História •... Be Mine ...• (Namjin) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Hobi, Hoseok, Jin, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Tae, V-hope
Visualizações 357
Palavras 1.189
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi oi meus amores desculpe a demora para postar estava meio ocupada esses dias ... Mas espero que o capítulo de hoje compense .

GENTE EU NAO SEI NEM OQUE DIZER QUANTO AOS 150 FAVORITOS .!! SERIO VOCÊS SÃO TUDO DE BOM SUAS GATAS !!! AMO VOCES !! ❤

Boa leitura ursinhas 💟

Capítulo 17 - ...• proposta •


Fanfic / Fanfiction •... Be Mine ...• (Namjin) - Capítulo 17 - ...• proposta •

Namjoon on

Eu não poderia estar mais feliz, só de Jin estar do meu lado tudo fica melhor... É como se cada segundo que passei longe dele não existisse mais, eu só queria saber do tempo em que passamos juntos e dane-se o resto.

Mas vou dizer que não tá fácil esconder esse namoro do meu pai viu. Duas vezes que estávamos quase nos comendo durante nossas "aulas" e meu pai brota na sala, porém a gente se safou nas duas ocasiões, por muito pouco mas nos safamos. Eu não sei oque caralhos está dando em meu pai que ele fica muito em casa ultimamente, parou de ir para a empresa 24h e passa boa parte do dia deitado. Jin por outro lado praticamente virou babá dele, entra e sai daquele quarto com várias coisas na mão e agora estamos tendo tempo para alguns beijos e olhe lá, isso quando não brota gente do inferno pra atrapalhar. Quase considerei uma vez contar tudo a ele mas Jin me impediu, outra coisa que não entendo é essa cisma que ele tem de não podermos contar sobre nosso namoro. Mas vou descobrir Ah se vou. 

Meu pai e Jin estão cheios de segredinhos. Primeiro é esse negócio sobre ele ser o "vilão da história", oque de fato ele é. Agora isso se ele ficar muito tempo em casa e ao aceitar que Jin entre no quarto dele enquanto ele está no mesmo. Seja lá qual for essa trama entre vocês dois seus sacanas eu vou descobrir, ou não me chamo Kim Namjoon.


Estou nesse momento na sala assistindo algo aleatório, já que meu pai saiu acompanhado de Seokjin tem umas horas, eu quis ir junto para tentar descobrir alguma coisa porém nenhum dos dois deixou. Agora me resta ficar aqui mofando até voltarem daquela maldita empresa.

Me pergunto às vezes como Jin consegue aceitar o meu pai. Éramos uma família unida, eu namorava o garoto mais lindo e precioso de toda a Terra, tínhamos uma vida simples porém éramos felizes e ele trocou tudo isso para ficar com uma empresa ? Meu pai é bem parecido com o de Jin.

Lembro-me de quando minha mãe me contou sobre esse acordo que a família de meu pai fez a ele quando eles namoravam.

Flashback on

Estava brincando com Tae já que minha omma havia me deixado no comando já que eu tinha 14 anos, enquanto ela ia fazer uma surpresa no trabalho do appa. Mas a mesma entra em casa meio nervosa e pega a mim e o Tae sem dizer nada.. não perguntei nadinha apenas observei o caminho e notei que estávamos indo para a empresa do meu avô.

- Namjoon fica no carro com o Tae. - Ela diz saindo do carro, assenti mas em seguida Tae começa a chorar chamando por ela. 

- Ommaaaaa não vou ficar aqui com ele chorando ! - Digo e ela bufa nos tirando do carro e então entramos na grande empresa. Fomos para o elevador e saímos no andar da sala do meu avô ..

- Venham meninos, seu avô deve estar me esperando .. - Ela fala nos puxando, Tae por ser pequeno praticamente corria em passos bem curtinhos, acabou tropeçando e nossa Omma voltou rapidamente para ajudá-lo ... Dois homens passam conversando algo ..

