História "The pain brought us Together" - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki
Tags Drama, Hentai, Hinata Hyuuga, Konohana, Kyabi, Naruhina, Narusaku, Revolução Sasuhina, Rockten, Saino, Sasuhina, Sasukarin, Sasuke Uchiha, Sasusaku, Shikatema, Shinohana, Shoujo, Suika, Tencee
Exibições 214
Palavras 6.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OI MINHAS VIDINHASSSSS!!!!!💖💖💖

Que saudades de todos vcs!💖😍

Gente, primeiramente eu gostaria de pedir perdão pela minha demora. Eu sei que há muitas pessoas querendo me matar, mas literalmente,passei por um mar de desgraças!

Meu telefone estragou,minha mãe trocou de empresa de internet, Quarto bimestre matando, eu doente…Enfim, NÃO TAVA FÁCIL!😭

Mas,eu fiz de tudo para não desistir da fic é com muito esforço,escrevi esse capítulo para todos vcs!

E bom, gostaria de dedicar esse capítulo a um anjo muito especial para mim. A ~Asunachanuchira.

Essa luz de pessoa e atual irmãzinha sempre me ajudou e me deu força para continuar.Com seus comentários malucos e suas cobranças necessárias,ela sempre me fez prosseguir.

Ela é especial. Doce e maluca, complicada e perfeita e acima de tudo,ela é ela. Por isso é que ela é tão especial. Por causa do seu jeito único.

Ela é uma daquelas pessoas que você ama com toda a força,mesmo não a conhecendo. E um dos maiores orgulhos da minha vida, foi ter a honra de chamar esse anjo de Nee-chan.

Então Nee-chan, esse capítulo é pra você.

Obrigada por não desistir de mim. Ashiteru.

E também muito obrigado aos outros leitores do meu kokoro que eu também amo mais que tudo!💖😍

Vcs são o melhor presente do meu mundo!😍

Amo todos vcs!💖

Bem,espero que gostem do capítulo e que comentem!

Quero muitos comentários!😊😊😊

E novos favoritos também!😍

Boa leitura meus anjos!😉😊

Bjs de Oreo!😘😍
Dodo Hyuuga!😄😊

Capítulo 9 - Sobre Olhares, Sorrisos e Condições.


Fanfic / Fanfiction "The pain brought us Together" - Capítulo 9 - Sobre Olhares, Sorrisos e Condições.

Fechou os olhos feliz pois tinha certeza que essa noite ele dormiria sem pesadelos.

-Eu também não me imagino mais sem você por perto Hinata.

----****----

Pela cabeça da Hyuuga passava milhões de coisas.Coisas,algumas importantes e outras nem tanto.Mas a mais gritante com certeza era:COMO HAVIA ACORDADO DO LADO DE SASUKE UCHIHA!

Pronto.Mais confuso que isso era impossível sua vida ficar!

Naquela manhã o susto e a vergonha dominaram seu corpo de um forma desesperadora. Não se lembrava muito bem havia ficado tão perto do Uchiha.Ou melhor,sabia…Ah!Como ela sabia!

Mas…vamos apenas esquecer.

Ao se levantar,ficou admirada ao contemplar Sasuke dormindo.Ele continuava tão intimidador como antes.Com aquele ar misterioso que só ele possuía,mas também,ele havia ficado tão fofinho!

Anotou em seu diário mental: Sasuke Uchiha é uma criatura totalmente Kawaii quando não está de olhos abertos!

Tudo depois foi muito rápido.Ela Arrumou a cozinha e a sala,deixou um café da manhã preparado para quando Sasuke acordasse,trocou de roupa(pois as suas já haviam ficado secas)e escreveu um bilhete para Sasuke agradecendo por tudo.

Pois ela só podia fazer isso para retribuir tudo que Sasuke faz para si.Apenas dizer um mero Obrigado.

E então após terminar o bilhete foi embora.

Engraçado,ao invés de se sentir aliviada ela apenas sentia…saudade?

A questão era: Saudade de que exatamente?

Depois de um tempo caminhando em linha reta percebeu que já estava se aproximando do centro de Konoha, e realmente não sabia se ficava feliz ou não.

Novamente,era alvo de vários tipos de olhares e sinceramente,ela não estava mais incomodada.Que falassem o que quisessem, não teriam um coração pra quebrar.Afinal,o dela já se semelhava ao pó.

-Hyuuga Hinata? - Uma voz soou atrás de si.Direcionou o olhar para aonde a voz vinha dando de cara com um ambu.A máscara do mesmo se semelhava muito a um coelho e o ninja era uns 20cm maior do que si.A perolada no entanto,apenas o olhava confusa.“O que ele quer?!"_pensava.

-Sim,sou eu.-respondeu,ainda esperando uma explicação.

-O Hokage substituto deseja a ver em sua sala imediatamente.- Anuncia o ambu e logo após desaparece.

Hinata não movia um músculo sequer.A boca aberta e os olhos arregalados demostravam perfeitamente o pavor que dominava seu corpo.

O que Naruto queria?

Não sabia o que fazer.Desde a última vez que viu Naruto,aparentemente as coisas não ficaram muito boas entre os dois.Pelo menos não dá parte dele.

Ela podia simplesmente não ir.

Mas tinha uma coisa muito maior envolvida ali:A sua a vida.

Enquanto não resolvesse tudo o que tinha para resolver com Naruto,ela simplesmente não conseguiria viver.Ficaria sempre batendo na mesma tecla e sua vida simplesmente viraria um ciclo. Um ciclo no qual Naruto girava a roda.

E, ela não queria isso para si.

Em passos rápidos foi em direção ao escritório do Hokage.Em sua mente havia apenas a frase: É agora ou nunca.Ela iria resolver isso sozinha,daria um ponto final em tudo aquilo e principalmente,ela daria orgulho a Sasuke.

Dessa vez,pelo menos dessa vez,ela não acabaria correndo até ele.Pelo menos,não chorando.

