006, os dois se enfrentaram, mas Angle acabou retendo seu título. Na Wrestlemania, enfrentou Mark Henry numa Casket Match e o venceu, após um Tomsbstone Piledriver, aumentando seu recorde para 14-0 na Wrestlemania. No Judgment Day, acabou perdendo para a mais nova estrela da WWE, The Great Khali.

No The Great American Bash 2006, lutou na primeira Punjabi Prison Match, contra Big Show. Undertaker venceu após aplicar um Superplex em Show e sair da jaula.

Então, com a ida de Kane para o SmackDown!, Undertaker voltou com os Brothers of Destruction, com os dois fazendo feud com MVP e Mr. Kennedy. Undertaker perdeu muitos combates para Kennedy, mesmo que alguns, Undertaker foi desclassificado. No Survivor Series 2006, enfrentou Kennedy numa First Blood Match, mas perdeu, após uma interrupção de MVP. No Armageddon, Undertaker e Kennedy lutaram novamente, numa Last Ride Match. Undertaker venceu o combate.


2007
Em 2007, Taker venceu pela primeira vez o Royal Rumble. Depois de uma luta sofrida, ele venceu após eliminar Shawn Michaels. Ganhando uma chance pelo World Heavyweight Championship, Taker se meteu numa feud com Batista. Numa edição do RAW, enfrentaram os Rated-RKO, vencendo após um Tombstone de Taker à Edge. Depois da luta, John Cena e HBK atacaram Undertaker e Batista, o que acabou culminando no No Way Out 2007, onde Cena e Michaels ganharam, após que Batista aplicou em Taker o Spinebuster, Michaels o Sweet Chin Music e Cena o F-U.

Na Wrestlemania 23, Undertaker venceu Batista, conquistou o World Heavyweight Championship e aumentou seu recorde para 15-0. Enfrentou Batista novamente no Backlash 2007, numa Last Man Standing Match, onde acabou em um Double KO, o que significou que Undertaker reteve o título. No SmackDown! seguinte, Taker enfrentou Batista novamente, mas novamente resultou num empate, quando ambos lutadores saíram da jaula ao mesmo tempo. Mas, Mark Henry, após a luta, entrou em cena e atacou Taker. Para piorar a noite para ele, o Mr. Money in the Bank Edge, depositou o dinheiro do contrato para uma luta contra Undertaker pelo WHC. Edge venceu facilmente após um Spear.

Undertaker ficou desaparecido por um tempo, voltando no Unforgiven 2007, vingando-se de Mark Henry. Depois, caçou Batista para pegar novamente o seu WHC. No Cyber Sunday, Taker perdeu para Batista, coisa que se repetiu no Survivor Series 2007, numa luta Hell in a Cell Undertaker vs Batista, quando Taker fez um Tombstone nos degraus de aço e Edge atacou Taker com uma câmera e colocou a mão de Batista sobre o peito de Taker. Resultado: Batista reteu o WHC. Na outra semana, no Cutting Edge, Batista foi o convidado. Depois da saída de Batista, Taker voltou e aplicou um Tombstone à namorada de Edge, a gerente do SmackDown!, Vickie Guerrero. Passando-se as semanas, Edge e Batista se enfrentaram pelo WHC, mas Taker interferiu e tentou atacar Edge, mas Batista fez Edge escapar. Irritado, Undertaker fez um Chokeslam à Batista. No Armageddon 2007, Edge ganhou o WHC após pinar Batista depois de um Tombstone de Taker.


2008
Depois de uma reestreia no SmackDown, Undertaker se rivalizou com o Edge e Vickie Guerrero. Edge manipulava todas as suas lutas contra Undertaker, aumentando assim ainda mais a rivalidade entre os dois. A briga de ambos seguiu até ser marcada uma disputa pelo World Heavyweight Championship no WrestleMania XXIV, onde Undertaker acabou derrotando Edge e elevando seu recorde histórico para 16-0.

Mas Edge ficou inconformado com sua derrota e a perda do cinturão, com a ajuda de Vickie, ordenou lutas entre Taker e Kane e Taker contra Batista, onde Taker atacou Edge na platéia e acabou recebendo uma punição. Na semana seguinte Undertaker foi obrigado novamente a colocar o título em jogo contra Batista, mas a luta teve intervenção de Shawn Michaels que após acertar um Sweet Chin Music em Batista deu a vitória para Taker, assim estava marcado mais um encontro entre ele e Edge, no Backlash, e mais uma vez Taker derrotou Edge aplicando o Gogoplata, mesmo golpe que usou para vencer a luta do WrestleMania.

