História • Someone else • satzu • - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Sana, Tzuyu
Tags Satzu
Visualizações 170
Palavras 470
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura xuxus!
Vejo vocês nos comentários.

Capítulo 7 - • Signal •


Fanfic / Fanfiction • Someone else • satzu • - Capítulo 7 - • Signal •



Continuação...



O pai de Tzuyu nos encarava.


E  não parecia estar nem um pouco feliz com a situação.


Um calor subiu pelo meu corpo. 


Tzuyu estava completamente paralisada.


Meus dedos deslizaram pela cama e desci rapidamente dela.


Tzuyu fazia o mesmo.


Logo ele estava dentro daquele quarto. 


Seu rosto transmitia raiva, e aquele silêncio era gritante e perturbador.


"Onde já se viu? 


Duas crianças aos beijos em minha própria casa? "


Ele dizia. 


"Foi isso que eu e sua mãe lhe ensinara, Chou Tzuyu? 


E você, Minatozaki Sana, levando minha filha ao mal caminho?"


E então, fui posta pra fora.


O frio congelava minhas lágrimas. 


Mal conseguia discar no celular o número dos meus pais. 


Quando minha mãe chegara, perguntava o motivo de tanto choro.


Eu não conseguia falar.


Precisava ir embora.  


E chorar até que as lágrimas se secassem por completo. 




Ela faltava nas aulas.


Não via mais aquela garota de cabelos lisos e sorriso bonito na classe.


Todos me perguntavam dela.


A minha melhor amiga.


Você sabe dela?


Ela não te conta por que falta?


Ela mudou de escola?


Ela mudou de cidade?



Ela não atendia minhas ligações.


Deixe uma mensagem.


Caixa postal.


Esse número não existe mais.



Ela não estava na casa dela.


E eu não me atrevia ir lá.


Vocês brigaram?


Você não é mais amiga dela?



Ela.


Sempre ela.


A cada segundo, a cada letra no caderno, a cada som, a cada fala. 


Eram tudo dela.


Os pensamentos, as lágrimas, os por quês.


Eram sempre ela. 


Eu tentava por um segundo esquecer aquele bendito nome. 


Tentava a todo custo saber por quê ela me abandonara.


Ela não gostava mais de mim? 




Dayhun, uma de minhas amigas.


Se tornara mais presente em minha vida.


Chegava a ser substituta de Tzuyu.


Ela me fazia esquecê-lá.


Mas ninguém conseguiria um dia tirá-lá do meu coração.




Formatura do ensino médio



O ano tinha acabado.


Estávamos finalmente formados. 


Aquele seria um dia alegre.


Se não fosse por aquele nome que assombrava minha mente.


Onde ela estaria? 


Onde Tzuyu estava? 


Ela moraria pra sempre em apenas minhas lembranças? 


Sete horas da noite


Já tínhamos recebido nossos certificados. 


O baile finalmente começara. 


Lá estava eu.


Fingindo estar me divertindo.


Algumas garotas se aproximavam de mim.


Mas eu não queria beijar nenhum outro lábio que não fosse os dela. 


Os da minha lembrança. 


A bebida era liberada.


Havia resolvido beber para esquecer a tristeza.


Nunca havia bebido nada antes.


Virava vários copos ao mesmo tempo.


Depois de vários copos minha cabeça girava.


Meu estômago embrulhava. 


Pensei ter avistado alguém em meio a multidão de formandos.


Os pensamentos vieram rapidamente sobre aquela pessoa.


Meus olhos estavam embaçados. 


E o desespero tomou conta de mim quando aquela pessoa sumira.


Tzuyu. 


Eu preciso achar Tzuyu.


Empurrava as pessoas.


Gritava pelo seu nome.


Todos pensavam que eu estava louca.


Mas eu sabia que era ela.


Eu sabia que a garota por quem eu era apaixonada estava ali. 


Quando pensei em desistir. 


Uma menina entrara em minha frente.


E mesmo de costas.


Eu sabia seu nome.


Conhecia seus medos.


E sabia de cor todos os desenhos animados que ela amava.


E eu sabia.


Aquela garota era Tzuyu.


Aquela garota era a minha Tzuyu.




Continua...








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...