História ❁ My Sweet Noona ❁ - Imagine Jeon JungKook. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Imagine Jungkook, Jungkook
Visualizações 130
Palavras 1.545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já deu view em:
Baby - ASTRO
Hola Hola - KARD
Yatch - Jay Park
Newton - Monsta X
Hello - Blanc7

Hum? Já foi lá?
Se não foi, vai lá depois volta aqui!

Booooooom! Eu não postei essa semana porquê eu estou sofrendo muito de dor de cabeça. O grau do meu óculos "venceu" e eu tô tendo muita dor de cabeça. Daí a omma pediu pra eu evitar mecher no celular até meu fundo de garrafa chegar.

Ya! Gostaram da capa nova? Eu gostei hihi.

Enfim, espero que gostem do capítulo e que me perdoem por qualquer erro.
Boa leitura, babys!

Capítulo 32 - Capítulo 30.


Fanfic / Fanfiction ❁ My Sweet Noona ❁ - Imagine Jeon JungKook. - Capítulo 32 - Capítulo 30.

✺ Antes ✺

Kookie pôs um filme de terror e em seguida deitou-se ao meu lado, ficamos assistindo ao filme e comendo aquelas coisinhas que o JungKookie. trouxe.

Após mais de 40min de filme, acabei adormecendo e tendo um sonho, digamos, feliz...

✺ Agora ✺

- Férias PT. 1 -

- Dias depois -

A semana logo se passou e nós entramos de férias.

Vince, quis nos levar em uma viagem e, apesar de nós insistimos para que ele nos dissesse para onde iríamos, o mesmo manteve segredo.

Apenas nos disse que iríamos para um lugar tropical.

Na noite anterior, arrumei minha mala com a ajuda de JungKook.

Jeon está diferente esses dias, o mesmo não me deixa mecher em seu celular e sempre sai do quarto quando o celular toca.

Fico pensando se Kookie está me traindo, mas não consigo acreditar nisso e coloco essa idéia de lado.

Acordo sentindo selares serem depositados em todo meu rosto. Abro os olhos lentamento, dando de cara com o JungKook sorrindo largo.

-Acorda, noona. -diz manhoso.

-Não. -viro para o lado.

-Então acho que vou nessa viagem sozinho. -ignorei. -Talvez eu arrume uma namorada e fique por lá mesmo. -abri os olhos.

-Nem pense nisso, Jeon JungKook! -falei já de pé.

-Pensei que não ia! -disse sorrindo.

-Aish! Só vou porquê quero sair de casa um pouco. -falei adentrando o banheiro.

Fiz minhas higienes e me despi, logo entrando no box e ligando o chuveiro.

Não demorou muito para que eu sentisse mãos agarrarem minha cintura.

-Posso tomar banho com você, noona? -sussurrou em meu ouvido.

-Já tá aqui mesmo, né. -respondi ouvindo sua risada.

Nós tomamos um banho demorado e "normal", apesar das mãos bobas do Kookie.

Saímos do banho e nos vestimos.

JungKook vestia uma calça jeans escura e uma blusa branca de botões junto ao seu timberland.

Já eu vestia uma blusa de moletom branca com o desenho de uma caveira e uma legging junto a um tênis de salto embutido. [Link dos looks nas notas finais]

Kookie pegou uma touca vermelha e colocou sobre seus cabelos já penteados, olhou-se no espelho e virou para mim.

-Estou pronto, vamos?

-Espera, deixa só eu pegar umas coisinhas. -disse indo em direção ao closet. -Vai vê se sua mãe e o Vince já estão prontos.

-Tá bem. -respondeu. -Já volto.

⇝ PV Hye Nam ⇜

JungKook havia dormido com a S/n, então passei a noite conversando com Vince por chamada de vídeo.

Certo que ele é meu chefe e eu não deveria ter tanta intimidade com ele, mas simplesmente aconteceu, somos grandes amigos... eu acho.

Às 4:15 AM, levantei e comecei a me arrumar. Vince estaria aqui às 5:00 AM.

Depois de tomar um banho e fazer minhas higienes, vesti uma blusa branca de botões e uma calça jeans clara com uma sapatilha preta.

