História — Hug Me — VHOPE — - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Hopekook, Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Sexo, Suga, Taehyung, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 71
Palavras 1.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - •ţ ɰ є ŋ ţ ʏ•


Fanfic / Fanfiction — Hug Me — VHOPE — - Capítulo 21 - •ţ ɰ є ŋ ţ ʏ•

"Taehyung…" -ouvi a voz de Hoseok e abri os olhos devagar

"O que foi?" -olhei para a janela e vi que ainda estava escuro 

"Tae-Taehyung…" -olhei para Hoseok novamente e vi que seus olhos estavam fechados -"Taehyung-ah…" -um gemido escapou de sua boca e eu arregalei os olhos

"Hoseok?" -ele continou com os olho fechados, soltando outro gemido -"Hoseok..." -balancei seu corpo e ele acordou assustado

"Uh? O que foi?"

"Não…nada…eu estava apenas…me ajeitando na cama."

"Ah…tudo bem…" -ele fechou os olhos, voltou a dormir e eu fiz o mesmo


 […]


"E o papai?" -Hoseok perguntou

"Ele foi fazer outra viagem." -sua mãe respondeu

"Entendi…eu já vou, mãe. Vamos , Tae." -beijamos a bochecha dela e saímos de casa

Quando chegamos na escola, estavam todos sentados no gramado, conversando.

"Ficou sabendo?" -Jimin perguntou

"O quê?" -perguntei

"A Min Soo realmente não vem mais para a escola. Já fazem vários dias isso."

"Será que alguma coisa aconteceu?" -Jin perguntou

"Deve ser só drama." -Yoongi disse

Continuamos conversando e Jungkook ficou em silêncio, de cabeça baixa o tempo todo. Hoseok me cutucou e disse que iria falar com ele. Apenas assenti e continuei falando com os meninos.

Era o melhor a ser feito, ele estava se afastando de nós e parecia se sentir culpado cada dia mais.


KIM TAEHYUNG OFF


JUNG HOSEOK ON


Chamei Jungkook para ir comigo até outro lugar, para podermos conversar. Vê-lo daquele jeito me deixava mal. Sei que ele estava meio errado nisso, mas ele já havia pedido perdão.

"Pode falar…" -ele disse sem me olhar nos olhos

"Ya, você já me pediu desculpa…eu já te perdoei..."

"Eu ainda me sinto mal, Hoseok..."

"Eu sei…mas, por favor, eu já disse que te perdôo. Não quero você assim. Isso não é culpa de ninguém, nada acontece por acaso, Jungkook. Não se culpe, por favor."

"Tudo bem..."

"Por favor, volte a ser o Jungkook de antes…volte a falar com todos. E…me olhe nos olhos, não sinta vergonha." -ele me encarou, eu pude ver que seus olhos estavam vermelhos e que lágrimas desciam sem parar 

"Desculpe por tudo isso…" -abracei-o e ele retribui

Sim. Eu o perdoei de coração. Não fazia sentido ficar guardando mágoas, achando que ele estava errado e nunca perdoar. Isso não nos levaria à lugar algum.


[…]


Estávamos quase na última aula e a Diretora entrou na sala. Todos se levantaram e de curvaram.

"Eu gostaria de falar com o aluno Jung Hoseok." -todos olharam para mim e eu andei até a diretora 

Eu fui com ela até sua sala e a mesma me entregou o telefone.

"Alô?" -ouvi alguém chorar 

—"Hoseok…" 

"Oh, mãe…o que foi?"

—"Seu pai…" -senti um aperto no coração e fechei os olhos -"O avião aonde ele estava…"

"Mãe, o que aconteceu?" -eu disse com voz de choro

—"Seu pai está morto…" -senti uma pontada forte na cabeça e me apoiei na cadeira

"Quer beber alguma coisa?" -a Diretora perguntou e eu neguei com a cabeça

"Mãe…e-eu já estou indo…" -entreguei o telefone para a diretora e fui correndo até minha sala

Todos os alunos voltaram a olha para mim. Coloquei minha coisas na mochila o mais rápido que pude.

"Ya, ya!" -Tae disse -"O que foi?"

