História 12 meses com você - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Tags Bakuraka, Kacchaco, Kacchako, Meses
Visualizações 52
Palavras 1.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu voltei com um capítulo mais curtinho que o normal!
Uma dúvida,no último capítulo só recebi um comentário. Vocês não gostaram? (TT)

Boa leitura!

Capítulo 5 - Fevereiro-Nosso desastre culinário


A menina ajeitava a filmadora em frente da bancada da cozinha do dormitório da turma 1A. Quando posicionou o aparelho adequadamente se afastou e abriu um enorme sorriso a colocando para gravar.

-Pronto!-Bateu palmas.

-Por que diabos quer filmar isso,cara de lua?-Bakugo estava sentado desleixadamente em cima de um dos bancos espalhados pela cozinha.

-Para registrar o dia em que eu e meu amorzinho cozinhamos juntos!-Falou para a câmera enquanto sorria alegremente. Tudo isso se iniciou quando Bakugo foi até Uraraka dizendo que estava com vontade de comer um bolo de morango e "pediu" para que a mesma cozinhar o doce,ela por sua vez,bateu o pé e disse que só faria se ele fizesse junto-O nosso programa culinário...Cozinha Bakuraka!

-Cozinha o quê?!

-A junção de nossos nomes.-Gesticulou com os dedos para dar ênfases a sua frase.

-...que merda...

-Ora,vamos logo com isso!

Bakugo levantou da cadeira suspirando e foi até a bancada com uma carranca de raiva. Deu instruções a Uraraka para que ela fizesse a massa do bolo enquanto ele cortava os morangos. Ela apenas assentiu e começou a fazer tudo com um sorriso no rosto. Depois de alguns minutos,o garoto terminou seu trabalho.

-Cara de lua,pega o vinagre para mim. Esses morangos precisam ser desinfetados!

A garota o fez,aproveitando que estava procurando o fermento no armário. Após pegar ambos os itens entregou ao namorado aquele que ele pediu.

-Não vai nem me dizer obrigado?

-Não fez menos que a sua obrigação,vadia!

A garota bufou fortemente e colocou o fermento nos dois recipientes da massa,havia tido a ideia de fazer um bolo de duas camadas.Colocou uma das camadas no fogão e olhou para a outra por um instante.

-...Bakugo-kun...

-O quê?

-Esse fermento é meio estranho,não é?

-Como assim estranho?-Se virou para a massa e viu que a mesma estava com um aspecto anormal.

Fez uma careta e se virou para a garota.

-Uraraka,você colocou a quantidade certa?

-Eu não fiz nada de errado!-Bufou e foi até os morangos do garoto e começou a brincar com a tampinha do vinagre. Katsuki suspirou e olhou a embalagem do fermento...que não era fermento.

-URARAKA VOCÊ É ANALFABETA?ISSO É BICARBONATO DE SÓDIO!

Balançou a embalagem na frente da cara de Ochaco,a garota se assustou um pouco e deu alguns passos para trás. Após ler o rótulo levou ambas as mãos na face espantada.

-M-minha nossa! O que eu fiz? 

-Merda,como sempre!Olha pra essa massa,tá muito aquosa.Você fez isso igual o rabo, vagabunda!

-Você não me ajudou em nada Bakugo-kun! Eu fiz tudo sozinha!-Aumentou o tom de voz enquanto inflamava as bochechas.

-Você só tinha que ter seguido as instruções,sua desgraçada! Mas pelo visto você é uma analfabeta!

-Não fala assim comigo! Você não me ajuda e ainda coloca a culpa em mim?

Começaram a discutir. Gritavam e apontavam o dedo acusando um ao outro.Em um determinado momento Uraraka perdeu a paciência e enfiou a mão no saco de farinha jogando parte em Bakugo. O garoto recuou com o ataque repentino e acabou por esbarrar a mão no botão do fogão aumentando a temperatura,claro que ele não percebeu isso. Olhou para sua camiseta com uma mancha enorme branca e logo voltou seu olhar para a garota,bastou um olhar para ela saber que estava ferrada.

-Sua vadia...-Rosnou dando um passo em direção a ela,a garota tremeu da base dos pés até a ponta da cabeça.

-N-não se aproxime!-Pegou mais uma quantidade de farinha e jogou nele para tentar afasta-lo. E começou a ataca-lo sucessivamente.

-Para com isso,cara de lua!EU VOU TE MATAR!-Pegou o saco de açúcar ao seu lado e jogou uma parte nela,que deu um gritinho.

E assim uma guerra foi travada,farinha VS açúcar. A cozinha aos poucos se tornava um breu branco graças a briga de ambos.Em um momento,a "munição" de Uraraka acabou e ela foi bombardeada por açúcar até seu corpo ficar melado. Numa tentativa de contra-atacar,pegou o frasco de vinagre e arremessou na direção do namorado,errou mas acabou acertando a massa que estava pra fora e como a tampa estava frouxa(já que a menina estava brincando com a mesma a pouco) o vinagre  derramou ali.

Ao ver aquilo,um Bakugo branco da cabeça aos pés,parou de atacar Uraraka com açúcar.

-Uraraka, você derramou vinagre numa coisa com bicarbonato de sódio!

-Ai meu Deus!Isso vai explodir!-Correu para pegar a massa e a jogou dentro da geladeira-Pronto!

-Não,sua idiota!Você tem que jogar isso fora!

-Cala a boca e olha o que você fez!-Apontou ao seu redor-Você sujou tudo e vai limpar!

-Eu?!-Levou a mão ao peito completamente incrédulo-Foi você que jogou farinha em mim e você que vai limpar!

