História ♤》 The price of the destination 《♤ - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Beth Greene, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Morgan Jones, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Sophia Peletier, Tara Chambler, Tyreese
Tags Ação, Drama, Romance, Sangue, Sexo
Visualizações 27
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Divirtam-se

Capítulo 1 - ♤A queda da Prisão♤


                        Beth Greene 

 Quando a menina viu, a cabeça de seu pai ser decapitada, a mesma segurou o grito, mas simplesmente berrou por dentro junto à sua irmã, com as codernadas de Daryl que viu devera sofrimento, o mesmo deu os primeiros disparos, logo em seguida as irmãs Greene começando uma guerra entre a Prisão e ao Governador - Depois de devera guerra e sangues caídos, não existia mais prisão, e sim um shopping center para zumbis. - VEM BETH! CORRA! - Maggie gritou para que entrasse no ônibus, então entro - Fique ai! Vou atrás de Gleen, e se não voltar, vá sem mim. - Não!! Não vou perder você também! - Falou ela pedindo clemência - Sim Beth! Querendo ou não eu preciso encontrar Gleen! - Falou então disse - tentarei voltar, prometo A única reação da loira fora afimar com a cabeça. Passou alguns pequenos minutos, a loira não aguentava mais esperar! Então a loira saira para procurar a irmã, mas sem sucesso, mas não desistiu, Beth tinha esperança, de que estavam vivos, e para sua confirmação, encontrara a pessoa menos esperada, não menos esperada para não sobreviver, mas sim para encontrar ali, então perguntou

 - Daryl! Você viu a Maggie? - Beth perguntou já sabendo a resposta, mas não custava tentar 

 - Não... - Foram a única palavra que saira da boca do homem de pele parda e cabelos longos negros cobrindo parte do rosto. Em apenas um suspiro resumiu oque a loira estara sentindo então o homem falou - Oque está fazendo aqui? Deveria ter partido no ônibus! - falou o homem com a expressão séria de sempre. 

 - Eu vim atrás de Maggie... Mas vejo que não foi uma boa ideia, posso ficar com você? - Perguntou a moça logo completando - Se não fôr um peso é claro. -

  Apenas com um movimento com a cabeça, o homem que já tinha entre olhado pelos cantos da prisão à loira. Afirmou e saiu andando, na intenção da mesma segui-lo, e foi isso que ela fizera Daryl Dixon Sentiu-se seguido pela garota, foi levado ao seus desvaneios até ser interrompido pela loira 

 - Aonde você acha que eles possam estar? - Perguntou a loira, que logo o homem a olhou e parou de andar 

 - Você acha mesmo que eles ainda possam estar vivos? - falou no mesmo tom arrogante de sempre e voltou a andar 

 - Sim Daryl! Eu tenho esperança que eles estejam vivos! - Falou em um tom meio alto 

 - PARE DE SER INGÊNUA BETH!!! COMO AINDA PODE ACHAR QUE TEM ALGUÉM VIVO NESTE MUNDO? PARE DE SER BOBA, NOSSOS AMIGOS E FAMILIA MORRERAM ACEITE ISSO DE UMA VEZ! 

- Falou alto, chegando a um ponto de quase gritar A antiga Beth ficaria calada e abaixaria a cabeça, mas Beth estava decidida de mudar, levantar a cabeça e ser forte, ela não ficaria quieta, não mais! 

 - NÃO DARYL, ELES NÃO ESTÃO MORTOS! TENHO CERTEZA! ELES SOBREVIVERAM ATÉ AQUI! Tenha esperança Daryl! - Ela falou então andou ultrapassando o mesmo que estava surpreso pela atitude de Beth.

ele percebeu que ela não era mais aquela garota que chorava pelos cantos e vivia cantando uma de suas músicas. Daryl viu que a mesma tinha sumido de suas vistas, até começar a andar já não mais com a loira, então ouviu passos, não achou que fosse a Beth, e sim uma daquelas coisas feias. Logo colocou sua besta no punho e mirou para onde tinha ouvido o barulho, então quando estava pronto para atirar mas não fizera isto, pois viu que era a loira, que não era mais uma criança, e sim uma mulher, que estara cada vez mais madura. 

 - Desse jeito iriam te ouvir à mil metros daqui - falou o mesmo então ouviram passos, oque poderiam ser andarilhos, mas não apenas um, e sim um bando 

       Daryl Dixon & Beth Greene 

 Suas únicas ações foram correr, correndo lado à lado até um campo de palha, até se sentirem seguros entram no meio da palha e se jogam num chão que não tinha muita palha, estavam resumidamente cansados.

 - Será que... Consegui... Mos... Despistar... os mortos? - A loira falou ofegante logo respirando de boca aberta e ofegante

 - Espero que sim - O homem falou logo se levanta e fica olhando o nada A loira faz o mesmo colocando as mãos na cintura então pergunta vendo o homem alisar a palha com os dedos

 - Pra onde nós iremos? - Perguntou olhando o homem

 - Algum lugar que possemos passar a noite - Falou logo completando - mas acho que teremos de acampar - Falou o homem pensativo - temos de arrumar madeira para a fogueira.

 A loira afirmou e saiu com o mesmo atravessando a "floresta" de palha e indo em direção à floresta logo à frente catando madeiras para acender a fogueira, já tinham achado um lugar para passar a noite. Anoiteceu, e a fogueira estava quase se apagando, quando Beth rasgou algumas folhas de seu diário e jogou na fogueira para reforçar, assim abraçou as pernas sentindo frio. Aos poucos foi se aproximando, logo percebendo que estava ao lado do Homem. A loira aproveitou a situação e encostou-se no mesmo para aquecerce e acabou adormecendo ali mesmo... amanheceu e a loira tinha acordado com o sol batendo em seu rosto de pele alva, já não estava mais ao lado do homem, então apenas pensou tinha ficado de guarda, ficou olhando o que restou da fogueira ainda abraçando as pernas, ouviu passos, pensou ser Daryl, mas se previnindo se levantou e pegou a faca em seu coldre, mas não precisou usa-la porém era o homem que usava colete com asas nas costas, era Daryl 

 - Bom dia... - a loira falou, para não perder a educação que seu falecido havia à dado. 

 Como resposta o homem apenas afirmou a cabeça e falou - Pegue suas coisas e vamos embora - 

falou a chamando com um sinal que fez com a cabeça A loira pegou suas coisas que não eram muitas, apenas uma mochila, e partira de lá com o homem, tentando encontrar sua familia.


Notas Finais


Bom galera, essa não é uma de minhas primeiras fanfics, mas espero que gostem, talvez poste um capitulo novo todo dia, depende da criatividade. Essa fic foi inspirada em outra fanfic, muito boa, que infelizmente não tem na Wattpad, como presumem, eu shippo muuuuuito Bethyl, e não tem muitas fanfics como essa, então decidi fazer a minha propria. Espero que gostem e comentem oque acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...