História - Text Me, Daddy (Short Fic) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Daddy, Lauren Camila, Short Fic, Texting
Exibições 1.035
Palavras 880
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, FemmeSlash, Festa, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nada a comentar, só ouçam off to the races enquanto lêem, boa leitura.

Capítulo 9 - - Sou sua pequena promiscua


Fanfic / Fanfiction - Text Me, Daddy (Short Fic) - Capítulo 9 - - Sou sua pequena promiscua

Camila POV


Olhei meu vestido com certo nervosismo no espelho do salão, eu estava tão..diferente, talvez.

Rodei o vestido em minhas mãos, sorrindo igual boba, mesmo triste por dentro, era meu aniversário e eu merecia aproveitar.

Mas como iria conseguir se Lauren estaria lá? provavelmente com Cassie, que a convidou para ser seu par, e ela ser tão insuportavelmente parecida comigo me dava nos nervos.

Fui até meu pai sorrindo tanto que minhas bochechas doiam

- Como eu estou? - Dei uma giradinha e ele sorriu

- Maravilhosa, como eu estou velho - Riu e me estendeu um papel - Filha, preciso que assine isso, é uma emancipação. 

- Emancipação? - Perguntei embasbacada e ele assentiu

- Não posso te passar meus lucros na empresa se você não for emanicipada ou maior de idade, e você não anda aprontando ultimamente, eu confio em você. 

Sorri fraco, eu vivia pedindo uma emancipação para meu pai e ele nunca me dava por me achar irresponsável, aquele gesto de confiança dele me fez muito feliz, assinei rapidamente em baixo da assinatura dele e liguei o som, tocava uma musica animada e eu peguei um drink no balcao, dançando animadamente e dando oi a todos os convidados chegando

Logo, ela chegou, Cassie estava em seu lado segurando seu braço, ela falava algo que Lauren parecia nem ouvir, simplesmente sorria enquanto ela falava

Estendi meu copo de drink na direção dela como um cumprimento e ela sorriu indo até mim.

- Cade seu par? - Sussurou pedindo um whisky

- Shawn deve estar vindo, por que não vai lá com a sua?

- Eu estou indo, só vim desejar Parabéns a aniversariante - Piscou antes de sair e eu bufei irritada

Logo quando Shawn chegou, me agarrei a ele, dançando canção após canção ao seu lado

A fumaça do salão não me permitia ver mais ninguém além de nos dois e aquilo estava me dando nos nervos

- Então, seu aniversário hein? - O garoto disse e eu sorri assentindo - O que eu posso te dar de presente?

- E.. - Comecei, prestes a falar "me beije"

E então começou outra música, eu a reconheci, a batida era lenta "Off to the races" da Lana del Rey.

Deixei que Shawn segurasse minha cintura para dançarmos aquela música, mas a letra não me ajudava a tirar Lauren da cabeça.


Swimming pool glimmering, darling

White bikini off with my red nail polish

Watch me in the swimming pool

Bright blue ripples, you

Sitting sipping on your black cristal, yeah


(Piscina brilhando, querida

Tiro o meu biquíni branco, usando o meu esmalte vermelho

Me veja na piscina

Ondinhas azuis brilhantes, você

Sentando e bebericando o seu Cristal negro, sim)


Eu precisava me livrar daquele encosto.

Sorri, tirando as mãos dele de minha cintura e procurando Lauren em meio a fumaça do Local,caminhava sem rumo, esbarrando em todo mundo sem a encontrar.


Light of my life, fire of my loins

Be a good baby, do what I want

Light of my life, fire of my loins

Gimme them gold coins, gimme them coins


And I'm off to the races

Cases of Bacardi chasers

Chasin' me all over town

Cause he knows I'm wasted

Facing time again on Rikers Island

And I won't get out


(Luz da minha vida, fogo dos meus quadris

Seja uma boa criança, faça o que eu quiser

Luz da minha vida, fogo dos meus quadris

Me dê aquelas moedas de ouro, me dê aquelas moedas


E é hora de pôr a mão na massa

Engradados de Bacardi para acompanhar

Me seguindo por toda a cidade

Porque ela sabe que eu estou chapada

Cumprindo pena de novo em Rikers Island

E eu não vou sair)


então achei, notei que estava sem Cassie.

Ela também me procurava, ela também se lembrou de mim.

Corri até ela e ela sorriu fraco, envolvendo meus quadris com as mãos, deitei minha cabeça em seu ombro enquanto balançavamos no ritmo da música, da nossa música.

Eu sabia que não deveria estar ali depois do que ela me fez, mas a verdade é essa.

Desde que conheci Lauren, eu não queria mais ninguém 

- Because I'm crazy, baby, I need you to come here and save me, I'm your little scarlet, starlet. Singing in the garden (Porque sou louca, meu bem. Preciso que você venha aqui e me salve, sou a sua pequena promíscua, estrelinha, Cantando no jardim) - Cantei em seu ouvido e ela fechou os olhos para admirar minha voz, segurei os dois lados de seu rosto para ela abrir os olhos e olhar para mim - Kiss me on my open mouth, Ready for you. (Me beije em minha boca aberta, pronta para você)

Como alguém que entendeu, Lauren praguejou um palavrão antes de juntar os lábios com os meus num beijo calmo.

Me senti num paraiso particular com Lauren, mesmo sabendo que provavelmente meu pai e todos os outros estavam ali, olhando chocados.

Eu não ligava pra absolutamente nada, tudo poderia ser concertado depois, Nesse momento, Lauren era minha e eu era dela.


(A minha mulher é uma mulher durona

Mas tem uma alma tão doce quanto geleia vermelho-sangue

E ela me mostra, ela me conhece

Cada centímetro da minha alma negra como piche

Ela não se importa que eu tenha uma vida destruída e decadente

Na verdade, ela diz que acha que seja isso que ela deve gostar em mim

Ela me admira, o jeito que sou, uma errante


Gosta de me ver na sala de vidro

No banheiro, Chateau Marmont

Pondo o meu vestido vermelho, passando a minha maquiagem

Sala de vidro, perfume, conhaque, fumaça lilás

Disse que isso é como o paraíso para ela)


Notas Finais


Melhor capítulo que eu escrevi até agora ♥
Muito fofinho, não? *-*
(Algumas partes da música foram alteradas pra fazer sentido)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...