Escolhi uma bolsa de lado beje e pus alguns pertences como documentos, produtos de beleza e higiene, entre outras coisas.

Enquanto terminava de me maquiar, ouvi a campanhia tocar. Terminei de passar o batom e saí em direção as escadas.

Abri a porta tendo em vista Vince-nim com um belo sorriso no rosto e um buquê com margaridas. Minhas flores favoritas.

-Bom dia! -lhe desejei dando-lhe espaço para entrar.

-Bom dia, Hye. -o mais velho entrou e ao oassar por mim, pude sentir seu forte cheiro. Fechei os olhos e inspirei aquela maravilha. -Trouxe isso para você. -me estendeu as flores.

-Obrigada, mas não precisava. -peguei as mesmas e inspirei seu perfume. -Fique a vontade, só estou terminando de arrumar algumas coisinhas.

-Tudo bem. -sorriu.

Fui até a cozinha e coloquei as flores em um vazo com água e as deixei perto da janela para que não murchassem.

Subi novamente e prendi uma parte de meus cabelos, deixando o resto solto.

Passei perfume e conferi se estava tudo nos conformes.

Desci as escadas, mais uma vez, e encontrei Vince assistindo tv.

-Estou pronta, só vou chamar as crianças. -falei.

-Desculpe lhe corrigir, Hye, mas... Não são mais crianças. -disse.

-Pra mim sempre serão, principalmente meu bebê. -respondi.

-Aish! -riu. -Senta aqui, ainda temos tempo. -informou após olhar seu relógio.

Caminhei até o sofá e sentei.

O cheiro de Vince estava empreguinado em minhas narinas, não sentia cheiro algum além do seu.

-Você está linda. -falou me tirando de meus desvaneios.

-Hm? Ah! Obrigada. -respondi sem jeito.

-Está corada. -o mesmo riu de mim.

-Não estou. -disse pondo as mãos nas bochechas.

-Claro que está. -insistiu.

Vince se aproximou e retirou as mãos de minhas bochechas. O mesmo me olhava fundo nos olhos e aquilo me hipnotizava.

Percebi quando Vince aproximou nossos rosto um pouco mais, fazendo com que eu conseguisse sentir sua respiração em meu rosto.

Sua mão subiu ao meu pescoço, fechei os olhos instintivamente.

Não demorou muito para que eu sentisse seus lábios tocarem os meus.

Ele moveu os lábios lentamente, deixando seu lábio superior entre os meus. Vince deu uma rápida chupada em meu lábio inferior e seprarou-se de mim.

Abri os olhos e ele me olhava fixamente. O mesmo sorriu e selou nossos lábios novamente, desta vez em um beijo de verdade.

Levei minha mão a curvatura de seu braço e a deixei ali, apenas queria aproveitar aquele beijo. Sentir o gosto da boca dele.

Admito que sinto algo pelo Vince, mas tenho medo que ele faça o mesmo que o pai do JungKookie fez... Tenho medo de ser traída de novo.

Você passa a não confiar mais nas pessoas.

Eu realmente tenho dúvidas e medos quanto a isso.

⇝ PV JungKook ⇜

Abri a porta de casa e adentrei. Quando cheguei na sala, encontrei a omma aos beijos no sofá com Vince.

Não vou mentir, senti o ciúmes corroer meu corpo. Mas os deixei ali e subi as escadas.

Queria que a omma se relacionasse de novo, mas não quero que ela sofra de novo. Sei o quanto foi difícil pra ela quando soube que o appa a traía, não só pra ela como pra mim também.

Só quero que a omma seja feliz, ela é e sempre foi meu tudo.

Ao chegar no quarto, peguei uma mochila que estava algumas de minhas coisas e pus nas costas. Também peguei minha mala (pequena) e voltei novamente ao corredor.

Desci as escadas e fui a sala encontrando os pombinhos conversando. Seus rostos ainda estavam bem próximos e o hyung fazia carinho no rosto da omma.

Me aproximei um pouco e fingi coçar a garganta, atraindo a atenção de ambos.

-Estão prontos? -pergunto. -Bom dia, hyung.

