História ∞ As aventuras dos dog- Little dogs, big eyes ∞ - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 12
Palavras 600
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OIIN, tenho nada pra falar.

Capítulo 1 - Humanos maus me deram banho.


Fanfic / Fanfiction ∞ As aventuras dos dog- Little dogs, big eyes ∞ - Capítulo 1 - Humanos maus me deram banho.

P.O.V Biloca
Olá, meu nome é Biloca, tenho dois anos. Isso mesmo, dois anos.
Eu sou uma pinscher um,  castanha. Tenho olhos grandinhos — gigantes — assim como minhas orelhas. Eu tenho o que os humanos chamam de excesso de gordura, mas eu chamo de excesso de beleza.
Eu moro com cinco humanos, somente alguns seram citados com frequência. Eles são extremamente loucos, mas me alimentam.
Porém hoje aconteceu algo que acontece frequentemente e eu sinto muito medo. Me machuca psicologicamente.
O banho.
Eles dizem ser para o meu bem, mas eu considero uma ameaça. É torturante, mas não adianta gritar, pois eles, ou melhor, ela não para. Sua tortura dura minutos. Até que ela me enrole em uma toalha e, depois de algumas coisas, me liberte.
Voltando ao conto anterior, hoje era um dia comum, apesar dos cuidadores não saírem muito para se divertirem, os humanos foram à praia e apenas um ficou em casa. Eu fiquei dormindo até eles chegarem.
FLASHBACK ON
— Painho! Painho! — gritei ao ver meu painho entrar.
— NHENHEM! É VOCÊ QUE É BEBÊ! — painho gritou.
— ME CARREGA! ME CARREGA! ME CARREGAAAAA! — peço arranhando suas pernas. Ele me carrega e cheira meu ouvido e distribrui beijos em meu rosto.
— POR QUE VOKE É LINGA? — gritava. Painho resolveu e tomar banho e eu fui também para dormir (ele toma banho na suíte).
Eu estava dormindo, como sempre, até que a humana mãe me carregou, Midin me olhou com um sorriso e disse "Haha, se ferrou" e a humana me levou até a lavanderia. Um grito fez-se presente em minha garganta e tudo que queria agora era correr. As lágrimas brotaram em meus olhos e logo depois, em uma dança melodramática, desciam dos mesmos.
— MAINHA! NÃO! NÃOOOOOOO — gritei ao ser colocada na gélida água. A humana mais nova entre os outros humanos ria de uma forma maldosa, enquanto assistia o violento espetáculo.
— Que dramática — a humana, chamada Tifa, cuspiu as palavras ignorantes.
— Pois é — a humana mãe respondeu.
— Ela já tava fedendo, né Bafinho? — BAFINHO? QUERIDA, MEU NOME É BILOCA, pensei.
Depois do banho a humana me penteou e me deixou livre.
Free Biloca.
FLASHBACK OFF
E esse foi meu dia.
P.O.V Midin
Oin, meu nome é Midin, tenho entorno de seis anos e minha raça nem minha idade sabem ao certo.
Isso é porque fui achada na rua e fui pega por uma família, mas as pessoas não cuidavam muito bem de mim. Depois uns humano meio loco me adotaru e hoje sou a rainha dos travesseiros de casa.
Como a retardada denominada Biloca disse, hoje era um dia normal. Eu já havia comido e tava numa boa.
Os humanos familiares haviam saído com outros da sua espécie e apenas um ficou.
Depois de algumas horas eles chegaram e comemoramos,  mas a mãe humana me carregou e levou para a área onde fica a "torneirinha do banho".
— MÃE? MAINHA? O QUE A SINHORA TÁ FEZENU? PARA! STOP! ARRÊTEZ! HALT! — grito. — MAINHA EU VOU PEIDAR NA SINHORA! NOOOOOO — ela ligou a torneira e a água caiu sobre meu corpo. Eu fiquei desesperada. A humana, Tifa, tentava me acalmar dando carinho e beijo na minha cabeça.
Depois de um longo banho (N/A: Tava precisando, hein) a mãe me secou e me deixou livre. Foi tanta emoção que eu meti o queixo no chão quando fui me sacudir.
— EITAN! MIDIN C TÁ BEM? — Tifa,  a humana,  perguntou.
— Tô mulher, relaxe — digo e vou tomar um solzinho.


Notas Finais


Eu sei, eu sei, meus cachorros são o máximo.
O Negaun não apareceu nesse capítulo pq ele tá na casa do dono — alguns dias ele fica lá —, mas logo eu faço um P.O.V Negaun.
S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...