Corou com aquele pensamento. Não que ela tivesse outro motivo para querer voltar para Sasuke.É…complicado!

Algum tempo depois já se encontrava em frente ao grande edifício do Hokage.A insegurança embora oculta,estava lá.E era isso que ela mais temia: Parecer fraca na frente de Naruto.

Subiu até o último andar um pouco retraída até que sem perceber já estava batendo na porta do escritório do Uzumaki.

Um “Entre" abafado foi ouvido e foi isso que Hinata fez.Ela entrou para o desconhecido.

Focou o olhar até a figura atrás da mesa de escritório e se assustou ao ver como ele estava acabado.Naruto embora exibisse um sorriso vitorioso,ele estava longe de parecer estar bem.

Ele estava magro e com olheiras profundas.Seu cabelo estava crescendo de uma maneira desregular e o brilho das íris azuladas que tanto a Hyuuga já admirou não estava mais ali.Havia apenas um tom de azul descrente e ambicioso.

Ela não sabia no que ele estava se transformando.

-Ohayo Hina-Chan!Como vai?Estava preocupado com você.-fala o loiro a despertando de seus pensamentos.

"Cínico"_pensou Hinata.

A azulada pensou em ser ignorante e dizer um:“Pelo visto,bem melhor que você" mas isso seria muito cruel,e não era do feitio dela ser cruel.O máximo que podia fazer era jogar o mesmo jogo que o Uzumaki.

Então,com um sorriso forçado pronunciou:

-Ohayo Naruto-kun. Eu estou ótima. E você?

O Uzumaki solta uma alta gargalhada.Ela achava mesmo que estava conseguindo o enganar com aquela interpretação de meia tigela?

-Bom Hinata-chan,eu serei bem direto com você.Em uma missão de patrulha, o esquadrão Ambu acabou e encontrando uma mulher e seu filho fugindo e buscando abrigo aqui em Konoha.-Ele fez uma pausa.-Tanto a mulher quanto o menino foram vítimas de agressão e ao que tudo indica,foi o próprio marido o autor de tamanha violência.

A Hyuuga estava chocada com o que estava ouvindo.

-A mulher está bem?E a criança? Há algo que eu possa fazer para ajudar?-Dispara a perolada.Embora seu relacionamento com Naruto não esteja nada bem, não se negaria a ajudar alguém que precisasse da sua ajuda.Nunca faria isso.

Naruto por sua vez sorria por dentro. Descobriu que a maior qualidade de Hinata era uma de suas maiores fraquezas: O altruísmo.

Ela sempre,sempre,coloca a necessidade de outras pessoas acima das suas.

-Bom Hinata, há algo sim.- Pegou o envelope que estava em um canto da mesa e sorrindo abertamente o entregou para Hinata.-Você só precisa assinar.

A perolada franze o cenho ao receber aquele papel.Algo no sorriso de Naruto incomodava.Devagar abri o envelope e se pôs a ler o conteúdo do papel.

O que foi o suficiente para o ar sumir de seus pulmões.

- VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO!-grita a azulada jogando o papel no rosto do Uzumaki.- VOCÊ NÃO TEM ESSE DIREITO!

O sorriso do loiro não abandonou sua face.

-Posso sim e vou.-responde.-Hinata você ainda não percebeu?Quem manda nesse jogo sou eu e…-Explica o Uzumaki mas foi interrompido pela a porta que foi bruscamente aberta por uma loira neurótica e uma morena furiosa.

-O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO NARUTO?!QUER MORRER MAIS CEDO SEU EXU DOS INFERNOS?!!-Berra Ino ao entrar no escritório e ver a perolada mais pálida que o comum.A Yamanaka jurou para si mesma que se o loiro ousou tocar em um fio de cabelo de Hinata,acabaria de vez com a raça daquele bastardo!

A Mitsashi por sua vez,amparou Hinata que permanecia em estado de choque. O desespero que as orbes peroladas expressavam era agonizante para Tenten.

-Fala agora Naruto o que você fez com ela?! Foi por isso que nós chamou aqui?!Pra servir de platéia pro seu showzinho diabólico!ANDA SEU IMBECIL RESPONDE!!!- A Mitsashi já estava irritada com aquele sorriso cínico que Naruto exibia.

-Lie. O motivo de vocês estarem aqui é outro.Mas se vocês quiserem saber o porquê dela está assim…

O Uzumaki apenas estende o envelope que a pouco foi jogado em si para a achocolatada.

Ino que estava encarando Naruto com um olhar mortal,direciona o olhar para Tenten em busca de respostas.

A Mitsashi pisca fortemente os olhos e em seguida encara o Uzumaki confusa:

-I-isso é a escritura da Zoninha?O que ela está fazendo no nome de Myabi Sonã se a casa é da Hina?QUE PALHAÇADA É ESSA NARUTO?!

Ino que estava alheia ao assunto logo se pronunciou:

-Ei ei ei!Tempo ok?!Que história é essa de Casa de Hina que eu não tô sabendo?!-pergunta.

A Mitsashi suspira. Aquilo era uma longa história.

-Um resumo básico pra você Porquinha:Quando era pequena a Hina a achou um barraco fudido no meio do nada,mais daí ela viu umas florzinha lá e decidiu que queria a casa. Daí ela conseguiu a casa e com a ajuda no Neji ela reformou tudo e eu dei o apelido de Zoninha.Entendeu?-A Yamanaka assentiu.-Agora eu quero saber o porquê você fez isso.Se você tá achando que por causa disso a Hina irá voltar para você, você tá muito iludido meu querido!-Ri debochada para o Uzumaki.

A Hyuuga que estava em um estado emocional bastante crítico olhou para Naruto.Olhou para ele com raiva e os seus olhos Byakugan ativos.

