História ◦ Unbalanced Love || JiKook (ABO)◦ - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~iisaDiias

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Visualizações 267
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi! Estou eu, a sua titia do kokoro, aqui, nesse exato momento, lhes pedindo mil perdões. Era para esse capítulo ter sido postado mais cedo, mas acabou que, depois de betar, eu me esqueci postar.
Me desculpem, sério!
Agora, boa leitura!

Capítulo 10 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction ◦ Unbalanced Love || JiKook (ABO)◦ - Capítulo 10 - Capítulo 8

P.o.v Autora

Jungkook pediu para que Jimin se comportasse já que ele teria de terminar de trabalhar antes e, mesmo contragosto, o ômega obedeceu o seu - possível - futuro dominador e ficou sentado no canto da sala, enrolado em seu casaco, por enquanto que mexia em seu celular.

Em alguns minutos o alfa acabou seu trabalho e desligou seu computador. Ele arrumou suas coisas e foi até Jimin que estava todo corado, encolhido e ofegante, mas o ômega estava adormecido.

Febre.

Lá se foram as chances de transa que Jeon tinha com o ômega que tanto desejava, mas que tinha medo de ferir.

"Pare de pensar nessas coisas, Jeon!" — O próprio se repreendeu.

Jungkook pegou-o e o enrolou em seu próprio casaco. Ele também pegou suas coisas e, com um pouco de dificuldade, colocou tudo dentro do carro junto do ômega, que ficou deitado no banco de trás do veículo. Após isso o alfa foi para seu assento e começou a dirigir em direção a sua mansão.

O trânsito estava horrível naquela noite. Todas as ruas estavam congestionadas, o que deixou Jungkook, por algum motivo que ele não sabia, estressado. Talvez fosse a sua preocupação por Jimin, mas o alfa estava a recusar isso.

O ômega começou a espirrar, mesmo dormindo, e isso deixou o Jeon ainda mais estressado e, principalmente, preocupado.

[…]

Jeon chegou em sua mansão e, sem se preocupar com suas coisas, pegou Jimin e entrou no local, o levando diretamente para seu quarto. Ele tirou as mínimas peças de roupas do ômega e deu um banho nele. Depois colocou um pijama em seu pequeno e o colocou na cama. O Park precisava descansar, Jungkook sabia disso e iria deixá-lo dormir um pouco antes de cuidar de si.

O alfa suspirou e tirou seu uniforme do trabalho. Depois colocou-o no cesto de roupas e vestiu-se apenas com uma boxer preta e uma bermuda da mesma cor. Ele mordeu seu lábio inferior nervoso ao olhar o ômega na cama murmurando algumas coisas manhoso e suando ofegante e torceu para que o mesmo acordasse rapidamente para que pudesse cuidar dele.

Jungkook estava perdido em seus pensamentos, confuso com tudo o que ocorreu e que poderia ocorrer. Jimin o queria como dominador e ele queria o ômega como submisso, mas também não queria machuca-lo. O alfa só sabia de uma coisa: teriam uma boa conversa quando o pequeno acordasse.

O alfa suspirou pela segunda vez naquela noite e saiu do quarto, deixando o ômega descansar em seu quarto. Ele desceu as escadas e foi para a cozinha, aonde, obviamente na geladeira, começou a procurar por alguma coisa para beber e, depois de certo tempo, finalmente achou uma lata de refrigerante.

Jungkook foi para a sala e se sentou no sofá. Olhou em volta tentando achar o controle, mas não o achou, o que deixou-o um tanto irritado. O alfa se levantou e começou a procurar pelo objeto perdido, mas sem obter sucesso em sua busca. Ele bufou e passou a olhar o local todo novamente, mas, ainda assim, não estava conseguindo achar o que tanto queria. Até que…

— Quer isto aqui? — Yoongi apareceu perguntando, segurando o controle em sua mão.

— Como você entrou aqui?