-Eu não vou coisa nenhuma,a culpa é sua!-Foi caminhando até ele tomando cuidado para não escorregar no chão repleto de farinha e açúcar.

-Argh! Você é uma vadia desprezível!

-Se acostume, meu am-Se interrompeu e começou a farejar o ar-Isso é...cheiro de queimado?

Bakugo fez o mesmo e concordou.

-E ficou quente aqui ou é impressão minha?

Ambos olharam para trás e quase tiveram um  infarto. A boca do fogão estava pegando fogo enquanto uma fumaça negra saia de dentro dela.

-MAS O QUE CARALHOS TA PEGANDO FOGO ALI DENTRO?!-Katsuki se desesperou e começou a olhar ao redor em busca de um instintor de incêndio.

-Ai meu Deus,a outra massa!

-TEM OUTRA MASSA?!-Gritou enquanto tentava se equilibrar no chão e ir até o armário de ferramentas no canto esquerdo ao fundo da cozinha.

Enquanto isso,Uraraka pegou uma tigela de dentro da pia a enchendo com água da torneira  e logo correu desajeitadamente até o fogão.

-ÁGUA!-Gritou no meio de sua corrida desajeitada.

-NÃO!

Nesse momento,Katsuki se virou com tudo e acabou esbarrando violentamente contra Ochaco.A tigela com água virou em cima dela a encharcando e a mesma caiu no chão assim como o garoto.

-OLHA O QUE VOCÊ FEZ!-Ela choramingou,encharcada e,agora,suja de farinha.

-Não se usa água em um incêndio elétrico,sua idiota!-Tentou se levantar mas acabou escorregando novamente-PORRA!

A menina tentou pensar rápido para descobrir algo pra apagar o fogo e acabou por pensa não em algo, específicamente,mas em alguém.

-GELO!-Sorriu diante da sua grande idéia,usou sua individualidade para ficar mais leve e correu desajeitadamente em direção a saída-Todoroki-kun,ajuda!

-NÃO!-Bakugo gritou no instante que ouviu o nome do garoto e agarrou Uraraka pela cintura a levando de encontro ao chão novamente,só que desta vez ela estava em seu Colo- Ninguém vai chamar o meio-a-meio aqui!Eu resolvo isso sozinho!

-Você quer nos matar?!

-Eu não vou ser salvo por esse maldito Pavê,e vê se para de...-Parou sua fala após sentir o cheiro do ar-O cheiro de queimado parou...

 Ao notar isso,Uraraka assentiu com a cabeça espantada.Ambos olharam para o fogão que se encontrava totalmente congelado,um rastro de gelo vinha da direção da porta e,ao o seguirem com o olhar,viram que tinha origem do pé de Todoroki Shoto que contemplava o estado da cozinha a sua frente boquiaberto com uma Yao-Momo ao seu lado.

-Momo!-Gritou Uraraka feliz.

-Pavê...-Rosnou Bakugo enfurecido.

-Vocês estão bem?Ouvimos gritos e sentimos cheiro de fumaça,achamos que estavam se matando!-Yao-Momo colocou a mão no peito preocupada enquanto Todoroki ainda contemplava a cozinha espantado.

-Foi quase isso,mas estamos bem!-Uraraka respondeu pelos dois.

-O que vocês fizeram aqui?! Sabem que vão ter que limpar isso tudo antes do Aizawa-Sensei chegar,né?

Ambos gemeram em frustração.Aquilo seria péssimo.

Todoroki finalmente deixou de analisar o estrago e voltou a vestir sua típica expressão fria e levou seu olhos de encontro com  o garoto explosivo:

-Você é uma decepção,Bakugo.

-CALE A BOCA,SEU MALDITO PAVÊ ANTES QUE EU TE MATE!

 No meio dos gritos do namorado,Ochaco olhou para baixo triste e suspirou.

-Desculpa...-Disse baixinho chamando a atenção do menino a qual estava sentada no colo.

-Hãn?!

-Desculpa, amorzinho. Eu estraguei tudo...-Corou enquanto lágrimas se formavam no canto de seus olhos.

Bakugo corou pela imagem fofa a sua frente e também por ser chamado por esse apelidinho idiota na frente de outras pessoas,que incluía o maldito pavê.

-Tsc,para com isso.-Limpou as lágrimas dela-A culpa não foi só sua...foi minha também.-Desviou o olhar e corou mais ainda-...desculpe...

O coração de Uraraka se esquentou com aquilo,como pode ser tão fofo e orgulhoso? Logo sorriu e puxou seu namorado pela nuca para beija-lo. Katsuki não sabia se conseguia ficar ainda mais vermelho,se assustou assim que os seus lábios se encontraram com os dela e arregalou os olhos.Como em 1 mês desde que se beijaram pela primeira vez e em apenas 2 meses com ela a garota perdeu a vergonha de beija-lo em público?

Logo os dois embarcaram no beijo ignorando Momo e Shoto que estavam observando tudo constrangidos.

-São...bem fofos,até.-Momo sorriu completamente sem-graça e se surpreendeu quando Shoto começou a entrar na cozinha, andando congelando o chão aos seus pés para não cair,indo em direção a geladeira.

-Aonde vai,Todoroki-kun?

-Pegar algo na geladeira.

O casal no chão parou de se beijar e se encararam desesperados, então virando rapidamente para Todoroki que abria a geladeira.

-NÃO!

Gritaram juntos,mas,era tarde demais. Com aquela explosão de massa,a limpeza da cozinha iria demorar um pouquinho mais...pelo menos ele conseguiram a mão de obra de Todoroki e Momo,graças ao garoto meio-quente e meio-frio.




Notas Finais


Acho que ficou uma merda...
Nos vemos por aí!
Até mais!

Xx.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...