História 100 Heterofóbica - Capítulo 15


Escrita por: ~ e ~SophieAckerman

Postado
Categorias 2NE1, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, CL (Chaelin Lee), EXO, G-Friend, Girls' Generation, Got7, Jay Park
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), Eunha, Eunwoo, G-Dragon, Jackson, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jinjin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lee Chaelin "CL", Lu Han, Mark, Minji, MJ, Moonbin, Park Bom, Rap Monster, Rocky, Sandara Park, Sanha, Sehun, Seungri, SinB, Sowon, Suga, Suho, Sunny, T.O.P, Taeyang, Taeyeon, Tao, Umji, V, Xiumin, Yerin, Yuju
Tags Crack!fic, Inês Brasil Rainha, Lemon, Milhões De Shipps, Namjin, Viadagem
Exibições 126
Palavras 1.489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oeen gentyy, Sophie que está postando hoje >p<
O começo ficou meio bosta mas prontos
Postei e saí correndo~~
Espero que gostem :'')

Boa leitura <33

PS: Se não perceberem alguma palavra/frase digam nos comentários porque eu sou portuguesa e algumas palavras não sei como se diz em BR :')
Ah e avisem se tiver algum erro, eu revi algumas vezes mas mesmo assim pode ter escapado algum dejknd

Capítulo 15 - Invasão


Sou eu mesmo, Kim Taehyung de Mello que está narrando hoje. Bem, eu já vivi várias aventuras e zoeiras com o bonde do vale (porque né? Zoeira é comigo, Kim Taehyung Zoeira de Mello) e hoje vou contar uma aventura minha.

Estava no tédio jogando vídeo game enquanto que a omma tinha ido às compras com o Jungkook. Pausei o game e liguei para o meu melhor amigo Hoseok.

Chegou à caixa de correio de…

Ah vá se ferrar!

A bicha não atende o celular.

Passado meia hora, tinha acabado de chegar da cozinha com uma meia sandes de qualquer porra que havia lá, na boca quando o celular tocou.

Era a viada saltitante vulgo Hoseok. Atendi.

- EAE VIADA FINALMENTE ATENDEU?

- Tava dando aula porra. Que tu quer? – Ouço-o do outro lado.

- Cê já tá livre hoje?

- Tou porquê?

- Então vem aqui, estou no tédio.

- Oushii, tá tentando dizer o quê, hein viado? – Imaginei-o logo com uma cara de safado.

- Oxe, só quero falar com você.

Corei um pouco mas o bom é que ele não me vê.

- Tá bom, estou aí em 10 minutos.

 

Ouvi a buzina lá fora. Espreitei pela janela. Hoseok tinha chegado. Fui rapidamente abrir-lhe a porta.

- Cheguei, cadê a Senhora Jin? – Dizia entrando, enquanto eu fechava a porta.

- Saiu com Jungkook para comprar pão e não voltou ainda.

- Então cê tá sozinho né? – Perguntava com aquela cara de safado se acomodando no sofá. Aiish odiava aquela cara.

- É. – Assenti me encostando no sofá mas me levantando logo a seguir. – Ei, e se fôssemos sair um pouco para fora do vale?

- Tu bateu com a cabeça? Da outra vez que fomos para fora do vale você se esqueceu de fechar o portal.

-  Deixa de ser chato, Hoseok, é só uma saída.

- Tá, vamo lá.

Este se levanta também.

- EU INVOCO O PORTAL DO VALE DOS HOMOSSEXUAIS!

Fiz um gesto tipo Son Goku e um monte de purpurina e arco iris pairou sobre nós até que fez abrir um buraco para outra dimensão. Entramos sem hesitar e o portal fechou-se.

- Onde nós tamo? – Hoseok perguntou.

- Sei não, vamos explorar.

Coloquei uns óculos escuros que brotou não sei da onde e dei outros para Hoseok. Ambos fomos passear pela cidade desconhecida, tirámos selcas, comemos e passeámos mais.

Estávamos agora a passar numa praça.

- Que música é esta que fica falando “VAI TACA TACA TACA”? – Perguntei confuso.

- Sei lá. – Encolhe os ombros.

- Hoseok, acho que estamos em Inglaterra.

- Acho que estamos no Brasil.

- Como você sabe isso?

- Porque tá ali um negócio escrito “Brasil”. – Aponta para um negócinho escrito na parede de uma casa.

- Ué.

Ia continuar em frente quando Hoseok interrompeu o meu passo.

- Porque é que tem umas mina louca correndo na nossa direção com cartazes dizendo “oppa”?

- O que é que você tá falando?

Me virei e arregalei os olhos. Puta merda. Ahh hoje não, cara. Peguei na mão de Hoseok e soltei um dashi run run run ali mesmo. Corri que nem o flash, o sonic e o bonde todo tentando escapar daquelas stalkers malditas.

- O PORTAL! FAZ O PORTAL! – Gritou Hoseok.

Invoquei de novo o portal e entramos lá dentro. Ambos suspirámos de alívio e voltamos a pé para casa. Demorou um pouco porque tínhamos calhado lá na pqp do vale.

Quando finalmente chegámos, o bagulho ficou louco.

- PUTA QUE NÃO ME PARIU!

As BRs tinham voltado. Como elas tinham chegado primeiro que nós? Não sei. Só sei que me soltei ali mesmo o que fiz com que elas olhassem e correrem até nós.

- ME NOTA, SENPAI! – Disse uma delas.

- TE AMO, TAEHYUNG, HOSEOK! – Disse outra.

Fiz o impossível. Agarrei na mão de Hoseok e mergulhei na multidão. Depois de muitas apalpadelas consegui finalmente chegar, abri a porta e vi que Namjoon tinha chegado do trabalho e estava a sentado no sofá a olhar para mim com cara de “O que tu fez moleque?”

