História - A Garota da varanda.. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Depressão, Drama, Romance
Exibições 6
Palavras 1.203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - " - No frio da chuva... "


Fanfic / Fanfiction - A Garota da varanda.. - Capítulo 1 - " - No frio da chuva... "

- Narradora/Autora On -

... Era mais um dia na cidade de Nova Jérsei nos EUA. 

Uma chuva forte caia sem parar.. o vento soprava levemente, frio e gelado, as gotas de água inundavam as ruas.. 
As pessoas se escondiam em suas casas perto do fogo, esperando o belo frio passar.. 


As ruas estavam desertas.. apenas raras pessoas passavam tentando fugir da chuva, um dia realmente confortante.

Em uma escola normal como todas as outras chamada, School Elite, era hora da saída, alunos saiam com seus uniformes pelas ruas..

Entre elas estava um garoto de cabelos negros, o mesmo estava usando um guarda chuva vermelho que ele pediu emprestado para uma das tias da limpeza.. Logo começou a andar com seus amigos pelas ruas... o mesmo tem 17 anos..

- Jake Sullivan On -


Um dia normal como qualquer outro.. os dias andam chuvosos nessa cidade, Daniel não para de falar, sinceramente.. isso está me irritando um pouco..

Daniel - Hey cara, você já ouviu daquela lenda?
Jake - Uh... que lenda?
Daniel - Em uma certa rua dessa cidade, uma garota jovem, vivia em um apartamento. , ela era maltratada pela família.. porém um dia ela se cansou de sofrer, e pulou da varanda do 17 andar, dizem que o espirito dela anda pelas ruas e pelos corredores do enorme prédio onde ela morava.. que existe até hoje.
Jake - História interessante.. mas é basicamente impossível algo assim existir.

Daniel - Com certeza.

Logo Daniel entrou em outro rua e foi para sua casa, continuei a andar em direção a minha casa, dias assim me fazem ficar com mais preguiça do que nunca, então eu vou decidir agora mesmo pegar um atalho, tem uma rua que nunca passei por ela antes, mas sei que ela é um caminho mais rápido para a minha casa..

- Narradora/Autora On -

Jake entrou na tal rua, e andou por ela segurando seu guarda chuva com a mão direita, em quanto a esquerda estava enfiada no bolso de sua calça, estava apenas ele andando por aquela rua.. até que do outro lado da rua, na outra calçada, ele viu uma garota de cabelos negros grandes.. ela usava um vestido branco com alguns babados, ela estava segurando um guarda chuva de cor transparente, ele viu lágrimas descendo dos olhos dela e ficou a olhando andar calmamente.. mas ai ele percebeu outra coisa a garota estava descalça..

Logo Jake pensou.. - "Que pessoa normal sairia apenas de vestido, e descalço no meio da rua?" -  ele viu a garota se sentar no chão da calçada e encostar as costas na parede de um prédio enorme, onde era basicamente um apartamento, ele estranhou esses fatos, e quando estava passando na frente dela, ainda no outro lado da rua, ele olhou para a garota que estava abraçando suas pernas, ela levantou o rosto e ele viu o como ela estava pálida, um carro passou rapidamente na rua e empatou os dois de se verem, quando o carro passou totalmente.. a garota continuava lá, e agora ele pode observar que os olhos dela eram cinza escuro..

Jake então atravessou a rua... tirou seu casaco e estendeu para ela, que o olhou curiosa..

?? - .. Por que está sendo gentil..?
Jake - Você parece está morrendo de frio.
?? - Obrigada..

Jake sorriu de leve e voltou a andar em direção a sua casa, iria deixar para trás seu casaco, ele não ligava mesmo.

Porém no dia seguinte.. quando ele mais uma vez estava indo para casa após a escola, e passou pela mesma rua, ele viu a garota novamente sentada no mesmo lugar, porém dessa vez vestia o casaco que ele a tinha lhe dado, quando ela o viu andando devagar no outro lado da rua, correu para atravessar a rua, Jake viu ela correr, porém um caminhão entrou de uma vez na rua e estava bem em cima dela, Jake ficou surpreso, a garota ia ser atropelada, então Jake largou tudo no chão, e se jogou nela, os fazendo cair na calçada onde ela estava.

Logo outra chuva começou... e os dois estavam caídos na calçada respirando de forma pesada.... começaram a ser molhados pela rua..

Jake -.. Você...é..louca...?
?? - Desculpe, desculpe, eu não vi o caminhão a tempo.
Jake - Ok.. não morremos..
?? - Obrigada!!
Jake - Uh?
?? - Obrigada por se arriscar.
Jake - De nada..
?? - Qual seu nome?
Jake - Jake.. e o seu..?
?? - Elizabeth.
Jake - Ok Elizabeth, prazer, bom tenho que ir..

Jake logo começou a andar..

Elizabeth - Espere!!
Jake - Hm??
Elizabeth - Até amanhã!! - sorri -
Jake - Até. - ri fraco. -

No dia seguinte, Jake andava pela rua novamente, e a garota estava no mesmo lugar, e ele estava ficando desconfiado disso, ele andou até ela, a mesma o olhou surpresa, e sorriu.

Jake - Hey..
Elizabeth - Sim..?
Jake - Você é moradora de rua..?
Elizabeth - .. Hã bem.. não..na verdade.. eu.. não sei...?
Jake - Como assim não sabe? hmpf.. quantos anos você tem..?
Elizabeth - 15... que eu me lembre.
Jake - ..."Que eu me lembre"? Cadê seus pais?
Elizabeth - Pais...? eu.. eu.. não sei... eu já tive pais? - falou ela olhando pro nada como se estivesse tentando lembrar. -

Jake olhou sem reação para ela, - " Ela tem amnésia talvez?" - pensou o mesmo..

Jake - Ok onde você mora?
Elizabeth - Eu acho que eu não me lembro....
Jake - Estranho, quem é você exatamente?
Elizabeth - Uh... sou Elizabeth Lancaster, tenho 15 anos.. e.. é só isso que eu me lembro eu acho..

Jake achou estranho a garota não saber quase nada de si.

No dia seguinte, em quanto ele estava no intervalo na escola, seu amigo Daniel falava de Lendas novamente, e o mesmo perguntou hesitante..

Jake - Ei.. qual era.. o nome da garota da varanda?
Daniel - Bem, ela se matou de verdade, essa menina foi real, porém sobre o espírito dela ninguém sabe se é real, nos jornais falavam que o nome dela era Elizabeth Lancaster.

Naquele dia, em quando Jake voltava para casa, estava sem reação, - " Aquela garota. era um fantasma?, ela não se lembra da sua vida passada? ela não se lembra de nada?... por que ela está vagando por aqui.....?"

Elizabeth - Jake!!

Jake olhou para a garota do outro lado da rua, ela sorria, ele a olhou por uns segundos, e sorriu fraco, atravessou a rua e ficou de frente para ela..

Jake - Elizabeth.. você não se lembra de nada?
Elizabeth - .... Do que..?

Jake - Você se matou... a alguns anos.. 

Elizabeth ficou paralisada, ela não estava aceitando o que Jake dizia..


Jake - Vamos fazer um teste, bote sua mão no peito.. sente algo batendo?
Elizabeth - Oh bem não..
Jake - .. Normalmente pessoas vivas tem corações batendo bem ai..

Elizabeth - Por que... eu... não lembro de nada disso..?
Jake - Talvez.. você...esteja presa nesse mundo ainda, por que teve algo que faltou na sua vida..
Elizabeth - E-Eu.. não sei quem eu sou Jake... já faz um tempo que quero saber mas... aonde estamos?



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...