No One Night Stand de 2008, Undertaker enfrentou Edge em uma "TLC Match". No decorrer da luta Chavo Guerrero, Bam Neely, Curt Hawkins e Zack Ryder interferiram ao favor de Edge. Edge, conseguiu se aproveitar e venceu o combate se tornando o novo World Heavyweight Champion. Pela estipulação pré-determinada da luta, Undertaker foi forçado a abandonar a WWE.

Finishers

Tombstone Piledriver
Last Ride
Chokeslam
Gogoplata
Triangle choke

Signature moves

Old School
Takin' Care of Business 2003-2004
Big boot
Corner clothesline
Leaping flying clothesline
Guillotine
Fujiwara armbar
Running jumping leg drop
Reverse STO

Managers

Paul Bearer
Paul Heyman
Theodore Long

Pontos altos da carreira

4 vezes Campeão da WWE
2 vezes World Heavyweight Champion
6 vezes Campeão Mundial de Tag Team (WWE):
1x com Stone Cold Steve Austin
1x com The Rock
2x com Big Show
2x com Kane
1 vez Campeão Hardcore da WWE
2 vezes Campeão de tag team da WCW
Nunca perdeu na WrestleMania (tem saldo de 16 vitórias)
Vencedor do Royal Rumble 2007

Série no WrestleMania oponentes

Jimmy Snuka VII 1991
Jake Roberts VIII 1992
Giant Gonzales IX 1993 Por desclassificação
King Kong Bundy XI 1995
Diesel XII 1996
Sycho Sid 13 1997 Pelo WWF Championship
Kane XIV 1998
The Big Boss Man XV 1999 Hell in a Cell
Triple H X-Seven 2001
Ric Flair X8 2002 No Disqualification Match
The Big Show & A-Train XIX 2003 Handicap
Kane XX 2004
Randy Orton 21 2005
Mark Henry 22 2006 Em um Casket match
Batista 23 2007 1º World Heavyweight Championship
Edge XXIV 2008 2º World Heavyweight Championship

~SabakunoJapa - Clan Lunnaris

Usuário: ~SabakunoJapa
King of a In-human Race
Moderador do Grupo
2° Kane

Dados

Ring name(s)

The Christmas Creature
Diesel
Doomsday
Kane
Unabomb
Altura 2,13 m
Peso 147 kg
Data/Local Nascimento 26 de abril de 1967
Madrid, Espanha
Residência Knoxville, Tennessee
Treinado por Jeff Bradley, Ray Candy, Dean Malenko
Estreia 18 de junho de 1992

Hisórico

Glen Thomas Jacobs (nascido a 26 de Abril de 1967), mais conhecido por Kane, é um lutador de wrestling profissional que trabalha atualmente para a World Wrestling Entertainment (WWE) no programa RAW. Pesa 147 kg e mede 2,13 m.