Naruto podia fazer o que quisesse com ela.Podia a trair,a xingar,a agredir,fazer fofoca com o seu nome,mas o que Hinata não iria suportar era que ele tirasse seu elo mais forte com seu primo Neji. Não permitiria que ele tirasse dela o único lugar que era só dela no mundo.

-Por que você quer tanto essa casa seu desgraçado?!Eu nem estou morando lá!Por que você tem esse desejo doentio de me machucar?!QUAL É O SEU PLANO DESGRAÇADO!FALA DE UMA VEZ!- Intima Hinata dando um tapa na mesa e a fazendo uma grande rachadura na mesma.

O loiro novamente gargalha alto e as encara debochadamente.Em um ato irônico estende as duas mãos, insinuando uma rendição.

-Ok. Vocês me pegaram.Bom, é tudo muito simples,a forma mais rápida de fazer a Hinata voltar a morar comigo e tirar vocês da jogada, então…Foi super simples.-explica Naruto.

-O que elas tem haver com isso?!Essa situação é entre eu e você!-Questiona a azulada.

-Você ainda não entendeu Hina-Chan?Bom,a senhorita Ino e seu namorado entrarão em Missão daqui a uma hora certo?

Ino cruza os braços e o encara:

-Hai. Mas só porque eu já havia pegado essa missão a muito tempo atrás.Ficarei dois meses fora e o Sai como meu companheiro de equipe vai comigo.Mas o que isso tem haver?!

O loiro ergue a sobrancelha.

-Ok, Então, Yamanaka Ino está fora da jogada.Agora,a Tema-chan está em sua vila e ficará lá até sua transferência para Konoha ser aprovada pelo conselho, então Sabaku no Temari está em off. E por último…Você.-Aponta o dedo para Tenten- Já deveria estar arrumando suas coisas não?

A Mitsashi franze o cenho

-Como assim? Arrumando minhas coisas pra que?-Pergunta.Aquela situação estava começa a lhe irritar.

-Oh você não sabe ainda?!-finge surpresa- Que péssimo Namorado você tem hein?!

-Garanto que bem melhor do que você ele é!-Rebate a Achocolatada.

O Uzumaki ergue uma de suas sombrancelhas.Agora as coisas ficariam interessantes.

- Eu não teria tanta certeza.-Afirma o loiro pegando outro envelope e a entregando.

Tenten abre o envelope de papel pardo bruscamente afim de saber sobre o que Naruto estava falando.Lia cada frase se indignando cada vez mais com o conteúdo do papel.E por fim,a facada final.Com uma letra gigante e uma margem imitando labaredas,estava escrito o nome de quem ela nunca imaginou que pudesse fazer isso consigo.Logo ele que sabia o quão importante tudo aquilo era para ela.

Podia se ler o nome Rock Lee.

Uma lágrima solitária desceu de seus olhos castanhos.

- Entende agora Ten-chan?Se eu fosse você começava a fazer as malas!-Provoca Naruto.

-Como assim malas?!O que houve Tenten?!!-Indaga Ino.Ela já deveria ter ido encontrar Sai mais não sairia de perto de suas amigas até aquela situação ser resolvida.

Hinata olha para Tenten.Estava preocupada com a amiga.

Tenten suspira e encara suas amigas com as expressão melancólica começa a falar:

-O-o Rock Lee aceitou uma missão de remanejamento em nome da nossa dubla Ambu.O que significa que não somos mais ninjas de Konoha e sim do país do raio.-Ela olha para Hinata com o olhar penoso e prossegue.- Então a casa que eu moro,que eu lutei tanto para conseguir,ela…ela não é mais minha. É uma propriedade de Konoha e vai ser leiloada assim que eu sair daqui.Ou Seja,daqui a duas Horas.-Suspira.-E eu não posso recusar essa missão ou perco minha licença Ambu.

Hinata olha horrorizada para Naruto que apenas diz:

-Dessa vez eu não tive nada a ver com isso.

Ninguém disse nada,pois sabia que Naruto estava certo. Não foi ele que assinou o documento.

-Etto…Hina-chan, você vai assinar o papel agora e voltar para mim ou prefere morar na rua?-O Loiro questiona.Ele havia ganhado aquele jogo.

A perolada olhou para suas amigas que a fitavam apreensivas. Ninguém sabia a atitude que Hinata iria tomar naquele momento.

-Onde é que eu assino?-A voz melodiosa da Hyuuga é ouvida e a Yamanaka e a Mitsashi ficam sem ação."O que ela vai fazer"_pensavam as duas.

Naruto a entrega para ela uma caneta e aponta na direção de um pequeno "x" na própria escritura da casa.

-Aqui.

Quando terminou de assinar o documento,olhou para suas amigas numa tentativa de as acalmar um pouco.As ofereceu um sorriso mínimo e depois encarou o Uzumaki.E o seu sorriso cresceu.

- Já acabou? Já posso ir embora Naruto-kun?-pergunta.

Pela primeira vez,o sorriso que estava no rosto de Naruto desapareceu completamente.

-Como assim? Hinata você percebeu que não tem pra onde ir?-O loiro Indaga. Não entendia o porquê dela estar sorrindo.

A Hyuuga suspira.

-Você tem razão Naruto,eu não tenho pra onde ir,mas nem por isso eu vou correr para o seu lado.Nem por isso eu vou voltar pra você.Eu não preciso de você!-Diz a perolada espantando todos com suas palavras.-Olha pra você!Olha para o monstro que você se transformou! Você achou que tirando minhas amigas e minha casa faria eu ficar com você?! Saiba que eu nunca quis tanta distância! PASSAR BEM!

Dito isso a azulada vira as costas e sai da sala,sem se importar com ninguém.Apenas saiu.

O Uzumaki solta um grunhido de raiva.

- Estão liberadas. VÃO!- Ordena furioso a Ino e Tenten.Hinata havia o feito de bobo.Quando ele achou que já tinha ganhado o jogo,a morena simplesmente mudou as regras!