-Bom dia, dongsaeng. -respondeu sorrindo. Podia perceber a felicidade no olhar e voz dele. -Sim, nós estamos. -levantou sendo acompanhado pela omma. -Onde está S/n?

-Está em casa, vou chamar ela. -assim que virei, vi a S/a parando no vão da sala. -Ah, não! Ela já está aqui.

-Bom dia, ajusshi! -sorriu. -Bom dia, ajumma!

-Bom dia, querida. -respondeu omma.

-Bom dia, S/n. -o hyung respondeu. -Então, vamos?

-Sim! -todos concordamos.

Saímos de casa e colocamos as coisas no carro.

De lá, podemos vê os pais da S/n na porta nos desejando boa viagem. Acenamos para eles e adentramos o carro.

-Coloquem os cintos, crianças. -ordenou a omma.

-Ya! Omma, nós não somos mais crianças.

-Foi o que eu disse a ela, mas ela não quer aceitar esse fato. -hyung.

-Dongsaeng, entenda, para nossos pais sempre seremos crianças. -disse a noona, rindo.

-Isso mesmo! Vocês vão vê quando tiverem filhos. -omma.

O hyung deu partida no carro e seguiu caminho para o aeroporto.

(...)

⇝ PV Hye Nam ⇜

Ao chegarmos no aeroporto, Vince-nim estacionou o carro e nós descemos.

Pegamos nossas coisas no porta-malas e conferimos se havíamos trazido tudo, mais uma vez.

Após isso, começamos a andar até a entrada do aeroporto.

Andava distraída, pensando naquele beijo. Fui tirada de meus devaneios mais uma vez por Vince.

O mesmo havia pego em minha mão e entrelaçado nossos dedos.

Admito que minhas bochechas ruborizaram e meu coração acelerou.

Fiz o possível para esconder aqueles sentimentos e continuei andando.

⇝ PV S/n ⇜

Olhei para o lado e acabei parando os olhos nas mãos entrelaçadas da ajumma e do ajusshi. Sorri boba e catuquei o Kookie.

-Ya! Grandão. -ele me olhou. -Olha para o lado. -Kookie olhou e olhou de volta para mim.

-Isso porquê você não os viu aos beijos no sofá. -disse ciumento.

-Aaish! -sorri largo. -Acho que vai ganhar um padrasto!

-Hum... Tanto faz. -respondeu.

-Hey, deveria está feliz por sua mãe. -falei com o cenho franzido.

-E estou só...

-Está com ciúmes. -ele assentiu positivamente com a cabeça.

-É isso mesmo. -falou cabisbaixo. -Não quero que ela passe por tudo aquilo novamente, sabe?

-Sim, meu amor, eu sei. -acariciei seu rosto. -Mas precisa dá uma chance. O ajusshi não tem cara de que faz esse tipo de coisa... Se bem que não devemos jugar um livro pela capa, mas... -fiz uma pausa. -O que estou tentando dizer é que dá pra perceber no olhar dele que ele está feliz. Kookie, se ele realmente a ama, ele não vai trair ela.

⇝ PV JungKook ⇜

Quando a noona disse aquilo, senti uma pontada no coração.

Eu traí ela, não traí? Apesar de não ter sido proposital, eu traí e não lhe contei.

E pra piorar a situação, contínuo mantendo contato com a Hyerin.

Não que eu tenha ficado com ela ou pense em ficar com ela, só quero ajudá-la com os problemas que a mesma diz ter.

Fechei os olhos e resolvi contar tudo a noona.

Abri a boca, mas antes que alguma palavra saísse, ouvi o hyung nos chamar.

-Vem, amor. -ela saiu me puxando pela mão até onde o hyung e a omma estavam.

-Aqui estão as passagens de vocês. -nos estendeu as mesmas. -Agora poderão saber para onde iremos.

A noona e eu abrimos o envelope com as passagens. Arregalamos os olhos quando soubemos para onde iríamos.

-Bahamas!

《...》


Notas Finais


Então, espero de coração que tenham gostado e que me perdoem por pela demora.

Ah! Amanhã saí capítulo de The Bet! ;3

Até mais, amores! XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...