História * I Need You * - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan, Namjin, Yoongi
Exibições 95
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi

Capítulo 7 - SEVEN


Fanfic / Fanfiction * I Need You * - Capítulo 7 - SEVEN

      
   

                                *****

- Podem começar a falar! - Disse séria. E vi seus rostos ficarem vermelhos de vergonha. Não consegui segurar o riso. - Estou brincando, não precisam se assustar.

- Que susto, achei que você fosse nos bater - Jin que estava com cara de espanto, começou a rir.

- Me desculpem - não conseguia não rir da cara deles.

- Aish, para que fazer isso conosco ? - Nam  fez aquela cara quando faz drama. (QUEM É ARMY SABE) 

- Em casa vocês me contam, para de drama Nam!  - Falei rindo deles.

Chegamos em casa, e vi que meus pais não estávam em casa, peguei meu celular e vi que tinha um SMS do meu pai.

SMS ON
Oi minha filha, nós vamos almoçar na rua, pois hoje está uma loucura o trânsito, tem comida pronta na geladeira. Te amamos...            12:30 p.m

Ok pai ! Fiquem tranquilos, Jin e Nam estão aqui comigo!  Se cuidem, também amo vocês!    12:50 p.m
SMS OFF

     Fomos para meu quarto, deixamos nossas coisas e fomos para cozinha. Já fui pegando a comida e esquentando, enquanto Nam arrumava a mesa, e Jin estava sentado sem fazer nada.
Nesse pouco tempo, eles davam selinho, trocavam carícias na bochecha e risadinhas de bobos apaixonados.

- Vocês estão namorando a quanto tempo? - Falei enquanto tomava meu Suco, e Jin quase engasgou com a comida.

- Nós não namoramos,  pelo menos, não ainda - Jin disse. - Hoje faz apenas uma semana desde que ficamos pela primeira vez.

- Olha Yuna, parece que está sendo fácil pra gente, mas não está, nós lutamos contra esse sentimento. Você entende que podemos ser até expulsos de casa se nossos pais descobrirem? Por isso peço que mesmo que nós cofiemos em vocês todos, nossos melhores amigos, nós precisamos de um tempo pra contar, OK?! - Namjoon disse parando de comer e ficando sério.

- Eu sei Namie... - Disse pegando sua mão e a mão de Jin. - Como eu disse antes, quem sou eu pra intervir na vida de vocês, eu só quero a felicidade de vocês, só isso. Da minha boca não vai sair nada, pode ter certeza!  - Falei sorrindo.

- Eu vou contar pra você como que aconteceu... - Disse Namjoon - Foi assim, eu tinha ido na casa de Jin, e eu já sentia algo mais por ele desde que o conheci, mas vim escondendo por medo sabe, mas de uns meses para cá eu reparei que Jin sentia algo por mim também, mas eu não tinha certeza, então naquele dia eu iria descobrir. Nós jogamos, comemos e assistimos filmes, quando estávamos assistindo à um filme de terror, eu fiz questão de me aproximar dele, e coloquei minha mão em sua coxa, e pra minha surpresa e ele se virou e me beijou,  e desde de então nós não fingimos que não nos gostamos.. - Disse pegando na mão de Jin.

- Que fofo, eu queria que vocês pudessem ficar assim, de mãos dadas, se beijarem, sem medo - Disse fazendo uma cara de tristeza.

- Não fique assim Yunie, nós estamos felizes só de podermos estar juntos,  mesmo escondidos... - Jin disse passando a mão na minha bochecha.

    Nós fomos para meu quarto logo após arrumarmos a cozinha. Ficamos conversando sobre coisas aleatórias, e comemos doces.

- Agora conta sobre você e Yoongi, de ontem pra hoje mudou muita coisa entre vocês não?! - Jin falou sorrindo desafiador.

- Então, eu senti uma coisa por Yoongi, que nunca senti por ninguém, apenas de olhá-lo eu sentia calafrios... Mas fingia que estava pouco me importando por ele, afinal, ele chegou ontem, onde já se viu se apaixonar em um dia... - Eu disse soltando uma risadinha sem graça - Mas, eu não consigo ir devagar com ele, não com ele. Nós conversamos durante a aula, e ele me convidou para ir no festival da primavera, e lá foi perfeito. E eu estou apaixonada por ele Jin... - Disse baixinho e olhando para o chão.  Não gosto de expor meus sentimentos para os outros, mas eu não tenho medo de falar para vocês.

- Vocês não tem que ir devagar, Yuna, o amor não tem tempo estimado, tanto pode se amar em um dia, como você pode passar a vida inteira ao lado de alguém e não conseguir amá-la! - Nam disse passando a mão em minha cabeça, ele tinha os melhores conselhos.

- Eu e Namjoon, nos conhecemos quando éramos crianças e agora que tivemos coragem de dizer o que sentimos, e eu me  arrependo de ter escondido por tanto tempo. Então não espere, o tempo é precioso Yunie - Jin  disse pegando minha mão e a apertando de leve.

- Jin, nós temos que ir, meu bem! - Nam disse erguendo seu celular que mostravam ser 5:30 p.m.

- É verdade, nós ainda temos que fazer um trabalho! - Jin disse já se levantando. 

- Yuna, você fica bem sozinha? - Nam me perguntou preocupado, um fofo.

- Fico sim, não se preocupe com isso, também tenho que fazer tarefa! - Falei sorrindo carinhosa, eu amo meus amigos , tão dedicados.

- Qualquer coisa, você sabe onde me encontrar! - Jin disse piscando.

- Ok,  vão logo para não se atrasar! - Falei os levando até a porta, e me reverenciando.

    Eles saíram e eu fui tomar banho, tomei um banho demorado, precisava pensar sobre tudo o que acontenceu hoje.
   Saí do banho e coloquei uma blusa grande que roubei do meu pai, e coloquei minha pantufa de Coelhinho rosa.
      Me deitei na sala e fui assistir qualquer coisa na TV, acabei caindo no sono, e acordei com batidas fortes e desesperadas na porta.
  Corri abrir. Quando abro, vejo algo, que nunca pensei que veria, Suga estava desesperado, alí na minha frente.
   Não tive nem tempo para fala nada, e ele me abraçou tão forte, e soltou suas lágrimas sobre mim.

- Me ajuda Yuna! - Gritou aos prantos. - Eu preciso de você...

                                 
      
                                        
                                


Notas Finais


TCHAU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...