"ARGH!QUE INFERNO!"_pensava.

Por mais que Ino e Tenten quisessem ir atrás de Hinata,elas não tinham tempo.Estava quase na hora de partirem para suas determinadas missões,e Tenten tinha uma conversa inadiável com um certo moreno.

Hinata se encontrava na frente da recepção parada e sem esboçar nenhuma reação. Não sentia raiva,tristeza ou medo, não sentia nada.Apenas o vazio.

O Vazio que o seu peito ganhou.

Sabia que já deveria estar indo em direção a casa de Tenten.Precisava buscar suas coisas.

Mas ela não ia.

Nem percebeu quando uma pequena mão puxou a barra de seu vestido.Uma mão pequena e macia,a mão de uma criança.

-Hey moça, você é muito bonita!-Fala a voz infantil sobre Hinata.A Hyuuga observa a criança autora do comentário e sente pena do estado em que ela estava.O menino era branco,tinha os cabelos negros e duas íris verdes brilhantes.Mas ele também estava magro,com a roupa rasgada e cheio de feridas e cicatrizes.Em seu pescoço,havia marcas de dedos e no seu olho esquerdo,uma grande cicatriz que parecia ter sido feita por um cigarro. E,mesmo parecendo ter menos de seis anos e estando todo machucado,ele ainda sorria para sí.

E era no sorriso daquela criança que ela se agarrou.

Hinata se agachou até a altura do menino e o puxou para um abraço.Embora ele estivesse com as feridas,ela também estava machucada.

Após um tempo,ela se afasta um pouco e observa o rosto do menino.Ele a lembrava Sasuke.

-Obrigada querido, você também é muito bonito.Qual é o seu nome?-pergunta sorrindo.

O menino a olha admirado.Como aquela mulher era tão bonita e gentil?

- Meu nome é Yuno Sorã!-Responde alegre-E o seu moça?

Hinata alarga o sorriso.Estava adorando ser chamada de moça.

-Yuno?Que nome lindo!Pode me chamar de Hina se quiser,mas meu nome mesmo é Hinata.

-Hina-chan…Gostei!E…olha minha okaa-san ali!Okaa-san vem conhecer a Hina-Chan!-Chama Yuno.

Uma mulher muito parecida com Yuno foi ao encontro deles.Ela tinha os cabelos negros até a altura do ombros.Os olhos dela eram de um tom mais escuros do que os de Yuno mas ainda assim eram verdes brilhantes.Sua condição física também não era muito boa,ela tinha o braço quebrado e o corpo coberto de hematoma e magro.Muito magro.E mesmo assim,ela veio sorrindo.

Agora Hinata sabia de onde Yuno havia puxado.

-Okaa-san seu machucado melhorou? Você está bem?-Indaga o menino preocupado.

A mulher sorri para seu filho.

-Estou sim anjinho.Prazer Hina,meu nome é Myabi.Espero que meu filho não esteja te incomodando.-Diz a mulher para Hinata.

Myabi?Essa não é a mulher que está com o nome na escritura de sua casa?

Inconscientemente a Hyuuga passa a olhar diferente para a mulher.Um olhar angustiante e cheio de mágoa.Era aquela mulher que iria tirar seu tesouro mais precioso de si.

-Você…Você é Myabi Sorã? Você que tirou minha casa de mim?! Por que você fez isso?!O que foi que eu fiz pra você?!-Grita Hinata e logo depois se arrepende por tais palavras.Naruto aparentemente, não havia mentido para ela sobre a condição da mulher e a Hyuuga sabia que estava sendo egoísta por não querer ajudar pessoas que foram gentis com ela.E se não bastasse,o pequeno Yuno estava escolhido atrás da mãe a olhando assustado.O que ela havia feito?!-Go-gomenasai Myabi-chan,eu estou tendo um dia difícil.Espero que me perdoe!

Myabi encara Hinata por alguns segundos,o que fez a Hyuuga suar frio.O tempo parecia ter ficado mais lento e cada segundo era mais agonizante.

Mas,surpreendendo Hinata,a Sorã desaba no chão fazendo uma grande referência.

-Hinata-sama!Me perdoe pelo o infortúnio!Eu não queria sua propriedade,eu apenas queria uma residência simples para mim poder criar meu filho em paz.Eu queria poder recomeçar minha vida.-a morena falava emocionada e o seu tom de voz embargado,anunciava que ela estava chorando.-Eu não queria afetar sua vida…eu só queria poder começar a viver a minha.Onegai Hinata-sama,me…me perdoa.-As últimas palavras foram ouvidas com certas dificuldade,mas claras o suficiente para Hinata ver o quanto havia sido egoísta.

Egoísta pois sabia como era difícil recomeçar,esquecer o passado,viver uma vida nova.E ela simplesmente estava privando uma mulher que já havia sofrido tanto e uma criança só porque não queria desapegar de uma memória. Só porque achava que talvez,um dia iria voltar para aquela casa e daria de cara com Neji sorrindo para si. Ela tinha que entender que ele não iria mais voltar.Nunca mais.

O peito da Hyuuga se enche de dor com aquele pensamento.

Percebendo que a mulher ainda chorava,a perolada se agacha ao seu lado levantando a face da mulher.As orbes esverdeadas demonstravam surpresa ao ver que a Hyuuga estava sorrindo docemente.Myabi sente a palma de sua mão direita ser pega e apertada com carinho.

- Eu não tenho que te desculpar por nada Myabi-chan.Sinto por ter sido egoísta em relação a casa, é porque é um pouco difícil para mim me livrar dela.Ela era uma lembrança muito preciosa de uma pessoa muito especial pra mim que,infelizmente já se foi.Mas será uma grande felicidade para mim saber que duas pessoas tão maravilhosas morarão lá.Eu realmente quero que sejam felizes.-Termina a frase sendo interrompida por um abraço desajeitado de Myabi.Retribuiu o abraço com muito prazer.