- Você tem certeza ? - Um deles pergunta 

- Sim, já fecharam negócio, parece que ele vai dar uma quantia para que a família do cara não fique na miséria, e ele vai ficar no bem bom aqui na empresa ... - Dito isso saem andando normalmente nem notando nossa presença, vejo minha omma encarar algo e quando olho avisto meu pai apertando a mão de meu avô ... 

Sem entender nada sou puxado às pressas para fora do local junto ao meu maninho. Ela liga o carro já chorando e vamos para casa.

- Omma por que está chorando ? - Falo colocando o cinto no Tae.

- Seu Appa, nos d-deixou meu amor ... Ele nos trocou por di-nheiro ..  

- Mas a empresa é do vovô, é comum ele deixar para o filho mais velho .. no caso único dele.

- Você não entende Nam.. Ele não poderia ficar com essa empresa a menos que desistisse de nós. - A encarei assustado e surpreso. - O pai dele sempre foi contra nosso namoro por eu ser pobre, e seu pai quando fez 20 anos teve de escolher ficar comigo ou com a empresa. Ele escolheu ter uma vida simples ao meuu lado ... Mas deixou bem claro ontem na nossa discussão que está cansado desta vida medíocre ... Agora ele vai sair desta vida, mas também vai sair das nossas ... 


Flashback off


No fim de tudo eu e meu irmão acabamos por ficar com ele, nosso avô sempre demonstrou nos amar muito dês de pequenos ele não demonstrava muito afeto pela minha omma mesmo. E nosso pai, bom eu tenho raiva dele dês de então, desde que descobri que ele quase trocou minha mãe, a mim e ao meu irmão por dinheiro ... E ele ainda insiste em tentar se reaproximar de mim, isso não vai rolar. Então por esse motivo eu não vou assumir aquela merda nem que é amarrem. Eu só faço essas aulas porque o Jin que dá as aulas, se não eu me trancaria no quarto e fingiria que nem tô na Terra ... 

Agora veja por este lado, se meu pai me oferecesse aquela empresa e em troca eu tivesse que deixar o Jin e ao Tae eu nunca o faria. Pois dinheiro nenhum no mundo compra amor. 

Saio de meus pensamentos quando vejo Tae descer as escadas todo arrumadinho ...

- Aonde vai maninho ? - Ele se aproxima se sentando em minha frente 

- Hoseok me ligou dizendo que quer conversar seriamente comigo. - Arregalei os olhos - Não sei como ficar Hyung, depois que eu me declarei e ele me beijou nunca mais nos falamos direito e agora essa?! Será que ele quer se afastar de mim pra sempre agora ? Ou vai mudar de cidade ? E me deixar ?

Não aguento ver meu caçulinha chorando. Eu juro que se eu pudesse eu dava um jeito no Hobi, para ele aprender a não fazer meu irmão sofrer.

- Hyung oque devo fazer ? - Secou algumas lágrimas

- Tae, você já disse oque sentia, e ele se aproveitou do momento para te beijar e fez isso sem pensar, ele deve ter um bom motivo - Espero para o bem dele que tenha- Para agir assim. Conversem é o melhor a se fazer e você sabe maninho, que se algo der errado, eu vou estar aqui para te escutar e te dar apoio.

Ele sorri e me abraça forte - Obrigado Nam, você é o melhor ! Te amo mano. - Disse saindo de casa mais confiante.


Viu? Que dinheiro chega aos pés disto ? A felicidade estampada no rostinho dele é saber que aquela felicidade e confiança fui eu que causei .. e quando ele diz "te amo mano" ... Essas três palavrinhas são mil vezes mais valiosas que todo ouro do mundo.

Não tem comparação, pena que meu pai não pensou assim ...




Notas Finais


O capítulo foi mais uma leve explicação sobre o motivo do Namjoon não querer assumir a empresa.

queria avisar que amanhã terá capítulo especial pelos 150 favoritos porque eu to berrando aquiiii ❤❤❤

E aproveitando a oportunidade quero deixar o link da minha fic do Kookie ☕🍃✌
https://spiritfanfics.com/historia/-teacher-im-your-babygirl-9919671


Beijos e até o próximo amores 😻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...