Carreira
Jacobs já lutou na WWE sob vários nicknames: Isaac Yankem era um dentista que apareceu em 1995; Interpretou Diesel em 1996 substituido Kevin Nash; como Kane (a sua personagem mais conhecida) em 1997 tirando a Vitoria de seu Meio-Irmão (fictício) Undertaker contra Shawn Michaels, então sua feud se extendeu o ano todo. Undertaker se recusou a lutar com seu sangue, então após uma curta parceria Kane deu a vitória ao Shawn Michaels novamente, mas valendo o título da WWF no Royal Rumble 1998, depois do combate, Kane e Paul Bearer prenderam Undertaker em um caixão e colocaram fogo, mas DeadMan voltou para se vingar, daí em diante a feud durou até o Unforgiven em 1998 numa Inferno Match, mais tarde foi revelado que Kane foi o resultado de uma união entre a Mãe do Undertaker e Paul Bearer, empregado da casa funerária dos pais do Undertaker. Em 1999 o Kane juntou-se á corporação. Ele eventualmente virou face quando foi traido pela membro da corporação chyna e expulso da facção. Logo de seguida o Kane formou uma tag team com o X-Pac. Aí começou a ter uma voz eletronica, mas X-Pac voltou ao DX, mais tarde derrotou X-Pac e sofreu uma lesão onde teve que descansar durante um mês. Na volta se juntou ao Undertaker para derrotar os McMahon-Helmsley, mais tarde virou heel e atacou o Undertaker, logo o DeadMan venceu e arrancou a mascara do Kane. Mais tarde formaram o Brothers of Destruction e no decorrer do ano eles tiveram feuds com o Edge e com o Christian, com o Rikishi e o Haku e os Two-ManPower Trip. Enquanto feudava com os Two-Man Power Trip o Kane derrotou o Triple H no Judgement Day de 2001 ganhando assim o Titulo de Campeão Intercontinental. Mais tarde perdeu o Titulo para o A-Train num episódio da Smackdown devido a uma interferência do Diamond Dallas Page. Durante a invasão, o Kane e o Undertaker tiveram uma feud com o Diamond Dallas Page e o Chris Canyon depois do Page começar a perseguir a mulher do Undertaker, Sara. A feud culminou no SummerSlam de 2001 quando o Kane e o Deadman derrotaram o Dallas Page e o Canyon num combate de jaula resultando nestes se tornarem Campeões de Tag Team da WWF e da WCW. Os Brothers of Destruction derrotaram os Kronik no Unforgiven 2001 e também participaram no combate tradicional da Survivor Series 2001 pela Team WWF. Em 2002 o Kane começou uma feud com o Kurt Angle, na qual ele perdeu um combate na Wrestlemania 18. No dia 25 de Março de 2002 a WWF foi dividida em duas "brands", Raw e Smackdown, onde os Brothers of Destruction foram ambos sorteados para a RAW. O Kane ia começar uma feud com a NWO, mas rasgou o biceps. O Kane regressou para uma renomeada WWF, a WWE. Em Outubro de 2002, o Kane começou uma feud com o Triple H, conduzindo a um combate no No Mercy 2002 no qual ambos estavam cansados. Nas semanas que se seguiram o Triple H aclamou que alguns anos antes o Kane tinha tido um relacionamento com uma tal de Katie Vick. E em seguida disse que ela tinha morrido num acidente de carros, com o Kane dirigindo e disse também que Kane estuprou o seu corpo depois. O Triple H mais tarde mostrou uma montagem do Kane a cometer o ato. No entanto a filmagem não foi parada a tempo e viu-se o Triple H (vestido de Kane) simulando o ato num manequim num caixão. Esta storyline foi muito impopular entre os fãs e foi interrompida antes do combate pelos titulos. O Triple H derrotou o Kane no No Mercy unificando assim os Titulos, tendo a partir de então passado a lutar sem a masara, após perder o combate contra Triple H.


Kane, com máscara.Quando Kane começou a sua carreira no WWF e depois um pedaço do WWE ele era conhecido como The Big Red Machine ou The Big Red Monster (Por causa de sua máscara vermelha e preta).

Filme

Além de lutar, Kane fez um filme: See no Evil, onde faz o papel de um psicopata que arranca os olhos de suas vítimas

Também participou de um episódio da 6ª temporada da série Smallville interpretando o personagem titan, Ashley também participou deste episódio

Recorde
Glen tem o recorde de ter participado 12 vezes do Royal Rumble e também mantém o recorde de maior número de eliminações em um único Royal Rumble. Foram 11 eliminações.


Ataques

Finishers

Chokeslam from Hell
Tombstone Piledriver (raramente)
Double Chokeslam (com Undertaker ou Big Show)
Falling Powerbomb (até 2002)

Ataques Secundários

Powerbomb
Flying Clothesline
Sidewalk Slam
Big Boot
Tilt-a-whirl Slam
Leg Drop
Low Dropkick (em um oponente sentado)

Pontos Altos da Carreira

1 vez Campeão da WWE (WWE)
1 vez Campeão da ECW
2 vezes Campeão Intercontinental (WWE)
9 vezes Campeão Mundial de tag-team da WWE (WWE)
2 vezes com Mankind
2 vezes com Undertaker
2 vezes com X-Pac
1 vez com The Hurricane
1 vez com Rob Van Dam
1 vez com Big Show
1-vez Campeão de Hardcore(WWE)
1 vez Campeão de tag-team da SMV (com Al Snow)
1 vez Campeão de Pesos Pesados do Sul (USWA)
1 vez Campeão Mundial de tag-team (WCW) (com Undertaker)