A Sonã chorava de emoção.Se sentia tão aliviada por Hinata não ficar zangada consigo.Se sentia feliz por aparentemente,depois de tantos anos de sofrimento ao lado do ex marido ela finalmente seria livre.

-Arigato Hinata-sama!Eu…eu não sei o que posso fazer para te agradecer!-exclama Myabi.

Hinata sorri divertida.

-Primeiro,me chame só de Hina.Somos amigas agora!E…poderia fazer um favor para mim Myabi-chan?-Pergunta em tom sério e a morena assenti com a cabeça.-Pode cuidar das minhas rosas pra mim?Elas são muito especiais para mim e não quero as deixar abandonadas.

Myabi estava encantada com Hinata.Ficava intrigada pois uma mulher pela qual ela havia tirado uma coisa preciosa já a tratava como uma amiga.Myabi nunca havia tido uma amiga. Pelo menos, nunca uma verdadeira.

Por isso Myabi estava disposta a ajudar Hinata.

- Será um prazer…Minha amiga.-responde a morena dos olhos verdes musgo.Dessa vez,o abraço veio de Hinata.Podia se ouvir um "obrigado"sendo sussurrado pela Hyuuga.

As duas mulheres se levantam do chão e se encaram sorrindo.A palavra "Amizade"estava exibida em seus olhares.

-Hina-chan…-uma voz e ouvida e Hinata observa o pequeno Yuno.-Posso te dizer uma coisa?-pergunta o garoto e Hinata afirma com a cabeça.-Você disse que tinha uma pessoa especial que se foi né?Eu também tinha minha obaa-chan que foi pro céu também.Mas fique tranquila essas pessoas sempre estarão em um lugar especial!-Explica o menino contente.Ele se aproxima da Hyuuga e fica nas pontas dos pés e com muito esforço toca na região do coração de Hinata.-Eles sempre vão estar aqui…vivos no seu coração.

As palavras do menino aquecerem o peito da Hyuuga. Tão pequeno e ainda assim tão esperto.Hinata estava errada,seu coração ainda embora machucado,estava vivo.E como Yuno disse, as pessoas especiais estavam sendo guardadas nele.

Hinata põe a mão em cima do local tocado por Yuno e sente as batidas de seu coração tomadas pela a emoção.Envolvidas pelo o amor.

-Eu sei Yuno-kun.Eu…sinto.

_____ _____

Tenten estava furiosa.Absolutamente furiosa.

Se sentia traída,enganada,totalmente apunhalada pelas costas.E aquilo a machucava por dentro.

Por mas que estivesse preocupada com sua amiga Hinata, estava com raiva demais para pensar em qualquer forma de ajudar a Hyuuga.

Não entendia os motivos Rock Lee havia feito aquilo consigo.Ela sempre fez questão de deixar claro que aquela casa era o seu sonho,que era uma coisa que havia sido almejada a muito tempo e obtida com muito esforço. E agora simplesmente não era mais sua.

Mas Rock Lee iria ver!Ah se ia!

A Mitsashi chegou em casa praticamente arrombando a porta. Queria um explicação decente e principalmente,queria ver a cara do seu namorado.Olhar em seus olhos e ver se ele tem algum arrependimento ou remorso por ter tomado uma decisão daquela sem a consultar.Sem saber a sua opinião e sem se importar com isso.

-ROCK LEE!!!-Grita Tenten que faz com que rapidamente,o moreno descesse as escadas correndo.Ao ver a Achocolatada, o Lee suaviza sua expressão de pânico e se aproxima de sua namorada com um sorriso de orelha a orelha.Mas,esse mesmo sorriso some quando o Moreno é golpeado com um soco certeiro no maxilar.-Seu Desgraçado!Como você tem coragem de fingir que não há nada de errado?!Por que você não me contou?!FALA!-Ordena.

Rock Lee começa a entender a situação que se encontrava.Finalmente,Tenten havia descobrido a verdade.

-Tenten-chan eu apenas…apenas estava querendo o melhor para nós dois!-Alega o Lee.

Tenten o encara com um semblante raivoso e fala:

-Melhor para nós dois? MELHOR PARA NÓS DOIS?!OLHA PRA MIM VÊ SE EU ESTOU PARECENDO QUE GOSTO DA SUA VERSÃO DE "MELHOR PARA NÓS DOIS!"-exclama a Mitsashi. Não acreditava no que estava ouvindo.

-Você não entende Tenten!Essa missão será muito lucrativa para nossa dubla Ambu! Quem se importa com essa casa velha?!Podemos comprar uma mil vezes me…-Falava,mas foi atingido com outro golpe no rosto.

-Quem se Importa?!EU ME IMPORTO!-declara- Você mais do que ninguém deveria saber disso!Por que antes de sermos namorados você é meu melhor amigo! Sempre lhe contei sobre os meus planos de formar uma família e você… você simplesmente não liga.

O Lee que estava caído no chão se levanta e se põe na frente da morena.

-Claro que ligo!Por isso aceitei a missão em nome de nós dois! Sinto se afetei a Hina-Chan,mas só queria o melhor para nós.Sem falar que ela já é maior de idade.Já pode se cuidar sozinha.-fala numa tentativa de acalmar Tenten.

Uma tentativa que falhou.

-Hinata!Quem falou em Hinata?!O problema precisa ser resolvido você e eu!Eu realmente estou preocupada com a Hina,mas agora,eu estou principalmente decepcionada com você. Você podia ter me perguntado antes, seria tão mais fácil.Ligado para minha opinião,mas você nem pensou nisso não é mesmo? Você fez no calor do momento,no auge do fogo da juventude. Eu tinha pessoas que dependiam de mim.Com que cara eu vou olhar para Hinata agora?Ela pode acabar morando na rua, sozinha,sem abrigo,sem comida…como que eu vou suportar esse peso?-Pergunta, mesmo sabendo que a solução não viria de Rock Lee. A Mitsashi nem imaginava como seria prosseguir sabendo que sua melhor amiga estaria passando por necessidades. Passando necessidades por sua culpa.

