História • Fuck Me Daddy • Imagine Jeon Jungkook • | BTS | Hot| - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Drama, Jeon Jungkook, Jungkook, Jungkookie, Kook, Kookie, Lemon, Romance, Sexo
Visualizações 2.422
Palavras 2.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AAAAAAH A GENTE JÁ SE ACOSTUMOU QUE A ALEGRIA PODE SER BREVE
MOSTRE UM SORRISO! TENHA JUÍZO! A INVEJA TEM SONO LEVEEEEEE
À ESPREITA PESADELOS
SÃO COMO DESFILADEIROS
CHÃO, EM BRASA
NUNCA SE ESQUEÇA O CAMINHO DE CASA!

Como eu amo essa música

Capítulo 59 - • Então diz agora.


Fanfic / Fanfiction • Fuck Me Daddy • Imagine Jeon Jungkook • | BTS | Hot| - Capítulo 59 - • Então diz agora.

P. O. V. (S/n)

~~~~~~~~~

Jungkook: Ah, Não. * Ele balança a cabeça. * Ela não fez isso.

- A Danbi não deixou o Junkook vir ao corredor enquanto eu estava praticamente Gritando lá.

Então contei ao Junkook, O que a mãe dele fez e ele meio que não acredita.

(S/n): É sério Kookie!

Jungkook: Ahhr. * Ele levanta do sofá. * Ela só fazia isso com o Jimin. * Ele se escora na parede *

(S/n): Como assim " Só fazia com o Jimin " ?, Ela nunca fez isso com você ? * Ele fecha os olhos, abre um sorrisinho que logo depois some. *

Jungkook: Não que eu deixasse. * Sua expressão começa a ficar séria. *

- Nunca conversei direito com o Junkook sobre a mãe dele, Além do mais não é da minha conta a relação dos dois, mas... Fico curiosa com isso, Muito curiosa.

Não ouso perguntar sobre nada, Mas eu sei que o que quer que seja, Não é boa coisa.

Os poucos que sei da vida do Junkook é o bastante para me fazer "odiar" a Sra. Jeon, " Querer casar o filho com alguém que ele não ama? Que bobagem, Trouxa é quem aceita. "

Esse era meu pensamento:

 " O Jungkook me ama e não vai me deixar. 

" " O Junkook vai me proteger " 

" O junkook não vai casar com a Song. "

Bom, Não sou o Junkook. Não posso dizer tal coisa sem saber a verdade, Se ele realmente me ama.

Pois todos alguma vez na vida mentiram, Pois todos alguma vez na vida já se Iludiram, Pois todos alguma vez na vida já se confundiram com algo, Pois todos alguma vez na vida tiveram preferência a mentira e dúvida do que a verdade.

Apenas sei o que o Junkook me disse sobre a Song e a Sra. Jeon, Não sei se ele deixou de me contar algo, Se ele deixou de me explicar algo. (A: Para os que não lembram, O BEIJOOOOOOO UHUL!! É noz, Flw, Bye.)

Não posso julgar a Song, Nem a Sra. Jeon porque eu posso ter errado mais que elas.

Me arrependo de ter batido na Sra. Jeon, Não por ela ter sido gentil comigo e ter me consolado, foi pelo simples fato de eu ter que ter respeito com os outros e a mim mesma. A senhora Jeon fez isso, Se deu ao respeito e não devolveu o tapa, Sei que as palavras dela me ofederam mas são apenas palavras e isso com o tempo passa.

(A: Eu tinha uma amiga que me dizia muito isso, Tem que se dar ao respeito, Bater em outras pessoas por palavras idiotas significa que você não tem auto-controle, Não dê ouvidos, mas se a pessoa invadir teu espaço pessoal, se defenda.)

Cicatrizes são as únicas coisas que ficam e disso eu tenho várias, Cavradas em meu corpo e isso eu não posso apagar.

Sabe, Eu só quero que tudo volte ao normal, Que não aconteça nada de mau com a Song, Porque não quero ela com as mesma cicatrizes que a minha.

Sou tiradas de meus pensamentos quando percebo que o Junkook está com o rosto colado ao meu.

(S/n): Junkook?... * Seus olhos estão fixados aos meus lábios. (A: Qui rumanticu genti, ai, vou churar.) *

Jungkook: Vou repetir... Pois parece que não escutou. * Ele me olha nos olhos *

- Meu coração acerela, O Junkook já fez coisas "piores" comigo e eu não fiquei tão mexida assim.

Pelo simples fato de seu rosto está sério e tão próximo ao meu, faz meu coração querer sair do meu peito e isso séria um estrago pois minha sanidade e inocência resida em mim nesse momento, iria ser jogada ao alto e eu  (A: Já disse para me darem um Oscar? Quero outro!)

