História 02h45


Escrita por: ~


Sinopse:
Às vezes temos que nos contenta com o pouco que temos. Com a vida que levávamos. Todavia não podemos lidar por quem nos apaixonamos. Talvez, eles nem devessem se ligar tanto um no outro. Eram jovens, pelo menos ela era jovem para ele. Mas do que adianta negar aquilo que tanto sentimos? Ainda mais quando toda essa merda é reciproca, não podemos adiar tudo isso. Deixa acontecer, deixa rolar, deixe que tudo caminhe no seu tempo. Ás 02h45 da madrugada, é a hora que eles marcaram para se amarem, ou melhor, para ouvir a voz um do outro. Porque a distancia tem isso, ela às vezes destroi aquela parada que todos chama de relacionamento. Mas no caso deles... a distancia só fortalece ainda mais o que eles nutriram em todos esses anos.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Justin Bieber
Tags Eduardo, Justin Bieber, Madison Beer
Exibições 93
Comentários 6
Palavras 1.865
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction 02h45
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Ela ficou desesperada atoa.
6
93
1.865

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Renai
Capítulo 1 - Ela ficou desesperada atoa.
Usuário: ~Renai
Usuário
Eu estou em prantos, não sei se por dedicar a oneshot pra mim (o que eu já sabia que iria acontecer), se é pelo maldito horário que me leva exatamente a uma boa lembrança envolvendo nós dois, se é pelas palavras usadas, tanto declarações que parecem sair exatamente do seu coração ou a forma como me conhece tão bem. Sei que irei ler essa oneshot muitas vezes ainda, porque caramba, imaginar isso tudo acontecendo com a gente realmente mexe demais comigo, desde ouvir sua voz (acho que a gente deve combinar as ligações) a saber que apenas uma porta separa você de mim. Tenho a mania de ficar imaginando como será quando finalmente nos encontrarmos, penso em dezenas de formas, mas a coisa que mais tem em comum é meu choro e o conforto ao poder te tocar e saber que não existe mais distância entre nós. Esse tem sido meu maior desejo, sabe? Sei que ganharia meu ano se isso acontecesse, e tenho certeza que vai, mesmo que demore cinco anos.
As partes que talvez tenham me emocionado mais além do final é quando fala sobre as mensagens, eu fico tão feliz por saber que isso muda o seu dia, porque quando você some é como se estivesse mais distante de mim, a falta que eu sinto é tanta que é impossível fazer qualquer coisa e não pensar em você. Percebi hoje que até em meus sonhos você faz questão de aparecer, mesmo que sejam coisas aleatórias como estar assistindo ao meu desenho animado favorito e receber uma mensagem sua ou estar tendo um pesadelo com monstros e você surgir só para me confortar e me proteger disso. É tão insana e intensa a forma como te amo, porém é um sentimento que adoro ter.
Você me conhece tanto que fico boba diante disso. Sabe dos meus medos, da minha mania tola de assistir filmes de terror e depois não conseguir dormir, de que minha mãe não tem noção que meu mundo está em São Paulo, e isso não tem nada a ver com tudo o que vivi na cidade antes de conhecer você. Sabe que quando você some qualquer mensagem me deixa esperançosa, e se for qualquer pessoa além de você irei deixar para responder depois (desculpa squad, amo vocês). Gosto tanto de saber que me conhece dessa forma, nem mesmo a distância é capaz de interferir nisso ou no amor que sentimos.
Quero muito relembrar disso tudo que estamos vivendo, dessas histórias, de nossas conversas, porque um dia iremos ver que esse amor foi forte o suficiente para aguentar a distância, e então poderemos olhar um para o outro e ver que tudo o que sonhamos se tornou realidade, que a única distância que pode nos separar são alguns cômodos.
Eu te amo muito, boo, e um dia direi isso olhando nos seus olhos.

PS: eu abriria a porta sem pensar duas vezes.

Com muito amor,
sua miúda.