Os olhos ardem e a achocolatada começa a chorar.

Rock Lee vendo o que havia feito se sente profundamente mal.No primeiro momento,tudo naquela missão era perfeito,por isso aceitou sem pestanejar.Achou que Tenten ficaria feliz,achou que ela iria o amar ainda mais,que ela iria o achar incrível,assim como ela achava Neji.

Estava tão errado.

- Não chora Tenshi! Vai tudo se resolver.Vamos até o escritório do Naruto e desistimos da missão.Virão outras não é mesmo?-Argumenta o Lee tentando fazer Tenten se acalmar um pouco.A morena que sentou no chão, abraçando as próprias pernas em busca de consolo o fita.A Mitsashi era uma mulher forte,mais nenhuma força é capaz de deter o sofrimento e a culpa.

- Não dá! Você pegou uma missão que não pode ser anulada. Não podemos simplesmente desistir!-Explica entre o choro.- Se desistimos,perderemos nossa licença Ambu.Teremos que ficar fora por dois meses,DOIS MESES!QUE MERDA DE AMIGA EU SOU?!!!O que vai ser da Hinata? É tudo minha culpa! Eu prometi que iria cuidar dela, prometi que sempre estaria lá!-Fala já entrando em prantos -Eu não vou suportar a culpa se algo acontecer com ela. Eu NUNCA vou me perdoar!

Tenten se encontrava no ápice do desespero. Perdeu sua casa,a confiança no seu namorado e ganhou a culpa pelo o destino da amiga.Lembrava do dia em que havia prometido a Neji que sempre ajudaria Hinata caso ele se fosse. Na época uma promessa boba,mas agora,ela pesava tanto quanto chumbo.

-O-olha Tenshi, não fique assim!A culpa…a culpa não é sua.-fala Rock Lee.Ver sua namorada naquele estado estava acabando consigo.

A Mitsashi de repente para de chorar.Algo no que Rock Lee disse estava correto. Ao se levantar,Tenten o observa com os olhos vermelhos pelo choro e o Ninja que soa frio.

-Você tem razão Rock Lee,a culpa não é minha.A CULPA É SUA!TODA SUA!-Acusa Tenten.- É sempre assim! Você faz tudo errado, você nunca pensa nas consequências, você só pensa nesse seu MALDITO fogo da juventude! VÊ SE CRESCE!! Não é hora mais para essa palhaçada!A vida real não precisa do seu fogo da juventude,ela precisa de Maturidade!Mas nãoooo você insiste em se comportar como uma criança.Agora você consegue ver as consequências?! Quer saber não precisa me responder isso. Só me diz porque você não consegue fazer nada certo?porque você sempre é um idiota?Porque você não sabe resolver as coisas como uma pessoa normal?Porque você está estragando a minha vi…

-PORQUE EU NÃO SOU O NEJI TENTEN! É POR ISSO, E VOCÊ TEM QUE ACEITAR QUE EU NÃO SOU ELE!-Responde gritando.O Lee sempre achou que devia se igualar a Neji para estar junto de Tenten.Sentia em seu íntimo que a Mitsashi(diretamente ou indiretamente) cobrava isso dele.

O Clima havia ficado tenso de repente.O silêncio dominou ambos e só podia ser ouvida a respiração ofegante do Lee. A Mitsashi que havia ficado chocada pelas palavras do moreno,estava com a boca entreaberta e os olhos espantados.Olhou para o Lee novamente e então assentiu com a cabeça ficando com o semblante mais calmo.

-Tem razão,Você não é o Neji. O Neji morreu não é mesmo?- O tom das palavras foi absolutamente de desdém e ao mesmo tempo uma forte mágoa era esboçada.-Agora vou arrumar minhas coisas.Com licença.-Anuncia.

Tenten se vira na intenção de ir arrumar suas coisas,mas é interrompida por um braço a puxando.

Rock Lee suspira.

-Tenshi,me perdoe Onegai.Eu não… não quis dizer aquilo.Somos um casal,temos problemas como qualquer outro.-argumenta.

Indiferente, a Mitsashi responde:

-Você quis Sim Rock Lee. Não minta de novo.-suspira- E durante essa missão seremos apenas uma dupla Ambu, só isso. E depois que ela acabar…Eu não sei o que seremos.-Responde puxando seu braço novamente e seguindo até seu quarto.

O Lee não a seguiu. Ele sabia que não tinha esse direito.

Ao chegar em seu quarto,Tenten desaba em lágrimas. Aquela discussão havia cutucado em suas feridas mais profundas.Feridas que ela fazia de tudo para cicatrizar de uma vez.

Naruto estava errado. Rock Lee não era um péssimo Namorado,ela que era uma péssima pessoa.

------∆------

Durante aquele dia,Sasuke estava sentido um imenso incômodo em seu peito.Ao acordar e não ver Hinata ao seu lado,uma extrema agonia o dominou.

E ele odiava se sentir daquele jeito.ODIAVA!

E para piorar a situação,ele não conseguia sentir raiva de Hinata. Afinal,como ficaria zangado com uma pessoa que não faz barulho,arruma sua casa,faz um café da manhã maravilhoso e ainda deixa um bilhetinho dando satisfação?Ele não era tão idiota assim.

Passou o dia treinando e pondo em dia alguns documentos do clã e, quando se fartou de tanta burocracia,resolveu dar uma volta na cidade.

Passou pelas ruas da vila sendo encarado por diversos olhares.Maldosos,de desejo,de raiva e de pena. Porém,Sasuke permanecia inatingível.

Mas nem toda sua compostura foi capaz de deter a animação do Uchiha ao ver madeixas azuladas sendo sopradas pelo vento da praça de Konoha.Conforme se aproximava,o Uchiha percebia o semblante entristecido no rosto da perolada.