Jungkook: Você sabe que eu te pedi uma coisa várias vezes antes de minha mãe aparecer. * Ele diz devagar *

(S/n): Me p-pediu alguma... C-coisa? * Gaguejo, E uma vontade incontrolável  de morder o lábio se faz presente e séria impossível impedir isso, mas consigo controlar.*

Jungkook: Está nervosa? Por que? * Sua voz está tão leve e serena, parece adorar ter esse efeito em mim. *

(S/n): Não... * respiro * Estou n-nervosa.

Junkook: Me parece que sim, Está vermelha. * Ele analisa meu rosto * Voltando, Lembra o que eu pedi? * Sua voz mudou, Isso me arrepiou toda *

(S/n): N-não... Kookie. * Olho para o lado, olhar para seu rosto fazendo essas expressões e sua voz querendo arrancar minha sanidade por completo de mim é um cúmulo *

- Ele afasta nossos rostos, apóia seu joelho no sofá, se inclina para frente, coloca suas mãos uma de cada lado da minha cabeça e reaproxima nossos rostos mas dessa vez está mais perto ainda.

Jungkook: Faz muito tempo que a gente não fez mais...

- Ah, Entendi... Toda essa sedução porque queria minha bunda. (A: O que? Vocês tem que rir em um momento desses skskks)

Jungkook: E por enquanto ainda não quero fazer nada disso. * Ele se afasta um pouquinho *

(S/n): Você quer... * Ele me interrompe *

Jungkook: Lembra que eu quero ser pai? * Ele diz rápido *

(S/n): Lembro...

Jungkook: Algum dia... Você vai poder me dar a honra de ser pai?...

- Que ação fofa, No momento em que ele disse "Pai" sua semblante de sedução sumiu completamente e isso me fez rir um pouquinho, mas eu percebi que ele interpretou mal.

Jungkook: Por que ta rindo?... * ele diz devagar * É de mim?

(S/n): Não, Junkook, Não é de você. É que você... Ficou fofo.

Sra. Jeon: Se forem se comer, por favor, que seje em um quarto. * Ela brota na sala com uma bolsa na mão *

Jungkook: Mãe? * Ele " sai de cima de mim " * Vai sair?

Sra. Jeon: Nossa, Quer saber aonde vou também?

Jungkook: Só estava perguntando.

Sra. Jeon: Vou ter uma reunião com seu pai e uma empresa. * O celular dela toca e ela atende * Ah, Jungkook.

Jungkook: O quê?

Sra. Jeon: Não voltarei cedo, Então, Se comporte. * Ela vai embora *

Jungkook: " Não voltarei cedo, então, Se comporte. " * Ele imita a voz dela *

(S/n): Não kookie! * começo a rir *

P. O. V. Song.

- Estamos a exatamente 23 minutos se encarando, Estou me perguntando a quanto tempo ficaremos assim.

Reviro os olhos com tédio, resmungo e deito na cama.

Song: O que pretende fazer comigo?

Taehyung: Perdeu! * ele comemora * Ganhei!

Song: Perdi o que?

Taehyung: Não estavamos brincando?

Song: Tenho cara de que estava brincando com você?

Taehyung: Achei que estavamos.

Song: Responde!

Taehyung: O que?!

Song:O que pretende me sequestrando?!! * Ele vai até a porta *

Taehyung: Isso é sequestro? * Ele abre a porta * Você girou a maçaneta pelo lado errado naquela hora. * Ele diz com a cabeça escorada na porta *

- Sai devagar da cama, Vendo seus olhos analisando cada movimento.

Ando devagar, Ele vai mesmo me deixar ir embora?

Taehyung: Você quer ir embora? * Ele me olha tristonho. *

Song: O que acha?... * Chego perto da porta *

Taehyung: Que você deveria ficar comigo. * Ele fecha um pouco a porta deixando a luz que estava ilumindo dentro do quarto sendo impedida de entrar *

Song: Taehyung... * Penso nas palavras * Eu não preciso te explicar, Você sabe disso. * Ele abre a porta *

Taehyung: Continua a mesma idiota, o Jungkook deveria ter dito coisas piores para ver se você sai logo dessa mancada. Puta que pariu, Song, Tu é muito burra, cara.

Song: Eu sou burra?! * Fecho a porta * O que você quer?!! ME MANTER COMO SUA PRISIONEIRA?! QUE MERDA TAEHYUNG! ME DEIXA! BURRO É VOCÊ!

Taehyung: Grita com tua mãe, Idiota. * Ele cruza os braços *

Song: O que disse Taehyung? * O empurro *

Taehyung: Não me toca. * Ele levanta as mãos *

Song: Ta achando que é QUEM para mencionar minha mãe?

Taehyung: Ela ta morta, Song, Relaxa.

