História |• Plus (Taeyoonseok) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 16
Palavras 655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - |• One


Hoseok constantemente se sentia observado. Ele ia para os cantos da escola, querendo parar com essa estranha sensação. Seus amigos o chamavam de loucos.

Mas, o que ele poderia fazer? Mal sabia ele que uma pessoa naquela enorme escola sabia tanto sobre ele quanto ele mesmo. Pelo menos achava que sabia. Jung Hoseok era bem mais do que até mesmo Tae, que as vezes até sem perceber se pegava observado o garoto imaginária.

Tae também era uma pessoa complicada. Não possuía um passado obscuro como algumas pessoas dessa tão complicada história. Ele era apenas um adolescente normal. Mas, não podia compreender seus sentimentos sobre o mais velho. Ele apenas não podia gostar de um garoto. Ele lutava com isso com todas as suas forças, mas todas as suas defesas iam ao chão ao ver Hoseok fazendo qualquer coisa.

O garoto não conseguia parar de observa-lo. Isso tinha se tornado um hábito tão grande que virou um vício. Ele o fazia sem perceber, e conhecia tão bem os atos do garoto que ele mesmo se assustava.

Tae nunca foi uma pessoa tímida. Ele sempre falou com quem quisesse, sem nenhum meno de falar. "São apenas palavras, as escolha direito e tudo ficará bem" esse era o seu dilema. Mas, ele simplesmente não podia se aproximar de Hoseok. Ele negava esse motivo tão óbvio, mas todos os seus amigos mais próximos (Que incrivelmente não eram muitos) sabiam que o motivo da não aproximação do garoto quando "seu amado" era puro medo. Medo de que? Medo de várias coisas.

Medo de descobrir coisas que não queria.

Medo de falar o que não devia.

Medo do garoto não gostar dele.

E principalmente

Medo de se apaixonar.

Mas, como nada na vida é como quer, agora as coisas ficam mais complicadas, caros leitores.

Agora é aquele ponto que você deveria parar de ler. Se você não gosta de decepções, ou é o tipo de pessoa que chora muito fácil, pare agora.

Agora vamos entrar em uma parte diferente.

Vamos falar sobre Min Yoongi.

O novato sabia apenas uma coisa sobre aquela enorme escola.

Ele NÃO podia se meter em encrencas.

Ele havia sido expulso de sua antiga escola, e sua tia não estava muito contente. Não o leve a mal, ele não é uma pessoa que se mete em brigas. Pelo contrário, ele é uma pessoa adorável que não faria mal a uma mosca.

Ele só tem um problema. Ele é mais azarado do que tudo. Ele sempre acaba no lugar errado e na hora errada, e por isso acaba de metendo em coisas que nem sabia que existiam. Pois, seja lá o porquê disso, isso teria que parar.

Ele não podia decepcionar mais sua tia. Então, nesse momento tudo o que ele queria era chegar rapidamente em sua sala de aula, sem interrupções.

Ah, mas se ele acha que não irá se meter em confusões, ele está mais iludido que o pobre do nosso V.

Então, continuemos essa história que ainda fará você querer se jogar de pontes, chorar, rir muito.

Última chance, saia agora ou fique preso para sempre.

Continua aqui? Pois bem, continuemos. Min Yoongi estava a caminho da secretaria da enorme escola, o que não foi difícil de encontrar, devido a enorme placa escrito "portaria por aqui" logo na entrada. Mas, o destino é cruel, então ele esbarra em ninguém mais ninguém menos que? Kim TaeHyung.

O que o menino fazia na portaria? Ah, se a sua resposta foi "Ele estava perseguindo Jung Hoseok", você está completamente certo, caro leitor.

Hoseok estava na secretaria resolvendo algo sobre a sua bolsa de estudos (Sim, o garoto era bolsista, mas, voltaremos nesse assunto alguns capítulos para frente), e Tae, curioso do jeito que só ele sabe ser, acabou ir ver o que o menino iria fazer em um lugar tão desabitado por estudantes.

Tae apenas murmurou um pedido de desculpas para o menino, pegou suas coisas correndo no chão e saiu correndo. Ele não poderia perder Hoseok de vista.

Mas, TaeHyung não é o único curioso dessa história.

"Quem é aquele garoto?"

~ Capítulo um encerrado



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...