História ♡ Mudança de Planos (Yaoi) (Hiatus) ♡ - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Kwon_g, Mpreg, Romance, Yaoi, Yuri
Visualizações 177
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OIIIN MEUS KOKOROS <3 TURU BEIN CÚ VUCEZ? ~Corretor noiado mode on~

Demorei sim, mas foi por boa causa - ou não - estou fazendo uma One Short para vcs, e adivinham só! SE EU NÃO ACORDAR DE CÚ DOCE AMANHÃ VAI TER LEMONADAA, AEEEE PORRAAAA ^w^

Mano, eu shippo horrores #HiroMisa, só isso à dizer mesmo :3333

Apreciem...

Capítulo 18 - No qual Misaki vai dormir no quarto de Hiroki


[...]

Pov: Misaki.

Após o jantar, todo mundo foi para o salão real. Todos pediram para que os futuros noivos tirarem a primeira dança, logo minhas bochechas tinham esquentado, olhei para minha esquerda e vi um Hiroki tossindo encabulado.

- E lá vamos nós novamente... - Ri um pouco e peguei na mão de Hiroki, o arrastando timidamente para o centro da roda. Passei meus braços em seu pescoço enquanto ele rodeava minha cintura em seus braços fortes. - Se lembra da nossa primeira dança?

- Lembro sim, Hiro-kun. - Escondi meu rosto em seu peito, aspirando seu perfume gostoso. - Você parecia uma estátua.

- E você, um robô. - Ambos rimos divertidos. Ele afastou alguns fios de cabelo do meu rosto e beijou minha testa, aquilo foi muito fofo. - Temos que agradecer a Safira por nos juntar, foi ela fez a gente se encontrar pela primeira vez.

- Já que estamos falando naquela cacatua linda, porque não me mostra ela novamente?

- Eu adoraria mostrá-la pra você... - Olhamos para os lados e percebemos que todos estavam dançando, Hiroki aproveitou a distração e me puxou. - Venha, ela está no meu quarto.

Eu fiquei com um pouquinho de medo, não sabia se aquela voz rouca dele tinha saido com segundas intenções. Engoli em seco, e depois, o segui disfarçadamente.

Quando chegamos ao seu quarto, pude saber o quanto ele era limpo e organizado, as paredes brancas com detalhes de ouro. Ouvi um leve assobio, olhei para o lado e vi Safira cantando na gaiola.

- Parece que ela está feliz. - Sempre soube pelo meu pai que passarinhos deveriam estar soltos, mas Safira não se sentia nem um pouco incomodada. A gaiola era grande, o que fazia com que a cacatua se locomove-se para todos os lugares. - Acho que ela gosta muito de você.

- Desde de pequeno eu tenho ela. - Ele olhou para o passarinho e assobiou. - E a Nini?

- Está dormindo, eu vou te apresentar minha gatinha amanhã de manhã. - Sorri animadamente. - Espero que ninguém sinta a nossa f...

- Ah, vocês estão aí! - Minha mãe apareceu no quarto, atrás dela estava meu pai e o pai de Hiroki. - Não queremos atrapalhar vocês, nós apenas queremos comunicar que Misaki virá dormir aqui hoje.

- D-dormir aqui? - Senti minhas bochechas esquentarem e minhas mãos suando. - M-mas p-porque?

- Parece que a sua tia Miraí teve um surto, ela queria ficar em um dos quartos mais aconchegantes do castelo, eu disse que o dela iria ser muito aconchegante, mas ela não gostou... - Falou meu pai, rolando os olhos em antecipação. - Acabamos que impestando o seu quarto para ela.

- Mas ambos já estão perto de se casar mesmo, é bom que se acostumem... - Hiroki e eu nos entreolhamos, refletindo sobre o que o pai dele disse. - Agora, vamos deixar os pombinhos a sós.

O trio saiu do quarto, eu olhei pro chão perdidamente e Hiroki suspirou de leve, indo até a cama e se deitando nela.

- O que será que eles quiseram dizer com isso? Tipo, eles querem que a gente entre na parte da "lua de mel" antes de casarmos?

Não respondi. Caminhei para a cama e me deitei também, observando o rosto dele.

- O que a gente faz? - Ele mordeu os lábios e eu corei. - Não é pra pensar besteira!

- Me desculpa. - Me aconchegou em seus braços e deixou um beijo abaixo da minha orelha. Ri um pouco, me contorcendo em seu abraço. - Eu te amo, sabia?

- Eu também te amo, muito. - Nos beijamos calmamente, e eu queria que aquele momento nunca acabasse. Ele acariciava minha cintura e eu, dava beijinhos na sua mandíbula. - Hahahahaha...ain, Hiro-kun, isso faz cócegas! Hihihihi...

- Hn...Misaki... - Mordeu levemente meu lábio inferior e o soltou, fazendo um leve biquinho pra mim. - Estou tantando te seduzir, você rindo desse jeito vai me deixar confuso.

- Hihihi, é que faz cócegas... - Esfreguei meu nariz levemente em seu pescoço e ouvi uma risada gostosa do mesmo. - Viu? Não falei que fazia cócegas?

- Se a gente continuar assim, a nossa lua de mel vai virar um circo. - Rimos divertidos, até que ouvimos risadinhas do outro lado da porta. - Mas o que...

Hiroki saiu da cama e foi em direção à porta, quando abriu-a, Yamato, Hisashi, Akira e Samaki cairam para dentro do quarto.

- Que diabos vocês estão fazendo escorados na porta do meu quarto? - Os quatro se entreolharam nervosamente e olharam pra mim, como pedido de socorro. - Dou um segundo pra vocês me dizerem...o tempo acabou.

- Espera! - Akira foi o primeiro a se levantar e encarar Hiroki. - Er...hum...hã, a gente estava de guarda na porta para não deixar ninguém entrar no quarto, né gente?

- Exatamente! - Responderam em uníssono.

- Hiro-kun, pega leve com eles... - Saí da cama e sorri para os quatro. - Mesmo se eles vieram de penetra, a gente não estava fazendo nada mesmo.

- Nós íamos fazer, se não fosse esses desocupados. - Eu corei e os outros começaram a rir. - Estão rindo de quê? Alguém está sorrindo pra querer morrer?

- Não Hirokizinho, eu queria apenas descobrir aonde fica a cozinha, mas a gente já está de saída, vamos cambada. - Yamato puxou o trio, que o seguiram saindo rapidamente. Olhei nervoso para Hiroki.

- O que foi?

- V-você ia fazer mesmo que disse?

- Fazer o que? - Arqueei uma sobrancelha sarcástica pra ele. - Ah, não.

- Ata. - Ficamos em silêncio por uns segundos até que Hiroki olha perversamente pra mim - O-o que foi?

- Você queria fazer "aquilo"?

- Hiroki! - Escondi meu rosto entre as mãos. - Quer perder a memória novamente?

- Desculpa. Foi um palpite.

Ai, ai, Hiroki...


Notas Finais


Ai, ai, Hiroki...

Kissuuus de nutella com morangos 😙❤🍫🍓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...