História ♡ Um amor inesperado♡ - Capítulo 13


Escrita por: ~

Visualizações 27
Palavras 1.637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo tá ó 👌😂
Tenha uma ótima leitura 😘

Capítulo 13 - Meu mundo está caindo


Fanfic / Fanfiction ♡ Um amor inesperado♡ - Capítulo 13 - Meu mundo está caindo

Estava voltando pra casa, cheguei lá à Ana já à via acordada, estava se arrumando. 

- Oi minha linda

- Oi amor, onde você estava? 

- Eu tinha ido na GR ainda perguntei se você não queria ir junto

- Não me lembro (Ela riu )

- Você falou sonolenta tava meio durmindo ainda (ri) 

- Que tal nós irmos na casa da minha mãe? 

- Pode ser 

- Vamo se anima eu juro, ela é legal 

- Mas antes vamos comprar lanches,  eu não comi nada hoje... Entre aspas 

- Ta de zueira Hariel

- É só zueira (Dei uma gargalhada) 

Não demoro muito, saimos chegando em uma lanchonete, que sorte que não avia muita gente se não nos so saímos dali de noite. 

- Ei Ana oque você vai querer? 

- Bem, eu amo coxinha, resumindo

- Oi moça nos dois vamos querer uma coxinha... Olha mais bem grande. Ei Ana

- Oi

- Se gosta de catupiry 

- Mais é claro eu amo

- Moça os dois com catupiry

- OK moço, espera um pouco, me desculpa à pergunta qual é o seu nome? 

- Hariel

- Minha filha é muito fã de você, tinha como eu fazer um vídeo de você dando um beijo pra ela, claro se não for muito encomodar 

- Não, pode fazer, qual é o nome dela? 

• Ana

Bem o Hariel ficou fazendo os negócio pra mulher, eu fui e sentei em umas das caderas, e dunada broto uma menina do meu lado. 

- Oii, é você MC Aninha? 

- É, só eu mesmo

- Nossa, eu só fã de você eu estava lá no seu show, tava foda demais. Tem como tirar uma foto comigo? À e o meu nome é alice

- Séria um prazer Alice 

Tirei a foto e o Hariel foi até à mesa. A Alice falou algo que me gelou dos pés à cabeça. 

- Pensei que você estava com o Kevin? 

O Hariel tinha trazido os lanche e me deu um copo de coca cola. Eu peguei e enquanto tomava meio tremendo falei.

Porque você pensou isso (falo suando frio) 

- Bem vi vocês lá no parque se bei- Eu me afoguei com à coca cola, e derrubei o copo no chão

O Hariel não falo nada quando aconteceu isso, ele me olhou friamente, e falou - Ana limpa isso, vou ta te esperando no carro. Vamos ter uma conversinha. Ele pegou sua coxinha por incrível que pareça,  e saiu com à cara vermelha, só deu pra ouvi à porta do carro bater forte. 

- Ai meu deus, menina oque que você tem na cabeça?  Só pode ter merda

- À desculpa 

Me apoio na mesa

- Desculpa deixa isso pra lá, ta Alice

- To indo embora. Me perdoa de verdade Ana

- Ta ta, tanto faz

Uma moça chega e começa à limpar

- Olha moça e desculpa é que eu passei mal e acabei derrubando sem querer

- Não precisa se desculpa, OK? 

- Onde fica o banheiro? 

- Fica alí (ela acena) 

- Obrigada 

Entrei no banheiro, me olhei no espelho liguei à torneira, molhei meu rosto.

- Só Deus sabe oque pode acontecer. Mas Deus sabe que eu me arrependo do fundo do meu coração por te acontecido tudo aquilo.

Lagrimas começaram à rolar, molhei novamente e sequei na toalha respirei fundo, e fui até o carro. 

Entrei dentro do carro ele estava olhando pra janela. 

- Ana que papo esse de você e o Kevin? 

- À menina pensou que era eu. Eu com Kevin? 

- Mas porque ficou tensa me explica, eu via que você estava nervosa. Não vem mentir, você derrubou o copo, quando ela ia termina a frase, " Eu vi vocês dois no parque se b"

- É 

- Ana não adianta é por isso mesmo que to indo na casa do Kevin

- Calma Hariel 

Ele sai com o carro e em auta velocidade passa os carro. 

- Hariel calma, porfavor 

Não foi muito estávamos lá. Ele saiu do carro bateu muito forte à porta. 

- É hoje que o Kevin leva uma facado no rin, meu melhor eu ir junto. 

Fui atrás o Hariel abriu à porta com tudo. O Kevin apareceu. 

- Eai Hariel

- Eai é o caralho Kevin

- Oque foi?

- Não se finja de desentendido Kevin 

Eu apareço na porta, eu olho pra cara do Kevin e minha cara dizia se fudimo legal. 

- Então é só eu sai que vai pegar à namorado do amigo

- Que que se ta falando (fala gaguejando)

O Hariel pula em cima dando um soco em seu rosto. Ele levanta, com à mão no nariz que estava sangrando, eu segurei o Hariel. 

