História -Amor BEM confuso!- NamJin - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~Omma_Dos_Namjin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Shortfic
Visualizações 27
Palavras 1.565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiieee, enton..

Espero que gostem ^^

Capítulo 5 - -pastéis e coxinhas..


-"Heey! Ame a si mesmo primeiro,A ANTESde amar qualquer pessoa."-

..Jung Hoseok..

...

–Pode ir falando o que tá acontecendo..-

–... N-não tá acontecendo nada, Hobi!- ele fala.

Logo vejo o processor voltando..

–Você vai me falar o que tá acontecendo, nesta bagaça!- falo voltando para minha cadeira.

Passei a aula de matemática toda escrevendo coisas aleatórias no meu caderno que estava debaixo do caderno. Estou muito curioso pra saber o que aconteceu com o Jinnie.

Finalmente toca e GRAÇAS A DEUS, PAI, TODO PODEROSO POSSO SAIR DESTA SALA!

Vou em direção a Jin e pego seu braço.

–Pode ir falando...- digo saindo da sala junto ao mais novo.

–B-bem... Te explico no banheiro, aqui não!- ele fala me guiando em direção ao banheiro masculino, onde não tenho lembranças... Muito boas.

..memória..

–O-ok Yoongi..- a meu Deus, de novo não!- E-eu vou indo!- tento cruza-lo, mais o mesmo me joga na parede.- Yoongi!?-

–Shhh! Cala a boca criança insolente!- ele logo me puxa para um beijo, e eu fico ali... Sem entender porra nenhuma.

{...}

Coro um pouco só de pensar nisto, vejo de longe Namjoon ir em direção a cantina, provavelmente Yoongi deve está esperando, mais não saio deste banheiro sem explicações!

Chegamos e ele fecha a porta.

–Pode ir falando!- digo..

–Bem, é que eu acabei tendo um pesadelo com.. A minha mãe..- ele fala cabisbaixo.

–Entendo, matemática faz isto com a gente!- Falo e ele ri fraco.- Mas, como foi o pesadelo?- pergunto.

–B-bem, acordei e não a encontrei, e como eu não tenho mais meu pai comigo, vi ela sendo levada, aí eu gritei... Na frente da sala toda!- ele fala rindo, mais ainda triste.

–C-como assim você não tem mais seu pai..- prossesso um pouco.- Ah sim... Me desculpa.- falo um pouco com vergonha do momento.

–Nada não Hobi!- ele fala sorridente e lava seu rosto.- Vamos? Namjoon e Yoongi devem está esperando.- ele fala e eu confirmo com a cabeça.

Ele realmente nunca falou do pai..

..Min Yoongi..

Saio da sala depois do toque e vou em direção a cantina, já que não ia ficar rodando a escola com aqueles malucos feito batata tonta.

Cheguei lá e COMO SEMPRE não tinha ninguém! Por que eles têm sempre que ser os últimos a sair da sala? Impressionante!

Vejo Namjoon se aproximar da mesa que estava, ele estava sozinha... Ué, será que o Jinnie e o Hobi não vieram?

Sim, estou começando a chamá-lo assim, é legal!

–Acordou com o pé direito hoje, Yoongi?- ele pergunta se sentando ao meu lado, onde geralmente o Hoseok sentava.

–...Cala a boca, desgraça!- falo batendo em suas costas de leve.

–Pensei que o Hobi e o Jinnie já estavam aqui..- ele diz..

–Eles vieram?- pergunto.

–Sim, o Jin dormiu na aula de matemática e deve ter tido um pesadelo, acho eu que o Hobi foi pergunta-lo o que aconteceu..- ele fala se levantando novamente.

–Vai aonde?- pergunto novamente, vendo o mesmo dando a volta na mesa.

–Comprar alguma coisa...- ele fala rindo.- Não quero morrer de fome.

–Compra uma coxinha pra mim- lhe dou o dinheiro- Obrigado, de nada!- falo sério.

–... Preguiçoso!- ele diz indo comprar os lanches.

Fico pensando... Jin dormindo na aula, ele sempre passou a postura de certinho, tá acontecendo alguma coisa bem séria aí!

Depois de um curto tempo, Namjoon volta com minha abençoada coxinha.

–Amém! Minha coxinha!- a pego bem feliz.

–Fica viciado em coxinha, não em cigarro... Por favor!- ele fala rindo dando uma mordida em seu pastel.

–... Você vai comprar uma coxinha pra mim todos os dia? Eu fico viciado nela!- falo rindo.

–Não... Faz um trato com a tia da cantina..- ele fala.

–O que vocês estão falando da minha amiga!- Hobi fala chamando a atenção, como sempre... O mesmo se senta a minha frente e vejo o Jin indo comprar alguma coisa.

–O que ouve com o Jin..?- Namjoon pergunta.

–Verdade... O Nam disse que ele dormiu na sala de aula, que milagre!- digo dando uma mordida na coxinha.

–Não te contei o resto...- Nam..

Ele me conta o que ouve e Hoseok o interrompe.

–Ele teve um pesadelo com a mãe..- Hobi fala mais sério.

–Explicado...- Namjoon fala mordendo novamente o pastel.

–Só que não!- digo ainda confuso..

–Aqui Hobi, não tinha de queijo..- Jin fala entregando o pastel para Hoseok.

–Esse era o último!- Namjoon fala rindo e dando a última mordida no pastel.

–Seu desgraçado!- Hobi diz com raiva e mordendo seu pastel, que provavelmente era de frango.