-  Só vou dizer isto uma vez, Kim Taehyung. Porque é que tem um monte de garota lá fora?

Congelei.

- Eu abri o portal. – Confessou Hoseok.

Olhei para ele com cara de “Tu não disse isso, viado!”.

- O quê?? Não! Eu que abri a porra do portal!

Não queria que Hoseok sofresse as consequências.

- Se a tua mãe souber disto, cê tá ferrado.

 

- O RAIOS ESTÁ ACONTECER NESTA CASA? SÓ FUI NO MERCADO E ACONTECE UMA BARRACADA DESTAS?!

“Falando no diabo…”, pensei.

Jin tinha acabado de chegar com Jungkook com cara de “que ta conte seno” atrás,

- Culpa o teu filho, Kim Taehyung, eu vou embora daqui. – Atirou Namjoon que saiu logo a seguir.

- Kim Taehyung, me explica.

- EU ABRI O PORTAL PORQUE TAVA NO TÉDIO, FUI ATÉ OUTRA DIMENSÃO E AGORA TÃO UM MONTE DE GAROTA HETERO INVADINDO O VALE!

- Tu se esqueceu de o fechar, doido! – Lembrou Hoseok. – Outra vez.

- Puta que…

- OLHA A LINGUA, MOLEQUE! – Grito a omma, e depois acalmou-se - Arrume um jeito de voltar a fechar o portal. Esse problema é seu. Falou. – Jin virou as costas like a diva e foi para a cozinha.

- Se ferrou. – Jungkook tentou segurar a risada e subiu para o quarto.

- Aquele moleque...

- Affe Taehyung, eu disse que seria uma ideia ruim abrir o portal. Mas você nunca me ouve.

- Is it too late now to say sorry??

- Sim.

 

***

 

-  Er Tae…..AS BRS TÃO VINDO, CACETE!

Hoseok estava espreitando pela janela.

- Puta merda…Avisa a omma e o appa para levarem os outros para um lugar seguro, a casa do Sehun e do Jackson. Eu vou distraí-las.

- Mas…

Coloco as mãos nos ombros dele.

- Está tudo bem, Hoseok, eu estou a fazer isto por nós, por eles, por todos. Fica seguro.

- C-Certo.

Quando Hoseok saiu com os outros, fez-me sinal e eu avancei. Tirei minha camisa, pulei da janela e comecei a gritar estilo Tarzan.

Fui levado pela multidão até ao outro lado da casa, as BRs começaram a tocar-me no peito e algumas a apalpar-me a bunda. Estava abafado e não conseguia sair. Estava demasiado apertado. Vou morrer aqui. Socorro. G-Dragon me helpa.

“Hos….eok….”, pronunciei.

Estava quase desmaiando quando este apareceu com uma estaca na mão batendo nas garotas.

- SAI. DE PERTO. DO MEU. TAEHYUNG!

A cada palavra ele batia nelas.

Assim que elas estavam no chão, distraídas, Hoseok pegou-me na mão e levou-me para dentro.

- Valeu aí, na moral. E..desde quando é que eu sou seu?

Ele corou.

- …E agora o que fazemos?

- Só resta fazer uma coisa….

- O que é?

- Ir ao submundo fazer pacto com o Yoongi para fechar o portal.

- Mas…O preço é a sua alma…

-É um risco que eu tenho que correr. Além disso, já não é a primeira vez que vou lá.

Breve silêncio.

- Você vai ficar bem?

- Sim. Fique aqui e espere por mim.

Hoseok assentiu.

- EU INVOCO O PORTAL DO SUBMUNDO! – Fiz macumba e um portal negro abriu-se.

Entrei nele.

- Quem ousa invadir as minhas profundezas?

Satansoo aparece das sombras indo na minha direção. Fiquei parado à espera que o rosto dele se revelasse.

- Que queres tu, mero humano?

- Procuro Yoongi.

- Hmm…

Satansoo fala qualquer coisa em latim que eu não percebi e Yoongi brota do lado dele

- Me chamaram?

- Sim! Eu preciso de fazer um pacto, eu abri o portal do vale e ele agora foi invadido por umas garotas e eu não consigo fechá-lo!

Yoongi solta um suspiro.

- Outra vez? Já é a 13224312 vez, Taehyung.

- Ah dá um jeito, vá lá.

O mini capetinha olha para Satansoo.

- Da próxima vez que esse moleque vier aqui com um pedido desses eu queimo essa porra desse portal. – Falou este ultimo.

Bufei.

- Tá, tá, faz logo essa merda.

- Blá blá blá, vou precisar da sua alma blá blá blá você já sabe o resto.

Então, Yoongi, fez um ritual demoníaco qualquer e acabou com um “Bulteoreune”.

- Pronto.

Yoongi me teletransportou de volta para casa.

- Taehyung! Conseguiu o pacto?

Sem falar nada, afastei Hoseok e pronunciei umas palavras em latim.

O mundo começou a rodar. Começou a sair faíscas por todo lado, as garotas desapareceram e o portal foi fechado. Terminou com um fogo de artifício.

- Aeeen você conseguiu! Salvou o mundo!

Hoseok correu para me abraçar e eu retribuí. E vivemos felizes para sempre.

 

Kim Taehyung Off

 

No submundo, Yoongi encontrava-se sentado com a perna cruzada e com cara de bicha má no trono de Satansoo.

- Aproveite os seus últimos momentos de glória porque esta é a última vez que descansará, Kim Taehyung…

 

Continua…

Em “A Revolta de Yoongi”

Ou não né


Notas Finais


Continuação? Talvez :v Depende se vocês gostarem deste
Inspirei-me num RPG que participei para escrever denjfne

Até há próxima acho eu dejned


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...