- Me solta Ana, mentirosa, você falava que eu ia te usar mais eu nunca disse que você poderia estar comigo pro causa da fama do dinheiro

- Nunca quis dinheiro e nem fama sua Hariel 

- Só queria eu pra chegar perto dos meus amigo né 

- Não Hariel não é isso

- ENTÃO OQUE QUE É? (Ele grita) 

- Você sabe que eu te amo Hariel

- Olha Ana ( Ele se afasta) 

- Não Hariel, porfavor, me perdoa (Começo à chorar) 

Eu abraço ele e olho em seu rosto ele vira à cara. 

- Porfavor Hariel, me perdoa, todo mundo merece uma segunda chance. 

Eu começei à chorar muito e encostei o meu rosto em seu peito, eu senti sua mão indo me abraça, mais ele me à fastou. 

- Pelo amor de Deus Hariel me perdoa 

- Vou pensar. Enquanto à você Kevin não fale comigo mais

Hariel sai, eu vou atrás dele. Ele entra no carro e sai e me deixa ali, minha casa é do outro lado, vou demorar lque 1 hora e meia pra chegar. Entrei novamente na casa. 

- Ei Kevin precisa de ajuda

- Não to, to sangrando e não preciso de ajuda

- Para

- Oque você falou pra ele menina

- Não fui eu foi uma menina no restaurante que falou 

- Resumindo tomei no cu. Amanhã vão ta de boa e eo rebentando e um parça de mal comigo pro resto da vida. 

- Ninguém mandou fica convidando uma menina que namora (Falo ironicamente enquanto com um lenço limpava o sangue) 

- Oque você tá falando, eu não imaginava que uma menina que namora ia aceita

- Não sabia que você ia me força à beijo

- Não interessa. Nois dois erremos 

- Ta terminei, ponha esse algodão no nariz OK. To indo embora

- Quanto tempo daqui até à sua casa 

- Uma hora e pouca 

- Já ta tarde é perigoso nessas ruas ai

- Nao da nada. Deixa eu quero ir apé se o Hariel sabe que você me levou ele me mata te inforca não sei. Mais vou apé

- Ta então, valeu pelo murro OK? 

- Que? 

- A vôo aqui, é valeu pelo curativo

- denada 

Saiu começo à andar nas ruas escuras e só pensava no belo tiro que eu ia tomar. Mano do céu to vendo dois maloqueiro, já to suando frio. 

• Kevin 

- Menina disgraçada, olha oque eu recebi um lindo sinal roxo, vou dizer oque pros cara, apanhei do Hariel porque robei sua namoradinha. Só falta aquele serumaninho levar um tiro. Puta que pariu, vou ter que acha ela

Pego a chave e visto um casaco, abro à garagem e com o meu Audi A4 saiu. 

• Ana

– E hoje que eu deixo de existir.  (os cara vem em minha direção) 

Mano eu tava infartando, dunada vejo um dois faróis, que brilhavam segavam. O carro para do meu lado, ele abre o vidro e era à gralha. 

- Entra Ana, rapido

Eu rapidamente entrei ele saiu os cara param, tinha certeza que eles iam me roubar mete o pipico em mim. Graças à deus o Kevin apareceu. 

- Viu Ana eu falei

- Ta.Obrigado Kevin

Ele andava eu vi uma festa de longe, e vi um carro que conheço. Cheguemos perto. 

– Kevin para o carro

– Porque ?

--– So para. Rapido

Ele para eu olho e meio de longe. Vi o Hariel, agarrado com uma outra garota. 

- Filho da puta

O Kevin da risada 

- Anda mais um pouco pra frente

Ele andou agora claramente dava pro Hariel ver nois, não demoru ele percebeu quando ele olhou, eu agarrei à blusa do Kevin e fiz ele me beija, o Kevin não perde nunca. Parei olhei com à cara. Ele só mostrou o dedo pra mim. As mulheres semi nuas quase agarraram ele e levaram pra dentro. 

Dunada começou à tocar à música tempo perdido. 

– Resumindo Ana, você fez aquele drama todo pra caga logo aqui e fazer isso. Se não tem mais chence com ele

- Mas ele tava com outra

- Seis brigaro enquanto, ele não te perdoa não existem nada entre vocês

– Então por que ele achou ruim eu beija você agora, não existe nada entre eu e ele

- À sei lá 

- Ele vai demora como eu vou demorar perdoa ele. Mas eu sei com quem eu tenho chance agora

- Fodase ja to fudido mesmo

Nos começamos à nos beijar, dai eu peguei à fastei ele. 

– Melhor não esqueça isso. Só me leve embora ja fiz ja desenhei pisei cai.. Na merda 

- Pra mim tanto faz 

Ele me levou até à minha casa, dei um beijo em seu rosto, e ele virou a casa fazendo eu o beijar. 

– Falou atora, faz cada cena 

– Áaa falou gralinha (ri) 

Entrei em casa, ja peguei uma roupa e fui tomar um banho, abri o chuveiro. 

Fiquei encostada na parede. Comecei à chorar

- Cara eu entrei numa furada, depois disso tudo não tem como ele me perdoar. Mas ele com outra??? A não ia deixar barato. 

- Amanhã é outro dia, mano ele acabou de chegar ja tamos brigando. Meu coração ta querendo escolher outro. Ele que fique sabendo que não se manda, é o Hariel amor da minha vida. Haha quem estou enganando meu mundo virou em um estalar de dedo. 

Depois do banho fui me deitar. 


Notas Finais


× Não desista, persista √


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...