História - Amor?, Não! - .imagine Jimin. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 11
Palavras 572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie turo bao? Bom pudins espero que gostem dessa fanfic.. eu não ia fazer com o JIMIN mas tipo assim o Mozao chamou e ai deu isso... hahhaha Deus.... bom espero que gostem...


BOUA LEITURA GOSTOSAS

JIMIN/BTS/MOZIM
...........

Capítulo 1 - - Paradise Dark - Jiminie


Fanfic / Fanfiction - Amor?, Não! - .imagine Jimin. - Capítulo 1 - - Paradise Dark - Jiminie

Apresentação :

Oie meu nome é s/n.. tenho cabelos pretos, olhos verdes, sou brasileira e me mudei para Busan, meus pais morreram quando eu tinha doze anos e ai eu fui para os estados unidos ficar com minha noona quando completei dezoito vim para Busan e carai... algumas pessoas são bem escrotas! Não fiz amizade com ninguém ainda.. não quero arrumar boys nem gilrs estou bem Sozinha! 

Apresentação/ Off / 

Continuando :

 Acordo cedo, em volta de umas cinco e meia da manhã, me arrumo, coloco uma roupa normal (capa) faço meu café e depois arrumo minhas coisas.

- CACETE!!! - grito em português. - mesa do cara... - meu celular vibra.

"Que droga!"

As patricinhas da escola ficam mandando coisas de merda pra mim..

Pego os fones e vou para a escola.

"Se elas virem pra cima eu vou meter o cacete! To avisando!"

Chego no ponto de ônibus e vejo uns guris bonitinhos até.. um deles eu reconheci de primeira, Park Jimin, o idiota que tentou me bater na escola mas por sorte o amigo dele o segurou.

Ele me encara e eu mando um coração pra ele e uma piscadinha.

"Tá... eu sou bem... provocante... akkakak eu sou abusada mermo! Vamo fazer o quê? "

Ele manda um dedo pra mim e eu rio, o ônibus chega e eu entro junto com os palhaços, eles pegaram todos os lugares fazios que sacanage! Tento segurar na barra mas eu sou pequena.. então eu seguro no banco.. onde estava o jimin e seu amigo de cabelos bagunçado.

- que merda! - susurro em coreano.

- o que foi? - o garoto se pronúncia.

- hum? - eu o encaro. - que eu saiba não falei nada pra ti - as pessoas nos encara.

- aish... so cala a boca jimin! - o menino fala.

[......]

Encaro jimin por alguns minutos e depois o ônibus para.. deixando a gente umas três quadras da escola.

Saio do ônibus e pego um caminho mais rápido só que bem perigoso, estava normal até alguem puxar meu braço e me prensar na parede e começar a beijar meu pescoço.

- esse short... hm... - o cara tinha uma voz grossa, eu ja havia escutado.. pera..

- me larga! - eu tento me soltar mais ele era forte. 

- sua gostosa! - ele pega na minha bunda e depois nos meus peitos. 

Ele ja estava tirando a roupa até que sinto ele ser arremessado para longe.

[ Jimin ]

Sigo a garota até uma rua deserta, que estranha, vou passando devagar por onde ela andava e vejo ela sumir do na lda num beco escuro, chego mais perto e escuto gritos e gemidos de dor.

- essa voz.... - eu corro para onde ela estava e sem pensar duas vezes arremesso o idiota para longe. 

Eu a encaro e vejo que ela tremia sua blusa estava rasgada mostrando seus seios fartos, Jimin!, o cara levanta s me soca na boca e me derruba no chão depositando varios socos, até que a garota o chuta e ele cai o mesmo se levanta e soca a cara dela, sua boca estava sangrando e seu olho inchado e roxo, filho da puta!, o pego pela gola da camisa e soco ele até a garota me puxar para ir embora.

- o- obrigada... - ela sorri.

Eu turo minha blusa e coloco nela, que fofa, ela sorri e eu a puxo para um abraço que é correspondido na hora.

- vem... eu cuido de você! - a pego no colo e a levo para minha casa.

Continua....


Notas Finais


Então garera... espero que esteja boa essa bagaça! Vou arrumar tudo que estiver estranho no capítulo 2 então espero aue ceis tenham MUITA PACIÊNCIA COMIGO.

BEIJO MORES!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...