História 1 mês como babá - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags A Criança É O Capeta, Babá, Originais
Visualizações 5
Palavras 747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eeeba!!!!! 1 gostei!!!!!
PandaQualquer muito obrigado ☺!!!!!

Capítulo 3 - Os jogos vão começar com tudo- segundo dia


Amanheceu e lá vai eu com sono e ainda envergonhada.

*algumas horas atrás*

--- mãe não rí poxa---

Mãe--- Ai meu Deus kkk, como isso só acontece com você kkkk--- disse ela quase chorando de rir. Minha mãe não é de muita ajuda nessas horas. Ela faz mais é humilhar e rir que nem aquelas suas amigas sem noção.

---para...---Eu já etava corada

Ela já tinha parado de rir

Mãe--- você não sobrevive sem mim--- 

---sobrevivo sim!---

Mãe--- sobrevive nada!--- eu sobrevivo sim! Ela não sabe de nada---você é muito é leza!--- 

---magoo manhê Ţ^Ţ--- felei triste

Mãe--- fica assim não... eu nem magoo você...---que bom que ela entende q eu passei foi vergonha, não tristeza--- Quem magoa é  aquele menino que não gosta de você  e você ai gostando de dele de trouxa--- precisava esse comentário?---

--- Aí mãe! Por que falar isso?

Mãe--- porque eu sou mais velha e você mais nova--- ela é infantil demais...

*Hora atual (ou quase)* 

Já são o que? 6:30... 6:50... já havia parado de  contar porque o sono não sessava. Já havia  escovado os dentes, tomado café da manhã e me vestindo. Que horas são? Voce deve está se perguntado. Nada mais nada menos de 6:55!!!

Nuca corri tanto na vida como eu corri naquele momento! Acho aue dá até pra dizer que todos os meus pecados foram perdoados. Pra minha felicidade cheguei na hora. Pra infelicidade não errumei meu cabelo, a maquiagem nem sequer estava lá porque eu não passei e além do pessoal tirando sarro do meu cabelo, ainda ia ter prova . Aquela maldita prova! E quanto eu tirei...? 

7,5. Sou mediana. O que esperavam que eu tirasse 10,0...? Fala com a autora pra melhorar minha situação ae.

Depois que quase pegar bomba na prova, eu tive de sair para a casa da minha "patroa", e que esquisito falar da pesoa desse jeito. Mas tem gente que gosta.


*quebra de tempo*

Cheguei! E ainda com medo de entrar e encontrar a filha dela fazendo macumba, e eu encontrei ela na sala lendo ( a Keith não a Jasmine) e já que, já era de tarde resolvi a cumprimentear:

--- boa tarde dona Keith--- tentei ser o mais simpática possivel.

Keith--- e o que tem de bom?--- nossa moça magoou.

--- acho que nada...--- me retirei e fui atraz da filha dela que já havia chegado.


--- JASMINE!!!--- saí gritando. Ai meu ouvido a casa fez eco.---JASMINE!!!---

Jasmine---Que foi?--- como sempre, Fria e seca.

--- nada. Já fez sua atividadede aula...?---

Jasmine--- estava fazendo---

---oh! Nossa desculpe atrapalhar--- parece almenos educada era o que dizia minha avó. E ela também dizia que nunca deveriamos confiar em estatuas... mas deixa pra lá essa parte (^=^). 

*quebra de tempo*

Agora já são umas 2:40. Ela realmente demorou. Também, teve pausa pro almoço, pra ela jogar joguinhos, pra procurar a bendita aranha que não se via desde ontem... esse último me apavorou mais .

Jasmine--- acabei! Podemos ir para o jardim?--- ela perguntou na maior inocencia com a voz meio triste. Mas eu resiti a tentação de dizer sim!

--- claro que pode---foi mal. Eu penso algo e falo outra coisa.

--- êbaa!--- voltou a frieza. Achk que ela é bipolar. Mas não vou comentar.

?--- AI!!!... JASMINE!!!--- escutei água caindo.

Jasmine--- droga!--- o que que tá acontecendo?--- deu errado!---

---o que deu errado?--- péra péra péra... agora eu entendi  (ou quase), ela  queria me levar pra fora para eu abrir a porta e algo cair em mim. Aí meu Deus, lá vem a Dona Keith toda molhada!

Keith-- eu resolvi ir para o quintal e aconteceu um acidente estranho--- disse ela quase cospindo fogo--- quem será que foi?---

Ela já sabia a resposta. Já tá na cara que ela achava que tinha sido a Jasmine que tinha feito aquilo. Aí chego o Oliviê e prova o contrário.

Oliviê---o que acontec- ah. O balde funcionou--- ele falou alegre

Keith---  foi você filho? Eu estou decepcionada--- agora acho aue vem cena de novela

Oliviê--- ué, eu coloquei pra espantar os ladrões--- e não rolou a cena que eu achi que ia rolar.

---como assim ladrões?--- falei

Oliviê--- eu acho que o moço dali de traz é um ladrão. Então eu coloquei um balde na porta de traz por pura precaução---

Keith--- então você só fez isso?---

Oliviê---só...--- eitá!--- eu fiz algo de errado?---

Keith--- oque você fez de errado foi não avisar a nós--- tenta ser rígida--- fora isso foi só um mal entendido--- esqueceram da Jasmine aí ni fundo? Nossa.

Fora isso o dia passou normal. A não ser pelo fato de o MEU CABELO FICAR AZUL!!! EU ODEIO ESSA MENINA!!! SÓ SABE ATACAR ONDE DÓI... Só espera pra ver Jasmine...








Notas Finais


O capítulo acabou aí pra dar um ar de suspense. Fora isso continuarei mais tarde


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...