Sorrateiro,se pôs atrás da Hyuuga,que permanecia distraída com uma com uma simples caixa de papelão em suas mãos.

-Você sabia que é feio sair da casa das pessoas sem se despedir não é Hyuuga?!-Diz Sasuke sério.

Com certa lentidão,Hinata direciona as pelas orbes pérolas ao encontro de Sasuke.Ao vê-lo,a azulada abre um mínimo sorriso.Para ela,era bom ver Sasuke.

-Olá Sasuke-kun. É muito bom te ver também.- fala com certa irônia-Desculpe não ter me despedido essa manhã. Você estava dormindo e eu não quis incomodar. Eu deixei um bilhete você viu?- Pergunta,mas sinceramente,ela não estava muito interessada.

E Sasuke percebeu isso.

Hinata mesmo sendo quieta,era muito doce e delicada com todos. E,embora a Hyuuga se esforçasse,dava para perceber que havia algo errado.

Sasuke suspirou. Ele não era para estar preocupado com Hinata.

-Sim eu li. E posso te dizer que nunca li tantos "obrigado"na minha vida.-Relembra Sasuke. A Hyuuga realmente tinha uma obsessão em relação a agradecimentos.Sasuke ainda olhava para a perolada vendo se ela iria ao menos reagir,mas ela não faz nada.Ela nem ao menos corou.- Hinata,olha para mim?O que houve?-pergunta nervoso.Ele queria uma resposta.

Hinata por sua vez permanecia com aquela expressão dolorosa no rosto. Após sair do escritório do Hokage na companhia de Myabi e Yuno,a perolada levou os dois para sua nova casa.Ficou tocada pela história de vida de Myabi,e tinha certeza absoluta que aquela mulher merecia ser feliz.Myabi havia sido vendida pela própria mãe e sido feita de escrava numa casa de um poderoso comerciante da região,no qual passou fome e era constantemente espancada. Quando a Sonã fugiu,foi achada pelo seu ex marido,um alcoólatra que a batia e a abusava sexualmente e quando ela engravidou,tentou a matar.

E Hinata realmente não imaginava o que era estar na pele de Myabi.Como a Sonã não tinha nada,Hinata deu tudo que havia na sua pequena propriedade para a morena dos olhos verdes.Tudo tirando é claro,suas memórias e presentes mais queridos.O que deu apenas uma pequena caixa de papelão.

A Hyuuga suspirou.

-Nada Sasuke-kun.Eu estou bem.-Responde.

-Eu não acredito.-rebate Sasuke.

-O que?-pergunta Hinata confusa.

Sasuke ri irônico.

-Você é péssima mentirosa.Anda.Quero a verdade.-Ordena e se surpreende quando a azulada começa a chorar.

-Verdade?! Você quer a verdade Sasuke?!EU TO NA RUA!! EU SIMPLESMENTE NÃO TENHO ONDE MORAR!! Está satisfeito agora que sabe a verdade?!-Fala em meio ao choro.

Sasuke ficou chocado com as palavras ditas por Hinata,mas mesmo assim,estava se sentindo ofendido pela ignorância da azulada.Aquela não era a Hinata que ele conhecia.

-Primeiro se acalme.Me tratar mal não vai fazer as coisas melhorarem.-diz se sentando ao seu lado.

A perolada seca as lágrimas com as palmas das mãos e respira fundo.

-Sempre parece funcionar com você.-responde um pouco constrangida pela forma pela qual tratou Sasuke.

- Só parece,no final,ser ignorante não resolve nada. Só piora tudo.-Explica o moreno.-Agora me fala,que história é essa de você morar na rua?Eu não sou acostumado em ver você chorando em plena luz do dia.-Brinca.

Hinata dá um leve sorriso.Sasuke era bem engraçado as vezes.

-Você quer mesmo saber? Não prefere simplesmente esquecer que eu disse aquilo?- Propõe a azulada,que recebe apenas um acenar de cabeça negativo como resposta.-Ainda não sei qual é a graça de me ouvir falar.Bom,resumindo Sasuke-kun,eu estou sem casa.Aquela pessoa simplesmente fez com que todas as minhas opções de moradia acabassem.Ele disse que se eu não tivesse onde morar,eu iria voltar pra ele.Mas eu não vou voltar.Prefiro morar na rua.Eu não tenho dinheiro para ficar dois meses em um hotel e muito menos,posso voltar ao clã Hyuuga.Eu…eu não sei o que eu vou fazer.-Declara no fim de seu relato.

Sasuke que ouvia tudo com um semblante indiferente, permanecia em silêncio. Ainda não entendia porque Hinata fazia tanto mistério em relação a identidade de Naruto.Mas, se dependesse dele, Naruto não iria ganhar esse jogo.

-Você poderia morar comigo.- Dispara de uma vez.

Hinata o olha ainda digerindo as palavras.

-Morar com você,que graça Sasuke-kun…-solta uma leve risada, porém Sasuke ergue uma sobrancelha.- Você… você está falando sério Sasuke-kun?-ele assente -AH KAMI-SAMA!!!COMO ASSIM SASUKE-KUN??!!-Indaga Hinata vermelha da cabeça aos pés.Nunca havia passado pela cabeça da Hyuuga morar justo com Sasuke.Nunca mesmo.

O Uchiha cruza os braços.

-Eu não vejo problema.Minha casa é grande o suficiente e tem quartos sobrando. E você nem me verá com muita frequência pois estou sempre em missões.Mas é claro, é apenas uma sugestão.-Conclui.Viu que Hinata estava quase tendo uma parada cardíaca e se pronunciou.-Menos drama Hyuuga. Nós já dormimos na mesma cama, não precisa dessa cena.

Isso não ajudou nada a melhorar a condição de Hinata.

