História · HONEY · - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bts
Exibições 67
Palavras 1.080
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


bom, é o primeiro one shot que escrevo, deve estar uma merda, mas é isso 🌈

Capítulo 1 - · CAP ÚNICO ·


Fanfic / Fanfiction · HONEY · - Capítulo 1 - · CAP ÚNICO ·

[ · Honey · Suga · ]

– Acho que você nunca aprende mesmo, não é, S/N? Quando vai aprender que só pode se tocar com a MINHA permissão? - o mais velho disse dando ênfase no "minha". Ele não gostava de ser desobedecido e ela vivia desobedescendo, ela gostava de vê-lo bravo?

– Me desculpe, daddy. Eu não vou fazer mais, não me torture, serei uma boa garota daqui pra frente. - a menor disse com um ar de irônia mas ao mesmo tempo sinceridade.
O moreno agarrou os pulsos da garota, colocando-os acima de sua cabeça e a deixando sem defesa. Yoongi sorriu torto e se aproximou do pescoço da menor, dando beijos, mordidas e lambidas, ela se remexia debaixo dele querendo acabar com o joguinho de Min. Sem sucesso.

– Ah S/N, já ouvi isso muitas vezes. E sabe? Você não cumpriu nada disso, você é má. E garotas más merecem punição. - ele disse entredentes, sentando em cima da barriga da garota, ainda segurando seus pulsos acima da cabeça. S/N fez uma carinha de cachorrinho abandonado juntamente com um biquinho. 'Mas que merda! Ela sabe o que essa carinha faz comigo.' o moreno pensou, mas não poderia deixar se levar por uma simples expressão fofa, ela o havia deixado irritado, ele não tinha dado permissão para ela se tocar enquanto estivesse fora.

– Por que se tocou? Eu não me lembro de ter te dado esse direito. Explique-se.

– Eu estava excitada e você não estava em casa, eu te liguei dizendo que precisava de você. Pedi para que me desse permissão mas você negou, eu não podia esperar você chegar em casa, daddy. Me desculpe. - ela disse com uma voz chorosa. Suga olhou nos olhos dela e claramente ela estava arrependida, mas ele ainda estava com raiva e não a perdoaria assim, do nada. Ele realmente odiava quando ela a desobedecia.

– Min Suga-ah...E-eu... - ela parou quando Yoongi deitou-se novamente em cima dela, e atacou os lábios da garota com desejo, sede e excitação. Era óbvio que ele estava louco para poder tê-la finalmente, mas quem seria Suga sem seus joguinhos de provocações?
S/N imediatamente levou suas mãos - agora libertas - para os cabelos macios de Yoongi, onde puxou e bagunçou. Ele aprofundou o beijo pedindo passagem com sia língua, e prontamente ela cedeu.
Suga parou o beijo, levantando e tirando seu blazer com enfeitos roxos, laranjas, vermelhos e outras cores, logo depois sua camisa social preta, fazendo sua garota morder os lábios e querer marcar aquele abdômen branco com seus lábios e unhas, como já fizera em outras ocasiões. Ele tirou sua calça igualmente social preta, ficando somente de box azul escuro. S/N podia ver que o membro de Yoongi estava despertadado, ela adorava saber que era ELA que fazia isso com ele, adorava saber que era ELA que o marcava e fazia dele seu.
Suga notou os olhares de sua namorada em seu corpo. 'Como ela podia ser tão sexy e fofa ao mesmo tempo?'
Suga deitou-se em cima de S/N novamente, direcioniou seus lábios para o pescoço da garota e ali deixou um grande chupão, queria que amanhã, todos vissem que ele tinha a feito dele. Ele odiava os olhares de outros homens sobre sua namorada, e marcá-la era a melhor opção de mostrá-los que ela era dele. Assim como ele era dela.
Suga rasgou o sutiã rosa claro de renda da garota, a fazendo o olhar assustada.

– Min Yoongi! Você sabe que eu... -ele tampou a boca dela, fazendo um 'não' com a cabeça.

– Abra a boca só para gemer meu nome daqui pra frente, honey.

O moreno sorriu abertamente, fazendo a garota sorrir de volta. Yoongi deu pequenos beijos nos seios de S/N, a fazendo arfar, ele sorriu novamente e lambeu o mamilo do direito levemente. Ele desceu seus beijos pela barriga dela, até chegar na calcinha rosa clara igualmente ao sutiã, era uma bela lingerie, mas Min não estava com paciência, ele a rasgou e a jogou longe junto com as cintas ligas. Suga deu um beijo na cintura de S/N, ela soltou um gemido baixo e rouco, fazendo todos os pelos de Suga se eriçarem. Ele voltou para cima da mesma e sorriu, ela estava com a boca entre aberta e os olhos ocidentais fechados. Ela era linda.

– Ainda estou bravo contigo, honey. Desculpe, não estou com paciência. Tenho que te punir.

S/N abriu os olhos e fitou o namorado, ele era lindo. Seus cabelos - agora pretos, que já foram avermelhados, brancos e verdes - estavam bagunçados por causa dos puxões da mesma. Ele era pálido, sua boca era rosada, seu nariz era médio e tinha olhos orientais, diferente dos do dela. Ele era lindo. Ele mantinha seu olhar forte e raivoso sobre S/N, isso a deixava arrepiada e excitada.
Yoongi se abaixou e selou os lábios dela, e sem ela perceber de algo, ele a preencheu. Ela gritou de surpresa e mordeu os lábios de Min, fazendo ele rir.

– Já falei pra me avisar quan... - ele colocou sua mão em cima da boca dela.

– Abra sua boca só para gemer meu nome, se não vou parar o que estou fazendo. Entendeu? - Suga disse, sua voz estava grave e rouca, fazendo-a estremecer.

Ela acentiu. Ele começou os movimentos lentos, quase parando. Ele queria vê-la implorar, ela odiava quando Suga fazia isso, odiava sentir submissa à ele, mas o que poderia fazer? Era Suga, raro deixava ser dominado por ela. E por mais que odiava, gostava de como ele a fazia dele.

– Daddy-ah... Por favor. Eu preciso de você, mais rápido, oppa.

'Oppa'. Ele ia a loucura quando sua namorada a chamava assim, tanto no cotidiano como na cama, ela sabia como o deixava e usava isso a seu favor. Yoongi acelerou os movimentos, os dois já suavam, ele enterrou seu rosto na cuevatura do pescoço de S/N, ela arranha suas costas, ombros, braços e nuca.

– Suga-ah, eu t-te amo.  - ela conseguiu dizer entre os gemidos.

– Eu também a-amo você, honey.

E depois de mais algumas investidas de Suga e reboladas de S/N, os dois chegaram à seu ápice, gemendo o nome um do outro.

Yoongi a puxou para cima dele, a aninhando em seu peito, vendo sua namorada cair no sono, puxou o lençol e os cobriu. Ele sorriu com a expressão serena dela.

Eles se amavam, e nada, nunca, faria isso mudar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...