— Jungkook, sua anta, você se esqueceu que tenho a cópia da chave da casa?

— Ah, a que te dei quando tive que viajar, certo?

— Exato.

— Mas o que você está fazendo aqui?

— Estava entediado e decidi vir para a sua casa. A cama do quarto de hóspedes é mais quentinha e macia que a minha, então eu quero dormir lá.

— Nossa, não estava com nem um pouquinho de vontade de me ver, hu? — Provocou o alfa, se aproximando.

— Se você der mais um passo perde as suas bolas. — Ameaçou o baixinho.

— Chato, nem sabe brincar.

— Chato é você, oushi! Fica irritando e ainda quer que os outros entrem nas suas brincadeiras. Me poupe, Jungkook!

— Ainsh, Hyung!

Jungkook, sendo infantil, cruzou os braços e fez bico, levando Yoongi a revirar os olhos.

— Eu vou tomar um banho no banheiro aqui de baixo mesmo. Ai depois nós vamos jogar um pouco de videogame, já que eu sei que tu vai me irritar se eu não fizer isso, e depois eu vou me jogar na cama e só acordar amanhã. — Disse o beta.

— Ok.

[…]

Após algumas horas jogando, Yoongi foi tomar um banho para comer algo e ir dormir. Enquanto que Jungkook decidiu apenas ficar jogado no sofá, mexendo em seu celular. O alfa mexia em sua rede social mais ativa, o Instagram, curtindo algumas publicações ou vendo os comentários de sua última foto.

Logo ele sentiu alguém em seu colo e já iria expulsar achando que era Yoongi. Mas acabou apenas sorrindo ao ver que era Jimin, com uma carinha de sono fofa. O ômega estava com suas mãozinhas apoiadas no peitoral de Jungkook e com suas pernas uma de cada lado do corpo dele.

— Daddy, o Jimin ouviu um barulho e acordou. — Falou ainda sonolento.

— Que barulho, Jimin?

— Coisas caindo no banheiro.

— Depois eu vejo isso. Volte a dormir.

O ômega iria se deitar sobre o peito do alfa para poder voltar a dormir. Até que Yoongi, novamente, aparece e acaba com tudo, gritando coisas como:

— JEON JUNGKOOK, VOCÊ É UM POLICIAL, NÃO PODE RAPTAR CRIANCINHAS INOCENTES COMO ESSA!

Claro que Jungkook ficou irritado com a atitude do amigo que estava apenas brincando, porém Jimin não conhecia Yoongi e estava um tanto confuso. Ele fez bico e bufou ao sentir o cheiro do outro, identificando que o mesmo era um beta.

Jimin saiu do colo de Jungkook segurando as lágrimas e abaixou a cabeça, deixando os outros dois ali confusos.

— P-Por que não m-me fa-falou q-que já t-tinha um b-beta? — Perguntou com dificuldade devido ao choro.

— Jimin, você entendeu errado…— Jungkook falou.

— T-Tem como entender de outro modo?! ELE ESTÁ NA SUA CASA, JEON! AINSH! Eu sou tão burro... — O ômega suspirou e Yoongi revirou os olhos com a cena. — Eu irei para minha casa. Obrigado pela hospedagem.

Jimin se levantou e correu para fora da casa antes que Jeon acabasse se tocando do que estava acontecendo. Ele foi até um táxi, falou o endereço de sua casa e, enquanto o mesmo ia embora, pode ver Jungkook parado em frente a porta com um semblante triste.

Jungkook estava confuso sobre o que havia acabado de acontecer. Jimin com ciúmes de si? Não, para ele isso não era real. Mas isso não importava agora, apenas importava a seguinte questão:

Ele falaria com Jimin e explicaria toda a situação ou se afastaria pelo bem do menor?


Notas Finais


SE TU SE AFASTAR, JUNGKOOK, EU TIRO OS SEUS TODDYNHOS POR DEZ ANOS!

Desculpa, me exaltei.

~ Chu 🐥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...