História - Hardcore Love - (Hentai) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Fnaf, Harem, Hentai, Romance, Yaoi, Yuri
Exibições 468
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Harem, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O livro atingiu 12 favoritos sem eu escrever nada *---* uau fico muito feliz com isso, abaixo esta um capitulo da historia.

Capítulo 1 - H.LH. 01 (Prólogo)


H.L.H.

Essa historia começa quando uma jovem escritora, nem um pouco conhecida na região resolve abrir uma conta nova dentre todas as outras que já possuía, agora posso te dar uma leve queda de perspectiva, pois quem esta narrando essa historia não é um observador e sim a própria escritora presente nessa historia quente e deliciosa “Lamento usar termos como quente e deliciosa, mas tendo em vista que são minhas palavras favoritas não consigo as evitar...”.

— Bom dia Angy Heylds, esta tudo bem aí? — Me pergunta a garota mais detestável do escritório ao meu ver Sophia Heshingolf, uma garota de cabelos pretos e estonteantes que faria qualquer homem desmaiar... Bom não somente o cabelo como também tinha um corpo curvilíneo e sedutor a medida que se analisava mais profundamente ela.

— Bom dia garota das planilhas... — Respondi a ela ainda fazendo meu cadastro em uma rede social pouco conhecida do Mexico que estava evoluindo aos poucos. — Esta tudo bem com você e o Loueis? — Perguntei curiosa como a típica Angy Heylds de 9 anos fazia.

— Sim Angy, mas somos só amigos... — Sophia bocejou e encarou a mim com um beiço no rosto. — Deveria estar trabalhando... — Sophia disse olhando para eu resolvendo um puzze rapido no computador que fechei em segundos antes que ela percebesse que tinha uma certa conotação sexual naquele jogo “Exatamente... Um puzze erotico... Hoje em dia inventam cada tipo de jogo que você nem imagina.”

— É uma pena Sophia... Quem sabe em breve essa relação não possa melhorar? — Perguntei e ela sorriu feliz por me ver a apoiando. — Bom Sophia... Antes de tudo você precisa fazer um dieta, pois homem nenhum quer um saco de batatas... — Brinquei e Sophia me encarou brava.

— Eu não sou gorda! — Sophia me encarou brava e eu bocejei meio entediada com o fato de eu ter inveja da capacidade dos outros de engordar, pois a minha era muito lenta resultando no mesmo peso, não impotando a quantidade de calorias consumidas.

— Ao menos você tem um corpo... Eu não tenho nada... — Bocejei entediada.

— Ei amiga não fique assim, vai começar de novo com isso? Você não é uma tabua! Tem 75 kg é um peso normal. — Sophia tentava me consolar, mas eu já estava chorando na mesa. Sophia tocou meu cabelo e se sentou ao meu lado ignorando o fato de que ela deveria ir até as planilhas do outro computador para trabalhar e aproximou o rosto do meu com os imensos olhos azuis brilhando e colocou a boca sobre a minha o que antes não parecia um beijo, mas a medida que se prosseguiu se tornou um beijo acompanhado de selinhos e depositos suaves da lingua dela no céu de minha boca.

Eu nunca tinha me sentido tão viva como aquele momento e foi então que Sophia tirou a boca da minha e me abraçou por um logo momento.

— Angy... Eu não quero a ver chorar... — Foi então que senti uma enorme energia vindo de mim e a beijei como nunca sentindo a boca dela novamente e explodindo inumeras sensações novas pelo meu corpo rebelde e necessitado por cada vez mais de algum elemento até hoje desconhecido.

Sophia e eu após o termino de nosso trabalho... Que por sinal foi longo e corrido voltamos para casa embora eu quisesse ficar na casa dela, mas eu já sabia muito bem o que poderia ocorrer se eu ficasse na casa daquela detestavel garota hipnotizante que eu gostava muito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...