Song:Não acredito que disse isso taehyung... Você quer apanhar não é ?!

Taehyung: Quer me bater é?

Song: Quero!

Taehyung: F-o-d... * O interrompo empurrando-o mais forte dessa vez fazendo ele cair no chão *

Song: O que Tae? * Subo em cima dele e seguro suas mãos que se debatem para se soltar * F-o-d??

Taehyung: Ta mostrando as garrinhas é? * Ele ri * FODA-SE VOCÊ SONG! CANSEI! CANSEI! CANSEI PORRA! AGORA ME DEIXA, VAI EMBORA! NÃO QUERO MAIS VOCÊ AQUI!

Song: Não me quer aqui? * Solto suas mãos *

Taehyung: É! agora sai de cima de mim que não estamos brincando de cavalinho.

Song: Não gosta mais... De mim?

P. O. V. Taehyung

- Estou cansado de ouvir que ela não me ama e agora ela me vem com uma dessa? " Não gosta mais... De mim? "

Essa garota acaba comigo! 

Não quero forçá-la a ficar aqui, Só queria que ela me amasse, O que tem demais nisso? Ela esperou o Jungkook por 12 anos, e eu esperei ela por 16 anos.

Diferente dela eu não quero mais saber, Eu quero que se foda, Foda-se o Jungkook, Foda-se a (S/n), Foda-se a Song agora.

Taehyung: Foda-se! * Me sento fazendo ela cair para trás de costas, mas parece que ela quis ficar assim. *

- Ainda em cima dos meus pés, agora deitada com a mão na testa e calada.

Taehyung: Pode sair de cima de mim? * Balanço sua perna *

- Ela se senta no meu colo.

Song: Não minta, Isso não é verdade. * Ela cruza os braços *

Taehyung: Pode sair? Não a quero em meu colo. * Ela nega com a cabeça *

Song: Não saio até me dizer que é mentira.

Taehyung: Você não gosta de mim, Não precisa saber se é verdade.

Song: Não é assim Taehyung! Não se deixa de gostar tão fácil assim! * Isso é verdade. *

Taehyung: Eu não gosto mais de você e pronto! Enquanto você está aqui se preocupando com NADA o jungkook deve ta transando com aquela garota.  * Jogo mesmo na cara, Quero que ela sinta a dor *

Song: Idai?

Taehyung: Tá, Sai do meu colo? Quero levantar.

Song: Não saio!

- Ahr, Que menina teimosa! Isso está me deixando louco.

Taehyung: Song... * Respiro *

Song: Diga que não é verdade.

Taehyung: Ta gostando de mim agora é?! Deixa de cena, Está preocupada se eu deixar de gostar de você? Para quê quer saber disso? Vai ganhar o que comigo dizendo eu te amo? Vai ganhar o que? Hein Song!

Song:Só... Não se para de gostar de alguém assim, tão fácil. Sei que não sou uma paixonite para você, Pensa que eu não me lembro das suas perseguições na escola? Eu queria te bater por isso seu idiota! Se gostava tanto de mim ao em vez de me perseguir me falava todo dia EU TE AMO SEU IDIOTA QUE EU IA APRENDER A TE AMAR!

Taehyung:Não dava... * Olho para o lado *

Song: Não dava o que Taehyung?

Taehyung: Eu travava perto de você, Você acha que foi fácil segurar o nervosismo para eu me declarar para você?!

 Eu chorei a noite toda quando eu percebi que você não ia me querer! Acha que eu iria continuar a me humilhar depois que você só seguia os passos do Jeon? 

Song... Eu sempre te amei e não precisava dizer isso todo dia para você saber, Era só corresponder meu amor sua idiota que eu falaria para você todo dia EU TE AMO SONG!

- Os olhos dela estão lacrimejando, Que chore... Eu chorei 16 anos isso não é nada comparada as minhas noites sem dormir.

Song: Então... * Ela começa a chorar * Diz a-agora... * Ela soluça *

Taehyung: Song...

- Ver que fiz ela chorar foi o bastante para sentir uma faca atravessando meu peito fazendo eu me sentir culpado.

Song: Diz! * Ela me abraça *

Taehyung: Eu te amo...

Song: R-repete! * Sinto suas mãos agarrar minha camisa *

Taehyung: Eu te amo, Song... Eu te amo... Eu te amo... Eu te amo...

Song: V-você é um completo idiota Taehyung! * Ela me beija *


Notas Finais


Vou dar um exemplo que se vocês raciocinarem irão entender.

Você está com fome mas não tem comida, então você aprende a conviver com a fome.

Ou como diz uma parte da música de projota.
" Se o diabo amassa o pão, você morre ou você come?
Eu não morri e nem comi, eu fiz amizade com a fome "

Obrigado por ler até aqui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...