–Todos nos pastéis, e eu aqui na minha linda e maravilhosa coxinha!- digo dando uma última mordida na coxinha.- Minha preciosa!- digo e todos riem.

–Suga, que milagre que você veio hoje?- Jin pergunta ainda rindo.

–Ele acordou com o pé direito hoje..- Namjoon fala rindo.

–Bem isto..- levanto.

–Vai aonde, Yoongina?- Hobi me pergunta.

–ATE VOCÊ?- falo com raiva..

–Eu também, Yoongi!- Jin fala rindo...

–EU MEREÇO MEU DEUS!- digo indo comprar minha coxinha..

..Um mês depois..

Olha só, segunda novamente... Não estou com coragem de levantar desta cama!

–MÃE...- grito mais sem resposta, aí que me tocou que moro sozinho.- Parabéns Min Yoongi, esqueceu que é emancipado!- digo me levantando e vendo que era segunda..

"Vou ou não..?" Fecho meus olhos, respiro e vou direito para o banheiro, algo me diz que hoje vai ter alguma coisa que... Não posso faltar!

Me visto e pego meu material, indo até onde meu celular estava carregando e o pegando.. Ainda eram 06:40.

{...}

Vou andando para a escola e quando chego lá, vou direto para a biblioteca, pego meu celular e coloco um rap qualquer e fecho meus olhos, lá fico por um tempinho, até abri meu olhos novamente e ver um menino um pouco alto acompanhado de um garoto mais baixo. Os dois eram morenos e estavam acompanhados da diretora, e claramente dá pra perceber que eles são novatos aqui. Não ligo muito e fecho meus olhos novamente, curtindo minha música.

..Kim SeokJin..

Acordo um pouco tonto, tive outro pesadelo com o Jimin e o Jungkook, as vezes só desejava encontra-los novamente e acabar com isto! Toda vez que me mudo de cidade passo meses pensando neles e na minha promessa.

–Jin... Querido, você não vai para a escola?- minha mãe fala batendo na porta.

–Estou indo Omma, eu só... Estou procurando minha calça, você viu?- a pergunto.

–Acho que está no banheiro...- ela fala e eu ouço seus passos se afastando..

Troco de roupa, pego meu celular e meus materiais, descendo e a encontrando na cozinha preparando o café.

Tomo o mesmo olhando para o relógio e tentando não me atrasar! Assim que saio de casa, coloco meus fones e aperto na minha playlist aleatória, logo indo em frente, até que alguém pega meu ombro.

–Jinnie..?- olho para o mesmo e vejo Namjoon rindo da minha cara de assustado.

–Monnie, não me assusta assim, sou cardíaco!- digo rindo de nervoso.

–Indo a pé, ou de ônibus?- o mesmo me pergunta ainda rindo.

–A pé, quero ver essa linda paisagem que nos rodeia!- digo um rindo.

–Também estou indo a pé, para filósofa minha vida que está uma merda...- ele diz tomando a frente e eu o sigo.

–P-posso ir com você?- pergunto.

–Por que perguntas? Oh, claro que podes ir comigo, meu querido amigo..- ele fala e eu o olho.

–É sério isto?- pergunto..

–Sim meu caro amigo..- ele fala e seguimos..

–Fala assim novamente, que eu dou na tua cara, Namjoon!-

–Que agrecividade...- ele fala e vamos o resto do caminho em silêncio;

Fico em silêncio e penso novamente em Kookie e Jiminie, penso em como eles podem está com raiva de eu ter desaparecido no mundo, e como eu queria está com eles agora. O Jungkook já deve está com mais consciência e com certeza mais maturidade do que a antes e Jimin, Jimin deve...

–JIIN!- volto ao mundo real e vejo Namjoon me puxando agressivamente.

Escuto barulhos de freios a minha frente e vejo um carro preto bem perto de mim, Namjoon por outro lado me abraça por trás chorando um pouco.

–Você é louco! Quer morrer, Jinnie?- ele me pergunta e eu ainda estava em choque com aquilo.

–O-o que...- pergunto um pouco desorientado.

–Eu quase lhe perdi...- ele fala..

..Kim Namjoon..

Depois que encontrei o Jin no meio do caminho para a escola, fomos caminhando em silêncio em direção a mesma, estava com um fone no ouvido e outro prestando a atenção na rua, já Jin... Ele estava em outro lugar.

Como se estivesse num outro mundo, ele acaba andando mais rápido.

–Jin, me espera..- digo tentando seguir os passos do mais velho.

Ando mais rápido mais ainda, não consigo acompanha-lo.

–Jinnie, você está com raiva de mim?- pergunto e vejo um carro preto vindo em grande velocidade, e Jin estava indo em direção ao mesmo...-JIIN!- corro até o mesmo e pego seu braço o puxando para longe.

Começo a chorar, o medo de perde-lo foi muito grande o susto, o abraço por trás, tentando disser ao meu coração que eles está são e salvo.

–V-você é louco! Q-quer morrer, Jinnie?- falo chorando mais.

–O-o que...-ele pergunta meio perdido.

–Eu quase lhe perdi...- falo e ele se vira, me olhando..

–Calma, eu tô aqui agora...- ele diz e eu o abraço novamente.

–V-você quase foi atropelado!- digo.

–Mas você me salvou, Obrigado!- ele fala e eu o abraço mais forte.

–... Eu tive medo de te perder, te amo tanto, Jinnie..- digo, sem pensar no que falei..


Notas Finais


°-°


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...