História • Affair | Park Chanyeol • - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Exo, Jongdae, Jongin, Junmyeon, Kyungsoo, Minseok, Pcy, Sehun, Yixing
Visualizações 202
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Ten


Fanfic / Fanfiction • Affair | Park Chanyeol • - Capítulo 10 - Ten


- Channie?

- Oi mãe. - Ele se senta no chão.

- O que está fazendo? - Minha mãe pergunta.

- Nada. - Me levanto e Chanyeol também. - Yeol já estava indo embora não é? - Do uma empurrada nele pra ele confirmar.

- Na verdade não, estou com saudades do seu maravilhoso jantar. - Ele diz pra minha mãe e eu do um beliscão no mesmo fazendo ele sentir um pouco de dor.

- Vai ser maravilhoso ter vocês no jantar. - Minha mãe diz

- Não é muito incômodo? - Yasu diz a minha mãe.

-Claro que não, ter minha melhor amiga e os filhos dela aqui vai ser maravilhoso, vamos aproveitar que o meu marido está viajando e ter um jantar só nosso. - Elas sorriram e foram pra cozinha.

- Eu vou te matar.

- Ei, eu estou com fome.

- E quando você não está com fome? - Ele dá um sorriso e me rouba um beijo. - Ficou louco?

- Vou chamar a Yoora. - Ele dá seu lindo sorriso fofo e sai.

Me peguei sorrindo pro nada e me dei um tapa.

- Para!

  (...)

Enquanto nossas mães cozinhavam eu e Yoora conversávamos na sala enquanto Chanyeol assistia alguma coisa na televisão.

Yoora me contava tudo o que aconteceu enquanto estava em Nova York, meus olhos brilhavam quando ela falava sobre os lugares e minha vontade de ir pra lá estava só aumentava.

- Que incrível, unnie. - Juntava minhas mãos em meu rosto.

- Era maravilhoso. - Ela dá um sorriso ao relembrar tudo o que aconteceu.

- E sobre os garotos? - Pergunto e vejo um sorriso em seu rosto.

- Ainda prefere os estrangeiros, Sohyun? - Ela diz rindo.

- Mãe! Eu vou trocar de nacionalidade! - Chanyeol grita fazendo Yoora rir.

- Estou repensando sobre os coreanos. - Susurro para Chanyeol não escutar.

- Aconteceu algo entre vocês? - Ele diz no mesmo tom com um sorriso bobo e eu concordo com a cabeça fazendo ela dá um gritinho de felicidade. - Não acredito!

- Meu Deus noona. - Chanyeol disse com a mão em seu peito.

- Me conta.

- Depois. -Susurro e ela pisca um dos olhos.

   (...)

- Isso está dos Deuses, Jinhye. - Channie disse enquanto comia.

- Muito obrigada pela comida, vamos aproveitar bem. - Yoora diz com um sorriso no rosto.

- É bom relembrar os velhos tempos. - Minha mãe diz sorrindo.

- Vocês não me disseram o que estavam fazendo quando chegamos. - Yasu diz com um sorriso no rosto fazendo eu e Chanyeol engasgar com a comida, um silêncio se forma na mesa.

- Estávamos assistindo um filme. - Yoora diz ao perceber o clima. - Só que eu fui em casa pegar meu notebook para Sohyun ver as fotos da cidade. - Susurro um obrigada e ela dá um sorriso.

- Sei. - Minha mãe diz com um sorriso.

- Sabe...- Yasu começa. - Seu pai sempre acreditou que vocês ficariam juntos. - Ela diz para Chanyeol e pude ver um sorriso em seu rosto.

- Eu ainda tenho fé. - Yoora diz comendo mais um pouco.

  (...)

Depois do jantar nós subimos até o meu quarto para ter um pouco de privacidade. Chanyeol disse que ia para casa do Baekhyun e nossas mães foram dormir.

- E então, vai me contar? - Yoora diz.

- Você já sabe o que aconteceu. - Jogo minha pelúcia do Ryan nela.

- Porém, eu quero detalhes. - Ela deita na minha cama agarrada com a pelúcia.

- Bom, ele veio até aqui mas...- Contei para ela tudo o que tinha acontecido e Yoora não tirava seu sorriso do rosto. - E então minha mãe chegou.

- Estraga prazeres. - Ela cruza os braços.

- Unnie.

- O que?

- Eu beijei seu irmão, aquele garoto chato que sempre me irritava!

- É uma bela história de amor. - Ela faz um aegyo.

- Deixa de ser boba.

- Dá uma chance pro meu garotinho. - Ela aperta minha bochecha.

Ficamos conversando por várias e várias horas até escurecer. Tomei um banho, coloquei meu pijama e me deitei na cama encarando o teto.
Aquele momento não saia da minha cabeça, aquele beijo foi tão bom! Chanyeol foi a todo momento carinhoso comigo.

- Ai meu Deus! - Cubro meu rosto com o travesseiro. - Você não vai se apaixonar por Park Chanyeol, Sohyun, não vai!

- Filha. - Minha mãe abre a porta.

- Oi. - Me sento na cama.

- Está tudo bem?

- Sim mãe, aconteceu alguma coisa? - Ela vem em minha direção e se senta na cama.

- É que depois que aconteceu o acidente do pai do Channie eu não consigo dormir em paz com seu padrasto viajando.

- Não vai acontecer nada com ele. - Passo a mão em seus cabelos. - Dorme comigo. - Ela dá um sorriso e se ajeita na cama.

- Boa noite minha princesa. - Ela beija minha testa.

- Boa noite omma

     (...)

Acordei no meio da madrugada com uma baita cede, levantei da cama sem fazer barulho e desci até a cozinha e me sentei na bancada bebendo um pouco de água.
Encarava a janela pensando em coisas aleatórias até ver algo na janela e cair do banco.

- O que você tá fazendo aqui? - Eu me levanto com a mão nas costas.



Notas Finais


Então quem vocês acham que é? 🌚
Espero que tenham gostado
Beijinhos 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...