História 04:05Am - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Tags Girls' Generation, Poema, Poesia, Romance, Taeyeon
Visualizações 10
Palavras 363
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Poesias

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem!
Nos vemos lá embaixo! ♥

Capítulo 1 - Menos do que nada


E eu estava aqui outra vez, me perguntando, por que eu ainda estou respirando, inalando e exalando, piscando os olhos, abrindo a boca para falar e beber, usando os pés para andar e os braços para segurar, eu não sabia porque ainda estava usando tudo isso, mas não o cérebro, não o coração, parecia que essas partes do corpo estavam vazias, apenas sangue atravessando-as, não havia órgãos, nem nada, porque eu não estava sentindo nada, é assim que os robôs se sentem?

Cada vez mais reais por fora, mas por dentro apenas peças e máquinas, sem vida em sua essência.

E eu estava aqui outra vez, perguntando-me, por que eu ainda estava respirando, e eu me lembrei que ainda estava aqui não por causa de mim, mas por causa das pessoas que me conhecem, se eu parasse de respirar e me tornasse um pedaço de corpo frio sem nada, eles ficariam loucos, eles diriam "ela era tão fraca, não conseguiu lidar com a realidade, não conseguiu lidar com a vida", eu sei que isto é verdade, mas, eu não irei parar de respirar ainda, porque eu quero ser útil algum dia, e para isso eu devo continuar respirando e lidando com todo o tipo de obstáculo que vier cair em cima de mim, quero fazer com que as pessoas que me conheçam, saibam que eu estou aqui por elas, para depois disso, em um tempo desconhecido, eu desaparecer, que nem aquele vento gelado que sopra atrás do seu pescoço e quando você olha para trás, não tem ninguém ali fazendo isto acontecer, o vento já foi e desapareceu através do oxigênio que você respira, nunca mais aparecendo outra vez.

E eu estava aqui outra vez, às 04:05 da manhã olhando pela janela a escuridão de uma noite fria e gélida, como o meu coração, mas eu não desistiria ainda, nem sempre conseguimos as coisas de uma noite para a outra, da forma que imaginamos, e por isso eu irei esperar mais um pouco, eu serei útil algum dia, talvez não hoje, nem amanhã, mas sim algum dia. O relógio marcava 04:06, e eu virei minha cabeça de direção para tentar dormir outra vez.


Notas Finais


So....
Esperam que tenham gostado! Essa é só uma das milhares de drabbles que acabo fazendo quando estou me odiando hausdhaush Por favor, esperam que não se sintam ofendidos com nada aqui exposto, não romanticei nenhuma situação, apenas descrevi o que muitas pessoas podem pensar em uma madrugada solitária como a da personagem ><


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...