"O avião do meu pai." -eu disse rápido e saí da sala correndo até a saída

Corri o mais rápido que pude até chegar em casa. Quando cheguei, abri a porta e vi que minha mãe estava no chão, agarrada a uma foto.

Haviam coisas que estavam quebradas no chão e eu fui andei devagar até minha mãe. Ela estava com o retrato da nossa familia, chorando sem parar.

"Mãe…" -eu disse, já sentindo as lágrimas escorrerem pelo meu rosto

Fiquei de joelhos ao seu lado e a abracei com força. Ela retribuiu o abraço com mais força e largou o retrato.

"Por que com ele?" -ela perguntou entre soluços -"Logo ele…" -ela começou a chorar mais ainda 

"Hoseok!" -ouvi a voz de Taehyung, que entrou na sala 

"Já ligou para a Dawon?" -perguntei enquanto acariciava seus cabelos

"Sim…"

"Taehyung, pega água para mim." -ele assentiu e foi até a cozinha -"Mãe, vá deitar…"

"Eu não quero…eu não posso…"

"Mãe, por favor…" -Taehyung voltou para a sala e eu peguei o copo com água

Entrei o copo para minha Omma e ela bebeu com as mãos tremendo.

"Venha…" -Tae a ajudou a levantar e caminhou até o quarto com ela

Sentei no sofá, baguncei meu cabelo e suspirei.

"Merda, merda, merda…" -eu disse baixo 

"Ya…o que aconteceu?" -Taehyung perguntou e se sentou ao meu lado

"Parece que o avião onde meu pai estava…caiu…eu não sei…só sei que…ele morreu…" -Taehyung segurou minha mão 

"Eu estou aqui e, por favor, não segure suas lágrimas…" -olhei para ele e, no mesmo instante, comecei a chorar mais ainxa

Taehyung me abraçou com força e beijou minha cabeça. Ficamos abraçados por um longo tempo, só se ouvia os meus soluços. Até Dawon chegar.

"Hoseok…" -Dawon me chamou e eu me soltei de Taehyung -"Onde ela está?" -apontei para o quarto e ela assentiu, indo em direção ao mesmo

Tae ligou a TV e colocou no canal de notícias. Em todos os outros canais só se falavam da tragédia do avião que caiu enquanto ia para os EUA.

"Parece que caiu e explodiu no mesmo momento…nenhum corpo foi achado…esse era mesmo o avião de seu pai?"

"Sim…" -limpei meu rosto

"Eu realmente lamento…" -Tae disse 

"Eu queria dizer que estávamos juntos hoje…" -Tae suspirou -"Ele nunca vai saber, Tae…nunca…"

"Ele vai. Ele vai ser como um anjo, certo? Ele vai cuidar de vocês…ele vai saber, Hoseok." -Tae disse com a voz trêmula

"O que vai ser da minha Omma? Ela o ama muito…ela nunca vai superar isso…"

"Ya, vai dar tudo certo. Tudo vai se resolver."

"Eu espero que sim…"


[…]


Dawon ficou em casa junto com minha mãe o tempo todo. Taehyung ficou comigo e até mesmo cozinhou, ou tentou cozinhar.

Ele ficou ao meu lado o tempo todo, cantou algumas músicas para tentar me animar, conversou comigo…

Depois de um tempo, a mãe de Taehyung chegou e foi para o quarto, conversar com minha. Naquele momento, o melhor era ela conversar com alguma amiga e a mãe de Tae era a melhor amiga dela.

Dawon ligou para alguns parentes e avisou sobre a morte de meu pai.

Faríamos uma reunião em memória dele. Meu coração estava quebrado, eu estava totalmente derrubado. As lembranças mais predominantes depois do meu acidente, eram minha e dele. Como eu já estava lembrando de quase tudo, comecei a lembrar de quando voltamos a nos aproximar. Aquele dia ficou marcado em minha memória. Estávamos apegados.

~ Por que ele se foi logo agora? ~

Perdi o sono, o apetite, Taehyung ficou dizendo para eu dormir, mas eu não conseguia pensar em nada que não fosse meu pai.

~Tenho certeza de que ele cuidará da nossa família…ele sempre estará em nossa memória… ~




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...