História ••°•• Meu Mafioso ••°•• - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Mark, Youngjae
Tags Got7, Kpop, Mark
Visualizações 13
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - ••°•• Capítulo 8 ••°••


Fanfic / Fanfiction ••°•• Meu Mafioso ••°•• - Capítulo 8 - ••°•• Capítulo 8 ••°••

Anteriormente.....

Ele não me deixa fala e me beija segurando minha nuca com uma das mãos e outra na cintura , esse beijo é viciante , coloco meus braços por volta do seu pescoço o beijando de volta.

M- Eu te amo - diz em meio dos beijos.

Agora....

Decidi ir morar com os meninos por um tempo e peço férias no meu trabalho pra não correr o risco de encontrar aquele homem novamente. Mesmo os meninos dizendo que ele prometeu que ficaria longe de mim , depois da surra que ele levou prefiro não arriscar.

Acordo estou no quarto de hóspedes, ando pela casa um pouco e percebo que sou a única acordada .

Desço as escadas e vou em direção a cozinha , já que me convidaram pra ficar aqui nada mais justo que eu fazer o café da manhã.

Prendo meu cabelo num coque alto meio bagunçado e pego os ingredientes pra fazer uma omelete e preparo uma calda pra comer junto.

Assim a gente se acostuma mal. - Viro e vejo o BamBam falando e os outros meninos decendo as escadas.

- Bom dia .

T - Bom dia - Disseram sentando na mesa . 

- Aqui panquecas e calda pra comer junto - Digo colocando tudo na mesa.

M - Você acordo cedo pra fazer isso tudo - Diz colocando calda na panqueca.

- Bem eu acordei e percebi que todos estavam dormindo e decidi preparar o café - Digo sentando  na mesa.

BB - Wow tá muito bom - Diz ainda com o garfo na boca.

- Kkk Se aprende alguma coisa quando trabalha num café.

Comemos as panquecas aos risos , comentando oque fizemos durante o tempo que ficamos separados.

E realmente é divertido falar com eles desse jeito depois de tanto tempo, os meninos saíram pra resolver os assuntos do Mark e o mesmo ficou esperando eu terminar meu café olhando para minha cara.

- Desse jeito fico sem graça - Digo colocando o último pedaço de panquecas na boca.

M - Desculpa , é que tava com saudades do seu rosto , você continua fofa comendo.

- Para com isso Mark - Digo levantando e se preparando pra lavar a louça.

M -  Deixa que eu faço isso você já muita coisa hoje.

Ia reclama , mais ele me pega pela cintura me colocando no balcão próximo a piá .

M - Quetinha , eu faço isso .

- Okay .

Fica o observando ele lavando a louça em cima do balcão , enquanto ele lava vejo e ele tá atrapalhado , pelo jeito há primeira vez ele lavando a louça. Dou algumas risadas vendo ele todo atrapalhado.

M - Para de rir tô fazendo meu melhor - fala e logo depois ele acaba espirrando água nele mesmo quando vai passa água na colher.

Desço do balcão e pego o pano na mesa, vou até o mesmo e ele está tentando secar seus braços e rosto.

- Vem cá eu te ajudo. - digo pegando seu pulso.

Ele não diz nada ,apenas deixa que o seque.Sempre muito atrapalhado , desde de criança ele é assim.

Termino e coloco o pano na mesa.

- Eu término isso , e você olha dessa fez - abro a torneira e começo a passa água no prato e talheres.

Mark me abraça por traz , me fazendo arrepiar inteira.

M - Você tá cheirosa - Diz colocando a cabeça no meu ombro.- Por que sua mãe fez isso, por que te tirou de mim.

- Mark... - Ia me virar mais ele segura mais firme minha cintura não deixando eu me virar.

M - não vira ,okay ? Só deixa eu fazer uma coisa...- ele começa a beija meu pescoço, beijos suaves me fazendo arrepiar.

- Mark...

Ele me vira pra si, e me olha fixamente, sinto medo e ao mesmo tempo paixão.

M- Antes de contínua....Seja minha , minha princesa pro resto de nossas vidas ? - Ele ainda me olha no olhos com as mãos em minha cintura.

- Achei que nunca iria perguntar , Sim desde do dia que te conheci.

Ele sorri , um sorriso tão sincero que faz sorri feito boba. Num movimento rápido ele me pega no colo , e começa a me beijar , nem tão rápido nem tão devagar.

Ele me leva até o sofá e me deita suavemente ,descendo os beijos para meu pescoço .

~ Continua.....

Sorry , o próximo sai amanhã prometo 🙏






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...