História 우리의 작은 큰 사랑 (Jeon Jungkook) - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 256
Palavras 587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 56 - • Capítulo 54 •


Fanfic / Fanfiction 우리의 작은 큰 사랑 (Jeon Jungkook) - Capítulo 56 - • Capítulo 54 •

• 두 달 후 •
Dois meses depois.
Mi-Cha com quatro meses de gestação.


As coisas estavam indo bem, Jungkook estava se recuperando ainda, não podia sair do apartamento ou ir para a faculdade, faculdade essa que já acabou, graças a deus, ele tinha que usar máscara, caso fosse sair, e, como hoje era um dia muito importante, ele usaria a máscara que ele tanto odiava.

O relacionamento deles estava indo bem, finalmente a morena havia começado, com a ajuda da sogra e dos amigos, a planejar o casamento, a decoração, tudo, e, como a morena não é uma pessoa fácil, vai fazer tudo ao contrário do casamento original da Coreia, e claro, muitos da família não gostaram, mas Jungkook estava ali para manda -los calar a boca.

Hoje, Mi-Cha iria ver o sexo dos bebês, sim, ela havia descobrido que seriam gêmeos (as), e isso foi motivo de um Jungkook caído no chão e de um Yoongi gritando que seria tio de duas pestes, bem, foram as palavras dele, porque convenhamos, se as crianças parecerem com o pai, de inocente só teriam a cara mesmo.

A barriga da morena ja estava "grande" digamos assim.

Bem, o casal Yoonmin está ótimo, o que é um milagre, mas depois do pedido, eles conversam mais, antes de tomarem qualquer atitude, e isso foi um grande passo, porque eles realmente pensam em casar, e acima de tudo tem que ter a amizade e a confiança.

Yuna e Taehyung ficam, mas não confirmaram um relacionamento, na verdade, a mais alta gostaria de ter um relacionamento com o garoto, mas ele disse que não teria um relacionamento agora, nem com ela nem com qualquer outra garota, mas vamos combinar, as vezes o problema parece ser um particular dele com ela.

Kathe descobriu que está grávida, isso faz exatamente um mês, a (novamente loira) completa um mês de gestação hoje, e Hoseok não poderia estar mais feliz por ter o prazer de ser pai, e agora, com a chegada da mãe da loira, ele tenta ser um homem exemplar, acabando por ser zoado pelos amigos e pela namorada.

Namjoon e Jin se mudaram para Busan, claro, eles queriam viver a vida deles, mas prometeram sempre visitarem os amigos, e, por não conseguirem ficar longe dos loucos, acabaram voltando e comprando uma casa perto da casa de Kathe e Hoseok, agora, estando todos mais próximos.

여자 + E는 죽은 사람을 = + 두통! •


Mi-Cha estava nervosa, e Jungkook ao seu lado não estava diferente, a única diferença entre os dois era que Jungkook estava com sua típica cara de foda-se e Mi-Cha estava quase chorando.


Jungkook só queria saber o sexo dos bebês, comer alguma coisa e voltar pra casa, afinal, eram sete da manhã e ele estava com sono, tirando o fato de que a Sun Hee continua abrigada na casa que não a pertence, e isso resulta em discussões diárias, porque mesmo Jungkook amando a mãe, a mulher é o próprio capeta quando é contrariada.


— Pelo que vejo... — Dra.Jiih-Hoo sorri, observando a imagem na pequena televisão. — São duas meninas.


— Meninas? — Jungkook praticamente gritou, surpreso, céus, duas meninas!


— Aigoo, duas menininhas! — Mi-Cha apertou a mão do noivo, sorrindo. — Nossas meninas, Kookie!


— Eu vou morrer, com toda certeza. — Jungkook se lamentou, dramático. — Céus, eu vou ter tanto trabalho se elas forem bonitas igual a mãe... Eu preciso comprar uma AK-47, isso!


— Desnecessário. — Mi-Cha bufou, escutando a risada da médica.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...