A azulada não conseguia raciocinar.Estava tão envergonhada que tudo a sua volta ficou asfixiante.Respirou fundo,ela precisava se recompor, não poderia dar uma crise nervosa na frente de Sasuke.Analisou Sasuke e viu que o Uchiha realmente queria a ajudar.Como Sempre Sasuke seria seu salvador.

-M-mas Sasuke, o que as pessoas irão pensar?-pergunta tímida. Não gostaria que ninguém fizesse mal juízo dela e muito menos de Sasuke.

Sasuke riu.

-Deixe elas pensarem o que quiserem. Isso nunca me afetou.-Afirma.

A perolada olha uma última vez para o Moreno para ter certeza que não era uma brincadeira.Mas aparentemente,Sasuke falava sério.

-Eu…Eu aceito sua proposta Sasuke-kun.Arigato.-Fala Hinata corada.

Sasuke murmura um "Hm" como resposta.

O Uchiha não entendia porque estava fazendo aquilo.Era simplesmente uma péssima idéia colocar Hinata debaixo do mesmo teto que ele. Porém,ao em seu íntimo dizia que ele estava fazendo o certo. E se íntimo quase nunca dizia isso.

-Mas é claro que haverá condições.-Revela.

- Condições?

-Sim. Condições, Para que o nosso convívio seja ao menos…Harmonioso -Argumenta Sasuke.- Pense nisso como regras. Apenas cinco condições.

A perolada concordou. Era óbvio que Sasuke iria impor limites a ela.Afinal,a casa era dele e ela respeitaria cada condição proposta pelo o Moreno.

-Hai Sasuke-kun,estou ouvindo.

O Uchiha endireita sua postura e a encara:

-Primeiro: Nós não somos nada. Amigos,Namorados,ficantes,amantes,casados,Transantes ou qualquer relação desse meio. Você mora na minha casa e só. No máximo,colegas.-Explica. Não queria que Hinata ficasse se iludindo atoa.

A perolada por sua vez,apenas cora com o comentário do Uchiha. Mas para ela,ser apenas colega de Sasuke estava perfeito.

-Hai.Eu…eu entendi. Apenas colegas.-Repete Hinata confirmando.

-Segundo: O que você sujar você irá limpar. Não quero que minha casa seja soterrada por bagunças que não são minhas. E… Bom, você cozinha. Acho que será justo.- Diz Sasuke. A comida de Hinata era maravilhosa e para ele foi como juntar o útil ao agradável. Além disso,ele sabia que Hinata era bem organizado, só disse isso para ficar como um lembrete. E Hinata sorria docemente pois percebeu que Sasuke gostou de sua comida. Da forma dele é claro.

Uma brisa soou no rosto dos dois,dando um clima agradável para ambos. Quem os visse de longe pensaria que se tratava de um casal de namorados. Um belo casal.

-Terceiro:Nada de visitas.-Prosseguiu- Sem namorados,amigas escandalosas, crianças choronas e etc. Nada que faça barulhos irritantes entendeu?- -Indaga.

"Nem se eu quisesse"_ pensava Hinata. Ela (com exceção de Myabi) não tinha mais nenhuma amiga. Muito menos namorados!

-Hai.

-Quarto: Não mexa aonde não deve.- Esclareceu com uma expressão sombria. Tinha coisas naquela casa que Hinata não poderia nem sonhar em ver.- Terá lugares naquela casa que serão proibidos para você. E se eu te pegar xeretando… As coisas não ficaram muito legais para você.- Ameaça.

Mesmo com certo receio pela ameaça feita, Hinata concorda com um manejar de cabeça. Ela não conseguia nem imaginar Sasuke a fazendo mal. Ele era seu herói.

- Entendo. E qual…qual é a última condição Sasuke-kun? Você disse cinco.- Pergunta Hinata insegura.

O Uchiha se silencia brevemente.

Até que Hinata sente seu braço sendo puxado por Sasuke.

Mesmo sem entender,a Hyuuga deixa Sasuke a guia- lá por alguns minutos. Ia andando em passos rápidos para acompanhar o Uchiha que parecia correr na velocidade da luz. A perolada olhou em volta em busca de respostas,mas, ela percebeu algo. Ela conhecia aquele caminho.

Era o mesmo caminho que havia feito naquela manhã ao ir encontrar Naruto.

- Hey Sasuke-kun, aonde estamos indo?!Qual é a quinta condição?! Hein?!- Pergunta preocupada com o rumo daquele trajeto.

Sasuke por outro lado já tinha um plano armado. Não iria deixar Naruto com o gosto da vitória em sua boca. Não mesmo.

-A quinta condição? É isso que você quer saber? Bom,ela é mais algo que iremos fazer.- Explica Sasuke.

A perolada franze o cenho.

- E o que vamos fazer Sasuke-kun? -Questiona.

O Uchiha simplesmente abre um sorriso diabólico em direção a Hinata. Um sorriso totalmente diabólico.

- Nós vamos esfregar isso na cara do Naruto!


Notas Finais


E aí vidinhas? Gostaram?

Espero que sim!💖

Porque POHA MANO EU ESCREVI MUUUUUITO!!! MEREÇO UM PRÊMIO!E VC Q LEU TAMBÉM!

Então,muito obrigado a vc que leu até aqui!😊

Perdoem os erros de português! Telefone Motorola é horrível para digitar!🙄😭

Quero muito a opinião de vcs e então adoraria comentários! Quero matar a saudade de todos!

Até dos fantasminhas!😄😂

Favoritos são bem vindos!

Não sei quando posto de novo mais vou tentar não demorar! Prometo!😍

Ah,Gostaria de divulgar minha nova one-shot Sasuhina e se vc puder dá uma olhadinha ok? Me ajudaria muito!😊 Ela foi pra um desafio de terror então…Tire suas próprias conclusões.💖 MAIS LEIA!

Link: https://spiritfanfics.com/historia/-scared-of-lonely-6990298

Então… é isso!

Até a próxima!😊

Bjs de Negresco!😘😍
Euzinha!😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...